F-16 FAP

  • 110 Respostas
  • 29572 Visualizações
*

filcharana

  • 47
  • +0/-0
F-16 FAP
« em: Fevereiro 05, 2004, 09:54:15 pm »
Para começar o thread do F-16:

- Existem (ou existiram) alvos rebocados para treino de tiro ar-ar? Ou outro tipo de alvos?

- Alguém tem uma lista dos componentes dos actuais Block15? Radar, rádios, IFF, RWR, contramedidas, enfim, tudo o que souberem. (dos nossos concretamente, e não dos OCU ou ADF "de série")


Cumptos
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1437
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Fevereiro 16, 2004, 10:04:27 pm »
acabei de ler na AFM deste mês que a Holanda pretende colocar vários F16 MLU em armazém ( acho que vão cortar um "squadron" logo devem ser cerca de 20 caviões). Apre que até vão arrumar com Apaches acabados de sair da fábrica!!!
Bem estive a pensar , e se Portugal comprasse estes aparelhos para substituir os F16 da 1ª esquadra, e não realizasse o upgrade a estes últimos ?

-Teríamos os aviões muito mais cedo
-Não seria necessário aplicar o MLU
-Se fosse preciso, realizava-se o FALCON UP ( aumento do nº de horas ), além de que daria um trabalhinho extra às OGM.
-Provavelmente ficaria mais caro, mas ao preço seria necessário subtrair o custo dos kits MLU (ainda não os comprámos, pois não ?) para as aparelhos da 201 .

Que tal ? Provavelmente, nada mais que wishful thinking...  :shock:

PS: Uma compra maciça à Holanda podeira resolver muitos problemas e talvez não ficasse muito cara. Leopard2, Karel Dorman, P3,...
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 566
  • +1/-0
Compras na Holanda
« Responder #2 em: Fevereiro 16, 2004, 11:32:31 pm »
Talvez alguém do MDN  8)  consulte este site Spectral  :wink:
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

filcharana

  • 47
  • +0/-0
Re:
« Responder #3 em: Fevereiro 17, 2004, 01:25:24 am »
Acho que serão retirados 29 F-16 MLU, 15 já este ano e os restantes 14 até 2007.

A minha ideia era a FAP adquirir 11 MLU (7AM e 4BM) à Holanda.
Digamos que chegavam já no ano que vem, 2005. Estes aparelhos entrariam de imediato ao serviço da Esq.201.
Entretanto, os nove primeiros MLU modificados em Portugal (do 2º lote, PeaceAtlantisII) seriam entregues também à 201 que assim, em 2005 ou princípios de 2006, tinha as 20 aeronaves MLU operacionais.

Os próximos 12 F-16 PAII modificados pelas OGMA seriam entregues à Esq.304 entre 2006 e 2008.

Quanto aos actuais F-16 (PeaceAtlantisI)...... passariam para a Esq.301 em 2006.
Assim, entre 2006/2008 os "Jaguares" fariam a conversão para F-16 usando os 19 aparelhos Block15OCU/ADF.

Entre 2008/09, 8 F-16 da Esq.301 seriam submetidos a MLU nas OGMA e posteriormente entregues à Esq.304, que ficava então com 20 aparelhos MLU.
Os "Jaguares", depois da conversão, ficavam apenas com os 11 F-16 Bl.15OCU/ADF (9A e 2B)

Mais tarde (2009/11) os 11 F-16 MLU comprados à Holanda sofreriam uma pequena revisão para ficarem com o mesmo MLU que as aeronaves PeaceAtlantis levaram.


O que acham:

- Esq.201 com 20 F-16 MLU em 2006
- Esq.301 com 11 F-16 Block15OCU/ADF em 2008
- Esq.304 com 20 F-16 MLU em 2010


Cumptos
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1437
  • +4/-0
Público
« Responder #4 em: Fevereiro 29, 2004, 09:26:21 pm »
Do Público de hoje, 29 de Fevereiro:

Citar
Parte da Modernização dos F16 Transferida para Monte Real
Por INÊS SEQUEIRA E HELENA PEREIRA
Domingo, 29 de Fevereiro de 2004

A última fase de modernização dos F16, até agora realizada nas intalações das Ogma, vai ser transferida para a Base Aérea de Monte Real, ao pé de Leiria. Em causa estão os testes finais ao "upgrade" dos sistemas destes aparelhos, que passam para a responsabilidade da Força Aérea quando estava inicialmente previsto que a empresa de Alverca assumisse estes trabalhos a curto prazo.

Até este momento, eram os militares da Força Aérea que se deslocavam a Alverca, mais o respectivo equipamento, para efectuarem os testes nos caças já intervencionados. Foi o que sucedeu com o primeiro avião, o único que deixou a empresa já a voar, a meio do ano passado. A partir do sétimo avião, afirmou ao PÚBLICO uma fonte ligada às Ogma, a empresa teria de adquirir equipamentos de testes próprios, no valor de "vários milhões de euros", para efectuar ela própria os trabalhos.

Entretanto, já houve um segundo aparelho que saiu da Ogma, mas por estrada rumo a Monte Real, para ser testado na Base Aérea. Igual procedimento deverá ser aplicado aos restantes aviões, uma vez que as duas entidades estão em fase final de negociações de um protocolo que estabelece a divisão de tarefas entre civis e militares. Tudo teve início com um "processo de revisão interno", iniciado em Dezembro passado. No final de 2004, "vai-se rever a situação", acrescentou.

Trabalhadores a metade
De acordo com uma fonte ligada à empresa de Alverca, houve demasiado entusiasmo da parte da Ogma aquando do primeiro acordo para a modernização dos F16, contratada pela Força Aérea à empresa há alguns anos atrás. Daí que seja necessário, neste momento, reduzir os custos inerentes ao processo.

A verdade é que os próprios trabalhadores destinados ao "upgrade" dos F16 foram reduzidos para quase metade nos últimos meses, restando hoje cerca de 20 quando no início eram mais de 40. A redução de quadros neste sector já foi objecto de vários alertas da parte do Sindicato dos Trabalhadores de Aviação e Aeroportos (Sitava), que chamou recentemente a atenção para os atrasos que isso está a causar no cumprimento do programa inicial. Está prevista a modernização de uma primeira frota de 20 aviões até 2010, o que se afigura difícil neste momento, tendo em conta que nos próximos seis anos terão de ser intervencionados entre 18 a 19 aviões.

Segundo uma fonte militar, o Ministério da Defesa Nacional chegou a ponderar a possibilidade de retirar a modernização dos F16 às OGMA e entregá-la à Força Aérea, até porque os planos iniciais eram fazer a modernização dos caças em Monte Real. A Força Aérea remeteu quaisquer esclarecimentos sobre este assunto para o Ministério da tutela, mas não foi possível obter respostas da parte do gabinete do ministro Paulo Portas.


http://jornal.publico.pt/2004/02/29/Economia/E02.html

A confirmarem-se os atrasos são muito más notícias para a FAP. Por este ritmo a 2ª esq. de F16MLU estaria pronta lá para 2015 ( se é que alguma vez estaria), altura de substituir os F16s!  :evil:
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 566
  • +1/-0
Público
« Responder #5 em: Março 01, 2004, 10:51:50 pm »
Talvez o nosso amigo Ricardo Nunes com  as suas fontes "inside", nos possa esclarecer estas dúvidas :?:
Esperamos pelas tuas informações Ricardo  :G-Ok:
« Última modificação: Março 02, 2004, 04:25:54 pm por Tiger22 »
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1256
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #6 em: Março 02, 2004, 03:19:32 pm »
Pelo que sabia o ritmo de entrega de aeronaves deveria ser de 1 a cada 2 meses, e tendo agora os trabalhos passado para a BA5 penso que a notícia esteja um pouco exagerada quanto aos prazos. A verdade é que já estão concluídas quase 3 aeronaves.

É algo sobre o qual tenho de "perguntar"...  :twisted:
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1256
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #7 em: Março 02, 2004, 06:33:15 pm »
Caro Tiger22,

Pelo que me informaram os prazos ( no que depender do pessoal da Base aérea nº 5 ) serão cumpridos. Sendo assim deveremos contar com um ritmo de entrega de +- 1 aeronaves a cada 2 meses, isto como estava previsto oficialmente.
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 566
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Março 02, 2004, 06:49:49 pm »
Obrigado Ricardo :conf: : isso aplica-se também a 2ª esquadra?

Obrigado :G-beer2:
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1256
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #9 em: Março 02, 2004, 06:54:04 pm »
Caro Tiger22, aplica-se apenas às 20 aeronaves do Peace Altantis II que são modificadas para standart MLU.
Após estas modernizações estarem prontas, aí sim se iniciará a modernização das actuais 19 aeronaves ( + uma do lote do Peace Atlantis II substituindo o 15111 ). Sobre esse programa de modernização não tenho qualquer informação.

Sobre as aeronaves dos programas "Peace Atlantis" poderá visitar o seguinte quadro: http://www.falcoes.net/status/status.htm
( nenhum dos links inferiores funciona pois esta secção estava incluída na versão anterior da página )  :oops:
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

TazMonster

  • Membro
  • *
  • 148
  • +0/-0
F16 e misseis anti-radiação
« Responder #10 em: Março 06, 2004, 10:38:05 pm »
Caros.
Há uns tempos atrás houve um post acerca sobre a capacidade dos F16 da FAP levarem misseis anti-radiação (HARM ou SHRIKE) vejam esta foto.



Creio que se trata de um AGM-45 Shrike mas não dá para ter a certeza.

Cumprimentos
Taz
 

*

snakeye25

  • Membro
  • *
  • 133
  • +0/-0
ARM
« Responder #11 em: Março 07, 2004, 03:42:02 pm »
Caro Taz,

Não é um Shrike, mas sim um HARM, e está sob a asa do F-16C americano e não no portuga...
Um abraço,

André Carvalho
 

*

FinkenHeinle

  • Membro
  • *
  • 186
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Março 08, 2004, 03:41:48 am »
Desculpem, mas não vi foto alguma...
Um Forte Abraço.
André Finken Heinle
_________________
"Em condições normais, corro para vencer e venço. Em situações adversas, também posso vencer. E, mesmo em condições muito desfavoráveis, ainda sou páreo." (AYRTON SENNA)
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1393
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Abril 02, 2004, 08:34:15 pm »
Alguém sabe qual o armamento que será adquirido ou que já se possui para utilizar nos F16 MLU?
 

*

FFAP

  • 98
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Abril 02, 2004, 09:02:32 pm »
Citação de: "Fábio G."
Alguém sabe qual o armamento que será adquirido ou que já se possui para utilizar nos F16 MLU?



   Numa primeira fase o novo armamento para ser usado no MLU serão misseis AIM-120 AMRAAM e bombas inteligentes do tipo JDAM, posteriormente fala-se em JSOW.
Um abraço

EX MERO MOTU