Espaço

  • 1678 Respostas
  • 199207 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Espaço
« Responder #1650 em: Maio 08, 2021, 11:32:44 am »
O caminho de Gaza até à NASA


 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 47 vez(es)
  • +239/-3156
Re: Espaço
« Responder #1651 em: Maio 08, 2021, 08:22:55 pm »
Foguetão chinês deverá reentrar na atmosfera durante esta madrugada. Zona de impacto ainda não é certa
https://ionline.sapo.pt/artigo/733965/foguetao-chin-s-devera-reentrar-na-atmosfera-durante-esta-madrugada-zona-de-impacto-ainda-nao-e-certa?seccao=Mundo_i
Citar
O sistema de vigilância europeu de objetos espaciais acaba de atualizar as projeções sobre a reentrada do núcleo do foguetão chinês Long March 5B na atmosfera terrestre.

À medida que se o objeto se aproxima da Terra, o intervalo das previsões vai diminuindo e agora é praticamente certo que aparelho chegue à Terra esta noite mas, nas previsões europeias, existe ainda uma janela de incerteza de cerca de seis horas.

O programa europeu Space Surveillance and Tracking (EU SST) aponta a reentrada para as 3h11 da madrugada deste domingo (hora portuguesa), com um uma janela de 190 minutos de incerteza, o que coloca a reentrada algures entre a meia-noite e as 6h da manhã. Com esta incerteza, que já chegou a ser superior a 24 horas, continua a não ser possível prever o local de queda de destroços que resistam à entrada, mas já começam a ser excluídos alguns pontos. A hipótese da reentrada poder acontecer sobre o Sul da Europa mantém-se, sendo que o sul de Portugal, Espanha e Grécia estão na faixa ainda ampla onde poderão cair destroços.

Recorde-se que o foguetão que colocou em órbita o primeiro módulo de uma futura agência espacial chinesa não iniciou um processo controlado de retirada de órbita e fará aquilo que é designado como uma reentrada não controlada, em que não foi planeado o local em que poderão cair eventuais destroços que resistam à entrada na atmosfera.

Como o i noticiou esta semana, a Agência Espacial Europeia, que a par de outras organizações internacionais está a monitorizar o evento, não tem detalhes exactos sobre o design do foguetão, um novo modelo que a China estreeou no ano passado e que na altura também fez uma reentrada não controlada na atmosfera. Na altura, alguns destroços foram encontrados na Costa do Marfim e o impacto não causou vítimas.

Ao i, a ESA indicou que não está em contacto com o operador do aparelho. Na informação que tem sido veiculada à imprensa, a agência sublinha que, sem mais detalhes públicos, não é possível prever qual a dimensão dos destroços que podem sobreviver às temperaturas elevadas da reentrada na atmosfera, a que normalmente não resistem objetos pequenos. O núcleo do foguetão terá 17 a 22 toneladas e um comprimento de 30 metros, sendo o objeto mais pesado a reentrar na atmosfera de forma descontrolada desde os anos 90. 

Mais uma prenda dos chinocas, na bastava o vírus e vem mais esta, pessoas que estão sujeitas a levar com os restos do foguetão chinoca na Carola.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Espaço
« Responder #1652 em: Maio 09, 2021, 02:52:11 pm »
Restos de foguetão chinês caem no Índico


 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17087
  • Recebeu: 1744 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +284/-757
Re: Espaço
« Responder #1653 em: Maio 11, 2021, 12:47:21 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Espaço
« Responder #1654 em: Maio 12, 2021, 02:42:04 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Espaço
« Responder #1655 em: Maio 15, 2021, 02:55:38 pm »
China começa exploração de Marte


 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6602
  • Recebeu: 1634 vez(es)
  • Enviou: 774 vez(es)
  • +2203/-1173
Re: Espaço
« Responder #1656 em: Maio 17, 2021, 02:06:39 pm »
https://astronomynow.com/2021/05/07/helium-rain-in-saturns-interior-may-influence-magnetic-field/

Citar
Data collected by NASA’s Cassini spacecraft during its final few orbits of Saturn are adding new insights into the nature of the ringed planet’s magnetic field.

Saturn’s interior is thought to be made up of a central ice/rock core, surrounded by a layer of electrically conducting metallic hydrogen that generates the dynamo responsible for the planet’s magnetic field. Moving out from the deep interior, the metallic hydrogen transitions to an insulating outer layer consisting mostly of molecular hydrogen.

Based on data collected by Cassini, researchers at Johns Hopkins University conclude the observed magnetic field can best be explained by a transition layer in the deep interior made up of helium “rain.”

Below the transition zone, the pressure is so high that helium can mix smoothy with the metallic hydrogen, allowing convection and the dynamo action that generates the planet’s magnetic field. At lower pressures, farther from the core, the helium is immiscible in hydrogen, causing it to rain out.

The helium rain, it is thought, would act to inhibit convection and the dynamo action, providing a good fit with the Cassini data.

“One thing we discovered was how sensitive the model was to very specific things like temperature,” said Sabine Stanley, a Johns Hopkins planetary physicist and co-author of a paper in AGU Advances. “And that means we have a really interesting probe of Saturn’s deep interior as far as 20,000 kilometres down. It’s a kind of X-ray vision.”


Citar
Data from the Cassini spacecraft’s final few orbits of Saturn, plugged into powerful computer models, indicate the presence of a layer consisting of helium “rain” falling above the convective metallic hydrogen responsible for the planet’s dynamo. The “Helium Insoluble Layer,” or HIL, acts to inhibit dynamo action, helping explain features of Saturn’s magnetic field. Image: Yi Zheng (HEMI/MICA Extreme Arts Program)

Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 11299
  • Recebeu: 1797 vez(es)
  • Enviou: 2469 vez(es)
  • +1470/-2663
Re: Espaço
« Responder #1657 em: Maio 17, 2021, 02:09:10 pm »
Bombshell UFO Report: U.S. Military Encounters UFOs ‘Every Day’ That Far Exceed Its Tech, Capabilities


https://www.dailywire.com/news/bombshell-ufo-report-u-s-military-encounters-ufos-every-day-that-far-exceed-its-tech-capabilities


Citar
Newsworthy quotes from the “60 Minutes” segment:

Lue Elizondo, former U.S. Military official that led the U.S. government’s effort to investigate UAP: “Imagine a technology that can do 600-to-700 g-forces, that can fly at 13,000 miles an hour, that can evade radar and that can fly through air and water and possibly space. And oh, by the way, has no obvious signs of propulsion, no wings, no control surfaces and yet still can defy the natural effects of Earth’s gravity. That’s precisely what we’re seeing.”
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6602
  • Recebeu: 1634 vez(es)
  • Enviou: 774 vez(es)
  • +2203/-1173
Re: Espaço
« Responder #1658 em: Maio 18, 2021, 02:27:34 pm »
https://www.aereo.jor.br/2021/05/17/estacao-espacial-chinesa-e-uma-ameaca-a-seguranca-nacional-diz-inteligencia-dos-eua/?fbclid=IwAR2sUsF67LtBd-3LSIBhJdiFjBJ7I48Ba99hwY6HM1ULjG8YnXEh-uppnBk

Citar
O relatório diz que a China deseja criar armas anti-satélite ‘destrutivas’
O Diretor de Inteligência Nacional dos EUA divulgou um relatório no mês passado alegando que a próxima estação espacial da China representa uma ameaça à segurança nacional.

A estação tem como objetivo “obter os benefícios militares, econômicos e de prestígio que Washington obteve da liderança espacial”, de acordo com o relatório “Avaliação Anual de Ameaças da Comunidade de Inteligência dos EUA”, divulgado pelo Escritório do Diretor de Inteligência Nacional.

O relatório disse que é parte do esforço maior de Pequim para comprometer a segurança dos EUA.

“[O Exército de Libertação Popular] continuará a integrar serviços espaciais – como reconhecimento e posicionamento por satélite, navegação e cronometragem (PNT) – e comunicações por satélite em suas armas e sistemas de comando e controle para minar a vantagem de informação do Exército dos EUA,” disse o relatório.


saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 10421
  • Recebeu: 1546 vez(es)
  • Enviou: 3946 vez(es)
  • +237/-103
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Espaço
« Responder #1659 em: Maio 21, 2021, 12:22:30 am »

Zhurong, the Tianwen-1 mission’s rover, transmitted its first images form the southern part of Utopia Planitia, Mars, on 19 May 2021.
Tianwen-1 (天问一号) is China’s first Mars exploration mission with an orbiter, a lander and a rover.
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6602
  • Recebeu: 1634 vez(es)
  • Enviou: 774 vez(es)
  • +2203/-1173
Re: Espaço
« Responder #1660 em: Maio 21, 2021, 03:11:38 pm »
https://www.technology.org/2021/05/18/finding-the-cool-place-to-go-is-easy-getting-there-is-the-challenge/

Citar
Earth’s cosmic neighborhood encompasses eight planets, more than 150 moons, and countless dwarf planets, asteroids, and comets. With such fascinating places to explore, who wouldn’t be curious about what’s around the next corner?

NASA’s mission is to explore what’s beyond our planet. Michelle Thaller, a scientist and communicator at NASA’s Goddard Space Flight Center in Greenbelt, Maryland, says this includes finding out whether we have any “neighbors.” If so, finding them will not be easy.


Citar
NASA’s Parker Solar Probe travels through the Sun’s atmosphere, closer to the surface than any spacecraft before it. The brutal heat and radiation are providing humanity with the closest-ever observations of a star. Among other benefits, the results will be used to help protect future deep space missions from solar radiation. Image credit: NASA

Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Espaço
« Responder #1661 em: Maio 21, 2021, 03:55:04 pm »
Agência Espacial Europeia apresenta "Moonlight"


 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17087
  • Recebeu: 1744 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +284/-757
Re: Espaço
« Responder #1662 em: Maio 21, 2021, 05:17:27 pm »
Programa Artemis: NASA vai enviar robot para a Lua à procura de água em 2023

A NASA espera encontrar água em forma de gelo ou outros recursos debaixo da superfície lunar. O elemento será vital para a estadia e exploração a longo-termo dos humanos.

A NASA continua a desenvolver os planos do seu programa Artemis, que visa o regresso do Homem à Lua. De forma a planear uma estadia a longo prazo dos humanos no solo lunar, a agência espera encontrar água debaixo da sua superfície. No fim de 2023 vai ser enviado para a Lua o seu primeiro robot mobile que tem como objetivo procurar gelo e outros recursos que estejam debaixo da crosta do satélite. Batizado de VIPER (Volatiles Investigating Polar Exploration Rover), o rover vai recolher dados que podem ajudar a agência espacial a mapear os recursos do polo sul da Lua.

Uma das características do rover é a sua iluminação, num sistema desenhado para ajudar as regiões negras da Lua que permanecem constantemente à sombra. A NASA diz que estas áreas não veem a luz do Sol há milhares de milhões de anos e que alguns pontos podem ser os mais frios de todo o sistema solar.









“Os dados recebidos do VIPER têm o potencial de ajudar os nossos cientistas a determinar localizações precisas e concentrações de gelo na Lua, de forma a preparar os astronautas da Artemis”, disse Lori Glaze, diretora da divisão de ciência planetária da NASA. E dá este exemplo para mostrar como as missões cientificas com robots podem dar as mãos à exploração humana, sendo ambos necessários para preparar e estabelecer uma permanência sustentável na Lua.

A NASA estima uma missão de 100 dias terrestres e o VIPER, com um peso de cerca de 450 quilos, vai percorrer diversas milhas graças ao seu sistema de rodas e suspensão que possibilita a exploração de diferentes terrenos e inclinações. E usar os seus quatro instrumentos científicos para obter amostras diferentes de solos, incluindo a água. Três desses instrumentos serão enviados antes, em cargas previstas para 2021 e 2022, para testar a sua performance antes da chegada do rover. Esta é uma técnica que a NASA está a desenvolver para acelerar processos: testar os instrumentos enquanto o rover ainda está a ser construído.

Um dos instrumentos é uma broca pneumática TRIDENT para perfurar o solo e gelo. Tem ainda o espectrómetro Msolo para observar a massa da Lua. Tem outro espectrómetro NIRVSS com infravermelhos para procurar elementos voláteis. E por fim, o NSS, um espectrómetro de neutrões. Todos eles serão enviados e testados antecipadamente através de carregamentos CLPS (serviços comerciais de entregas na Lua).

De recordar que o VIPER está a ser construído pela Astrobotic, de Pittsburgh, ao qual foi disponibilizado inicialmente 199,5 milhões de dólares para a conceptualização do rover. A NASA já aprovou o seu design e passou à fase de desenvolvimento. O investimento total do custo de desenvolvimento e operações já chegou aos 433,5 milhões de dólares, incluindo o CLPS que custou cerca de 226,5 milhões de dólares.

Será possível produzir oxigénio na Lua?

Há uma startup belga chamada Space Applications Services que está a aperfeiçoar uma máquina para transformar o rególito lunar em oxigénio. A máquina irá extrair o titânio a partir de óxido de titânio, baseado numa tecnologia criada no final dos anos 1990. O sistema utiliza técnicas de eletrólise para separar o metal puro do mineral. É referido que o rególito lunar é composto por 45% de oxigénio, em barras metálicas e oxigénio puro.

Mais uma vez, a possibilidade de se criar oxigénio na Lua será vital para a permanência a longo prazo do Homem na Lua. É ainda referido na Space.com que depois da extração do oxigénio das ligas de metal, estes podem ser utilizados no futuro na construção da base lunar ou estação marciana, através de uma impressora 3D.



Da mesma maneira que o oxigénio e o hidrogénio fabricado na Lua podem não só suster os astronautas na sua permanência, como serem usados como combustível para continuar a explorar o espaço, até Marte, por exemplo.

A startup já completou a fase de design preliminar, numa missão prevista para 2025, onde vai demonstrar se será possível extrar oxigénio e água a partir dos recursos lunares.

https://tek.sapo.pt/noticias/ciencia/artigos/programa-artemis-nasa-vai-mandar-robot-para-a-lua-a-procura-de-agua-em-2023
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Espaço
« Responder #1663 em: Maio 22, 2021, 09:22:04 pm »
Robô chinês já deu passeio em Marte


 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2380
  • Recebeu: 1120 vez(es)
  • Enviou: 503 vez(es)
  • +1149/-56
Re: Espaço
« Responder #1664 em: Maio 24, 2021, 05:03:48 pm »
É já quarta-feira: Eclipse lunar total e a maior Super Lua do ano

Será já esta quarta-feira que acontecerá um eclipse lunar total e será também possível ver a maior Super Lua do ano. No entanto, há boas e más notícias para os portugueses.

Embora a lua cheia seja facilmente vista de Portugal (e outros países da Europa) e da África, infelizmente o eclipse não será.



Eclipse Total não será visível de Portugal! Super Lua sim…

Prepare-se para mais uma Super Lua! No dia 26 de maio de 2021 ocorrerá o Eclipse Total da Super Lua que não será visível em Portugal, por ocorrer à luz do dia. No entanto, será possível observar a grande lua cheia.

Neste dia, a lua começará a entrar na penumbra pelas 09h46. Às 10h45, a lua entra na sombra e ficará completamente coberta a partir das 12h10. Pelas 12h19 o eclipse atinge o seu máximo, permanecendo na totalidade até às 12h28. A partir das 13h53, a Lua sai totalmente da sombra, terminando a última fase do eclipse pelas 14h51, revela o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL).

A Super Lua de maio ocorrerá durante um Eclipse total da Super Lua.



Ainda segundo o OAL, a Lua vai-se encontrar simultaneamente em fase de Lua Cheia e a uma distância da Terra inferior a 110% do perigeu da sua órbita.

De acordo com o The Guardian, esta semana, o centro da lua vai estar a apenas a 357 310,962 quilómetros da Terra do centro da Terra.

No dia 26 a Lua nasce às 21h14 no azimute 61º, contado de Sul para Este. Nessa altura, a Lua vai parecer maior do que o habitual, não apenas devido à ocorrência de Super Lua, mas também porque estando próxima do horizonte vê-se mais ampliada, o que é apenas uma ilusão de ótica. A Super Lua encontra-se na constelação de Ofiúco. No dia seguinte, dia 27, a Lua nasce às 22h29 e continuará a parecer maior do que o habitual.

https://pplware.sapo.pt/pplware/eclipse-lunar-total-e-a-maior-super-lua-do-ano-ja-esta-quarta-feira/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW