Sector do Turismo e Hotelaria

  • 211 Respostas
  • 68666 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #120 em: Janeiro 08, 2011, 10:12:10 pm »
Citação de: "Desertas"
Portos do Funchal em destaque

Citar
No mês passado, durante a convenção da Seatrade Med Cruise, em Cannes, a maior feira de cruzeiros e da indústria de navios da Europa, a Madeira foi distinguida com o segundo lugar, nos prémios Cruise Awards 2010, como um dos melhores destinos de cruzeiros da Europa ao nível dos destinos de cruzeiros, numa cerimónia na qual a Região se fez representar pela Administração dos Portos da Madeira.    
   
Este galardão vem demonstrar o grau de satisfação por parte dos turistas em trânsito pelo Porto do Funchal e reconhece o esforço desenvolvido pelas autoridades locais responsáveis em melhorar as infra-estruturas portuárias em prol de um segmento em franco desenvolvimento. Por outro lado, foi apresentada e lançada recentemente a Revista “Cruzeiros”, da autoria do jornalista madeirense Luís Filipe Jardim, composta por 84 páginas em quadricomia e com uma periodicidade trimestral de 5.000 exemplares; pretende-se com a mesma contribuir para a dinamização e promoção de um sector em franco crescimento na RAM — o Turismo de Cruzeiros, colmatando a lacuna existente neste tipo de publicações.

Turismo da Madeira

Afinal o Funchal têm mais de um porto, não sabia ...  :conf:
 

*

Desertas

  • Perito
  • **
  • 338
  • +0/-0
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #121 em: Janeiro 08, 2011, 10:39:01 pm »
Citação de: "Lusitano89"
Afinal o Funchal têm mais de um porto, não sabia ... :conf:

Ops , erro meu .
Na Madeira existem, além dos pequenos portos de pesca espalhados pela ilha , 2 portos comerciais. O do Caniçal , onde são efectuadas as operações de carga e descarga de mercadorias , e o porto do Funchal , que de há alguns anos a esta parte foi transformado em porto predomiantemente turístico.


Um abraço
God and the soldier all men adore
in time of trouble and no more
for when war is over and all things righted
God is neglected and the old soldiers slighted
 

*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 948
  • Recebeu: 14 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +4/-17
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #122 em: Janeiro 08, 2011, 11:36:52 pm »
Não é para todos  :)


Citar
26. Guimarães, Portugal
A city of youth is fired up by its art scene.

Considered the birthplace of Portugal, this picturesque northern city has long been of great historical importance to the country. Now, with half its inhabitants under 30, it is also one of the youngest cities in Europe. A string of recent developments, like its selection as a 2012 European Capital of Culture and the rehabilitation of the Unesco-designated historic center, have helped turned the youthful “cradle city” into one of the Iberian peninsula’s emerging cultural hot spots.

Much of the city’s burgeoning music and arts scene is nourished by the Centro Cultural Vila Flor, a contemporary-minded cultural center that opened in 2005 in a converted 18th-century palace. It includes amphitheaters, an exhibition villa, artists’ studios and a modern Portuguese restaurant. This March, the center will host the first International Festival of Contemporary Dance, bringing in an impressive selection of dance companies from throughout the world.
— CHARLY WILDER
http://www.nytimes.com/2011/01/09/travel/09where-to-go.html?_r=4&pagewanted=3&ref=general&src=me
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #123 em: Janeiro 10, 2011, 12:38:33 pm »
New York Times elege Guimarães como um dos destinos para 2011


O jornal norte-americano New York Times elegeu Guimarães como um dos 41 destinos a visitar este ano, considerando a cidade minhota "um dos pontos culturais emergentes da Península Ibérica".

O jornal publicou uma reportagem sobre locais passíveis de levar turistas ao "fim do mundo", selecionando 41 locais, desde praias no México às montanhas do Kosovo, passando por Londres, Singapura, Milão e Guimarães, entre outras cidades e locais de todo o mundo.

No artigo, o jornalista refere que Guimarães, cidade berço da nação, é Património Mundial da Humanidade e foi escolhida para Capital Europeia da Cultura em 2012.

Adianta que metade dos habitantes de Guimarães é constituída por jovens e considera que a abertura do Centro Cultural Vila Flor, em 2005, foi fundamental para lançar a música e a arte na cidade.

O artigo destaca ainda a realização, em março, do primeiro Festival Internacional de Dança Contemporânea, "trazendo uma seleção impressionante de companhias de dança de todo o mundo".

A edição online do New York Times recomenda locais para ficar, restaurantes e pontos de interesse em Guimarães.

As pousadas Santa Marinha da Costa e Nossa Senhora da Oliveira, os restaurantes Solar do Arco e El Rei Dom Afonso, bem como a Igreja de S. Francisco, o Museu de Alberto Sampaio e o Paço dos Duques de Bragança são locais a visitar.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #124 em: Fevereiro 09, 2011, 05:24:09 pm »
Algarve espera aumento do turismo com cancelamentos no Médio Oriente


O Turismo do Algarve quer captar turistas que tinham férias marcadas para a Tunísia ou Egipto e que foram canceladas devido à agitação política e social nesses países e espera um aumento do número de visitantes.

O presidente do Turismo do Algarve, Nuno Aires, disse à Lusa que «existe essa recolocação de passageiros» e «é previsível que haja um aumento» do número de visitantes redireccionados daqueles dois países para a principal região turística de Portugal.

«O Turismo do Algarve foi e está a ser pró activo desde que foram detectados problemas com a operação turística no Magreb, nomeadamente na Tunísia e no Egipto», explicou Nuno Aires, acrescentando que foram contactados agentes turísticos e de aviação para perceber se o Algarve poderia ser alternativa.

«E a verdade é que têm sido bem acolhidos», sublinhou.

Questionado sobre se o número de voos para Faro pode vir a aumentar por causa deste redireccionamento turístico, Nuno Aires respondeu que, «se a operação turística é redireccionada, está-se a falar também de voos».

Segundo o presidente do Turismo do Algarve, uma das companhias que vai redireccionar passageiros para o Algarve é a Jet2, que também já aumentou os voos para destinos turísticos de Espanha como Canárias e Maiorca, mas «há outras companhias que estão a fechar acordos com operadores no Algarve».

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #125 em: Fevereiro 22, 2011, 07:51:02 pm »
Revolta em países árabes pode beneficiar Portugal


A revolta em países árabes pode ser vantajosa para o turismo português por ser uma oportunidade para repor a oferta nacional entre as primeiras escolhas dos consumidores, defendeu hoje o presidente do Turismo de Portugal, Luís Patrão.

«Qualquer fator de instabilidade em destinos concorrentes do nosso acaba por ter vantagens no sentido em que repõe a nossa oferta no primeiro grau de escolha dos consumidores», afirmou Luís Patrão, em declarações à Lusa.

O presidente do Turismo de Portugal salientou que os turistas, quando vêm perturbadas ofertas de certos destinos, olham para os demais para ver se podem oferecer produtos do mesmo tipo, considerando-as alternativas.

“É o que está a acontecer agora”, defendeu, salientando que Portugal pode assim captar turistas que pretendiam viajar para destinos como Egito ou Marrocos, ou outros países árabes.

A Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que arranca quarta-feira na Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações, é o “grande momento” de encontro no sector e “uma grande oportunidade” para que a oferta turística nacional esteja patente aos olhos de todos, segundo aquele responsável.

“O turismo é a principal actividade exportadora nacional”, salientou Luís Patrão, enaltecendo a importância da BTL, que termina no próximo domingo e abre as portas ao público a partir de sexta-feira.

“O turismo representa 14 por cento do total exportado em Portugal e mais 40 por cento das exportações de serviços”, destacou o presidente do Turismo de Portugal.

A edição deste ano da BTL conta com 980 expositores, 75 novas empresas e mais de 45 destinos internacionais, e tem como destino internacional convidado a Tailândia, dando a conhecer a oferta turística deste país asiático.

A edição deste ano conta com mais cinco expositores do que nas edições anteriores: Egito, EUA, Coreia do Sul, Taiwan, Uzbequistão.

No primeiro dia da BTL está também agendada a I Conferência Internacional de Turismo, onde especialistas mundiais irão debater o papel do turismo para a recuperação económica.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #126 em: Fevereiro 23, 2011, 08:16:11 pm »
Sócrates enaltece trabalho dos empresários do Turismo em 2010


O primeiro-ministro enalteceu hoje o “trabalho bem feito” pelos empresários do Turismo em 2010, ano em que se “bateram todos os recordes” no sector, assegurando que o Governo “está ao seu lado”.

“O ano de 2010 foi o melhor ano do Turismo de sempre, bateram-se todos os recordes, os proveitos subiram cerca de dez por cento relativamente ao ano anterior e atingiu-se um nível de proveitos acima dos 7,6 mil milhões de euros”, lembrou o primeiro-ministro, José Sócrates, durante uma visita à Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorre na capital até domingo.

Sublinhando o “esforço” e o “trabalho bem feito” pelos empresários do Turismo em 2010, José Sócrates disse ter ficado “orgulhoso”.

“Deram uma excelente contribuição para a recuperação económica no nosso país”, salientou, recordando que o Turismo é “absolutamente essencial” para dar emprego e para aumentar as exportações.

Assegurando que o Governo está “ao lado” destes empresários, porque tem “bem consciência da importância que o Turismo tem para a economia nacional, o primeiro-ministro deixou palavras de “encorajamento e incentivo” para fazerem de 2011 outro “ grande ano” para o sector.

“O Turismo é fundamental para a recuperação, para dar mais emprego e para aumentar as exportações”, insistiu, fazendo ainda referência ao aumento da qualidade que também se verificou.

“É preciso formação e investimento na qualidade”, defendeu.

No final da visita do primeiro-ministro à Bolsa de Turismo de Lisboa, os jornalistas tentaram ainda falar com José Sócrates sobre a situação que se vive na Líbia, mas o chefe do executivo escusou-se a fazer mais declarações.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #127 em: Março 07, 2011, 01:02:52 pm »
Portugal está entre os 18 países mais competitivos


Portugal caiu uma posição no ranking do Fórum Mundial do Turismo, mas figura entre os 18 países mais competitivos do mundo para desenvolvimento de negócios no sector, revela um estudo global do Fórum Económico Mundial (FEM) divulgado esta segunda-feira, em Andorra.
Portugal desceu uma posição face ao obtido no estudo de 2009, embora obtendo a mesma classificação (5 pontos).

De acordo com a quarta edição do «Travel & Tourism Competitiveness Report» publicado no âmbito do fórum global (GTF na sigla internacional), a Suíça, a Alemanha e a França ocupam o top3 em termos de atractividade à luz do índice global TTCI (The Travel & Tourism Competitiveness Index), estrutura central do estudo.

O relatório classifica os países em função de três grandes pilares (ambiente regulatório; infra-estruturas; recursos naturais, culturais e humanos) englobando diferentes categorias da envolvente de viagens e turismo.

As áreas em que Portugal obtém a melhor pontuação são precisamente o enquadramento regulatório (destaque para a rubrica de saúde e higiene); ambiente de negócio e infra-estruturas. Os recursos também ajudam ao posicionamento de Portugal, nomeadamente a natureza.

No relatório do Fórum Mundial são analisados 139 países. Além dos três primeiros já referidos, o top10 deste ano integra ainda, por esta ordem: Áustria, Suécia, Reiino Unido, EUA, Canadá, Espanha e Singapura.

O relatório do FEM foi produzido em colaboração com a Deloitte e diversos parceiros do sector como a IATA, a Organização Mundial de Turismo (UNWTO) o Conselho Mundial do Turismo (WTTC) e diversas empresas privadas (Airbus; Hertz; etc).

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #128 em: Março 21, 2011, 07:32:26 pm »
Hotelaria em Portugal é a 11.ª mais barata do mundo


O preço do alojamento em Portugal é o 6º mais baixo da Europa e o 11º mais em conta do mundo, segundo o Hotel Price Index de 2010, ranking elaborado pelo portal de hotelaria hotéis.com, divulgado hoje.
De acordo com esta lista, no ano passado, o preço médio por noite/quarto foi de 87 euros nas unidades hoteleiras nacionais, o que representa uma subida de 2% face ao valor registado em 2009.

«O ligeiro aumento do custo médio de um quarto de hotel em Portugal, acompanhando a igual subida a nível mundial, demonstra que finalmente a indústria hoteleira portuguesa apresenta sinais de recuperação face à queda dos últimos anos», explica o manager do Hotéis.com, Nuno Sales Ponte. «No entanto, os gestores hoteleiros nacionais conseguiram recuperar não aumentando os preços significativamente, e ajudando a manter Portugal na lista dos países mais baratos, o que é um argumento muito forte para atrair viajantes de todo o mundo, bem como os nacionais», continua o responsável.

Com um preço médio de 145 euros por quarto/noite, o Brasil lidera agora o ranking como país mais caro do mundo, depois de uma subida de 17% nos preços comparativamente a 2009. Seguem-se a Suíça (140 euros), que é também o país mais caro a nível europeu, e Israel (138 euros).

A Hungria, onde uma noite num quarto de hotel custa em média 69 euros, é, pelo contrário, o país mais barato, a par da Nova Zelândia (70E) e da Polónia (74E), contabiliza ainda a lista da Hóteis.com, que analisou os preços pagos pelos consumidores em 110 mil propriedades, em mais de 18 mil locais do mundo.

Segundo o INE, em 2010, considerado o melhor ano turístico de sempre em Portugal, os estabelecimentos hoteleiros registaram 1,8 mil milhões de euros de proveitos totais e 1,2 mil milhões de euros em receitas de aposento, o que representa acréscimos de 3,2% e 3,7% respectivamente, quando comparados com o ano anterior.

Com o volume de hóspedes a subir 5%, para 13,6 milhões, as dormidas em estabelecimentos hoteleiros aumentaram 2,9%, para quase 37,5 milhões, no mesmo período.

SOL
 

*

Desertas

  • Perito
  • **
  • 338
  • +0/-0
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #129 em: Abril 01, 2011, 10:05:26 am »
Porto do Funchal na passada segunda-feira .




http://naviosfunchal.blogspot.com/

Um Abraço
God and the soldier all men adore
in time of trouble and no more
for when war is over and all things righted
God is neglected and the old soldiers slighted
 

*

Desertas

  • Perito
  • **
  • 338
  • +0/-0
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #130 em: Abril 11, 2011, 10:36:05 pm »
Hoje o Porto do Funchal teve a presença de 4 navios de cruzeiro. O Aidablu, o Island Escape , o MSC Fantasia e o Nieuw Amsterdam, sendo que este último fundeou atrás do cais Sul , visto não haver espaço no porto, tendo os passageiros desembarcado nas baleeiras do navio.



http://naviosfunchal.blogspot.com/

Um Abraço
God and the soldier all men adore
in time of trouble and no more
for when war is over and all things righted
God is neglected and the old soldiers slighted
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12901
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 238 vez(es)
  • +556/-402
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #131 em: Abril 12, 2011, 01:53:48 pm »
Hotelaria mantém panorama negativo em Fevereiro


Os estabelecimentos hoteleiros portugueses registaram 1,9 milhões de dormidas em Fevereiro, menos 0,4% do que em igual mês do ano passado, enquanto os proveitos totais somaram 83,6 milhões de euros e os de aposento cifraram-se em 54,3 M€, o que traduz quebras de 6,9% e 4%, respectivamente, informa esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).
As dormidas dos residentes sofreram uma descida de 3,1%, ao passo que as dos não residentes, que pesam 63,2% no total, aumentaram 1,2%.

Nos dois primeiros meses do ano, a hotelaria registou 1,4 milhões de hóspedes e 3,5 milhões de dormidas, o que se traduz num aumento de 1,5% do número de hóspedes e numa redução de 0,9% nas dormidas. Igual tendência se verifica no mês de Fevereiro, em que os estabelecimentos hoteleiros acolheram 749,3 mil hóspedes (mais 1,9% do que no mês homólogo) e 1,9 milhões de dormidas, valor ligeiramente inferior ao de Fevereiro de 2010 (-0,4%).

Considerando o tipo de estabelecimento, observaram-se acréscimos homólogos das dormidas nos hotéis-apartamentos (+4,1%), nas pousadas (+3,7%) e nos hotéis (+2%). Para o crescimento dos hotéis-apartamentos contribuíram as unidades de cinco e quatro estrelas, as primeiras com maior impacto (+31,1%), em parte resultante do aumento da oferta turística desta categoria de estabelecimentos. Nos hotéis verificou-se igualmente o contributo positivo de quase todas as categorias, à excepção das unidades de quatro estrelas (-2,1%), que representavam cerca de 50% do total das dormidas em hotéis. Os resultados dos aldeamentos e apartamentos turísticos permaneceram negativos (-9,8% e -6%, respectivamente), embora menos acentuados do que no mês anterior.

Os residentes contribuíram com 687,1 mil dormidas, correspondendo a um decréscimo homólogo de 3,1%, mantendo a tendência que se vem verificando há quatro meses consecutivos. Em contrapartida, os não residentes continuam a apresentar resultados positivos (variação homóloga de 1,2%), na sequência da melhoria de desempenho de alguns dos principais mercados emissores.

O mercado francês e o espanhol evidenciaram crescimentos homólogos superiores a 15%, seguindo-se o holandês e o alemão (+4% e +2,2%, respectivamente). Os mercados brasileiro, britânico e italiano evoluíram negativamente, o britânico mantendo a tendência do mês anterior e o brasileiro e italiano correspondendo a uma inversão de tendência, após um período alargado de resultados positivos.

Por regiões, o Alentejo (+9,7%) e o Algarve (+1,1%) apresentaram evoluções positivas, Lisboa e Madeira não apresentam alterações sensíveis no número de dormidas (-0,3% e -0,4%, respectivamente), enquanto as restantes regiões evoluíram negativamente, de forma mais expressiva nos Açores (-7,7%) e no Centro (-5,5%).

O Alentejo manteve a liderança em termos de crescimento de dormidas, beneficiando do aumento da procura dos seus principais mercados emissores, nomeadamente o nacional e o espanhol.

No Algarve destaca-se o contributo positivo dos mercados espanhol e holandês, embora o principal mercado emissor da Região, o britânico, apresente ainda decréscimo tal como sucedeu em Janeiro.

Em Fevereiro, os estabelecimentos hoteleiros apresentaram uma taxa de ocupação de 26%, inferior à do período homólogo em 1,2 p.p.

No mês de Fevereiro, a hotelaria apresentou 83,6 milhões de euros de proveitos totais e 54,3 milhões de proveitos de aposento, valores que correspondem a decréscimos homólogos de 6,9% e 4%, respectivamente.

Nos dois primeiros meses do ano, os estabelecimentos hoteleiros registaram 158,8 milhões de euros de proveitos totais e 103,5 milhões de proveitos de aposento, representando variações homólogas negativas de 6,8% e 4,6%, respectivamente.

O Rendimento Médio por Quarto (Rev Par) foi de 15,1€, inferior ao do período homólogo (16,5€).

Lusa
 

*

Desertas

  • Perito
  • **
  • 338
  • +0/-0
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #132 em: Abril 13, 2011, 05:38:50 pm »
O Porto do Funchal tem registado este mês um bom número de navios de cruzeiro. Nalguns dias o movimento ultrapassa a capacidade do porto, como aconteceu no passado dia 11, sendo que é necessário por vezes que um ou outro navio fiquem fundeados por já não haver espaço disponível no porto .
Deixo aqui as escalas de navios de cruzeiro previstas para este mês no porto do Funchal.

ABRIL 2011

PORTO DO FUNCHAL

01-Independence of the Seas
01-Seven Seas Mariner
02-AIDAbella
03-Empress
03/04-AIDAblu
04-Island Escape
05-Oceana
05-Thomson Dream
06-Costa Atlantica
08-Empress
08-Artemis
10/11-AIDAblu
11-Island Escape
11-MSC Fantasia
11-Nieuw Amsterdam
12-Marina
12-Independence of the Seas
13-AIDAbella
13-Norwegian Jade
14-Mein Schiff 1
14-Boudicca
15-Empress
15-Arcadia
15-Costa Victoria
16-Costa Mediterranea
17/18-Queen Victoria
18-Island Escape
18-Ventura
19-Amsterdam
20-AIDAluna
20-Ryndam
22-Empress
22-MSC Orchestra
23-Independence of the Seas
23-Black Watch
23-AIDAbella
25-Island Escape
26-Queen Elizabeth
28-Club Med 2
28-Saga Ruby
28-Pacific Princess
29-Empress
29-Thomson Destiny
30-Sea Cloud II
30-Amadea

Um Abraço
God and the soldier all men adore
in time of trouble and no more
for when war is over and all things righted
God is neglected and the old soldiers slighted
 

*

Desertas

  • Perito
  • **
  • 338
  • +0/-0
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #133 em: Abril 13, 2011, 05:41:56 pm »
Movimento de cruzeiros no porto do Funchal dia 12 de Abril .



Na foto os navios Independence of the seas da Royal Caribean e o Marina da Oceania Cruises.

http://sergiocruises.blogspot.com/

Um Abraço
God and the soldier all men adore
in time of trouble and no more
for when war is over and all things righted
God is neglected and the old soldiers slighted
 

*

Desertas

  • Perito
  • **
  • 338
  • +0/-0
Re: Sector do Turismo e Hotelaria
« Responder #134 em: Abril 14, 2011, 05:52:53 pm »
Hoje , 14-04-2012 , 3 navios de cruzeiro embelezaram o Porto do Funchal, o Ventura da P&O Cruises, o Mein Schiff da Tui Cruises e o Boudicca da Fred. Olsen Cruise Lines.

 

http://cenmadeira.blogspot.com/

Um Abraço
God and the soldier all men adore
in time of trouble and no more
for when war is over and all things righted
God is neglected and the old soldiers slighted