Equipamento a oferecer à Ucrânia

  • 339 Respostas
  • 18697 Visualizações
*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2258
  • Recebeu: 119 vez(es)
  • Enviou: 287 vez(es)
  • +235/-203
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #30 em: Maio 01, 2022, 02:05:30 am »
Eu sou a favor do envio dos M113 e dos M114.

e de generais e Almirantes.

tudo que tivermos a mais ou não sirva

Portugal está disponível a enviar um batalhão de oficiais generais e dois batalhões de coronéis. Ainda sobra que chegue.. :N-icon-Axe: ::)
« Última modificação: Maio 01, 2022, 02:08:33 am por Duarte »
слава Україна!
смерть загарбникам та їхнім прибічникам тролів
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1441
  • Recebeu: 1049 vez(es)
  • Enviou: 629 vez(es)
  • +1568/-1479
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #31 em: Maio 01, 2022, 10:10:02 am »
Eu sou a favor do envio dos M113 e dos M114.

e de generais e Almirantes.

tudo que tivermos a mais ou não sirva

Portugal está disponível a enviar um batalhão de oficiais generais e dois batalhões de coronéis. Ainda sobra que chegue.. :N-icon-Axe: ::)

A Rússia também tem falta que andam a perder alguns e, temos cá a gosto
« Última modificação: Maio 01, 2022, 10:10:38 am por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Lightning

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 719
  • Recebeu: 90 vez(es)
  • Enviou: 35 vez(es)
  • +95/-88
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #32 em: Maio 01, 2022, 04:21:57 pm »
Eu sou a favor do envio dos M113 e dos M114.

e de generais e Almirantes.

tudo que tivermos a mais ou não sirva

Portugal está disponível a enviar um batalhão de oficiais generais e dois batalhões de coronéis. Ainda sobra que chegue.. :N-icon-Axe: ::)

A Rússia também tem falta que andam a perder alguns e, temos cá a gosto

E a primeira remessa até pode ser estes idiotas que andam pela CNN...
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Duarte

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6025
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • +2557/-354
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #33 em: Maio 01, 2022, 04:53:21 pm »
Citar
E a primeira remessa até pode ser estes idiotas que andam pela CNN...
É triste mas tenho que concordar ...

Pelo menos os ucranianos depois podiam troca-los por prisioneiros ucranianos nas mãos dos russos (só não se se os russos dariam grande coisa por eles)
Se eles aceitarem civis, talvez devêssemos exportar também o alexandrinho da SIC  :mrgreen:
https://www.youtube.com/watch?v=mtEyXAFUbC4

É muito mais facil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6025
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • +2557/-354
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #34 em: Maio 01, 2022, 04:57:20 pm »
Agora... num tom mais  sério, seria interessante alguém explicar ao Nuno Rogeiro, que não podemos facilmente retirar mísseis Harpoon das fragatas para os colocar não se sabe onde ...
Também no caso dos Leopard-2
Ninguém está a considerar enviar tanques com peças de 120mm ...
Logo isso não faz qualquer sentido ...

Já os M113, se os americanos estão a desenvolver uma linha de apoio logístico para esse meio, isso é completamente diferente.
https://www.youtube.com/watch?v=mtEyXAFUbC4

É muito mais facil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 719
  • Recebeu: 90 vez(es)
  • Enviou: 35 vez(es)
  • +95/-88
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #35 em: Maio 01, 2022, 05:01:01 pm »
Agora... num tom mais  sério, seria interessante alguém explicar ao Nuno Rogeiro, que não podemos facilmente retirar mísseis Harpoon das fragatas para os colocar não se sabe onde ...
Também no caso dos Leopard-2
Ninguém está a considerar enviar tanques com peças de 120mm ...
Logo isso não faz qualquer sentido ...

Já os M113, se os americanos estão a desenvolver uma linha de apoio logístico para esse meio, isso é completamente diferente.

Papatango eu vejo isto como uma oportunidade de ouro para o exercito de enviar tudo que é TOW, MILAN, LAW, Chaparral e por ai vai e adquirir sistemas mais modernos...Mas pronto vamos ver o que irá acontecer
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Duarte, Lightning, Srgdoido, Stalker79, Subsea7

*

Subsea7

  • Analista
  • ***
  • 749
  • Recebeu: 546 vez(es)
  • Enviou: 908 vez(es)
  • +1286/-1410
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #36 em: Maio 01, 2022, 05:27:21 pm »
A questão é que se enviamos os TOW e Milan, tão depressa não há substituto, pois os stocks europeus e USA estão no zero e as fábricas sem capacidade de produção.
Cps,
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: raphael

*

sivispacem

  • Perito
  • **
  • 426
  • Recebeu: 51 vez(es)
  • Enviou: 23 vez(es)
  • +17/-4
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #37 em: Maio 01, 2022, 09:11:47 pm »
Que enviem toda essa tralha para a Ucrânia! Assim como assim, dentro de poucos anos irá para o lixo por obsolescência total, e no entretanto que alguém lhes faça bom uso.

E depois seria uma oportunidade para gerar uma certa reindustrialização por cá. Por exemplo - e tentando ser realista há que reconhecer que não temos capacidade de tudo produzir entre nós, como é evidente; mas poderíamos montar e fabricar alguns componentes dos camiões que o Exército pretende adquirir, por exemplo. Ou fabricar parcialmente e montar os mísseis AC (os israelitas são muito cooperantes nessas matérias); ou relançar o fabrico de munições, em parceria com algum outro player de maior dimensão na Europa (por exemplo, relançado o fabrico das munições de 5,56mm ou de granadas de mão, 40mm, etc etc No sector da óptica poderíamos produzir equipamentos de visão noturna e térmica, por exemplo.

Enfim, tudo depende da forma como olhamos para esta situação de apoio à Ucrânia, a qual pode ser uma oportunidade de os apoiar e em simultâneo, de apoiarmos o nosso país...
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6166
  • Recebeu: 2396 vez(es)
  • Enviou: 543 vez(es)
  • +659/-475
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #38 em: Maio 01, 2022, 09:17:19 pm »
Para as armas anti-tanque, ainda havia a opção dos Spike israelitas, nas suas diversas versões. O problema é o resto, como veículos, que demoram mais tempo para ser substituídos.

Agora... num tom mais  sério, seria interessante alguém explicar ao Nuno Rogeiro, que não podemos facilmente retirar mísseis Harpoon das fragatas para os colocar não se sabe onde ...
Também no caso dos Leopard-2
Ninguém está a considerar enviar tanques com peças de 120mm ...
Logo isso não faz qualquer sentido ...

Já os M113, se os americanos estão a desenvolver uma linha de apoio logístico para esse meio, isso é completamente diferente.

Despachar os Harpoon das fragatas seria inteligente (para serem instalados em camiões e usados como baterias costeiras), se houvesse algum plano/encomenda já feita de mais unidades de uma versão mais recente, ou de um míssil substituto. Mas não é o caso, os Harpoon que temos, além de serem poucos, não têm alternativa nenhuma, barata, que possa tomar o seu lugar num muito curto espaço de tempo. Além de que, podíamos dar os mísseis todos que temos, que a quantidade seria meramente simbólica, havendo outros países certamente com stocks bem maiores, com mísseis a atingir o prazo de validade.

A questão dos Leopard, também é meio irracional. Nós temos apenas 37, com uma taxa de prontidão algo duvidosa. Quando  há outros países muito melhor posicionados para fornecer CCs modernos (independentemente do calibre da arma principal), e em muito mais quantidade, os tugas oferecerem apenas 37, era apenas extinguir esta capacidade no EP, sem substituto à vista. Faz muito mais sentido os americanos darem uma grande remessa de Abrams mais antigos, os britânicos alguns Challenger 1, ou diversos países Leopard 2A4.

Mantenho o racional que, se é para dar material que hoje está operacional, é bom que o Governo comece a pensar seriamente em aumentar o orçamento da Defesa para substituir estes meios. Não deve fazer diferença as FA ficarem 3 a 6 meses sem alguns dos seus meios (pontualmente), desde que depois deste prazo, venham novos, agora o que não pode ser é ficarmos anos à espera, como acontece com o Bérrio.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Duarte

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6025
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • +2557/-354
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #39 em: Maio 01, 2022, 09:44:30 pm »
Citar
Papatango eu vejo isto como uma oportunidade de ouro para o exercito de enviar tudo que é TOW, MILAN, LAW, Chaparral e por ai vai e adquirir sistemas mais modernos...Mas pronto vamos ver o que irá acontecer
Quando os ucranianos vissem o sistema Chaparral,... primeiro caiam para o lado, depois de recuperados esbugalhavam os olhos e caiam para o outro lado...
Depois de se levantarem, mandavam desmantelar a plataforma para utilizar peças ...
Estou a brinca, claro ...

Mas eu acho que às vezes esquecemos o que é que se faz em Portugal para manter peças de museu operacionais...
Numa situação de guerra, é preferivel canibalizar sistemas que vão avariar na primeira oportunidade...
Ainda assim, para forças de terceira linha, talvez servissem para alguma coisa... embora duvide.



O problema no caso do Orçamento de Estado, é que o ministro Medina nem quer ouvir falar em alterações. O objetivo deste governo, entre outros, é o de reduzir a dívida. É pena que o atual partido do governo não tenha pensado nisso antes de 2008, mas o objetivo é nobre...
Estamos numa situação extraordinariamente complicada.

Os alemães apanhados com as calças na mão e presos pelos ...(pipelines), a França com malucos revolucionários nas ruas, a Grã Bretanha fora da UE e com um estronço no poder (como é que se confia num gajo chamado Boris é que eu não entendo), os americanos controlados por teorias da conspiração, cada uma mais maluca que a outra e com uma tentativa de golpe de estado.

O Putin sabia o que estava a fazer.
Mas também... ou é agora ou nunca, e quando isto acabar, o mundo vai ser outro.
Espero que enforquem todo o empresário que pense em comprar uma uva na Russia...  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
https://www.youtube.com/watch?v=mtEyXAFUbC4

É muito mais facil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Duarte

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6166
  • Recebeu: 2396 vez(es)
  • Enviou: 543 vez(es)
  • +659/-475
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #40 em: Maio 01, 2022, 10:04:08 pm »
O Chaparral haveria de encontrar utilidade, nem que seja numa das muitas camadas de defesa aérea no território. Sempre é melhor do que estar limitado a um ZU-23. A questão é mais se valia a pena perder tempo a formar militares para um sistema desses, descontinuado, em quantidades reduzidas e pouco eficaz, quando deve ser bem mais fácil serem fornecidos Avenger (montados em Humvee, não é um veículo novo para os ucranianos), com Stinger (também usado pelos ucranianos), e que ainda devem existir em bastante quantidade. Ou então o ADATS que foi operado pelo Canadá, com duplo uso AA/AT, com radar e sensor EO acoplado à torre de lançamento, tudo montado num M-113A2.

Essencialmente, se é para perder tempo a formar pessoal para um "novo" sistema AA, certamente compensa mais que seja um sistema decente, e não o Chaparral.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9753
  • Recebeu: 1725 vez(es)
  • Enviou: 2112 vez(es)
  • +322/-284
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #41 em: Maio 01, 2022, 10:38:44 pm »
Acho que o racional de Portugal poder fornecer mais "à vontade" material do exército, é que nós não temos ameaça real de ser invadidos, estamos na outra ponta da Europa e temos todos os outros países no caminho entre nós e a Rússia. Ao contrário de por exemplo os países Bálticos, Polónia, Roménia...

Também li algures que muitos M113 estão em reservas de guerra de muitos países, mas não estão preparados para entrar ao serviço, isso ainda demoraria algum tempo a preparar, os nossos comi estão em uso é mais fácil.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6166
  • Recebeu: 2396 vez(es)
  • Enviou: 543 vez(es)
  • +659/-475
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #42 em: Maio 01, 2022, 10:43:12 pm »
A função do nosso Exército em caso de guerra à larga escala, seria essencialmente reforçar o flanco Leste. Por isso é que convém pelo menos não despachar os Leopard, Pandur, LG e M-109 por exemplo.

E também sejamos realistas, não há nada dos outros dois ramos que justifique que sejam enviados. Só se na FAP fossem buscar uns Alouette.  :mrgreen:
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7574
  • Recebeu: 949 vez(es)
  • Enviou: 298 vez(es)
  • +1087/-28
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #43 em: Maio 01, 2022, 10:47:37 pm »
A função do nosso Exército em caso de guerra à larga escala, seria essencialmente reforçar o flanco Leste. Por isso é que convém pelo menos não despachar os Leopard, Pandur, LG e M-109 por exemplo.

E também sejamos realistas, não há nada dos outros dois ramos que justifique que sejam enviados. Só se na FAP fossem buscar uns Alouette.  :mrgreen:

As VBTP Condor da FAP, apesar de 1989, devem ter poucos km...
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6166
  • Recebeu: 2396 vez(es)
  • Enviou: 543 vez(es)
  • +659/-475
Re: Equipamento a oferecer à Ucrânia
« Responder #44 em: Maio 01, 2022, 10:51:57 pm »
Sim, esses também, até já tinha falado deles antes, mas nem me ocorreu agora. Não são muitos, mas sempre devem fazer melhor figura que os Iveco da GNR.