Notícias da Marinha

  • 2649 Respostas
  • 666403 Visualizações
*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #135 em: Abril 28, 2007, 02:24:43 am »
submarinista escreveu:
Citar
E para o amigo o que considera missões secundárias para atribuir a uma Fragata, note-se que não é nenhum navio hidrográfico nem nenhuma lancha de desembarque.
Missão secundária para uma fragata antiquada e com as características da J. Belo, pode ser apoio de fogo a um desembarque, patrulha de longa duração e segurança a áreas de navegação intensa, ou anti/submarina devido a ainda ter o SQS 505. Apoio a forças especiais.


Papatango escreveu:
Citar
Não sei se o exercicio de que fala incluía submarinos...

Afirmativo
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

»»Submarinista»»

  • Membro
  • *
  • 94
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #136 em: Abril 30, 2007, 11:46:37 pm »
Hum, vejo que o amigo tem vastos conhecimentos na área de operações e continua actualizado nos equipamentos da nossa Marinha, mas deixe-me actualiza-los mais um pouco em relação ao Sonar que é o AN SQS 510.
Pode confirmar aqui:
http://www.marinha.pt/extra/revista/ra_ ... ag_10.html
no fim da pagina

Agora em relação ao resto permita-me discordar de tudo o que disse, isto devido ao facto de o senhor não conhecer de todo o potencial das fragatas JB, como dizia o meu avô "nem que a vaca tussa"
Atentamente
 

*

MAC

  • 38
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #137 em: Maio 01, 2007, 07:44:33 pm »
¿Me podeis decir el nombre del buque portugés?¿y la clase a la que pertenece?



Obrigado
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9916
  • Recebeu: 1821 vez(es)
  • Enviou: 2342 vez(es)
  • +332/-297
(sem assunto)
« Responder #138 em: Maio 01, 2007, 08:16:56 pm »
A F480 é a fragata João Belo da classe com o mesmo nome.

http://www.marinha.pt/Marinha/PT/Menu/D ... aoBelo.htm
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #139 em: Maio 02, 2007, 08:41:07 pm »
citação:
Citar
Agora em relação ao resto permita-me discordar de tudo o que disse, isto devido ao facto de o senhor não conhecer de todo o potencial das fragatas JB, como dizia o meu avô "nem que a vaca tussa"

Caro Submarinista. Não percebi esta do "potencial".
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 719
  • Recebeu: 90 vez(es)
  • Enviou: 35 vez(es)
  • +95/-88
(sem assunto)
« Responder #140 em: Maio 03, 2007, 09:33:34 pm »
Potencial para museu flutuante, tipo "Arizona Memorial"...Ou para alvo flutuante...Só se for isso mesmo :roll:
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3947
  • Recebeu: 242 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +138/-2278
(sem assunto)
« Responder #141 em: Maio 03, 2007, 10:16:04 pm »
MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL
MARINHA
Gabinete do Chefe do Estado-Maior da Armada
Portaria n.o 398/2007
Alteração do estado de armamento de unidades navais NRP Baptista de Andrade
Tornando-se necessário alterar o estado de armamento do NRP Baptista de Andrade;
No uso da competência que me é conferida pelo disposto na alínea a) do n.o 4 do artigo 8.o da Lei n.o 111/91, de 29 de Agosto, e em conformidade com o despacho de 23 de Maio de 1983 do Ministro
da Defesa Nacional:
Determino:
O NRP Baptista de Andrade passa ao estado de armamento reduzido a partir de 1 de Abril de 2007.
29 de Março 2007.—O Chefe do Estado-Maior da Armada, Fernando
José Ribeiro de Melo Gomes, almirante.

Fonte
Potius mori quam foedari
 

*

Creoula

  • Membro
  • *
  • 155
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #142 em: Maio 04, 2007, 01:07:00 pm »
Citar
O NRP Baptista de Andrade passa ao estado de armamento reduzido a partir de 1 de Abril de 2007


Em que consiste esta situação? Podem elucidar-me?
Cumprimentos
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #143 em: Maio 04, 2007, 02:47:31 pm »
citação:
Citar
Em que consiste esta situação? Podem elucidar-me?

É uma espécie de reserva.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2268
  • Recebeu: 119 vez(es)
  • Enviou: 300 vez(es)
  • +267/-216
(sem assunto)
« Responder #144 em: Maio 04, 2007, 03:07:38 pm »
Significa que está com tripulação reduzida? Já esta com um pé no caixão...
:roll:

É preocupante que a armada aproxima-se rapidamente ao zero naval com navios que navegaram muito para além do que seria ideal, e os navios que deverão substituí-los ainda estão a anos de entar em serviço.

O estado a que isto chegou é mesmo sinal de uma irresponsabilidade política criminosa.
A nossa classe política não vale nada a meu ver.

Julgo que a Espanha está a reforma as Descubierta aos poucos. Pena não podemos comprar 2 ou 3 Descubierta para preencher a lacuna em navios de escolta e patrulha durante a próxima década. Haverá outros navios semelhantes no mercado de segunda mão?
« Última modificação: Maio 04, 2007, 03:13:08 pm por Duarte »
слава Україна!

“Not only has the weakness of the Russian military have been exposed, but there's going to be long term damage done to the Russian economy and to generations of Russians as a result of this."
-William Burns

The Only Good Fascist Is a Very Dead Fascist
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4172
  • Recebeu: 57 vez(es)
  • +67/-1
(sem assunto)
« Responder #145 em: Maio 04, 2007, 03:10:45 pm »
Citar
MARINHA PARTICIPA PELA PRIMEIRA VEZ NUM EXERCÍCIO CONJUNTO EUROPEU PARA CADETES
 
Publicado em:
2007-04-20

Os cadetes finalistas da Escola Naval participam, pela primeira vez, num exercício conjunto europeu unicamente dedicado ao treino dos futuros oficiais.
O exercício denominado "Cadet Training 07" contará com a participação de cadetes da França, Alemanha e Portugal. Para além das unidades navais destes países onde os cadetes se encontram embarcados participam, também, navios Italianos e Espanhóis e aeronaves Francesas e Alemães.
O exercício decorre entre 20 e 30 de Abril, no Mediterrâneo ao largo de França e Espanha.
Os 38 cadetes portugueses estarão embarcados na fragata "Comandante João Belo" e na corveta "João Roby".
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

lepanto

  • 20
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #146 em: Maio 04, 2007, 06:26:47 pm »
Tan mal está a marinha portuguesa, como para ter que plantexar cousas  como a compra das descuberta :?: , dende o meu punto de vista páreceme un pouco errante, de verdade e tan necesaria a compra das fragatas holandesas  o mesmo as Perry de 2ª man, desde a minha opinión, co diñeiro que se move nesa compra, poderían dispoñer de alghuns modelos de corbeta dos que fabrican os alemáns, ingleses ou franceses, barcos novos e tecnoloxía punteira e seguramente en mais número.
 

*

ferrol

  • Analista
  • ***
  • 710
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #147 em: Maio 04, 2007, 06:26:47 pm »
Citação de: "Duarte"
Julgo que a Espanha está a reforma as Descubierta aos poucos. Pena não podemos comprar 2 ou 3 Descubierta para preencher a lacuna em navios de escolta e patrulha durante a próxima década.

Hola Duarte. Só un intre para aclararte que as reformas das Descubierta se fixeron entre o 2.004 e 2.005. Se desarmaron para pasar a ser OPV´s. Actualmente hai 5 patrulleiros, xa non corbetas, da serie Descubierta, e outro buque da serie, o Diana, foi reconvertido no buque de mando e control da Forza de Medidas Contraminas.

Está previsto que todos os patrulleiros desta serie sexan relevados polos BAM a partires de finais desta década ou principios da seguinte.

Un saúdo.
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #148 em: Maio 04, 2007, 07:30:25 pm »
Duarte escreveu:
Citar
Significa que está com tripulação reduzida? Já esta com um pé no caixão...
Na Armada sim. A partir do Verão se verá!...

Citar
É preocupante que a armada aproxima-se rapidamente ao zero naval com navios que navegaram muito para além do que seria ideal, e os navios que deverão substituí-los ainda estão a anos de entar em serviço.
Não são muitos, dois e três respectivamente. Virão antes dos U 209, dos NPO (quem sabe?), e antes do LPD.

Citar
Julgo que a Espanha está a reforma as Descubierta aos poucos. Pena não podemos comprar 2 ou 3 Descubierta para preencher a lacuna em navios de escolta e patrulha durante a próxima década. Haverá outros navios semelhantes no mercado de segunda mão?

Além de que são derivados mais recentes da classe João Coutinho, já perderam a maior parte do armamento.
Vamos lá esperar mais um ano pelos primeiros NPO.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2268
  • Recebeu: 119 vez(es)
  • Enviou: 300 vez(es)
  • +267/-216
(sem assunto)
« Responder #149 em: Maio 04, 2007, 08:05:04 pm »
Citação de: "lepanto"
Tan mal está a marinha portuguesa, como para ter que plantexar cousas  como a compra das descuberta :evil:

As corvetas JC / BA deveriam ter sido substituídas há pelo menos uma década.. Enfim, temos uma classe política sem "cojones".
Citação de: "lepanto"
Eu pregúntome, cal é a política naval do estado portugues  :roll:
слава Україна!

“Not only has the weakness of the Russian military have been exposed, but there's going to be long term damage done to the Russian economy and to generations of Russians as a result of this."
-William Burns

The Only Good Fascist Is a Very Dead Fascist