China/Taiwan

  • 109 Respostas
  • 18383 Visualizações
*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #60 em: Junho 30, 2022, 12:48:30 pm »
VAI A CHINA INVADIR TAIWAN?


Nestas ultimas 3 semanas, muitas informaçoes indicam uma preparaçao da China para uma açao militar em Taiwan.. a ver vamos. Com a operaçao Russa na Ucrania e com todas as sanções que a Russia levou, a China esta agora complètamente informada e em tempo real, de até aonde os ocidentais podem ir ao nivel de sanções... ela pode preparar-se a vontade e assim estar complètamente impermeável as sanções. Grande erro cometeu o occidente... a Russia e a China estao a trabalhar em conjunto... uma vai ao carvao e a outra observa e toma notas para o futuro!
The Hammerhead
Born to hammer heads!
 

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 921
  • Recebeu: 665 vez(es)
  • Enviou: 888 vez(es)
  • +70/-17
Re: China/Taiwan
« Responder #61 em: Junho 30, 2022, 12:54:19 pm »
A China têm uma economia que depende de quase 50% de países que aplicaram sanções à Rússia, por isso mesmo, evita apoios directos à invasão, não tem nada a ganhar com uma solução militar em Taiwan.

Nem vou falar que qualquer invasão militar de uma ilha situada a 160Km, exigiria uma preparação e concentração de forças impossível de esconder.

“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #62 em: Junho 30, 2022, 01:17:15 pm »
A China têm uma economia que depende de quase 50% de países que aplicaram sanções à Rússia, por isso mesmo, evita apoios directos à invasão, não tem nada a ganhar com uma solução militar em Taiwan.

Nem vou falar que qualquer invasão militar de uma ilha situada a 160Km, exigiria uma preparação e concentração de forças impossível de esconder.

A China vende a quem compra, ponto. Se nao compra o occidente compram outros, mesmo se estes têm menos poder de compra, têm o numero demografico a seu favor... India, America do Sul, Asia, Médio Oriente. Sim é impossivel de esconder uma preparação e concentração de forças... mas o que é que vai fazer o occidente, nada... como disse a China esta a 160km de Taiwan, os outros estao a milhares de km! E iam fazer o quê, enviar forças para defender Taiwan? é para esquecer... é a China que paga e controla as finanças dos USA hoje em dia...ela sabe que o dollar é para esquecer... e quando ela decidir os USA vao a falencia!

« Última modificação: Julho 01, 2022, 02:44:36 pm por Hammerhead »
The Hammerhead
Born to hammer heads!
 

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 921
  • Recebeu: 665 vez(es)
  • Enviou: 888 vez(es)
  • +70/-17
Re: China/Taiwan
« Responder #63 em: Junho 30, 2022, 02:57:05 pm »
Citar
e quando ela decidir os USA vao a falencia!

Ainda fui perder tempo.  :mrgreen:
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6171
  • Recebeu: 2401 vez(es)
  • Enviou: 544 vez(es)
  • +660/-475
Re: China/Taiwan
« Responder #64 em: Junho 30, 2022, 03:23:21 pm »
A China e a Índia não se vêem com bons olhos. E a Índia não tem nada a ganhar em financiar a China, ganham mais em se disponibilizar ao Ocidente para receberem fábricas que outrora estariam situadas na China.

Depois temos de questionar: como é que a China vendia? Um bloqueio naval e grande parte das exportações chinesas ficam bloqueadas. O mesmo para as importações. Resta a dúvida sobre como é que a China alimenta aquela gente toda, se o conflito em Taiwan durar muito tempo, e as importações de alimentos ficarem também bloqueadas. Existem vários países na região que não querem que a China ganhe, porque sabem que a China tem pretensões territoriais, nomeadamente no mar.

Depois Taiwan também não será propriamente fácil de invadir. É certo que sozinhos eventualmente sucumbiriam perante a China, mas Taiwan tem FA de dimensão aproximada às da Ucrânia, num país mais pequeno, mas com terreno muito mais complicado. A haver guerra, será um conflito para durar meses quase de certeza, a não ser que as coisas corram terrivelmente mal para Taiwan, e espectacularmente bem para a China. E se houver ajuda de terceiros a Taiwan, a coisa complica para a China.
 

*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #65 em: Junho 30, 2022, 05:51:09 pm »
A China e a Índia não se vêem com bons olhos. E a Índia não tem nada a ganhar em financiar a China, ganham mais em se disponibilizar ao Ocidente para receberem fábricas que outrora estariam situadas na China.

Depois temos de questionar: como é que a China vendia? Um bloqueio naval e grande parte das exportações chinesas ficam bloqueadas. O mesmo para as importações. Resta a dúvida sobre como é que a China alimenta aquela gente toda, se o conflito em Taiwan durar muito tempo, e as importações de alimentos ficarem também bloqueadas. Existem vários países na região que não querem que a China ganhe, porque sabem que a China tem pretensões territoriais, nomeadamente no mar.

Depois Taiwan também não será propriamente fácil de invadir. É certo que sozinhos eventualmente sucumbiriam perante a China, mas Taiwan tem FA de dimensão aproximada às da Ucrânia, num país mais pequeno, mas com terreno muito mais complicado. A haver guerra, será um conflito para durar meses quase de certeza, a não ser que as coisas corram terrivelmente mal para Taiwan, e espectacularmente bem para a China. E se houver ajuda de terceiros a Taiwan, a coisa complica para a China.

"A China e a Índia não se vêem com bons olhos" ...

Isso era antes... ouve evoluçao... hoje fazem parte dos BRICS + Organização de Cooperação de Xangai, e estao em discuçao para abandonnar os conflictos fronteiriços e têm interesses conjuntos. Ainda a alguns comandantes refratários no Himalaia e no caxemira mas estao a avançar no bom caminho. O Modi quer desenvolver o seu pais com a ajuda da China, e a muito por fazer!

https://thediplomat.com/2017/09/china-and-india-a-lesson-in-conflict-resolution/

Quanto a um embargo naval a China é um mito! Quem faria esse embargo? Os USA??? Impossivel sem haver conflicto!
E por informaçao as redes ferroviarias da nova "new silk road" estao a ser melhoradas... nao é so por navios! Da China a EU + de 11000km em 20 dias...



https://www.railfreight.com/beltandroad/2021/03/24/is-the-new-silk-road-viable-as-we-know-it/?gdpr=deny




« Última modificação: Junho 30, 2022, 05:56:17 pm por Hammerhead »
The Hammerhead
Born to hammer heads!
 

*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #66 em: Junho 30, 2022, 06:39:07 pm »
Citar
e quando ela decidir os USA vao a falencia!

Ainda fui perder tempo.  :mrgreen:

A fórmula que usei é um pouco exagerada e teatral, mas é uma possibilidade...

Sim a China pode levar à falência os EUA,  existem apenas algumas maneiras de o fazêr.

Os EUA ainda possuem a maior economia do mundo, mas até quando?

Uma maneira de falir os EUA sera atacá-los economicamente, com alianças com a Índia, Irã, Rússia, Brasil e com Taiwan ja capturado. A China quando controlar o comércio mundial vai poder impor tarifas pesadas ao comércio mundial e aos Estados-Unidos e restrições mais fáceis aos seus aliados, o que vai limpar lentamente os cofres dos EUA.

A falência dos EUA pode ser simplesmente um sonho para muitos, e a China, até agora, prefere fazer diplomacia, em vez de criar inimigos, mas se os USA continuarem no caminho em que estao hoje(ver a china como um inimigo) entao é uma possibilidade real em ter em conta.

Mas como se costuma dizer na China, a melhor maneira de falir qualquer nação é deixá-la falir ela propria!
The Hammerhead
Born to hammer heads!
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6171
  • Recebeu: 2401 vez(es)
  • Enviou: 544 vez(es)
  • +660/-475
Re: China/Taiwan
« Responder #67 em: Junho 30, 2022, 09:49:46 pm »
"A China e a Índia não se vêem com bons olhos" ...

Isso era antes... ouve evoluçao... hoje fazem parte dos BRICS + Organização de Cooperação de Xangai, e estao em discuçao para abandonnar os conflictos fronteiriços e têm interesses conjuntos. Ainda a alguns comandantes refratários no Himalaia e no caxemira mas estao a avançar no bom caminho. O Modi quer desenvolver o seu pais com a ajuda da China, e a muito por fazer!

https://thediplomat.com/2017/09/china-and-india-a-lesson-in-conflict-resolution/

Quanto a um embargo naval a China é um mito! Quem faria esse embargo? Os USA??? Impossivel sem haver conflicto!
E por informaçao as redes ferroviarias da nova "new silk road" estao a ser melhoradas... nao é so por navios! Da China a EU + de 11000km em 20 dias...



https://www.railfreight.com/beltandroad/2021/03/24/is-the-new-silk-road-viable-as-we-know-it/?gdpr=deny

Uma notícia de 2017 (primeiro link) vale de pouco*, principalmente quando ainda no ano passado, houve "conflito" entre os dois países. Também no ano passado, a Índia colocou-se como parceiro de vários exercícios militares com os EUA, Japão e Austrália. As relações entre os dois variam entre amor/ódio, sendo que o "amor" é mais por conveniência do que outra coisa, já o ódio tem ramificações mais profundas, com reais disputas territoriais. Depois existem mais países à volta aos quais não agrada nada o expansionismo chinês, e que facilmente assumiriam uma posição neutra, ou até contra, relativamente à China.

A questão do BRICS é de facto pertinente. Tirando a parte que não é uma aliança militar, e que contém países que garantidamente vão preferir não escolher lados. A realidade é que aliados da China, serão a Rússia, Coreia do Norte e Irão. O resto manter-se-á neutro, até porque ninguém quer ter o azar de escolher o lado errado, porque se escolhem o lado que perde, as consequências futuras vão-se sentir. Mantendo-se neutros, enquanto as restantes potências se destroem entre si, esses países têm muito mais chances de sucesso no futuro. Portanto seriam burros se se metessem ao lado da China.

*Até 24 de Fevereiro deste ano, era tudo "amigo" da Rússia também, no entanto essa postura mudou completamente. Logo nada impede que aconteça o mesmo com a China, caso esta escolhesse invadir Taiwan.

Um embargo impossível?  :mrgreen: Como se os navios civis se fossem meter em aventuras perante a ameaça de um conflito. E com a quantidade de inimigos que a China tem arranjado, vão passar por onde? Se têm o azar de todas as rotas ficarem fechadas, a China vai armar guerra com todos? Claro que não. Mas o mercado mais importante para a China é precisamente o Ocidente. E o Ocidente vai certamente estar unido na hora de fazer um embargo aos produtos chineses, à deslocalização da indústria e até no apoio militar. Logo aí nem a "nova rota da seda" vai ser grande solução.

Mas neste tema, até há outras coisas interessantes para se debater. Um guerra na região, vai ter efeito dominó e incendiar outros conflitos? Entre as Coreias? Israel-Irão? Índia-Paquistão? Rússia-NATO (tirando proveito do foco americano no Pacífico)? Japão-Rússia? Vai a Índia aproveitar-se do foco chinês em Taiwan para arrumar de uma vez por todas com as questões territoriais? Vai algum país do Ocidente interferir? De forma directa (combate) ou indirecta (fornecimento de armamento e afins)? Qual a postura do Japão? Da Austrália? Do Reino Unido?

Neste momento, a "guerra" de influência vai continuar. Ambos os lados vão tentar angariar o máximo de "amigos" que conseguirem, para tentar isolar o oponente.
 

*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #68 em: Julho 01, 2022, 10:06:15 am »
"A China e a Índia não se vêem com bons olhos" ...

Isso era antes... ouve evoluçao... hoje fazem parte dos BRICS + Organização de Cooperação de Xangai, e estao em discuçao para abandonnar os conflictos fronteiriços e têm interesses conjuntos. Ainda a alguns comandantes refratários no Himalaia e no caxemira mas estao a avançar no bom caminho. O Modi quer desenvolver o seu pais com a ajuda da China, e a muito por fazer!

https://thediplomat.com/2017/09/china-and-india-a-lesson-in-conflict-resolution/

Quanto a um embargo naval a China é um mito! Quem faria esse embargo? Os USA??? Impossivel sem haver conflicto!
E por informaçao as redes ferroviarias da nova "new silk road" estao a ser melhoradas... nao é so por navios! Da China a EU + de 11000km em 20 dias...



https://www.railfreight.com/beltandroad/2021/03/24/is-the-new-silk-road-viable-as-we-know-it/?gdpr=deny

Uma notícia de 2017 (primeiro link) vale de pouco*, principalmente quando ainda no ano passado, houve "conflito" entre os dois países. Também no ano passado, a Índia colocou-se como parceiro de vários exercícios militares com os EUA, Japão e Austrália. As relações entre os dois variam entre amor/ódio, sendo que o "amor" é mais por conveniência do que outra coisa, já o ódio tem ramificações mais profundas, com reais disputas territoriais. Depois existem mais países à volta aos quais não agrada nada o expansionismo chinês, e que facilmente assumiriam uma posição neutra, ou até contra, relativamente à China.

A questão do BRICS é de facto pertinente. Tirando a parte que não é uma aliança militar, e que contém países que garantidamente vão preferir não escolher lados. A realidade é que aliados da China, serão a Rússia, Coreia do Norte e Irão. O resto manter-se-á neutro, até porque ninguém quer ter o azar de escolher o lado errado, porque se escolhem o lado que perde, as consequências futuras vão-se sentir. Mantendo-se neutros, enquanto as restantes potências se destroem entre si, esses países têm muito mais chances de sucesso no futuro. Portanto seriam burros se se metessem ao lado da China.

*Até 24 de Fevereiro deste ano, era tudo "amigo" da Rússia também, no entanto essa postura mudou completamente. Logo nada impede que aconteça o mesmo com a China, caso esta escolhesse invadir Taiwan.

Um embargo impossível?  :mrgreen: Como se os navios civis se fossem meter em aventuras perante a ameaça de um conflito. E com a quantidade de inimigos que a China tem arranjado, vão passar por onde? Se têm o azar de todas as rotas ficarem fechadas, a China vai armar guerra com todos? Claro que não. Mas o mercado mais importante para a China é precisamente o Ocidente. E o Ocidente vai certamente estar unido na hora de fazer um embargo aos produtos chineses, à deslocalização da indústria e até no apoio militar. Logo aí nem a "nova rota da seda" vai ser grande solução.

Mas neste tema, até há outras coisas interessantes para se debater. Um guerra na região, vai ter efeito dominó e incendiar outros conflitos? Entre as Coreias? Israel-Irão? Índia-Paquistão? Rússia-NATO (tirando proveito do foco americano no Pacífico)? Japão-Rússia? Vai a Índia aproveitar-se do foco chinês em Taiwan para arrumar de uma vez por todas com as questões territoriais? Vai algum país do Ocidente interferir? De forma directa (combate) ou indirecta (fornecimento de armamento e afins)? Qual a postura do Japão? Da Austrália? Do Reino Unido?

Neste momento, a "guerra" de influência vai continuar. Ambos os lados vão tentar angariar o máximo de "amigos" que conseguirem, para tentar isolar o oponente.

A India conhece perfeitamente o occidente e os seus objectivos. Ela aprendeu muito com o imperio britanico...e quando faz exercicios com paises "occidentais" é mais para mostrar ao Paquistao musclos. Sim houve escaramuças com a China e Paquistao mas ja nao é o caso hoje. A India esta rodeada, a Norte pela China a oueste pelo Paquistao e a sul têm o Bangladesh que come na mao da China... ela sabe que no occidente nao pode confiar e so têm uma altrenativa . Alias o povo indianno odeia o occidente... se têm possibilidade va la de férias e vai ver pelos seus proprios olhos!

Depois do 24 de Fevereiro deste ano, ainda é tudo "amigo" da Rússia... nao o dizem abertamente por medo de sançoes da parte occidental mas nada mudou.

« Última modificação: Julho 01, 2022, 10:14:26 am por Hammerhead »
The Hammerhead
Born to hammer heads!
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 3009
  • Recebeu: 1699 vez(es)
  • Enviou: 848 vez(es)
  • +2770/-2642
Re: China/Taiwan
« Responder #69 em: Julho 01, 2022, 10:54:35 am »
É comovente a oposição do Hammerhead ao imperialismo do ocidente de séculos passados (no vídeo que coloca) e ao mesmo tempo o seu apoio do imperialismo Russo dos dias de hoje!!!!!

Diz muito da integridade ou falta dela.......

A Índia e a China aliadas ou amigas? Tem a certeza? É que em plena pandemia do Covid19, a Índia e a China envolveram-se em escaramuças na fronteira, acusando-se mutuamente por ocuparem território alheio: https://www.dn.pt/mundo/tensao-militar-regressa-a-fronteira-entre-india-e-china--12570301.html

E como é acólito russo, diga-me lá que países que façam fronteira com a Rússia que são amigos e confiam na Rússia, diga lá. Bielorrússia (mais o ditador que está actualmente no poder)? E mais?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6171
  • Recebeu: 2401 vez(es)
  • Enviou: 544 vez(es)
  • +660/-475
Re: China/Taiwan
« Responder #70 em: Julho 01, 2022, 12:33:39 pm »
Nem vale a pena. Ainda não percebeu que das outras 3 potências mundiais (China, EUA e Rússia), a índia tende a manter uma certa neutralidade com 2 deles, já com a China, as tensões são bem reais. Portanto achar que em momento algum, num conflito China vs EUA, a Índia vai baixar as calças à China só porque sim, é uma tremenda ilusão. Ainda por cima, se a China "cair", o Paquistão deixa de ter o seu principal apoio militar, o que beneficia a Índia. Não existe uma versão em que a Índia e a China se vão unir contra a "tirania" do "Occidente". Teria de haver uma grande mudança política na Índia, para tal acontecer.

Já o ódio dos indianos para com o Ocidente, é curioso é que toda a gente odeia o Ocidente, mas quando é para emigrar, exportar ou copiar, para quem é que olham? Mais engraçado é gente que vive no Ocidente, odiar o Ocidente, e aí pergunto: se odeiam assim tanto o Ocidente, porque não se mudam para os países que tanto veneram? Certamente eram mais felizes lá. É falar de boca cheia não é? Pois...

Quanto ao BRICS, não é uma aliança militar, logo em caso de guerra, os outros países não se vão meter em aventuras, pois não faz sentido do ponto de vista político, económico ou militar. Estes países vão manter-se neutros, à excepção da Rússia, portanto achar que os "bricks" vão juntar-se todos contra o Ocidente, é uma grande ilusão.

Já os amigos da Rússia, são tantos que, na hora de ajudarem a Rússia na invasão da Ucrânia, quase todos recusaram intervir, incluindo os países da CSTO, à excepção da Bielorrússia. A Bielorrússia só apoia a Rússia por ter um regime pró-Rússia, e por saberem que, se recusassem ajudar a Rússia, seriam atacados, tal como a Ucrânia foi.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Viajante

*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #71 em: Julho 01, 2022, 02:10:49 pm »
Nem vale a pena. Ainda não percebeu que das outras 3 potências mundiais (China, EUA e Rússia), a índia tende a manter uma certa neutralidade com 2 deles, já com a China, as tensões são bem reais. Portanto achar que em momento algum, num conflito China vs EUA, a Índia vai baixar as calças à China só porque sim, é uma tremenda ilusão. Ainda por cima, se a China "cair", o Paquistão deixa de ter o seu principal apoio militar, o que beneficia a Índia. Não existe uma versão em que a Índia e a China se vão unir contra a "tirania" do "Occidente". Teria de haver uma grande mudança política na Índia, para tal acontecer.

Já o ódio dos indianos para com o Ocidente, é curioso é que toda a gente odeia o Ocidente, mas quando é para emigrar, exportar ou copiar, para quem é que olham? Mais engraçado é gente que vive no Ocidente, odiar o Ocidente, e aí pergunto: se odeiam assim tanto o Ocidente, porque não se mudam para os países que tanto veneram? Certamente eram mais felizes lá. É falar de boca cheia não é? Pois...

Quanto ao BRICS, não é uma aliança militar, logo em caso de guerra, os outros países não se vão meter em aventuras, pois não faz sentido do ponto de vista político, económico ou militar. Estes países vão manter-se neutros, à excepção da Rússia, portanto achar que os "bricks" vão juntar-se todos contra o Ocidente, é uma grande ilusão.

Já os amigos da Rússia, são tantos que, na hora de ajudarem a Rússia na invasão da Ucrânia, quase todos recusaram intervir, incluindo os países da CSTO, à excepção da Bielorrússia. A Bielorrússia só apoia a Rússia por ter um regime pró-Rússia, e por saberem que, se recusassem ajudar a Rússia, seriam atacados, tal como a Ucrânia foi.

Mas qual neutralidade... neutralidade é do século passado, existe uma posiçao official e uma outra não oficial! Quem nao vê isso é cego!

Peço desculpa e com todo o meu respeito... o senhor esta altamente enganado... para você criticar = odio ... grande erro!

Quanto a emigraçao é uma percentagem bastante baixa e a varias razoes para emigrar... o nosso modo de vida nao é brevetado ao que eu saiba... e todos os povos têm direito e procuram estabilidade, prosporidade e segurança. Estes três valores foram frequentemente construídos nos nossos países à custa da insegurança nos países deles. Muito das riquesas occidentais vêm dos paises pobres, colonisados e explorados pelas naçoes occidentais. Mas enfim...

Quanto aos amigos da Russia(CSTO) estam todos no terreno, como voluntarios, com as forças armada Russas, nao officialmente mas estam là, como estao la tambem soldados da NATO a combater para a Ucrania. Mais uma vez, a Ucrania é uma guerra que nao diz o seu nome mas é uma guerra NATO-Russia... e mais uma vez, quem nao vê isso é cego bis!
« Última modificação: Julho 01, 2022, 02:47:24 pm por Hammerhead »
The Hammerhead
Born to hammer heads!
 

*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #72 em: Julho 01, 2022, 02:25:14 pm »
É comovente a oposição do Hammerhead ao imperialismo do ocidente de séculos passados (no vídeo que coloca) e ao mesmo tempo o seu apoio do imperialismo Russo dos dias de hoje!!!!!

Diz muito da integridade ou falta dela.......

A Índia e a China aliadas ou amigas? Tem a certeza? É que em plena pandemia do Covid19, a Índia e a China envolveram-se em escaramuças na fronteira, acusando-se mutuamente por ocuparem território alheio: https://www.dn.pt/mundo/tensao-militar-regressa-a-fronteira-entre-india-e-china--12570301.html

E como é acólito russo, diga-me lá que países que façam fronteira com a Rússia que são amigos e confiam na Rússia, diga lá. Bielorrússia (mais o ditador que está actualmente no poder)? E mais?

1. Você confunde imperialismo e interesses estrategicos! A Russia nao é o Luxemburgo!
2. E Portugal, nao teve escaramuças nas selvagens com Espanha? Acontece em varios paises e na India/China nao foi devido aos governos mas sim a ordems dadas por militares frustrados.
3. Mongolia, China, Coreia do Norte, Cazaquistão, Azerbaijão. Algums mais amigos que outros, mas nao a claramente problemas e inimizade entre eles.
« Última modificação: Julho 01, 2022, 02:55:21 pm por Hammerhead »
The Hammerhead
Born to hammer heads!
 

*

Icterio

  • Membro
  • *
  • 220
  • Recebeu: 170 vez(es)
  • Enviou: 36 vez(es)
  • +494/-209
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: China/Taiwan
« Responder #73 em: Julho 01, 2022, 02:44:37 pm »
1. Você confunde imperialismo e interesses estrategicos! A Russia nao é o Luxemburgo!
2. E Portugal, nao teve escaramuchas nas selvagems com Espanha? Acontesse em varios paises e na India/China nao foi devido aos governos mas sim a ordems dadas por militares frustrados.
3. Mongolia, China, Coreia do Norte, Cazaquistão, Uzbequistão, Azerbaijão. Algums mais amigos que outros, mas nao a claramente problèmas e inamigade entre eles.

Fogo, até se fica com os olhos trocados a tentar "ler" esta sopas de letras.  Nem a quarta classe.... :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Hammerhead

*

Hammerhead

  • Perito
  • **
  • 576
  • Recebeu: 80 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +45/-1921
Re: China/Taiwan
« Responder #74 em: Julho 01, 2022, 02:49:07 pm »
1. Você confunde imperialismo e interesses estrategicos! A Russia nao é o Luxemburgo!
2. E Portugal, nao teve escaramuchas nas selvagems com Espanha? Acontesse em varios paises e na India/China nao foi devido aos governos mas sim a ordems dadas por militares frustrados.
3. Mongolia, China, Coreia do Norte, Cazaquistão, Uzbequistão, Azerbaijão. Algums mais amigos que outros, mas nao a claramente problèmas e inamigade entre eles.

Fogo, até se fica com os olhos trocados a tentar "ler" esta sopas de letras.  Nem a quarta classe.... :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Para você chega bem  :mrgreen:
The Hammerhead
Born to hammer heads!