Unir os Pontos

  • 900 Respostas
  • 154383 Visualizações
*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8049
  • Recebeu: 1170 vez(es)
  • Enviou: 462 vez(es)
  • +532/-4878
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8049
  • Recebeu: 1170 vez(es)
  • Enviou: 462 vez(es)
  • +532/-4878
Re: Unir os Pontos
« Responder #856 em: Novembro 07, 2021, 10:29:09 am »
Pois bem, Fernando Negro: estamos completamente lixados.
Apenas conseguiríamos fazer alguma coisa se tivéssemos uma opinião pública esclarecida, mas os conceitos de "público" e "esclarecido" formam um oxímoro,
O público continua a engolir a propaganda da forma mais natural desse mundo e activamente combate aqueles que questionam as várias narrativas oficiais.
Alguns vão acordando mas, na minha opinião que apenas revela o que penso em função das minhas experiências pessoais, são em número francamente reduzido.
Até a família directa é dificil alcançar.
Pessoalmente, considero o povo português, que penso ser muito inferior aos números oficiais, já poucos têm consciência do que isso implica, está perdido e vai deixar de existir a médio prazo para ser substituído por uma população amorfa e apátrida. E que apesar de podem falar português, não assumem essa nacionalidade (excepto sob a forma caricatural da "Selecção").

Portanto antevejo os poucos portugueses a passar à clandestinidade e adoptar o radicalismo como atitude de sobrevivência, porque já não há outra maneira de defesa face aos traidores e aos gunas / uga-tugas.

Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12019
  • Recebeu: 2572 vez(es)
  • Enviou: 6871 vez(es)
  • +418/-371
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Unir os Pontos
« Responder #857 em: Novembro 17, 2021, 10:39:37 pm »

Tiktok is the worst app to have ever been created and it's made Tiktok a lot of money

Tiktok culture is breeding a new age of Tiktok cringe. However Tiktok isn't just cringe,
Tiktok is ruining society. Tiktoker's such as Charli D'Amelio and Bella Poarch are promoted because the Titok algorithm rewards hedonism. However,
Tikok's design is also ruining generation z's attention span and destroying their short-term memory.
But as Tiktok culture distracts you with Tiktok' cringe videos, you'll be to consumed to read Tiktok's privacy page which admits to sending all your data back to China's government, too notice.

This is why Tiktok is cancer.
Tiktok is a psychological weapon and we have to stop watching Tiktok videos/memes.
Because Tiktok is destroying education.
This video details how tiktok makes money.

A parte relativa ao controlo chinês na aplicação começa aos 8 minutos.
E é assustadora.
« Última modificação: Novembro 17, 2021, 10:49:01 pm por HSMW »
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12019
  • Recebeu: 2572 vez(es)
  • Enviou: 6871 vez(es)
  • +418/-371
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Unir os Pontos
« Responder #858 em: Dezembro 21, 2021, 03:25:44 am »
Foi em 1956 que o filósofo judeu alemão Günther Anders escreveu esta reflexão :

′′Para sufocar antecipadamente qualquer revolta, não deve ser feito de forma violenta.

Métodos arcaicos como os de Hitler estão claramente ultrapassados.

Basta criar um condicionamento coletivo tão poderoso que a própria ideia de revolta já nem virá à mente dos homens.
O ideal seria formatar os indivíduos desde o nascimento limitando suas habilidades biológicas inatas...

Em seguida, o acondicionamento continuará reduzindo drasticamente o nível e a qualidade da educação, reduzindo-a para uma forma de inserção profissional.

Um indivíduo inculto tem apenas um horizonte de pensamento limitado e quanto mais seu pensamento está limitado a preocupações materiais, medíocres, menos ele pode se revoltar.

É necessário que o acesso ao conhecimento se torne cada vez mais difícil e elitista..... que o fosso se cave entre o povo e a ciência, que a informação dirigida ao público em geral seja anestesiada de conteúdo subversivo.

 Especialmente sem filosofia. Mais uma vez, há que usar persuasão e não violência direta: transmitir-se-á maciçamente, através da televisão, entretenimento imbecil, bajulando sempre o emocional, o instintivo.

Vamos ocupar as mentes com o que é fútil e lúdico.
É bom com conversa fiada e música incessante, evitar que a mente se interrogue, pense, reflita.
Vamos colocar a sexualidade na primeira fila dos interesses humanos.

Como anestesia social, não há nada melhor.
Geralmente, vamos banir a seriedade da existência, virar escárnio tudo o que tem um valor elevado, manter uma constante apologia à leveza; de modo que a euforia da publicidade, do consumo se tornem o padrão da felicidade humana e o modelo da liberdade.

Assim, o condicionamento produzirá tal integração, que o único medo (que será necessário manter) será o de ser excluído do sistema e, portanto, de não poder mais acessar as condições materiais necessárias para a felicidade.

O homem em massa, assim produzido, deve ser tratado como o que é: um produto, um bezerro, e deve ser vigiado como deve ser um rebanho.

Tudo o que permite adormecer sua lucidez, sua mente crítica é socialmente boa, o que arriscaria despertá-la deve ser combatido, ridicularizado, sufocado...
Qualquer doutrina que ponha em causa o sistema deve ser designada como subversiva e terrorista e, em seguida, aqueles que a apoiam devem ser tratados como tal ′′


Günther Anders - ′′ A obsolescência do homem ′′ 1956


Alguém consegue confirmar se é o texto pertencente ao artigo publicado em 56?

Está demasiado certo...
« Última modificação: Dezembro 21, 2021, 08:56:16 pm por HSMW »
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Hammerhead, Viajante

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 3313
  • Recebeu: 1898 vez(es)
  • Enviou: 1012 vez(es)
  • +3624/-3190
Re: Unir os Pontos
« Responder #859 em: Dezembro 21, 2021, 03:38:16 pm »
Foi em 1956 que o filósofo judeu alemão Günther Anders escreveu esta reflexão :

′′Para sufocar antecipadamente qualquer revolta, não deve ser feito de forma violenta.

Métodos arcaicos como os de Hitler estão claramente ultrapassados.

Basta criar um condicionamento coletivo tão poderoso que a própria ideia de revolta já nem virá à mente dos homens.
O ideal seria formatar os indivíduos desde o nascimento limitando suas habilidades biológicas inatas...

Em seguida, o acondicionamento continuará reduzindo drasticamente o nível e a qualidade da educação, reduzindo-a para uma forma de inserção profissional.

Um indivíduo inculto tem apenas um horizonte de pensamento limitado e quanto mais seu pensamento está limitado a preocupações materiais, medíocres, menos ele pode se revoltar.

É necessário que o acesso ao conhecimento se torne cada vez mais difícil e elitista..... que o fosso se cave entre o povo e a ciência, que a informação dirigida ao público em geral seja anestesiada de conteúdo subversivo.

 Especialmente sem filosofia. Mais uma vez, há que usar persuasão e não violência direta: transmitir-se-á maciçamente, através da televisão, entretenimento imbecil, bajulando sempre o emocional, o instintivo.

Vamos ocupar as mentes com o que é fútil e lúdico.
É bom com conversa fiada e música incessante, evitar que a mente se interrogue, pense, reflita.
Vamos colocar a sexualidade na primeira fila dos interesses humanos.

Como anestesia social, não há nada melhor.
Geralmente, vamos banir a seriedade da existência, virar escárnio tudo o que tem um valor elevado, manter uma constante apologia à leveza; de modo que a euforia da publicidade, do consumo se tornem o padrão da felicidade humana e o modelo da liberdade.

Assim, o condicionamento produzirá tal integração, que o único medo (que será necessário manter) será o de ser excluído do sistema e, portanto, de não poder mais acessar as condições materiais necessárias para a felicidade.

O homem em massa, assim produzido, deve ser tratado como o que é: um produto, um bezerro, e deve ser vigiado como deve ser um rebanho.

Tudo o que permite adormecer sua lucidez, sua mente crítica é socialmente boa, o que arriscaria despertá-la deve ser combatido, ridicularizado, sufocado...
Qualquer doutrina que ponha em causa o sistema deve ser designada como subversiva e terrorista e, em seguida, aqueles que a apoiam devem ser tratados como tal ′′


Günther Anders - ′′ A obsolescência do homem ′′ 1956


Alguém consegue confirmar se é o texto pertence ao artigo publicado em 56?

Está demasiado certo...

Parece que está correcta a afirmação!

https://www.cosmydor.paris/journal-design-arts-nature-skincare/extract-gunther-anders-the-obsolescence-of-man

Veja este livro: "Psicologia das multidões", de Gustave Le Bon de 1895.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

legionario

  • Investigador
  • *****
  • 1278
  • Recebeu: 284 vez(es)
  • Enviou: 289 vez(es)
  • +178/-3214
Re: Unir os Pontos
« Responder #860 em: Março 28, 2022, 03:48:21 pm »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 12019
  • Recebeu: 2572 vez(es)
  • Enviou: 6871 vez(es)
  • +418/-371
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Unir os Pontos
« Responder #861 em: Abril 19, 2022, 12:49:17 am »
A pergunta é esta: como podem os partidos de direita, conservadores e liberais, atacar o comunismo e louvar o Sionismo (Israel)?

O comunismo é uma doutrina Judaica, pensada por Judeus, implementada por Judeus e até hoje explorada por Judeus.

A posição coerente seria combater os dois movimentos, tanto o comunismo, como o sionismo.

Ambos têm o mesmo pai, que é o pai da mentira, ambos são contra a lei natural e ambos são causas primárias da podridão em que os países europeus se encontram.

https://twitter.com/PodcastBronze/status/1516077436978532355

https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso, Hammerhead

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6318
  • Recebeu: 478 vez(es)
  • +3071/-535
Re: Unir os Pontos
« Responder #862 em: Abril 20, 2022, 08:58:33 pm »

Citar
https://twitter.com/PodcastBronze/status/1516077436978532355

Há uma passagem na História de Portugal do J.H.Saraiva que me permito aqui referir:

==
O Talmude diz: "Toda a cidade onde as crianças não forem à escola está destinada a perecer"
==
Saraiva, Historia de Portugal
Europa-América  pp.90

As perseguições do século XII levaram muitos judeus perseguidos na peninsula pelos muçulmanos a escaar para Portugal.
O judeu, sem terra e sem pátria manteve a sua cultura com base na religião, suportada pelo facto de os judeus considerarem a educação dos seus filhos como algo absolutamente importante.
Esta é uma realidade que podemos constatar em Portugal, porque faz parte da nossa História.

Mas é uma característica dos judeus. Por isso, durante a renascença, e mesmo perseguidos, os judeus continuaram a manter a sua religião e tradições, ancoradas na cultura.
Quando chegamos à revolução industrial, é por isso muito comum encontrar nas elites dos países da Europa, muito judeus.
O mecanismo é o mesmo que explica porque havia tantos judeus na administração do Reino de Portugal.

Normalmente atribuimos as bases do comunismo a Marx e a Engels, embora este tipo de teorias sobre a igualdade, estejam plasmados em escritos tão antigos como 500 Antes de Cristo.

Marx era judeu, tendo-se convertido ao cristianismo
Engels era um cristão calvinista... E fica difícil ser menos judeu que isso.

Hoje, o comunismo está na China, e da última vez que vi, os chineses não estavam assim muito convertidos ao judaismo...

Este tipo de tese referido no link, é encontrado no lodo da Internet e é não só insultuoso, Xenofobo, é também absolutamente falso.

Tenta-se misturar o movimento Sionista, que apareceu com o primeiro escrito em 1896, (13 anos após a morte de Marx em 1883) com o facto de Marx, convertido ao cristianismo e morto anos antes, ter origens judaicas.
O Sionismo está relacionado com o direito ao estabelecimento de um Estado Judaico e não com a religião Hebraica propriamente dita. Há imensos judeus que são anti-sionistas.

A ligação entre o comunismo e o Judaismo foi utilizada pelos nazis na Alemanha, quando estes pretendiam o apoio dos empresários cristãos para acabar com o poder económico dos judeus alemães.
A ligação entre Sionismo e Comunismo tem apenas uma caracteristica conhecida, expressa na criação do Estado de Israel e dos Kibutz, comunidades autónomas que em grande medida apareciam como tendo uma forma socialista.
é por isso que inicialmente Estaline apoia Israel, porque gostou da ideia dos Kibutz.

Claro está que, no mundo moderno, esse ideal sionista, afundou-se na realidade da economia de mercado e os Kibutz hoje são apenas uma curiosidade.

De resto, tentando encontrar a origem das afirmações, só se encontra o costume nos sites de extremistas brasileiros. Falsidades, desinformação, e uma absoluta falta de cultura e leitura.
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Duarte

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8049
  • Recebeu: 1170 vez(es)
  • Enviou: 462 vez(es)
  • +532/-4878
Re: Unir os Pontos
« Responder #863 em: Abril 20, 2022, 11:28:15 pm »
Por falar em Calvino, que dividiu a igreja católica e admitiu legitimidade a cobrança de juros "reduzidos", na Suíça, era originalmente chamado de Cauvin (https://en.wikipedia.org/wiki/John_Calvin)

- Get it? ;)

Outra personagem curiosa que merece ser estudado é Jakob Fugger. Catolicíssimo, personagem incontornável do Renascimento.
Catolicíssimo.
No entanto, if it walks like a duck...

Como este outro catolicíssimo:



filho de Maria da Conceição Cohen do Espírito Santo Silva...

https://jornaleconomico.pt/noticias/padre-da-familia-espirito-santo-disse-que-ricardo-salgado-tinha-solucao-para-lesados-do-bes-799363

https://allthatsinteresting.com/rothschild-party#21
https://allthatsinteresting.com/rothschild-party#23


E que tal esta novidade?

Gente fixe. Arranjo mais nomes.
Muitos mais.





« Última modificação: Abril 20, 2022, 11:39:42 pm por Luso »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6318
  • Recebeu: 478 vez(es)
  • +3071/-535
Re: Unir os Pontos
« Responder #864 em: Abril 21, 2022, 02:33:06 am »
Comentário relativo a esta afirmação :

Citar
A pergunta é esta: como podem os partidos de direita, conservadores e liberais, atacar o comunismo e louvar o Sionismo (Israel)?
O comunismo é uma doutrina Judaica, pensada por Judeus, implementada por Judeus e até hoje explorada por Judeus.
A posição coerente seria combater os dois movimentos, tanto o comunismo, como o sionismo.

O Ricardo Salgado era comunista, judeu, Sionista ou pró-chinês ?

Misturar ideais sionistas com judaismo (coisas que para alguns judeus, do ponto de vista teológico é inaceitável) e mistura-los com comunismo, afirmando que ainda por cima, esses ideais dominam o mundo ainda hoje, quando a maior potência comunista é a China, constitui uma trapalhada sem pés nem cabeça...

Os corruptos existem desde o império Assírio e não havia sionistas na altura, e que eu saiba, em 600 Antes de Cristo, o Marx ainda não tinha escrito o Das Kapital ... :mrgreen:
Todos estes fenómenos não são novidade nenhuma e de uma forma ou de outra já ocorreram.

A História repete-se sempre, por muito que haja quem o negue...
Quem esquece a História está condenado a vive-la de novo...
Mas nos dias de hoje, no mundo dos Tweets, ninguém quer ler livros ... dá muito trabalho, e faz mal à vista
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8049
  • Recebeu: 1170 vez(es)
  • Enviou: 462 vez(es)
  • +532/-4878
Re: Unir os Pontos
« Responder #865 em: Abril 21, 2022, 08:29:46 am »
Comentário relativo a esta afirmação :

Citar
A pergunta é esta: como podem os partidos de direita, conservadores e liberais, atacar o comunismo e louvar o Sionismo (Israel)?
O comunismo é uma doutrina Judaica, pensada por Judeus, implementada por Judeus e até hoje explorada por Judeus.
A posição coerente seria combater os dois movimentos, tanto o comunismo, como o sionismo.

O Ricardo Salgado era comunista, judeu, Sionista ou pró-chinês ?

Misturar ideais sionistas com judaismo (coisas que para alguns judeus, do ponto de vista teológico é inaceitável) e mistura-los com comunismo, afirmando que ainda por cima, esses ideais dominam o mundo ainda hoje, quando a maior potência comunista é a China, constitui uma trapalhada sem pés nem cabeça...

Os corruptos existem desde o império Assírio e não havia sionistas na altura, e que eu saiba, em 600 Antes de Cristo, o Marx ainda não tinha escrito o Das Kapital ... :mrgreen:
Todos estes fenómenos não são novidade nenhuma e de uma forma ou de outra já ocorreram.

A História repete-se sempre, por muito que haja quem o negue...
Quem esquece a História está condenado a vive-la de novo...
Mas nos dias de hoje, no mundo dos Tweets, ninguém quer ler livros ... dá muito trabalho, e faz mal à vista

É.
Melhor que ler livros é pronunciar lugares comuns e utilizar falácias lógicas para, adolescentemente, ficar com a bicicleta.
Mas não seja por isso: leva-a se isso o fizer feliz.
A quem as minhas palavras genuinamente suscitar curiosidade ou até indignação que se dê ao trabalho de investigar.
De "unir os pontos" tal como o título do tópico.

Cumprimentos aí para o pessoal da estrada da medrosa.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Hammerhead

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6318
  • Recebeu: 478 vez(es)
  • +3071/-535
Re: Unir os Pontos
« Responder #866 em: Abril 21, 2022, 10:26:09 am »
Bom...

Unir os pontos é um lugar comum.

Especialmente quando tal se destina a mostrar que há um objectivo escondido por detrás de uma imagem...

A ideia em si, faz todo o sentido, porque todos sabemos que, nomeadamente nas democracias, existe a necessidade de condicionar a opinião pública, porque esta, tem liberdade de expressão.
Isso é evidente.
Todos nós temos que saber que é assim e temos que estar preparados e ter capacidade para descortinar que muitas vezes há objetivos escondidos.

O problema é quando se leva a união de pontos ao extremo por razões doutrinarias.

Ou seja, unir os pontos, mas, disfarçadamente, apagar uns quantos pontos irritantes e criar uns quantos pontos alternativos mais favoráveis.

Juntar judeus e misturar com sionistas e dizer que são todos comunistas, é uma barbaridade desinformativa.
Veja que eu nem acho que se deva censurar ou apagar este tipo de coisas. Desde que as possamos desmascarar.

Na União Soviética, Estaline deu ordens para que se matassem milhares de judeus dentro das estruturas do PCUS durante a década de 1930 (havia muitos pela mesma razão que os havia em Portugal). A perseguição aos judeus pelos comunistas soviéticos começou ainda antes de ter começado em força na Alemanha Nazi.

Mas ao mesmo tempo, Estaline apoiou o Estado de Israel - e a sua origem Sionista -  na sua forma inicial, porque ele parecia ter um teor economico de cariz socialista. A URSS abandonou esse estado, quando se tornou evidente que o sistema dos judeus pouco tinha a ver com o socialismo  (ou seja, os Kibutz era socialistas mas a forma de formar os preços baseava-se na economia de mercado).

Pouco tempo depois os mesmos extremistas, em nome do direito à sua terra prometida,  ocupam territórios na Palestina que não lhes pertencem, e que foram em alguns casos transformados em campos de concentração para dar ao estado de Israel uma espécie de Lebensraum.

Se vamos unir estes pontos, desta forma, a imagem com que ficamos é outra, completamente diferente.

Unir os pontos sim...
Edita-los da forma que dá jeito, para formar uma imagem alternativa ... Não.
Definitivamente, Não !
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8049
  • Recebeu: 1170 vez(es)
  • Enviou: 462 vez(es)
  • +532/-4878
Re: Unir os Pontos
« Responder #867 em: Abril 22, 2022, 10:30:57 pm »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2330
  • Recebeu: 138 vez(es)
  • Enviou: 370 vez(es)
  • +439/-316
« Última modificação: Abril 25, 2022, 12:05:59 am por Duarte »
слава Україна!

“Not only has the weakness of the Russian military been exposed, but there's going to be long term damage done to the Russian economy and to generations of Russians as a result of this."
-William Burns

The Only Good Fascist Is a Very Dead Fascist
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6318
  • Recebeu: 478 vez(es)
  • +3071/-535
Re: Unir os Pontos
« Responder #869 em: Abril 25, 2022, 12:22:06 pm »
Aqui há uns anos atrás, chamaram-me a atenção para um tal de Alex Jones, que dizia umas coisas que pareciam fazer algum sentido...

Eu, como bom cristão crente, que não tenho nada contra ninguém, até prova em contrário fui ver...
Algumas coisas poderiam ter alguma ponta de lógica, mas o homem vendia uns frasquinhos com uma coisa que já não me lembro para que servia...
Ainda assim ...

Mas depois, ocorreu um fenómeno curioso... um contrail, visionado de um determinado ângulo e gravado a partir da janela de um avião comercial.
Parecia um míssil a ser disparado e o sr. Alex Jones afirma logo que são os chineses a lançarem mísseis próximo às praias americanas.
Telefona para uma pessoa ligada à "Jane's" que apresenta como especialista e o pobre do homem diz o óbvio... aquilo poderia parecer um míssil...

Foi o suficiente para uma continua exploração da "comprovada" ameaça chinesa...

Por uma incrivel coincidencia, eu precisei deslocar-me de avião, umas semanas depois, e pouso depois de saír (saída da pista 03 deparei-me com dois contrails e por curiosidade fixei-os.

Qual não foi o meu espanto quando olhando de uma determinada forma, fixando a extremidade da linha de condensação, percebi que havia um míssil chinês a ser disparado entre Almeirim e o Entroncamento, provavelmente contra o Algarve.

Quando olhamos para a quantidade de teorias conspirativas de há uns anos atrás, percebemos que as que há hoje não são diferentes e dentro de alguns meses ou anos, também vão para o caixote do lixo...


Depois claro, temos a tradicional tentativa dos poderes dominantes nas democracias a fazeres "spinn" das suas posições e a tantarem enganar ou condicionar a opinião pública muitass vezes com argumentação deturpada, quando não falsa.

Unir os pontos, é também ter a capacidade para distinguir entre os pontos que estão lá, e as "agendas" escondidas e as teorias conspirativas que às vezes acabam por defender posições opostas.


Em Portugal por exemplo, há várias "agendas" escondidas e disfarçadas.
O primeiro ministro, quer à força toda a regionalização, mas não quer referendo.
Então o que é que se faz... tenta-se a descentralização, mas garante-se  que ela não funciona... O governo torpedeia absolutamente TUDO o que o próprio governo propõe, para mais tarde justificar a necessidade da regionalização.

Só com um governo regional ... se houvesse uma secretaria regional da educação, então a transferência de poderes para os municipios já não seria necessária. A senhora ministra regional, do governo do estado federado do Alentejo, ou da República federada do Algarve, facilmente resolvem o problemas que as câmaras municipais - coitadas - jamais resolveriam...


Do outro lado, há neste país um número de pessoas que vai para a cama todas as noites com azia. Uma azia forte, horrível, que não deixa dormir quem pensa na quantidade de milhares de milhões de Euros que são gastos no Serviço Nacional de Saúde, sem que eles possam meter a mão na massa, porque o serviço é tendencialmente público.

Construiram-se muitos hospitais privados, com base no Santo Graal do ultra-liberalismo económico, a que todos estamos condenados.
Quando a coisa não funciona, e quando o COVID-19 mostra que o SNS faz falta e que até na Alemanha os governos regionais perderam poder para o governo central... alguma coisa tem que ser feita.

Temos em Portugal um partido político que aparenta ser resultado do desvario de umas quantas empresas do setor da saúde, companhias de seguros e seguros de saúde.
Esse partido foi criado com um objetivo em vista. Ele fará tudo, absolutamente tudo, até mesmo aliar-se com os dois partidos comunistas se for necessário, desde que, no final, seja garantido o acesso irrestrito dessas empresas ao maior bolo de dinheiro que existe em Portugal...

E parecem passar pelos pingos da Chuva.
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...