Iémen/ Mar Vermelho

  • 97 Respostas
  • 5109 Visualizações
*

legionario

  • Investigador
  • *****
  • 1463
  • Recebeu: 320 vez(es)
  • Enviou: 345 vez(es)
  • +233/-4512
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #60 em: Janeiro 24, 2024, 08:25:45 pm »
Percebi muito bem o que escreveste. Agora vai ver a definição de guerra total e vê lá as diferenças ...

"Tudo o que possa atingir a rússia sou 100% de acordo, custe o que custar"

"Por mim a economia da rússia pode afundar até desaparecer. Só deve ser aliviado o aperto com a retirada da Ucrãnia. Enquanto isso não acontecer, continuamos a apoiar a Ucrãnia, pelo menos até à retirada russa do país. Se isso não acontecer, só temos de enviar mais e melhor armamento!"


Mesmo até ao último ucraniano , como disse alguém...
Mortos serão absolutamente livres  :-\
« Última modificação: Janeiro 24, 2024, 08:32:00 pm por legionario »
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #61 em: Janeiro 25, 2024, 03:28:01 pm »
Citar
A liberdade e a democracia não é de borla!
Pergunte ao D. Afonso Henriques o que é que custou a independência! Certamente que se estivesse quietinho, não haveria tantas mortes!

Tudo o que possa atingir a rússia sou 100% de acordo, custe o que custar. Os Ucranianos estão a pagar bem mais do que nós. Por mim a economia da rússia pode afundar até desaparecer. Só deve ser aliviado o aperto com a retirada da Ucrãnia. Enquanto isso não acontecer, continuamos a apoiar a Ucrãnia, pelo menos até à retirada russa do país. Se isso não acontecer, só temos de enviar mais e melhor armamento!

Considerando até um pouco parvo comparar a independência de Portugal com aquilo que agora se passa na Ucrânia, vou tentar explicar novamente o que aqui está em causa relativamente à queda da produção industrial europeia, que era o tema do post que comentei.
É impossível não relacionar o agravamento dessa queda com o impacte que as sanções impostas pelo conflito na Ucrânia está a ter precisamente na UE.
Energia mais cara, desaparecimento do (enorme) mercado russo, aumento dos custos de produção, transportes, matérias primas...
E chamei mais uma vez a atenção para o facto de sermos nós, os europeus, os principais atingidos por essas mesmas sanções que, no meu ver estupidamente, apoiamos e adoptamos como nossas quando na realidade sabemos que nos são "aconselhadas" por outros.
Estes mesmos "outros" que adoptam as mesmas e outras pertinentes sanções de forma muito conveniente, jogando com os timings, excepções e outros mecanismos, protegendo assim as suas economias.
Volto a repetir, tenho a minha opinião ( já muitas vezes expressa) sobre o conflito, mas não é isso que aqui está em causa.
Se a decisão for de sancionar, que seja, mas de forma coerente e por todos.
Não é estarmos nós a acabar de destruir a nossa economia enquanto outros, supostamente nossos parceiros ou aliados, protegem as suas. E até as tornam mais competitivas relativamente às nossas.
E até dei um exemplo, do urânio enriquecido, onde tal está a acontecer.
João Pereira
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #62 em: Janeiro 25, 2024, 03:34:47 pm »
Citar
Aliás, você que é Açoriano, deve ter a noção do que custa a insularidade e do apoio que nós damos e muito bem para os Açores! Não é por acaso que os impostos cobrados nos Açores são todos gastos nos Açores e além disso contribuímos do continente, e muito bem, com cerca de mil milhões de euros para o Orçamento Regional dos Açores e igual medida para a Madeira!?
Alguma vez me viu a colocar em causa esse custo? Você melhor do que eu, devia perceber o que custa apoiar e ser apoiado!?!?!
Quanto a esta merd@ que aqui escreveste, por ser isso mesmo, não me vou dar ao trabalho de comentar.
A ignorância ou os resquícios de alguns tiques de superioridade de algum pessoal da "metrópole" às vezes dá nisso.
Deves pensar que aqui andamos de tanga...
João Pereira
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4292
  • Recebeu: 2419 vez(es)
  • Enviou: 1394 vez(es)
  • +7369/-4444
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #63 em: Janeiro 26, 2024, 10:34:53 am »
Citar
A liberdade e a democracia não é de borla!
Pergunte ao D. Afonso Henriques o que é que custou a independência! Certamente que se estivesse quietinho, não haveria tantas mortes!

Tudo o que possa atingir a rússia sou 100% de acordo, custe o que custar. Os Ucranianos estão a pagar bem mais do que nós. Por mim a economia da rússia pode afundar até desaparecer. Só deve ser aliviado o aperto com a retirada da Ucrãnia. Enquanto isso não acontecer, continuamos a apoiar a Ucrãnia, pelo menos até à retirada russa do país. Se isso não acontecer, só temos de enviar mais e melhor armamento!

Considerando até um pouco parvo comparar a independência de Portugal com aquilo que agora se passa na Ucrânia, vou tentar explicar novamente o que aqui está em causa relativamente à queda da produção industrial europeia, que era o tema do post que comentei.
É impossível não relacionar o agravamento dessa queda com o impacte que as sanções impostas pelo conflito na Ucrânia está a ter precisamente na UE.
Energia mais cara, desaparecimento do (enorme) mercado russo, aumento dos custos de produção, transportes, matérias primas...
E chamei mais uma vez a atenção para o facto de sermos nós, os europeus, os principais atingidos por essas mesmas sanções que, no meu ver estupidamente, apoiamos e adoptamos como nossas quando na realidade sabemos que nos são "aconselhadas" por outros.
Estes mesmos "outros" que adoptam as mesmas e outras pertinentes sanções de forma muito conveniente, jogando com os timings, excepções e outros mecanismos, protegendo assim as suas economias.
Volto a repetir, tenho a minha opinião ( já muitas vezes expressa) sobre o conflito, mas não é isso que aqui está em causa.
Se a decisão for de sancionar, que seja, mas de forma coerente e por todos.
Não é estarmos nós a acabar de destruir a nossa economia enquanto outros, supostamente nossos parceiros ou aliados, protegem as suas. E até as tornam mais competitivas relativamente às nossas.
E até dei um exemplo, do urânio enriquecido, onde tal está a acontecer.

Quando não se domina minimamente o que está a dizer, pode saír asneira! Vou mostrar-lhe uns gráficos que contradizem tudo o que você diz:


Fonte: https://capital.com/oil-price-forecast


Fonte: https://www.cedigaz.org/quarterly-report-q1-2023-international-natural-gas-prices/

Como é que você consegue explicar, com a sua retória que pouco depois da invasão da Ucrãnia, os preços do gás e petróleo tenham caído? Quando agora para além do conflito na Ucrãnia, temos no Mar Vermelho, em Israel, até a Venezuela ameaça, agora a Coreia do Norte e mesmo assim o petróleo não dispara?

Secalhar não acontece porque no ocidente a prioridade dos Bancos Centrais está centrada no combate à inflação, tal e qual como eu tinha referido, não?


Fonte: https://tradingeconomics.com/euro-area/inflation-cpi

Os Bancos Centrais ocidentais ao subirem bastante as taxas de juro, provocam uma recessão e com uma recessão, o consumo de matérias primas caí, não será isso?
Além disso, o BCE está desde 2022 a retirar do mercado M1 cerca de 15 mil milhões de euros de circulação por mês! Também deve fazer mossa!!!!!
Para ajudar ainda mais a festa, o BCE deixou de comprar dívida dos países do Euro (para manter as taxas de juro baixas), e miraculosamente as taxas de juro das dívidas dos países do Euro permanecem baixas, tanto que até Portugal consegue pedir dinheiro emprestado bem mais barato que os States com triplo AAA de rating!!!!!!

Se olhar para os gráficos, percebe que os preços das matérias primas entraram em colapso em 2020 e 2021 (o petróleo chegou a ser vendido com preços negativos, se se recorda), porque a economia mundial travou a fundo (efeito do combate à Covid-19)!!!!! Quando a economia começou a acelerar em 2021, a inflação começou a subir, porque havia escassez de tudo, desde chips em falta, écrans em falta (industria automóvel teve de parar por falta de equipamentos para os carros) e essa subida da inflação ocorreu ainda em 2021, uns meses antes da invasão russa.

Portanto, nada do que afirma tem qualquer base comprovada!
Ainda no verão de 2022, quando o BCE começou a subir as taxas de juro, e começou o combate à inflação, os preços, descem e pelos vistos nenhum conflito está a conseguir fazer disparar o preço do petróleo nem do gás (para além dos alemães miraculosamente não terem morrido de frio, já vai em 2 invernos!!!!!!!).



Resumindo, quando você e outros, muito preocupados com os preços da energia altos, só porque estamos a apoiar a Ucrãnia e a arrastar a guerra leva-nos a pagar um preço demasiado alto…… infelizmente para os cidadãos preocupados, a economia desmente totalmente o que afirmam! Basta olhar para os gráficos!!!!!

Um último à parte: Sobre a dimensão da economia russa...... a sua relevãncia para o mundo representa 2%, sensivelmente o mesmo que Portugal representa para a UE, os mesmos 2%. Afirmar que se ficarmos sem o mercado russo vai ser caótico......
« Última modificação: Janeiro 26, 2024, 11:09:21 am por Viajante »
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #64 em: Janeiro 26, 2024, 01:05:33 pm »
Não tens capacidade de ver mais qualquer coisa além do que tu próprio escreves?
Quem disse que as taxas de juro ou o combate à inflação não tinham influência?
Não são as causas únicas, isso foi o que escrevi. "A somar ao desastre..."
Quanto ao resto, e só sobre isto...
Citar
Um último à parte: Sobre a dimensão da economia russa...... a sua relevãncia para o mundo representa 2%, sensivelmente o mesmo que Portugal representa para a UE, os mesmos 2%. Afirmar que se ficarmos sem o mercado russo vai ser caótico...
Vai dizer isso à Airbus, às marcas de automóveis europeus...
Era um dos mercados emergentes, até para nós aqui na tua colónia.
Sabias que existiam contratos de venda de produtos lácteos que se tinham iniciado imediatamente antes das primeiras sanções em 2014 que "arderam" de imediato? Levamos por tabela...
Que eram de extrema importância na busca de mercados alternativos a uma indústria muito importante na Região?
Seriam só 2%?
Sabes lá tu... não aparece nos gráficos.
Vê se na altura as sanções atingiram as grandes empresas americanas na Rússia? A McDonald's...
Somos uns patinhos, uns otários, em bicos de pés armados em grandes a balir em coro por detrás dos outros e a ser comidos de cebolada.
No fim vamos ficar com a medalha de cortiça... e as contas para pagar.

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/agricultura-e-pescas/detalhe/lactacores_embargo_da_russia_causa_grandes_perturbacoes_ao_sector_leiteiro_dos_acores
João Pereira
 

*

Kalil

  • Especialista
  • ****
  • 984
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 214 vez(es)
  • +87/-461
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #65 em: Janeiro 26, 2024, 01:07:34 pm »
Os preços do gás na europa caíram depois da invasão russa?
Não é o que diz o Eurostat:

https://ec.europa.eu/eurostat/web/products-eurostat-news/w/ddn-20231026-1

Nos países baixos, subiu 99%, por exemplo. Entre o primeiro semestre de 2022 e de 2023.
Gás e eletricidade subiram em quase todos os paises, só estabilizando no final de 2023.

Não me vou intrometer na restante discussão, queria apenas esclarecer esta parte.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lampuka

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #66 em: Janeiro 26, 2024, 01:12:50 pm »
Não é discussão, apenas ajudar a ler e interpretar o que outros escrevem.  Parece que lhes custa.
Até porque já está demasiado off topic.
João Pereira
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4292
  • Recebeu: 2419 vez(es)
  • Enviou: 1394 vez(es)
  • +7369/-4444
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #67 em: Janeiro 27, 2024, 10:45:10 am »
Os preços do gás na europa caíram depois da invasão russa?
Não é o que diz o Eurostat:

https://ec.europa.eu/eurostat/web/products-eurostat-news/w/ddn-20231026-1

Nos países baixos, subiu 99%, por exemplo. Entre o primeiro semestre de 2022 e de 2023.
Gás e eletricidade subiram em quase todos os paises, só estabilizando no final de 2023.

Não me vou intrometer na restante discussão, queria apenas esclarecer esta parte.

Não foi isso que escrevi.
Veja bem o gráfico do gás, este subiu até ao verão de 2022. Começou a subir bem antes da invasão e certamente a invasão agravou, mas desde o verão de 2022 que os preços do gás, petróleo e energia caiem a pique, e porquê? Porque foi nessa altura que o BCE subiu os juros!
Os juros deram um valente golpe no preço das matérias-primas.

Não é por acaso que tantos conflitos actuais não conseguem fazer disparar o preço do petróleo, por exemplo, e porquê? Porque a procura está a caír, principalmente devido ao combate à inflação no ocidente (para os mais desatentos, os Bancos Centrais dos EUA, UE, Japão e UK estão em sintonia neste combate). Este combate provoca a recessão!!!

Quanto Às variações de preços nos países...... o Brent é a norma em toda a Europa, e apesar do barril de petróleo custar 80 dólares (custo de 50 cêntimos por litro), quanto é que pagamos nas bombas de combustível? A maior parte são impostos, que são agravados ou aliviados pelos governos Europeus!!!!

Abraço
« Última modificação: Janeiro 27, 2024, 10:53:41 am por Viajante »
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4292
  • Recebeu: 2419 vez(es)
  • Enviou: 1394 vez(es)
  • +7369/-4444
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #68 em: Janeiro 27, 2024, 10:50:42 am »
Não tens capacidade de ver mais qualquer coisa além do que tu próprio escreves?
Quem disse que as taxas de juro ou o combate à inflação não tinham influência?
Não são as causas únicas, isso foi o que escrevi. "A somar ao desastre..."
Quanto ao resto, e só sobre isto...
Citar
Um último à parte: Sobre a dimensão da economia russa...... a sua relevãncia para o mundo representa 2%, sensivelmente o mesmo que Portugal representa para a UE, os mesmos 2%. Afirmar que se ficarmos sem o mercado russo vai ser caótico...
Vai dizer isso à Airbus, às marcas de automóveis europeus...
Era um dos mercados emergentes, até para nós aqui na tua colónia.
Sabias que existiam contratos de venda de produtos lácteos que se tinham iniciado imediatamente antes das primeiras sanções em 2014 que "arderam" de imediato? Levamos por tabela...
Que eram de extrema importância na busca de mercados alternativos a uma indústria muito importante na Região?
Seriam só 2%?
Sabes lá tu... não aparece nos gráficos.
Vê se na altura as sanções atingiram as grandes empresas americanas na Rússia? A McDonald's...
Somos uns patinhos, uns otários, em bicos de pés armados em grandes a balir em coro por detrás dos outros e a ser comidos de cebolada.
No fim vamos ficar com a medalha de cortiça... e as contas para pagar.

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/agricultura-e-pescas/detalhe/lactacores_embargo_da_russia_causa_grandes_perturbacoes_ao_sector_leiteiro_dos_acores

O senhor é que não tem capacidade para ver para além da ideologia!
Porque se visse, os gráficos não deixam margem para interpretações duvidosas.
Desde que o BCE escalou os juros de 0% para 4%, 4,5% e 4,75% os preços caíram a pique!!!!

Desmentir estes factos é mentir descaradamente.
Coloquem aqui factos que desmintam que os preços caíram a pique desde o verão de 2022!!!!
Não têem nada para mostrar!

E é preciso recordar que o Czar está a fazer por tudo para incendiar o mundo inteiro, com conflitos na Europa, Ásia, África e até na América! Isto são factos, o resto são opiniões de cada um que pouco contam para o panorama geral!

E a tentativa de doutrinação não funciona para quem já anda neste mundo à bastantes décadas!!!!!!
« Última modificação: Janeiro 27, 2024, 10:52:03 am por Viajante »
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #69 em: Janeiro 27, 2024, 11:07:55 am »
Vocês sonham com o Czar e depois não passam disso.
Daqui a pouco é o Czar que controla o Banco Central Europeu e as taxas de juro.
Tem culpa da guerra em Israel, dos migrantes do Texas, dos revoltosos do Ecuador, da extinção dos tigres albinos e da seca no Alentejo...
Se calhar também da corrupção em Portugal e dos 3 governos (sim, os 3) que cairam de maduros. O da Madeira estará por horas.
Para quem estava morto politicamente gabo-lhe a capacidade.
Deixa lá, as suas taxas de juro são as únicas responsáveis pela quebra da produção industrial na Europa.  O resto, afinal, não conta. Peço desculpa pelo lapso.
João Pereira
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12772
  • Recebeu: 3106 vez(es)
  • Enviou: 7614 vez(es)
  • +800/-1318
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #70 em: Fevereiro 04, 2024, 02:49:58 am »

American mercenaries hired by UAE to kill in Yemen | BBC News

Citar
American mercenaries, hired by the UAE to kill in Yemen, have spoken candidly on camera for the first time in an investigation by BBC Arabic.

At a time when Houthi attacks on Red Sea shipping have highlighted the international dimensions of the Yemeni conflict, the investigation also reveals how US mercenaries trained Emirati officers to kill the UAE’s political enemies in Yemen.

These extra-judicial killings, conducted in the name of counter-terrorism, started in 2015 and continue to this day.
« Última modificação: Fevereiro 04, 2024, 02:50:39 am por HSMW »
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8475
  • Recebeu: 3855 vez(es)
  • Enviou: 715 vez(es)
  • +4985/-787
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #71 em: Fevereiro 04, 2024, 02:34:11 pm »
Vocês sonham com o Czar e depois não passam disso.
Daqui a pouco é o Czar que controla o Banco Central Europeu e as taxas de juro.
Tem culpa da guerra em Israel, dos migrantes do Texas, dos revoltosos do Ecuador, da extinção dos tigres albinos e da seca no Alentejo...
Se calhar também da corrupção em Portugal e dos 3 governos (sim, os 3) que cairam de maduros. O da Madeira estará por horas.
Para quem estava morto politicamente gabo-lhe a capacidade.
Deixa lá, as suas taxas de juro são as únicas responsáveis pela quebra da produção industrial na Europa.  O resto, afinal, não conta. Peço desculpa pelo lapso.

O Putin tem mão em muita coisa. É do interesse dele desestabilizar ao máximo outras regiões para retirar o foco da Ucrânia. Não vai ter mão em tudo, mas sabe-se que tenta minar vários conflitos, influenciar eleições, espalhar fake news, etc. Vários pró-russos daqui e de outros locais, adoram vangloriar-se disso, dizendo que os russos são uns génios ao desestabilizarem outras regiões. Em que é que ficamos?

O resto não passa de uma hipérbole só porque sim. Tigres albinos não são uma espécie, é uma mutação (albinismo) que faz com que alguns nasçam com pelo branco. É o mesmo que acontece às "panteras negras", que não são mais que jaguares ou leopardos com a mutação de melanismo. Já a culpa da extinção de todas as sub-espécies de tigres, pode ser atribuída a muita gente, de muitas épocas, de muitas origens.

O facto dos russos quererem voltar a fazer testes nucleares, certamente não será benéfico para a fauna do local bombardeado. Mas isto já é tema para outro tópico.
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4292
  • Recebeu: 2419 vez(es)
  • Enviou: 1394 vez(es)
  • +7369/-4444
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #72 em: Fevereiro 07, 2024, 11:06:07 pm »
Os Houthis apresentam os novos recrutas da Legião Discalceatus, num discurso do Porta-voz dos Houthis em cima de uma Pick-Up ladeado por 2 sistemas Pantsir de bolso!

Apresentam também os saiotes multicam e capacetes táticos!!!!!

https://www.jornaldenegocios.pt/multimedia/negocios-tv/detalhe/milhares-de-novo-recrutas-do-exercito-popular-dos-houthis-desfilam-em-sana
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 8654
  • Recebeu: 3244 vez(es)
  • Enviou: 1001 vez(es)
  • +4061/-6483
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #73 em: Fevereiro 08, 2024, 11:51:25 am »
Para quem já anda de heli, F5 e usa o Toufan, é apenas a continuidade...  :mrgreen:

https://www.abc.net.au/news/2023-11-21/yemen-houthis-release-footage-of-cargo-ship-seizure/103133228







Saudações



"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 8654
  • Recebeu: 3244 vez(es)
  • Enviou: 1001 vez(es)
  • +4061/-6483
Re: Iémen/ Mar Vermelho
« Responder #74 em: Fevereiro 13, 2024, 12:10:31 am »
O mais recente "American Ace"  :mrgreen:

https://www.naval.com.br/blog/2024/02/12/piloto-de-caca-do-corpo-de-fuzileiros-navais-dos-eua-ja-abateu-sete-drones-houthis/

Citar
Um piloto de caça experiente, Ehrhart diz que abateu sete drones houthis. Mas ao voar tão perto desses dispositivos explosivos, ele diz, cada interceptação carrega grande risco.

“Eles estão atirando em nós o tempo todo, então precisamos estar ainda mais focados. Nossos sistemas precisam estar preparados para que possamos ficar seguros.”



Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/