A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !

  • 3232 Respostas
  • 331204 Visualizações
*

Vicente de Lisboa

  • Analista
  • ***
  • 894
  • Recebeu: 93 vez(es)
  • Enviou: 48 vez(es)
  • +21/-9
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3225 em: Setembro 22, 2022, 03:56:16 pm »
Entretanto os Espanhois querem cortar a agua a Portugal.

Alguem se lembra quando na decada de 2000 eu tinha levantado essa probalidade entre outras  :N-icon-Axe:

Miguel das Tempestades emfim....

Gozar, gozar...

Excepto o PapaTango que me dava razao..
Agricultores aleatórios espanhóis a falar sobre água vale tanto quanto quanto cidadãos aleatórios portugueses a falar sobre a reconquista de Olivença. O Governo Espanhol deu alguma indicação de que vai deixar de cumprir o acordado? Até que isso aconteça, não vale a pena entrar em paranoia. 
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14245
  • Recebeu: 3481 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2400/-6126
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3226 em: Setembro 28, 2022, 09:09:56 pm »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1687
  • Recebeu: 1269 vez(es)
  • Enviou: 803 vez(es)
  • +1597/-1501
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3227 em: Setembro 28, 2022, 10:40:51 pm »
Mais uns burros que não percebem nada disto

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/09/frances-2023-defense-budget-what-to-expect-for-the-french-navy/

Porque não bebem dos conhecimentos holísticos nacionais. Embora pinga da boa, é capaz disso. Pelo menos com os Ingleses era tradicional
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Observador

  • Membro
  • *
  • 70
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • +8/-5
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3228 em: Outubro 01, 2022, 12:35:29 am »
Citar
O almirante é o preferido dos inquiridos, com o seu nome a liderar a lista dos mais prováveis, logo seguido de António Costa.
https://expresso.pt/politica/2022-09-30-Almirante-e-o-preferido-para-Belem-mas-Costa-lidera-a-esquerda-bd06558c
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6337
  • Recebeu: 2601 vez(es)
  • Enviou: 564 vez(es)
  • +699/-494
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3229 em: Outubro 01, 2022, 12:41:00 pm »
"Logo seguido de António Costa".  ::)

A malta não aprende.

Que ganhe o CEMA então.
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1687
  • Recebeu: 1269 vez(es)
  • Enviou: 803 vez(es)
  • +1597/-1501
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3230 em: Outubro 01, 2022, 12:49:30 pm »
Não aprende porque são uns imbecilizados do sistema de décadas que lhes tem atirado com o papão. Umas ovelhas cobardes, como até se denota em muitos dos comentários que tem no Face sobre a guerra na Ucrânia. Decerto entregavam logo a mulher e as filhas a eventuais invasores.
Aliás, de certa maneira já mostram como são uns coninas tendo em conta o que se passa por muito sitio neste País. Que se passa e não divulgado pela comunicação social comprada, tal como faz o papel publicitário aos discursos do bonecos militares acerca das FA, também esses uns coninhas vaidosos.
Outros países olham para esta borregada e figuras tristes e até se riem
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Subsea7

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6083
  • Recebeu: 372 vez(es)
  • +2658/-383
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3231 em: Outubro 05, 2022, 12:23:25 am »



Já agora ...
Tanto quanto me lembro, a expressão "zero naval" veio da década de 1920, altura em que todos os navios da marinha portuguesa os maiores deles comprados ainda no final do século XIX foram abatidos e retirados de serviço.

O cruzador D.Carlos, com um deslocamento superior a 4.000t  foi retirado em 1925. A corveta-couraçada Vasco da Gama, foi retirada em 1935, mas desde o final da guerra em 1918 que estava parada.
Os contratorpedeiros da classe Vouga estavam ferrugentos e eram um perigo para a navegação. Deslocavam 670t e o primeiro foi retirado em 1927.

Este descalabro, de uma marinha de um país que ainda tinha um império, mas que não tinha como defende-lo foi referido como Zero Naval.

E nesta altura, nomeadamente quando encostaram a corveta couraçada (que deslocava menos que as atuais Vasco da Gama) ainda se falava na aquisição de Dredenós.
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14245
  • Recebeu: 3481 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2400/-6126
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3232 em: Outubro 05, 2022, 09:00:43 am »
Ou seja, uma tradição que vem de longe e há que manter a todo o custo

Desde que hajam gabinetes confortáveis e messes com bom whisky
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, Pescador