A SCAR da FN Herstal no Exército

  • 275 Respostas
  • 66040 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8415
  • Recebeu: 3815 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4981/-785
Re: A SCAR da FN Herstal no Exército
« Responder #270 em: Março 29, 2024, 05:48:58 pm »
Se calhar o cenário não é assim tão negro. Se a necessidade chegar a existir, creio que o armamento ligeiro será um dos menores problemas.

Claro que a questão do armamento ligeiro não se compara com as necessidades de outro equipamento mais complexo (caças e fragatas por exemplo) que não dá para ir comprar mais à pressa em caso de conflito.

Ainda assim, num cenário onde houvesse necessidade de uma mobilização geral a rondar os 100 mil militares, muitas destas armas ligeiras são das mais antiga, porque é o que há.
Ou não - pelo menos o EP está a livrar-se do armamento antigo.

O EP livrar-se da maioria do armamento antigo (que ainda esteja em boas condições) seria um erro tremendo, dado que não se vão adquirir armas ligeiras modernas em quantidades suficientes tão depressa (ainda por cima MGs capazes de substituir as MG3). Em princípio manter-se-á um stock das armas que possam ser minimamente relevantes, e não se vai "queimar" tudo. Suponho que receba o mesmo tratamento que uma Browning .50, que mesmo não sendo "moderna" continua aí para as curvas enquanto arma "fixa".
 

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1302
  • Recebeu: 519 vez(es)
  • Enviou: 2169 vez(es)
  • +672/-118
Re: A SCAR da FN Herstal no Exército
« Responder #271 em: Março 29, 2024, 05:58:55 pm »
Se calhar o cenário não é assim tão negro. Se a necessidade chegar a existir, creio que o armamento ligeiro será um dos menores problemas.

Claro que a questão do armamento ligeiro não se compara com as necessidades de outro equipamento mais complexo (caças e fragatas por exemplo) que não dá para ir comprar mais à pressa em caso de conflito.

Ainda assim, num cenário onde houvesse necessidade de uma mobilização geral a rondar os 100 mil militares, muitas destas armas ligeiras são das mais antiga, porque é o que há.
Ou não - pelo menos o EP está a livrar-se do armamento antigo.

O EP livrar-se da maioria do armamento antigo (que ainda esteja em boas condições) seria um erro tremendo, dado que não se vão adquirir armas ligeiras modernas em quantidades suficientes tão depressa (ainda por cima MGs capazes de substituir as MG3). Em princípio manter-se-á um stock das armas que possam ser minimamente relevantes, e não se vai "queimar" tudo. Suponho que receba o mesmo tratamento que uma Browning .50, que mesmo não sendo "moderna" continua aí para as curvas enquanto arma "fixa".
Mas é isso que está a fazer.
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1657
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 337 vez(es)
  • +99/-45
Re: A SCAR da FN Herstal no Exército
« Responder #272 em: Março 29, 2024, 09:50:42 pm »
A Browning .50 precisava daquele sistema em que não é necessário fazer a afinação manual do head space e timming gage cada vez que se muda de cano... existe mas não em quantidade suficiente..

Até nisso uma limitação.

MG-3 estão ai para as curvas e tendo em conta a nega da Ucrânia em receber G-3...munições é o que não falta para aí.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1302
  • Recebeu: 519 vez(es)
  • Enviou: 2169 vez(es)
  • +672/-118
Re: A SCAR da FN Herstal no Exército
« Responder #273 em: Março 29, 2024, 10:00:37 pm »
A Browning .50 precisava daquele sistema em que não é necessário fazer a afinação manual do head space e timming gage cada vez que se muda de cano... existe mas não em quantidade suficiente..

Até nisso uma limitação.

MG-3 estão ai para as curvas e tendo em conta a nega da Ucrânia em receber G-3...munições é o que não falta para aí.
Os americanos ficaram com elas...
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1657
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 337 vez(es)
  • +99/-45
Re: A SCAR da FN Herstal no Exército
« Responder #274 em: Março 29, 2024, 10:03:41 pm »
Inteligentes, para a CIA e outras agencias fornecerem a paises sul-americanos e sul-africanos...bem jogado.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5363
  • Recebeu: 3998 vez(es)
  • Enviou: 9904 vez(es)
  • +8451/-245
Re: A SCAR da FN Herstal no Exército
« Responder #275 em: Março 29, 2024, 11:31:33 pm »
Não, foram adquiridas por privados para venda no mercado civil, como foi aqui postado anteriormente. O governo americano tem centenas de milhares de M16/M4, não precisa de G3 para nada.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: raphael, CruzSilva