Nova Guerra Hamas-Israel

  • 776 Respostas
  • 38865 Visualizações
*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4292
  • Recebeu: 2419 vez(es)
  • Enviou: 1394 vez(es)
  • +7369/-4444
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #30 em: Outubro 07, 2023, 08:38:55 pm »
Entretanto e correndo bem a defesa contra este ataque, como todo o ocidente espera, quem vai saír bastante reforçado é o até agora acossado Netanyahu! Esta guerra vai por fim à enorme divisão interna e reforçar o poder de quem governa!!!!

Quase dá que pensar que foi propositado

Teria de haver uma conjugação quase perfeita para ser possível. Não acredito, mas n coloco totalmente fora essa possibilidade.
Parece mais um aproveitamento do feriado em Israel, da própria divisão interna e da concentração de forças que ocorria a norte!

Israel foi atacado com mais de 3 000 roquetes e mísseis!!!!!
Mas a resposta, apesar desta aparente falha dos serviços secretos, vai ser demolidora, não tenho a menor dúvida!?!?!?!!!! Quem é que vai defender o Hamas? Nem o Egipto acredito que o faça abertamente!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1343
  • Recebeu: 529 vez(es)
  • Enviou: 2195 vez(es)
  • +675/-119
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #31 em: Outubro 07, 2023, 09:05:44 pm »
Os Merkava estão a ser destruídos com RPG 7 (neste caso sem o R).

Citar
Soviet PG-7VR rocket piercing the top armor of a Merkava Mk4 tank

Lições do conflito na Ucrania.

Citar
Ukrainian tactics have shown their efficiency and will inspire a generation of techno-guerillas. Any new MBT project that doesn’t feature a built-in jammer or active interception system can go straight to the garbage bin.”

https://bulgarianmilitary.com/2023/10/07/soviet-pg-7vr-rocket-piercing-the-top-armor-of-a-merkava-mk4-tank/

Até agora (no mundo) apenas carros de combate russos e ucranianos estão preparados para resistir a estes ataques através da instalação de grelhas com placas de blindagem reativa. A realidade do combate terrestre envolvendo blindados mudou imenso e os novos desenhos terão de ser devidamente equipados de origem para contrariar esta nova (grande) ameaça.
« Última modificação: Outubro 07, 2023, 09:11:59 pm por CruzSilva »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20952
  • Recebeu: 2495 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1161/-1485
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #32 em: Outubro 07, 2023, 09:33:00 pm »
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8475
  • Recebeu: 3855 vez(es)
  • Enviou: 715 vez(es)
  • +4985/-787
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #33 em: Outubro 07, 2023, 10:36:28 pm »
Logo no início deste ataque, havia um vídeo de uma mulher morda em cima de uma pick-up, que o Hamas andava a "passear". Diz-se agora que era uma mulher alemã, que tinha lá ido para um festival em Israel.

Com a confirmação deste tipo de casos, pergunto-me, se houver mais casos destes, não dará lugar a uma coligação internacional para erradicar de vez o Hamas da face da terra.

Os Merkava estão a ser destruídos com RPG 7 (neste caso sem o R).

Citar
Soviet PG-7VR rocket piercing the top armor of a Merkava Mk4 tank

Lições do conflito na Ucrania.

Citar
Ukrainian tactics have shown their efficiency and will inspire a generation of techno-guerillas. Any new MBT project that doesn’t feature a built-in jammer or active interception system can go straight to the garbage bin.”

https://bulgarianmilitary.com/2023/10/07/soviet-pg-7vr-rocket-piercing-the-top-armor-of-a-merkava-mk4-tank/

Até agora (no mundo) apenas carros de combate russos e ucranianos estão preparados para resistir a estes ataques através da instalação de grelhas com placas de blindagem reativa. A realidade do combate terrestre envolvendo blindados mudou imenso e os novos desenhos terão de ser devidamente equipados de origem para contrariar esta nova (grande) ameaça.

Mas já se sabia que a maioria (para não dizer mesmo a totalidade) dos CCs, tinham uma blindagem mais fraca por cima. Mesmo nos casos com blindagem reactiva, esta não pode ser colocada em todo o lado no veículo, e portanto o drone apenas precisa de largar a munição por exemplo na zona do motor, ou largar uma primeira munição para limpar a blindagem reactiva, e depois a segunda munição para penetrar a torre. Vai sempre haver formas de contornar a blindagem. Tem que se aceitar que, como todos os meios militares, haverá sempre pontos fracos

O futuro dos carros de combate, não vai passar por colocar cada vez mais blindagem. Vai passar por reduzir peso, ter uma torre não tripulada, ter mais consciência situacional, sistemas APS capaz de cobrir até uma elevação maior (formando uma bolha de protecção). Eventualmente, os CCs serão não tripulados. Também é preciso claramente investir em sistemas anti-drone. Da mesma forma que a invenção do míssil anti-navio, levou à criação de CIWS.
 

*

Icterio

  • Especialista
  • ****
  • 1131
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 115 vez(es)
  • +2246/-1253
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #34 em: Outubro 07, 2023, 10:57:50 pm »
Mas já se sabia que a maioria (para não dizer mesmo a totalidade) dos CCs, tinham uma blindagem mais fraca por cima. Mesmo nos casos com blindagem reactiva, esta não pode ser colocada em todo o lado no veículo, e portanto o drone apenas precisa de largar a munição por exemplo na zona do motor, ou largar uma primeira munição para limpar a blindagem reactiva, e depois a segunda munição para penetrar a torre. Vai sempre haver formas de contornar a blindagem. Tem que se aceitar que, como todos os meios militares, haverá sempre pontos fracos

Aliás, lembro-me do termo "top-attack" ter surgido ainda antes do final dos anos 80, com a introdução de ATGMs como o RBS 56 BILL (não sei se terá sido o primeiro, mas será certamente dos pioneiros).  Sistemas como o Javelin ou NLAW desenvolveram ainda mais o conceito.  Os projécteis de artilharia "guiada", como o Excalibur ou Krasnopol também aproveitam a trajectória descendente (inerente aos projecteis de artilharia) para usufruir do mesmo efeito.  Testes tem demonstrado que o impacto de uma munição de HE "normal" de 152/155mm na blindagem superior de um MBT é letal na maioria dos casos.

Onde os drones revolucionam é no baixo custo, persistência e facilidade de uso.  E isto é válido também contra tropas de infantaria.  Quantos milhares de soldados já foram mortos e feridos na ucrânia atingidos por simples granadas lançadas de drones?  Recentemente até vi um video de um drone a entrar pela porta de um pequeno tunel e explodir lá dentro.

È bem possível que esta revolução dos drones tenha o mesmo impacto no campo de batalha que o tanque, avião ou metralhadora tiveram na WWI.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva, LuisPolis

*

Kalil

  • Especialista
  • ****
  • 984
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 214 vez(es)
  • +87/-461
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #35 em: Outubro 07, 2023, 11:46:18 pm »
Olhando para a historia do conflito nos últimos 15 anos, este será mais um episódio na linha dos anteriores. Certamente existem nuances diferentes desta vez, porem o resultado deverá ser semelhante aos anteriores.

Política à parte, o que terá acontecido com o Iron Dome? Alguma sombra no sistema de detecção ou simples saturação? Para haver saturação teriam de ser utilizados os mesmos lançadores durante muito tempo consecutivo, nao seriam destruidos pela força aérea em pouco tempo?

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 11080
  • Recebeu: 2352 vez(es)
  • Enviou: 3260 vez(es)
  • +740/-1032
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #36 em: Outubro 07, 2023, 11:52:07 pm »
Mas a resposta, apesar desta aparente falha dos serviços secretos, vai ser demolidora, não tenho a menor dúvida!?!?!?!!!! Quem é que vai defender o Hamas? Nem o Egipto acredito que o faça abertamente!

Vi um comentador na SIC dizer que à anos que a Mossad avisa do aumento de stocks de rockets do Hamas.

Faz pensar é que apesar de Israel não ter provocado a acção, eles estavam à espera que mais ano menos ano algo acontecesse, para governos nacionalistas é sempre bom ter um inimigo externo para unir o país na sua defesa e deixar de ter oposição política interna.
« Última modificação: Outubro 07, 2023, 11:52:50 pm por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8475
  • Recebeu: 3855 vez(es)
  • Enviou: 715 vez(es)
  • +4985/-787
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #37 em: Outubro 08, 2023, 12:06:04 am »
Neste caso temos mais de 50 reféns israelitas, podendo o número chegar a 100. O massacre e execução de civis, o passear cadáveres, a morte de estrangeiros e a forma como uma boa parte do mundo árabe apoia esta "causa" de forma fervorosa, poderá levar a que a resposta seja muito mais devastadora por parte dos israelitas. Se começarem a entrar forças através do Líbano e da Síria, a coisa pode complicar-se.

Quanto ao Iron Dome, é bastante simples a resposta. Se pegarmos numa taxa de acerto de 90%, significa que a cada 1000 foguetes lançados, vão passar 100 (10%). O Hamas dizia que tinham lançado uns 5000, os israelitas tinham colocado um número mais contido, a rondar os 2500, portanto, pegando nestes, e pegando na taxa de 90%, mesmo assim passam 250. Mesmo que a taxa de acerto fosse 99%, passavam 25 dos 2500 foguetes.

E isto é sem contar com variáveis, como o número de mísseis do Iron Dome que estariam prontos para disparar. Se tivessem por exemplo, 500 mísseis prontos para disparar no momento do ataque, não há forma de interceptar todos os 2500 ou 5000 ou o que fosse.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7484
  • Recebeu: 962 vez(es)
  • +4582/-871
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #38 em: Outubro 08, 2023, 01:40:04 am »
Citar
https://bulgarianmilitary.com/2023/10/07/soviet-pg-7vr-rocket-piercing-the-top-armor-of-a-merkava-mk4-tank/

Assim, de relance, olhando para o video, parece que o projetil cai ou na extremidade da torre, ou direntamente em cima do casco superior frontal do Merkava.

Esta área é onde se encontra o motor, já que ao contrário dos tanques europeus os Merkava têm o motor à frente. Isto explicaria porque razão rapidamente se vê fogo, já que se trataria do combustível.
Mas posso naturalmente estar enganado e só agora vi estas imagens ...


Apanhar um Merkava desprevenido, não é nada de extraordinario nesta operação em que o grupo Hamas parece ter apanhado as forças de segurança de Israel a dormir.

Normalmente os Merkava acompanham os Namer, viaturas blindadas especialmente adaptadas para combate urbano.
No entanto não creio que Israel vá iniciar combates urbanos.
O que eles vão fazer é utilizar a aviação e despejar bombas burras.

O principal problema neste momento, é que Israel estava em negociações com os Sauditas e isto vai complicar completamente a situação. Se os sauditas não  voltarem a assumir uma posição mais belicosa contra Israel, então os iranianos vão mandar o Hezbollah no Líbano, fazer a mesma coisa que o Hamas fez.

Israel vai ter que pesar o tipo de reação. Se for à bruta, faz perder anos de negociações tanto com a Arábia Saudita como com os Emirados ou o Qatar.
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1520
  • Recebeu: 469 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +311/-191
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #39 em: Outubro 08, 2023, 01:59:30 am »
 

*

Kalil

  • Especialista
  • ****
  • 984
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 214 vez(es)
  • +87/-461
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #40 em: Outubro 08, 2023, 02:14:50 am »
Não deixa de ser impressionante como é que numa zona, com a área do Montijo, vigiada 24/24, são lançados tantos foguetes sem resposta directa. Ainda para mais, devem estar vários aviões no ar quando isso acontece e, há varias bases com aviões prontos a descolar a 10mins de gaza. Só deve ser necessária a autorização do gabinete do governo.

Aparentemente não foram atingidos alvos militares, sendo que os foguetes nao devem ter qualquer sistema de orientação, o Iron Dome terá funcionado onde era necessário.
 

*

Grant

  • Membro
  • *
  • 8
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-40
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #41 em: Outubro 08, 2023, 02:57:31 am »
Não deixa de ser impressionante como é que numa zona, com a área do Montijo, vigiada 24/24, são lançados tantos foguetes sem resposta directa. Ainda para mais, devem estar vários aviões no ar quando isso acontece e, há varias bases com aviões prontos a descolar a 10mins de gaza. Só deve ser necessária a autorização do gabinete do governo.

Aparentemente não foram atingidos alvos militares, sendo que os foguetes nao devem ter qualquer sistema de orientação, o Iron Dome terá funcionado onde era necessário.

Que queres dizer?
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12772
  • Recebeu: 3106 vez(es)
  • Enviou: 7614 vez(es)
  • +800/-1318
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #42 em: Outubro 08, 2023, 04:39:22 am »
Citar
Hamas launched a large scale suprise attack on southern Israeli territory to which Israel repsonded with the start of a military counter operation in Gaza today on October 7th, 2023.

Hamas militants used bulldozers and other means to breach through the border fence and stormed a Israeli military base capturing vehicles and equipment.
The situation is currently unfolding and more informartion will follow as it becomes available.
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4874
  • Recebeu: 407 vez(es)
  • Enviou: 81 vez(es)
  • +266/-5967
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #43 em: Outubro 08, 2023, 05:32:43 am »
Queria partilhar aqui um video mas o youtube diz que é conteúdo inapropriado, e assim vai a desinformação....

pelo menos deixaram me criar o Exodos 2.0  :mrgreen:




Potius mori quam foedari
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4874
  • Recebeu: 407 vez(es)
  • Enviou: 81 vez(es)
  • +266/-5967
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #44 em: Outubro 08, 2023, 07:19:43 am »
O Hezbollah anunciou que vai apoiar o Hamas com combatentes ....
Potius mori quam foedari