EH-101

  • 1095 Respostas
  • 289165 Visualizações
*

wyldething

  • Membro
  • *
  • 155
  • Recebeu: 68 vez(es)
  • Enviou: 96 vez(es)
  • +8/-36
Re: EH-101
« Responder #1065 em: Janeiro 24, 2024, 09:23:34 am »
OT:

Uma coisa é avaliar positivamente o avião do ponto de vista técnico, para as funções que foi considerado.
Mas isso não significa que seja imediatamente um acérrimo defensor do mesmo.

Então trata-se somente de uma questão de semântica? É que quem lesse as tuas duas linhas seria levado a pensar que o que eu tinha escrito anteriormente era mentira, quando não é. E factos não faltam para o comprovar.

A vida dá muitas voltas, é verdade. Anteriormente essa personagem era um acérrimo defensor do Super Tucano, até porque esteve um ano e tal no Brasil a avaliá-lo operacionalmente enquanto possível futura aeronave de treino avançado da FAP. Porém, agora que é Diretor de Vendas da Pilatus desde o Verão passado, já teve hipótese de comprovar que o PC-21 é superior ao Super Tucano. Bom, por mim nada contra. :mrgreen:

Está melhor assim, PM?


P.S. Conheço-o até bastante bem, tal como a esposa, e faço votos que tenha muito sucesso na Pilatus. Saiu porque achou que era altura disso, e só quem opta por dar esse passo é que sabe o que motivou a fazê-lo. E na sua nova condição de Diretor de Vendas da Pilatus, espero que seja uma influência ativa e positiva num possível interesse da FAP no PC-21. :)


Fim de OT

A forma como disseste dá a entender que é um defensor da vinda do ST para pt, quando ele se limitou a cumprir a missão, que era avaliar a adequabilidade do ST para cumprir os objectivos que foram estabelecidos pela FAP.
O facto de ter avaliado positivamente o avião do ponto de vista técnico para esses objectivos, não deixa subentender mais nada, até porque da missão não fazia parte comparação com qualquer outra aeronave potencialmente concorrente.

Se se pode tirar alguma conclusão mais, é que qualquer outra aeronave com as mesmas performances (mínimas) e equipamentos, também é adequada.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5524
  • Recebeu: 5499 vez(es)
  • Enviou: 3615 vez(es)
  • +10065/-2645
Re: EH-101
« Responder #1066 em: Janeiro 24, 2024, 10:21:17 am »
A forma como disseste dá a entender que é um defensor da vinda do ST para pt, quando ele se limitou a cumprir a missão, que era avaliar a adequabilidade do ST para cumprir os objectivos que foram estabelecidos pela FAP.
O facto de ter avaliado positivamente o avião do ponto de vista técnico para esses objectivos, não deixa subentender mais nada, até porque da missão não fazia parte comparação com qualquer outra aeronave potencialmente concorrente.

Tudo bem, de acordo. A forma como criticaste as minhas palavras anteriores também davam a entender que estaria a mentir em relação àquilo que afirmei - o que não acontece -, e por isso estamos quites.

Para finalizar este off-topic, até porque decididamente já vai bastante longo, não percebi ainda bem porque estás tão investido nesta questão. Em hora alguma a honra e bom nome do ex-Major foi colocada em causa, e por isso ele não necessita de advogado de defesa. A questão inicial nem se prendia com a Embraer, mas antes com a sua saída da FAP para a Pilatus no ano passado (mais uma saída da Força Aérea). Tudo o resto tem a importância que queiras dar a alguém que anda nestes meandros e escreve em fóruns enquanto passatempo há sensivelmente 25 anos, e por pouco mais do que isso é conhecido.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1672
  • Recebeu: 391 vez(es)
  • Enviou: 344 vez(es)
  • +99/-45
Re: EH-101
« Responder #1067 em: Janeiro 24, 2024, 11:01:50 am »
E não foi o único oficial piloto -avaiador a ter formação em ST. Pelo menos outro já saiu há varios anos e um segundo tem agora o comando de uma esquadra de asa rotativa.

Quanto à honra e bom nome nunca vi aqui essa posta em causa, nem tal faria qualquer sentido.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

wyldething

  • Membro
  • *
  • 155
  • Recebeu: 68 vez(es)
  • Enviou: 96 vez(es)
  • +8/-36
Re: EH-101
« Responder #1068 em: Janeiro 24, 2024, 11:22:55 am »
A forma como disseste dá a entender que é um defensor da vinda do ST para pt, quando ele se limitou a cumprir a missão, que era avaliar a adequabilidade do ST para cumprir os objectivos que foram estabelecidos pela FAP.
O facto de ter avaliado positivamente o avião do ponto de vista técnico para esses objectivos, não deixa subentender mais nada, até porque da missão não fazia parte comparação com qualquer outra aeronave potencialmente concorrente.

Tudo bem, de acordo. A forma como criticaste as minhas palavras anteriores também davam a entender que estaria a mentir em relação àquilo que afirmei - o que não acontece -, e por isso estamos quites.

Para finalizar este off-topic, até porque decididamente já vai bastante longo, não percebi ainda bem porque estás tão investido nesta questão. Em hora alguma a honra e bom nome do ex-Major foi colocada em causa, e por isso ele não necessita de advogado de defesa. A questão inicial nem se prendia com a Embraer, mas antes com a sua saída da FAP para a Pilatus no ano passado (mais uma saída da Força Aérea). Tudo o resto tem a importância que queiras dar a alguém que anda nestes meandros e escreve em fóruns enquanto passatempo há sensivelmente 25 anos, e por pouco mais do que isso é conhecido.

Não estou a fazer de advogado de defesa de ninguém.
Esclareci apenas que a pessoa em questão - que pelo que estava a ser dito e pela forma que estava a ser dito, parecia que era um dos maiores defensores e impulsionadores da aquisição do ST para a FAP, mas depois acabou por ir trabalhar para a concorrência - apenas realizou a avaliação da adequabilidade da aeronave para as missões pretendidas pela FAP.

No hard feelings  ;)

Abraço
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5524
  • Recebeu: 5499 vez(es)
  • Enviou: 3615 vez(es)
  • +10065/-2645
Re: EH-101
« Responder #1069 em: Janeiro 24, 2024, 03:08:47 pm »
No hard feelings  ;)

Claro que não PM, ora essa. Era o que faltava alguém se chatear com coisas sem importância nenhuma a nível particular, e/ou que estão fora do nosso alcance por uma variedade de razões.

E para te provar que não há quaisquer hard feelings entre nós, devolvo-te o ponto negativo que me ofereceste após a tua última publicação.  ;)

Abraço e continuação do teu excelente trabalho, quer a solo, quer no PF.  8)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

wyldething

  • Membro
  • *
  • 155
  • Recebeu: 68 vez(es)
  • Enviou: 96 vez(es)
  • +8/-36
Re: EH-101
« Responder #1070 em: Janeiro 24, 2024, 03:29:40 pm »

E para te provar que não há quaisquer hard feelings entre nós, devolvo-te o ponto negativo que me ofereceste após a tua última publicação.  ;)

 ;D ;D ;D
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5524
  • Recebeu: 5499 vez(es)
  • Enviou: 3615 vez(es)
  • +10065/-2645
Re: EH-101
« Responder #1071 em: Março 22, 2024, 08:44:48 am »
Continua a sangria de pilotos na FAP, principalmente nas Esquadras EH-101 como adianta a edição de hoje do semanário Expresso.

Citar
Saídas de pilotos na Força Aérea estão a acelerar
A Força Aérea admite a sangria, mas recusa aumento dos riscos de segurança com a requalificação de pilotos.

21 MARÇO 2024 - 22:57

Vítor Matos
Jornalista

As saídas de pilotos na Força Aérea — que são difíceis de substituir no curto prazo — estão a agravar os problemas de sobrecarga do pessoal das esquadras. Desde o início de 2023, as Forças Armadas perderam 19 pilotos-aviadores que pediram para sair das fileiras por abate ao quadro, mas a tendência está a acelerar: ao longo do ano passado saíram 11 pilotos, e no primeiro trimestre de 2024 a contabilidade já vai em oito, segundo dados fornecidos pelo gabinete do chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA), general João Cartaxo Alves.

https://expresso.pt/semanario/primeiro/em-destaque/2024-03-21-Saidas-de-pilotos-na-Forca-Aerea-estao-a-acelerar-d6073319
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 764
  • Recebeu: 341 vez(es)
  • Enviou: 1629 vez(es)
  • +984/-189
Re: EH-101
« Responder #1072 em: Março 22, 2024, 01:00:14 pm »
Continua a sangria de pilotos na FAP, principalmente nas Esquadras EH-101 como adianta a edição de hoje do semanário Expresso.

Citar
Saídas de pilotos na Força Aérea estão a acelerar
A Força Aérea admite a sangria, mas recusa aumento dos riscos de segurança com a requalificação de pilotos.

21 MARÇO 2024 - 22:57

Vítor Matos
Jornalista

As saídas de pilotos na Força Aérea — que são difíceis de substituir no curto prazo — estão a agravar os problemas de sobrecarga do pessoal das esquadras. Desde o início de 2023, as Forças Armadas perderam 19 pilotos-aviadores que pediram para sair das fileiras por abate ao quadro, mas a tendência está a acelerar: ao longo do ano passado saíram 11 pilotos, e no primeiro trimestre de 2024 a contabilidade já vai em oito, segundo dados fornecidos pelo gabinete do chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA), general João Cartaxo Alves.

https://expresso.pt/semanario/primeiro/em-destaque/2024-03-21-Saidas-de-pilotos-na-Forca-Aerea-estao-a-acelerar-d6073319

Não melhorem as condições nao...
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5524
  • Recebeu: 5499 vez(es)
  • Enviou: 3615 vez(es)
  • +10065/-2645
Re: EH-101
« Responder #1073 em: Março 22, 2024, 02:21:47 pm »
É uma situação complexa e delicada, como já abordámos aqui no fórum, e ao que tudo indica possivelmente ainda em desenvolvimento. E a decisão do CEMFA de reativar a Esq. 752 veio agravar este problema, não obstante os vários avisos efetuados internamente.

Vamos ver o que o novo Governo fará relativamente a esta e a outras situações. De acordo com a imprensa, o PR terá pedido a Montenegro especial cuidado na escolha dos futuros detentores de 4 pastas em particular, entre as quais a Defesa Nacional, mas a esperança de uma mudança palpável na condução do rumo das coisas nas Forças Armadas continua a ser diminuta.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4009
  • Recebeu: 2604 vez(es)
  • Enviou: 2146 vez(es)
  • +5703/-2800
Re: EH-101
« Responder #1074 em: Março 22, 2024, 04:30:30 pm »

E para te provar que não há quaisquer hard feelings entre nós, devolvo-te o ponto negativo que me ofereceste após a tua última publicação.  ;)

 ;D ;D ;D

Nunca me deu para fazer isso. Bolas já me apeteceu meter aqui um ao Greepas   ;D ;D ;D
« Última modificação: Março 22, 2024, 04:31:24 pm por Pescador »
 

*

goncalobmartins

  • Membro
  • *
  • 119
  • Recebeu: 43 vez(es)
  • Enviou: 112 vez(es)
  • +18/-1
Re: EH-101
« Responder #1075 em: Abril 01, 2024, 02:52:06 pm »
Citar
1- Autorizar a Força Aérea a realizar a despesa com a celebração de um contrato de suporte logístico para sustentação das aeronaves EH-101, até ao montante máximo de 70 000 000,00 EUR (setenta milhões de euros), IVA não aplicável, a financiar através das verbas inscritas na Lei de Programação Militar, na capacidade "Busca e Salvamento", projeto "Sustentação de Aeronaves SAR".

2 - Fixar que os encargos orçamentais decorrentes da execução da despesa referida no número anterior, não podem exceder, em cada ano económico, os seguintes montantes:
 
2024: 2 000 000,00 EUR (dois milhões de euros);
2025: 14 000 000,00 EUR (catorze milhões de euros);
2026: 18 000 000,00 EUR (dezoito milhões de euros);
2027: 21 000 000,00 EUR (vinte e um milhões de euros);
2028: 15 000 000,00 EUR (quinze milhões de euros).

https://diariodarepublica.pt/dr/detalhe/despacho/3369-2024-857789152
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5524
  • Recebeu: 5499 vez(es)
  • Enviou: 3615 vez(es)
  • +10065/-2645
Re: EH-101
« Responder #1076 em: Abril 02, 2024, 09:47:29 am »
Citar
1- Autorizar a Força Aérea a realizar a despesa com a celebração de um contrato de suporte logístico para sustentação das aeronaves EH-101, até ao montante máximo de 70 000 000,00 EUR (setenta milhões de euros), IVA não aplicável, a financiar através das verbas inscritas na Lei de Programação Militar, na capacidade "Busca e Salvamento", projeto "Sustentação de Aeronaves SAR".

2 - Fixar que os encargos orçamentais decorrentes da execução da despesa referida no número anterior, não podem exceder, em cada ano económico, os seguintes montantes:
 
2024: 2 000 000,00 EUR (dois milhões de euros);
2025: 14 000 000,00 EUR (catorze milhões de euros);
2026: 18 000 000,00 EUR (dezoito milhões de euros);
2027: 21 000 000,00 EUR (vinte e um milhões de euros);
2028: 15 000 000,00 EUR (quinze milhões de euros).

https://diariodarepublica.pt/dr/detalhe/despacho/3369-2024-857789152

Impressionante, sustentação da frota, mas modernização/MLU nicles. Para além de, uma vez mais, se tratar de um valor ridículo. ::)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4009
  • Recebeu: 2604 vez(es)
  • Enviou: 2146 vez(es)
  • +5703/-2800
Re: EH-101
« Responder #1077 em: Abril 02, 2024, 10:19:37 am »
Citar
1- Autorizar a Força Aérea a realizar a despesa com a celebração de um contrato de suporte logístico para sustentação das aeronaves EH-101, até ao montante máximo de 70 000 000,00 EUR (setenta milhões de euros), IVA não aplicável, a financiar através das verbas inscritas na Lei de Programação Militar, na capacidade "Busca e Salvamento", projeto "Sustentação de Aeronaves SAR".

2 - Fixar que os encargos orçamentais decorrentes da execução da despesa referida no número anterior, não podem exceder, em cada ano económico, os seguintes montantes:
 
2024: 2 000 000,00 EUR (dois milhões de euros);
2025: 14 000 000,00 EUR (catorze milhões de euros);
2026: 18 000 000,00 EUR (dezoito milhões de euros);
2027: 21 000 000,00 EUR (vinte e um milhões de euros);
2028: 15 000 000,00 EUR (quinze milhões de euros).

https://diariodarepublica.pt/dr/detalhe/despacho/3369-2024-857789152

Impressionante, sustentação da frota, mas modernização/MLU nicles. Para além de, uma vez mais, se tratar de um valor ridículo. ::)

Esta gente cá é tudo nos mínimos para constar . Diferente só se houver interesses pessoais envolvidos
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5378
  • Recebeu: 4014 vez(es)
  • Enviou: 9977 vez(es)
  • +8451/-245
Re: EH-101
« Responder #1078 em: Abril 02, 2024, 01:10:30 pm »
Um MLU a sério implicaria um investimento entre 300 a 500 milhões de euros. Mais uma frota que vai definhar lentamente como tudo, ou quase tudo, adquirido pelas FFAA. Pode ser que em 2035 uma luminária do Restelo, ou de Alfrangide, decida que finalmente chegou o momento de efectuar um MLU irrelevante, à semelhança dos MLUs da marinheca.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

paraquedista

  • Membro
  • *
  • 275
  • Recebeu: 40 vez(es)
  • Enviou: 33 vez(es)
  • +2/-0
Re: EH-101
« Responder #1079 em: Abril 04, 2024, 06:40:49 pm »
É uma situação complexa e delicada, como já abordámos aqui no fórum, e ao que tudo indica possivelmente ainda em desenvolvimento. E a decisão do CEMFA de reativar a Esq. 752 veio agravar este problema, não obstante os vários avisos efetuados internamente.

Vamos ver o que o novo Governo fará relativamente a esta e a outras situações. De acordo com a imprensa, o PR terá pedido a Montenegro especial cuidado na escolha dos futuros detentores de 4 pastas em particular, entre as quais a Defesa Nacional, mas a esperança de uma mudança palpável na condução do rumo das coisas nas Forças Armadas continua a ser diminuta.

Caro Charlie Jaguar,
Por acaso sabe quantos helicópteros EH-101 estão atribuídos à Esquadra 752 ?
E já agora as matrículas, se souber.
Apenas por curiosidade…
« Última modificação: Abril 04, 2024, 06:42:47 pm por paraquedista »