Água

  • 10 Respostas
  • 1432 Visualizações
*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4292
  • Recebeu: 2419 vez(es)
  • Enviou: 1394 vez(es)
  • +7369/-4444
Água
« em: Outubro 17, 2023, 10:07:49 am »
Parece que os nostros hermanos gastam a água que têem e não têem e ainda exigem mais! Exigem a água do Alqueva...... porque antes de ir parar ao Alqueva passou em terras espanholas!!!!!!!!!

Espanha, com albufeiras reduzidas a charcos, quer a água do Alqueva para Huelva e Doñana

Desesperados, produtores de Huelva querem “a partilha temporária dos direitos de água da barragem de Alqueva” para regar explorações e Doñana. Apelam à reciprocidade e boa vontade de Portugal.



https://www.publico.pt/2023/10/11/azul/noticia/espanha-albufeiras-reduzidas-charcos-quer-agua-alqueva-huelva-donana-2066118

O nosso governo já estará em conversações "secretas" para doar água a Espanha!
Não vejo qualquer problema em doarmos água para consumo humano se ela estiver a faltar em qualquer lado!

Agora quase exigirem água para rega de campos de golfe, agricultura feita em plenos desertos! Calma lá!
Sempre fomos prejudicados nos caudais mínimos que Espanha liberta para os rios internacionais e principalmente no Guadiana, que é um dos rios (não é o único) que alimenta o Alqueva. O Douro que conheço muito bem, está praticamente fechado durante os meses de maior calor.

Agora exigirem usar a nossa reserva é que não! Se faltar a água para beber, sem problema algum.
Se alguém tiver 5 minutos para pesquisar, vejam no sul de Espanha as florestas de estufas que consomem água sem parar. Esgotam a água em Espanha, ficam com o valor acrescentado da venda dessa fruta, feita em terrenos semi-desérticos, e além disso ainda querem a nossa água!!!!!!
« Última modificação: Outubro 17, 2023, 10:08:31 am por Viajante »
 

*

zawevo

  • Perito
  • **
  • 387
  • Recebeu: 240 vez(es)
  • Enviou: 46 vez(es)
  • +100/-3589
Re: Água
« Responder #1 em: Outubro 17, 2023, 06:23:09 pm »
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 4292
  • Recebeu: 2419 vez(es)
  • Enviou: 1394 vez(es)
  • +7369/-4444
Re: Água
« Responder #2 em: Outubro 17, 2023, 11:09:57 pm »
Tem razão! Não vale a pena cansar a moleirinha com assuntos "sem sentido"!

Agora coisas sérias.
Já desde 1974 que Espanha desvia "ilegalmente" água da zona de Boca-Chança (quem vir pelo Google Hearth, o canal tem vários km).

Mas o que se passa afinal e se esta captação ilegal de Espanha continua a funcionar a todo o vapor, Espanha ainda quer mais água!?!?!?!!

Transvase “ilegal” de água de Alqueva rega “a horta da Europa” na região de Huelva (notícia do ano passado)

Para abastecer o regadio na região de Huelva, as autoridades espanholas transvasam ilegalmente do rio Guadiana 75 hectómetros cúbicos (hm3) por ano, mas com o aumento da área de regadio pretendem subir a captação para os 150 hm3. Esta água rega citrinos, frutos vermelhos, olival, amendoal e hortaliças.

Na bacia do Guadiana, “permanece por resolver a utilização (indevida) da captação Boca-Chança, por parte de Espanha, que tem a intenção de tornar definitiva e até ampliar essa situação, que foi sempre provisória, e que prejudica Portugal”. A denúncia é feita pelos investigadores Raquel Palermo, José Eduardo Ventura e Margarida Pereira no artigo “Bacias hidrográficas luso-espanholas – Desafios da governança para a sustentabilidade”, publicado em Março deste ano na revista Recursos Hídricos. Esta posição, na sua essência, já tinha sido corroborada em Março de 2021 pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

A água captada pelo sistema designado Boca-Chança é debitada por Alqueva para garantir o caudal ecológico no troço do Guadiana internacional, que se prolonga desde a aldeia ribeirinha do Pomarão até Vila Real de Santo António. No entanto, o volume de afluentes, estimado em 75 hectómetros cúbicos (hm3) anuais, é desviado por Espanha para a região de Huelva, conhecida como a “horta da Europa”.

Nos esclarecimentos que então prestou ao PÚBLICO, a APA explicou que a captação de Boca-Chança foi “instalada de forma “provisória” em 1974, para resolver o problema de abastecimento de água à cidade de Huelva e respectivo pólo industrial, enquanto estivesse em construção a barragem do Chança”, entre 1979 e 1985.

Após a conclusão da infra-estrutura, “alegadamente, a captação apenas é utilizada quando o nível da albufeira (do Chança) não permite a utilização da captação ali existente”, refere a APA, acrescentando que Portugal aceitou que esta situação se “mantivesse até à conclusão da barragem de Andévalo”, inaugurada em 2003 na zona de Huelva, a montante da barragem do Chança.

Contudo, o sistema de captação “continua instalado com carácter provisório e a sua exploração em definitivo não foi alvo de autorização pelo Estado português”, realça a APA, frisando que, em Março de 2021, estava a “proceder a diligências, através da CADC (Comissão para a Aplicação e o Desenvolvimento da Convenção de Albufeira), para apurar esta matéria.” No início do mês em curso, o PÚBLICO voltou a questionar a APA sobre eventuais desenvolvimentos relativos à captação de Boca-Chança, mas não obteve resposta.

Os investigadores Raquel Palermo, José Eduardo Ventura e Margarida Pereira, da Universidade Nova de Lisboa, concluíram no seu artigo que “Espanha nunca deixou” de recorrer à água captada a partir do Boca-Chança, “apesar de esta prática reiterada ter sido abordada em várias reuniões bilaterais” no seio da Comissão para a Aplicação e o Desenvolvimento da Convenção de Albufeira (convenção de cooperação luso-espanhola em matéria de recursos hídricos, em vigor desde 2000).

Com base num documento publicado pela Confederação Hidrográfica do Guadiana (CHG), entidade gestora da bacia do Guadiana em território espanhol, e datado de 2020, é afirmado: “Presentemente, essa captação transfere em permanência, mesmo em anos de não seca e estando as barragens de Andévalo e Chança com elevadas percentagens de armazenamento, o máximo de água permitido”.

Para superar uma situação que as próprias autoridades espanholas consideravam “ilegal”, em 2008, a Agência Andaluza de Água (AAA), solicitou durante a XIII reunião plenária da CADC autorização para captar água a partir da estação de Boca-Chança.

O memorando então apresentado fazia referência ao fornecimento de “volumes médios anuais […]

https://www.agroportal.pt/transvase-ilegal-de-agua-de-alqueva-rega-a-horta-da-europa-na-regiao-de-huelva/

Transvase “ilegal” de água de Alqueva rega “a horta da Europa” na região de Huelva

Para abastecer o regadio na região de Huelva, as autoridades espanholas transvasam ilegalmente do rio Guadiana 75 hectómetros cúbicos (hm3) por ano, mas com o aumento da área de regadio pretendem subir a captação para os 150hm3. Esta água rega citrinos, frutos vermelhos, olival, amendoal e hortaliças.











https://www.publico.pt/2022/10/20/azul/noticia/transvase-ilegal-agua-alqueva-rega-horta-europa-regiao-huelva-2024709

Tenho poucas dúvidas de que o próximo conflito com Espanha, não vai ser por causa das Selvagens, nem da ZEE...... mas antes uma "luta" pela posse da água!!!!!
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Água
« Responder #3 em: Outubro 18, 2023, 02:51:00 pm »
Porto Design Biennale com o tema "Ser Água" | 19 outubro a 3 de dezembro de 2023


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Água
« Responder #4 em: Outubro 24, 2023, 06:08:14 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Água
« Responder #5 em: Novembro 23, 2023, 12:17:10 pm »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12768
  • Recebeu: 3104 vez(es)
  • Enviou: 7608 vez(es)
  • +792/-1317
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Água
« Responder #6 em: Novembro 30, 2023, 11:53:10 pm »

Há 25 anos, em 30 de novembro de 1998, foi assinada na cidade costeira de Albufeira (Algarve, Portugal) a Convenção Luso-Espanhola que herdou o seu nome.

Trata-se da Convenção sobre Cooperação para a Proteção e o Aproveitamento Sustentável das Águas das Bacias Hidrográficas Luso – Espanholas, conhecida como Convenção de Albufeira.

Este instrumento de cooperação bilateral trata da proteção das águas das bacias hidrográficas partilhadas entre Espanha e Portugal, dos rios Minho, Lima, Douro, Tejo e Guadiana, promovendo também a utilização sustentável e coordenada das suas águas, tendo em conta os interesses e peculiaridades de ambos os Estados, parceiros na União Europeia.
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Água
« Responder #7 em: Fevereiro 16, 2024, 08:25:54 pm »
Águas do Porto usam peças produzidas por impressoras 3D


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Água
« Responder #8 em: Fevereiro 16, 2024, 10:50:42 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Água
« Responder #9 em: Março 19, 2024, 04:37:03 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Água
« Responder #10 em: Março 25, 2024, 11:52:10 am »
Buscas na CM Paços de Ferreira