Novos Sistemas de Defesa Aérea

  • 985 Respostas
  • 164787 Visualizações
*

Major Alvega

  • Analista
  • ***
  • 845
  • Recebeu: 975 vez(es)
  • Enviou: 608 vez(es)
  • +10721/-198
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #975 em: Março 12, 2024, 11:01:52 pm »
 Aqui só há uma escolha que é o sistema da Diehl. Outro seria o SAAB VSHORAD que não está em concurso. O resto não são opções sérias. Não tenho duvidas que vai vencer o que apresentar o preço mais barato.
 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 752
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 1607 vez(es)
  • +982/-188
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #976 em: Março 12, 2024, 11:41:48 pm »
Aqui só há uma escolha que é o sistema da Diehl. Outro seria o SAAB VSHORAD que não está em concurso. O resto não são opções sérias. Não tenho duvidas que vai vencer o que apresentar o preço mais barato.

Não fosse assim não se faziam concursos....
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8415
  • Recebeu: 3815 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4981/-785
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #977 em: Março 12, 2024, 11:53:56 pm »
Eu até acho que precisamos de ambos os tipos de sistemas.
-Um SHORAD de topo e mais caro como o IRIS-T SLS, que pelo seu custo e sobretudo o custo dos mísseis, será impossível ter em número suficiente para as forças todas, que estaria ao dispor de qualquer força que precise deles num TO (não é específico a uma brigada)
-Um SHORAD mais barato, muito mais numeroso, e instalado em veículos próprios de cada brigada (uma solução baseada numa RWS, ou um MPCV ou outro similar)

Com a ameaça de drones, é preciso desde logo aceitar a necessidade de um muito maior número sistemas SHORAD e também MANPADS. Também convinha ter um sistema de canhão moderno.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

Mentat

  • Membro
  • *
  • 160
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 124 vez(es)
  • +34/-2
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #978 em: Março 13, 2024, 05:39:31 pm »

Com a ameaça de drones, é preciso desde logo aceitar a necessidade de um muito maior número sistemas SHORAD e também MANPADS. Também convinha ter um sistema de canhão moderno.

Skyranger 30mm HEL (versão montada "a cavalo")
Skynex (defesa "estática")

Não são propriamente baratos, mas seriam adições importantíssimas tanto para defesa de Bases Aéreas/Navais/Exército/Infraestrutura Civil como para defesa móvel dos soldados no terreno.
Um layered defense, como se quer, tem que ter deste chumbo grosso. Cada munição de um menino destes é substancialmente mais barata que disparar um míssil para abater um drone.
« Última modificação: Março 13, 2024, 05:40:48 pm por Mentat »
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8415
  • Recebeu: 3815 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4981/-785
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #979 em: Março 13, 2024, 06:18:41 pm »
O Skyranger é bastante interessante para sistemas AP, e pode ser instalado em Pandur, como vão fazer os austríacos. Outra alternativa, podia ser o M-SHORAD.
Para sistemas fixos/rebocados, já me contentava com umas Oerlikon GDF, que deverão ser mais baratas e permitem a compra em maior quantidade.

E aqui deixo mais um exemplo de emprego desse tipo de torres:
https://www.twz.com/ripsaw-mini-tank-emerges-in-new-air-defense-configuration

O que eu temo é a continuação da retórica actual, de comprar apenas os mínimos, e achar os 6-8 sistemas do programa SHORAD a decorrer chegam para as necessidades todas, e ainda continuarmos com os bitubos como único sistema de canhões.
 

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1508
  • Recebeu: 466 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +309/-190
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #980 em: Março 13, 2024, 06:23:14 pm »
6-8 que vão ser 3

Se forem 3 sequer  :mrgreen:
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8415
  • Recebeu: 3815 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4981/-785
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #981 em: Março 13, 2024, 10:01:55 pm »
Eu já nem sei quantos são, com tanto número para ali inventado no concurso SHORAD.  :mrgreen:
 

*

Major Alvega

  • Analista
  • ***
  • 845
  • Recebeu: 975 vez(es)
  • Enviou: 608 vez(es)
  • +10721/-198
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #982 em: Março 13, 2024, 10:32:24 pm »
Aqui só há uma escolha que é o sistema da Diehl. Outro seria o SAAB VSHORAD que não está em concurso. O resto não são opções sérias. Não tenho duvidas que vai vencer o que apresentar o preço mais barato.

Não fosse assim não se faziam concursos....

Alguém falou aqui em não haver concursos?

Em países sérios em que a Defesa é levada também a sério e sem amadorismos. Há concursos em que só concorrem os melhores equipamentos do mercados e o preço é um dos factores determinantes mas não o determinante. Esse equipamento é escolhido de acordo com as necessidades e critérios operacionais e técnicos. E não pelo preço de etiqueta ou por pechincha. Ou por quem aparece a concorrer.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Pescador, os_pero

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1508
  • Recebeu: 466 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +309/-190
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #983 em: Março 13, 2024, 10:36:26 pm »
Também costumam abrir concursos, fechar e começar a receber o equipamento em menos de 7 anos :mrgreen: :mrgreen:
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3958
  • Recebeu: 2573 vez(es)
  • Enviou: 2109 vez(es)
  • +5702/-2781
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #984 em: Março 18, 2024, 06:58:36 pm »
isso já desceu 25% dos valor inicial previsto em 2017, para entrega em 2026(9 anos). Por isso, é esperar a ver se desce mais a verba, porque o valor dos equipamentos só sobe.
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 5339
  • Recebeu: 723 vez(es)
  • Enviou: 722 vez(es)
  • +505/-2607
Re: Novos Sistemas de Defesa Aérea
« Responder #985 em: Abril 11, 2024, 11:54:50 pm »
Interessante ver dois modelos de stinger



"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva