China/Taiwan

  • 112 Respostas
  • 19922 Visualizações
*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1705
  • Recebeu: 571 vez(es)
  • Enviou: 360 vez(es)
  • +281/-4408
Re: China/Taiwan
« Responder #105 em: Agosto 08, 2022, 06:46:29 am »

O não reconhecimento da independência de Taiwan é mais fruto da chantagem e dependência económica da China que outra coisa. Em qualquer outra situação, a independência seria um passo óbvio e incontestável.

Entretanto, quem mais quer esta guerra é a Rússia.

Por acaso, essa ideia veio do "amaricados". O objectivo foi puxar a China ainda mais para fora da influencia da URSS durante a guerra fria. Nixon, diz-lhe alguma coisa? Teve pouco ou nada a ver com economia ou chantagem economica à altura. Portugal, como bom servo, simplesmente acedeu (nem tinhamos outra alternativa à altura, atolados e isolados como estavamos)

Quanto à independencia de Taiwan, concordo que já se deveria ter dado esse passo, mas fizemos o favor de alienar aquele que seria a ferramento fulcral para isso, ou seja o homem do gás. Na realidade alienamos o gajo e acabamos de lhe entregar a China. Pegar numa caçadeira e cravar um tiro nos nossos pés, foi o que fizemos.

Quanto à Rússia querer esta guerra, acredito piamente....até porque foi o Putin que disse à Pelosi para ir lá a Taiwan picar os chineses.... Bem visto....
« Última modificação: Agosto 08, 2022, 08:02:05 am por FoxTroop »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, Kalil

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 11844
  • Recebeu: 2458 vez(es)
  • Enviou: 6649 vez(es)
  • +409/-253
    • http://youtube.com/HSMW
Re: China/Taiwan
« Responder #106 em: Agosto 08, 2022, 07:25:05 pm »

Is China planning to invade Taiwan or is there another plan?

Citar
China’s military live-fire exercises off the coast of Taiwan, designed to showcase its strength, have once again raised fears they might try to retake the island, which they see as an integral part of mainland China.

But as Tim Cooper has been investigating, their actions may point to a different strategy altogether.
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 130 vez(es)
  • +301/-140
Re: China/Taiwan
« Responder #107 em: Agosto 11, 2022, 11:03:53 am »

O não reconhecimento da independência de Taiwan é mais fruto da chantagem e dependência económica da China que outra coisa. Em qualquer outra situação, a independência seria um passo óbvio e incontestável.

Entretanto, quem mais quer esta guerra é a Rússia.

Por acaso, essa ideia veio do "amaricados". O objectivo foi puxar a China ainda mais para fora da influencia da URSS durante a guerra fria. Nixon, diz-lhe alguma coisa? Teve pouco ou nada a ver com economia ou chantagem economica à altura. Portugal, como bom servo, simplesmente acedeu (nem tinhamos outra alternativa à altura, atolados e isolados como estavamos)

Quanto à independencia de Taiwan, concordo que já se deveria ter dado esse passo, mas fizemos o favor de alienar aquele que seria a ferramento fulcral para isso, ou seja o homem do gás. Na realidade alienamos o gajo e acabamos de lhe entregar a China. Pegar numa caçadeira e cravar um tiro nos nossos pés, foi o que fizemos.

Quanto à Rússia querer esta guerra, acredito piamente....até porque foi o Putin que disse à Pelosi para ir lá a Taiwan picar os chineses.... Bem visto....

Tanto quanto percebo da situação ainda é mais complicada e sem solução há vista, nem Republica Popular da China quer  Taiwan independente nem Taiwan quer ser independente. Ambos pretendem um reunificação da China continental com ilha Taiwan, só não estão de acordo quem fica a governar.

E para além do que disse a solução dos EUA, foi empurrar o problema para a frente esperado que a crise arrefecesse e quem sabe a China autocrática passasse a ser mais democrática e a coisa se resolvesse, infelizmente com o Xi Pingas tem acontecido exatamente ao contrário, e se em tempos houve essa esperança acho que neste momento é algo impensável pois todos já perceberam como se governa da China continental.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14220
  • Recebeu: 3465 vez(es)
  • Enviou: 3905 vez(es)
  • +2396/-6071
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6311
  • Recebeu: 2570 vez(es)
  • Enviou: 562 vez(es)
  • +689/-485
Re: China/Taiwan
« Responder #109 em: Agosto 12, 2022, 02:05:52 pm »
Por acaso, essa ideia veio do "amaricados". O objectivo foi puxar a China ainda mais para fora da influencia da URSS durante a guerra fria. Nixon, diz-lhe alguma coisa? Teve pouco ou nada a ver com economia ou chantagem economica à altura. Portugal, como bom servo, simplesmente acedeu (nem tinhamos outra alternativa à altura, atolados e isolados como estavamos)

Quanto à independencia de Taiwan, concordo que já se deveria ter dado esse passo, mas fizemos o favor de alienar aquele que seria a ferramento fulcral para isso, ou seja o homem do gás. Na realidade alienamos o gajo e acabamos de lhe entregar a China. Pegar numa caçadeira e cravar um tiro nos nossos pés, foi o que fizemos.

Quanto à Rússia querer esta guerra, acredito piamente....até porque foi o Putin que disse à Pelosi para ir lá a Taiwan picar os chineses.... Bem visto....

Que eu saiba, o Nixon, Guerra Fria e USSR é passado. Estamos no presente, e a aversão dos países relativamente a reconhecer Taiwan como independente, ou qualquer coisa parecida, deve-se quase exclusivamente à pressão chinesa.

A China há muitos anos que anda numa "invasão" desenfreada de vários países, através da compra de grandes empresas e a controlar infraestruturas primárias, como acontece em Portugal. O objectivo é mesmo ter todos na sua mão, para fins de controlo e manipulação. E por cá, como estamos cheios de corruptos, esse trabalho fica ainda mais fácil.

E volta ao Putin... O "homem do gás", podia ter ficado quietinho, em vez de fazer a birrinha infantil típica dele. A NATO sem investimento (e como muitos diziam, em morte cerebral), não era ameaça nenhuma há Rússia, mesmo com a entrada da Ucrânia (que até acabou por ser recusada).
Aos que acreditam que devíamos baixar as calças ao Putin, e deixar que ele fizesse da Europa o que quisesse, para continuarmos a ter gás baratucho, só pergunto é qual seria a "linha vermelha" até dizer basta? Engraçado é que, esses criticam a entrega da indústria à China, pela mão de obra barata, mas já aceitam de bom grado fazer o mesmo com a total dependência energética da Rússia, também por ser barata. É fácil ver o paralelismo.

Já a última frase, não era exactamente isso que diziam da guerra na Ucrânia? Que o Putin tinha sido "obrigado" a iniciar a guerra pelo Ocidente? Então, foi o Biden a dizer ao Putin para invadir o vizinho?  :mrgreen:
A realidade é, a Rússia só tem a ganhar com as duas outras potências em conflito uma com a outra. Achar que os russos querem paz, ao invés da chance de se tornarem a única grande potência mundial, é mesmo viver num mundo paralelo.  ::)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 130 vez(es)
  • +301/-140
Re: China/Taiwan
« Responder #110 em: Agosto 15, 2022, 11:13:14 am »
Por acaso, essa ideia veio do "amaricados". O objectivo foi puxar a China ainda mais para fora da influencia da URSS durante a guerra fria. Nixon, diz-lhe alguma coisa? Teve pouco ou nada a ver com economia ou chantagem economica à altura. Portugal, como bom servo, simplesmente acedeu (nem tinhamos outra alternativa à altura, atolados e isolados como estavamos)

Quanto à independencia de Taiwan, concordo que já se deveria ter dado esse passo, mas fizemos o favor de alienar aquele que seria a ferramento fulcral para isso, ou seja o homem do gás. Na realidade alienamos o gajo e acabamos de lhe entregar a China. Pegar numa caçadeira e cravar um tiro nos nossos pés, foi o que fizemos.

Quanto à Rússia querer esta guerra, acredito piamente....até porque foi o Putin que disse à Pelosi para ir lá a Taiwan picar os chineses.... Bem visto....

Que eu saiba, o Nixon, Guerra Fria e USSR é passado. Estamos no presente, e a aversão dos países relativamente a reconhecer Taiwan como independente, ou qualquer coisa parecida, deve-se quase exclusivamente à pressão chinesa.

A China há muitos anos que anda numa "invasão" desenfreada de vários países, através da compra de grandes empresas e a controlar infraestruturas primárias, como acontece em Portugal. O objectivo é mesmo ter todos na sua mão, para fins de controlo e manipulação. E por cá, como estamos cheios de corruptos, esse trabalho fica ainda mais fácil.

E volta ao Putin... O "homem do gás", podia ter ficado quietinho, em vez de fazer a birrinha infantil típica dele. A NATO sem investimento (e como muitos diziam, em morte cerebral), não era ameaça nenhuma há Rússia, mesmo com a entrada da Ucrânia (que até acabou por ser recusada).
Aos que acreditam que devíamos baixar as calças ao Putin, e deixar que ele fizesse da Europa o que quisesse, para continuarmos a ter gás baratucho, só pergunto é qual seria a "linha vermelha" até dizer basta? Engraçado é que, esses criticam a entrega da indústria à China, pela mão de obra barata, mas já aceitam de bom grado fazer o mesmo com a total dependência energética da Rússia, também por ser barata. É fácil ver o paralelismo.

Já a última frase, não era exactamente isso que diziam da guerra na Ucrânia? Que o Putin tinha sido "obrigado" a iniciar a guerra pelo Ocidente? Então, foi o Biden a dizer ao Putin para invadir o vizinho?  :mrgreen:
A realidade é, a Rússia só tem a ganhar com as duas outras potências em conflito uma com a outra. Achar que os russos querem paz, ao invés da chance de se tornarem a única grande potência mundial, é mesmo viver num mundo paralelo.  ::)

A Ucrânia já tinha sido recusada para entrar na NATO e vendo a atitude Francesa e Alemã já depois da Invasão da Rússia, o Putin com o mínimo (ou nem precisava) de pressão tinha bloqueado novamente a entrada da Ucrânia na NATO ou em qualquer instituição Europeia.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 13039
  • Recebeu: 709 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-426
Re: China/Taiwan
« Responder #111 em: Setembro 19, 2022, 05:37:13 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 13039
  • Recebeu: 709 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-426
Re: China/Taiwan
« Responder #112 em: Setembro 22, 2022, 06:48:34 pm »
HISTÓRIA DE TAIWAN | Como Taiwan conquistou sua ampla autonomia?