Notícias da Armada Espanhola

  • 2336 Respostas
  • 724683 Visualizações
*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1254
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-18
(sem assunto)
« Responder #90 em: Agosto 03, 2005, 04:40:12 pm »
Citação de: "papatango"
Citar
Eu não sou iberista, hombre!!!
Voltando à questão acima (iberismo) lembro que os espanhóis não concebem a possibilidade de qualquer cooperação com Portugal de igual para igual. Isso ocorre porque para a Espanha-Castelhana que já expliquei mil vezes, continua a existir disfarçada de Estado-Espanhol, continua e continuará a ver-nos como uma provincia “rebelde” e não deixará de nos ver assim, até ao dia em que a verdade Histórica seja reposta, o que corresponde ao fim do actual Estado Franco-Espanhol, como o conhecemos.

Por isso, Rui Elias, quando você fala em cooperação com os espanhóis, eles entendem isso como cooperação do estilo “Gostava de ver os Eurofighters a defender o Algarve”.
Este é o tipo de cooperação Portugal-Espanha que está na cabeça dos espanhóis, e isto vem ao de cima em cada conversa, cada frase, cada comportamento, cada expressão.
Faz-me lembrar a expressão “Por a raposa a guardar o galinheiro”.
A seguir o Ferrol vai propor que o Bin Laden seja designado para chefe dos guarda costas do George Bush. :mrgreen:

Cumprimentos


Caro PT:

Mais uma vez, vc "acerta no alvo", e corretamente lê a situação. Na minha opinião, hoje em dia, a culpa da postura dos Espanhoís perante Portugal é principalmente nossa porque se permite que eles actuêm da forma que o fazem. Um país, tal qual um indivíduo, que queira ser respeitado, tem que ganhar/lutar por esse respeito, e também o saber defender, através das ações que emprega, e não ficar à espera de o receber sem fazer nada.
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

ferrol

  • Analista
  • ***
  • 710
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #91 em: Agosto 03, 2005, 05:54:41 pm »
Citação de: "Rui Elias"
O que nos poderia ter impedido de optar pelo outro sistema, em vez do AEGIS?
Pois supoño que será porque non está probado. Cando España decidíu abandonar o proxecto NFR-90, alá polo 95, o "outro sistema" que vostede di, o europeo APAR/SMART-L estaba todavía moi verde, e non había garantías de que fose funcionar ben... esto, para armadas como a francesa ou a italiana, incluso a holandesa, que teñen máis cascos que as nosas, non é moi importante, posto que como só van construir unhas poucas unidades, pois non lles afecta moito... o caso de España, Portugal e a Gran Bretaña, por outros motivos, son distintos.
Temos poucos barcos e os novos que fagamos teñen que ser bos, posto que non hai presuposto para trocalos se saen malos, así que había que confiar nalgo xa probado, e o SPY americano era o que había, por eso o escollimos.

Hoxe en día xa se sabe como está o radar europeo, que é peor que o americano pero con mais futuro por diante, sen embargo debido a que se necesitan 2 radares no modelo europeo, o SMART-L e o APAR, para buques pequenos (os que pode manter Portugal) a única solución é a norueguesa, un SPY reducido, pero moito mais potente que calquera radar da anterior xeración.

Citação de: "Rui Elias"
Imagine que com os 60 Tomahawks, os espanhois lhes colocam na ponta umas ogivas nucleares.
Pero iso non pode ser Rui, España ten firmado o Tratado de Non Proliferación Nuclear, e o programa nuclear español foi abandonado xa nos tempos do anterior Xefe do Estado.

Por outra banda, agradecería que si estamos falando da Armada Portuguesa, non divagemos en temas políticos que só favorecen a quen segue esquecendo de toma-las pastillas anti-estres.
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

alfsapt

  • Membro
  • *
  • 249
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #92 em: Agosto 04, 2005, 09:43:00 am »
Citação de: "ferrol"
Por outra banda, agradecería que si estamos falando da Armada Portuguesa, non divagemos en temas políticos que só favorecen a quen segue esquecendo de toma-las pastillas anti-estres.


Ora aí está uma boa aquisição para a Armada, com ou sem receita médica.
"Se serviste a patria e ela te foi ingrata, tu fizestes o que devias, ela o que costuma."
Padre Antonio Vieira
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +2/-2
(sem assunto)
« Responder #93 em: Agosto 04, 2005, 02:25:50 pm »
Ferrol:

Se Portugal tivesse plataformas para tal eu por mim preferiria o AEGIS na vez do sistema europeu, a menos que futuramente esse sistema prove qualidades.

Mas isto apenas na perspectiva de não dependência, apesar do AEGIS ser americano e não propriamente espanhol.

Só uma nota:

O Ferrol mencionou marinhas de outros países europeus com mais navios, e que se podem dar ao luxo de "experimentalismos" e que a Espanha, por ter poucos navios, tem que comprar "certezas".

Acho que faz muito bem.

Mas 6 Fragatas AEGIS (as F-100), complementadas por outras 6 fragatas Santa Maria, não me parece que seja uma frota muito pequena.

Mas essa é a minha opinião.

Outra:

As Knox (F-70) sempre vão para o México?

Há novidades?
 

*

smaerd

  • Membro
  • *
  • 67
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #94 em: Agosto 04, 2005, 04:15:54 pm »
Rui elias, haga numeros.


2 LpD 13Tn
1BpE 26Tn
1Portaviones 17Tn =4 buques "grandes"  para escoltar por solo 12 escoltas.

¿a que ahora le parecen pocos? :lol:


12 escoltas es un numero reducido .Se puede aceptar que una F100 de mas cobertura y  tenga mas potencia de fuego que casi el resto de F80 y F70 juntas, pero eso no  quiere decir que sea UNA sola y que pueda estar en un solo lugar a la vez.

Ademas ambas series estan muy especializadas cada una en su "rol" y no se podrian arriesgar en determinadas misiones (para eso vienen los futuros OpV,s BAm)

Un saludo
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +2/-2
(sem assunto)
« Responder #95 em: Agosto 04, 2005, 04:55:16 pm »
smaerd:

O que eu acho é que se trata de muita força de projeção para um país sem grandes tradições interventivas e sem territórios ultramarinos.

E como você disse, e bem, uma F-100, pode fazer o trabalho de todas as F-70 e F-80 juntas.

Multiplique por 6 e terá a resposta à minha ansiedade 8)

Saludos,
Rui
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5395
  • Recebeu: 4036 vez(es)
  • Enviou: 10228 vez(es)
  • +8457/-246
(sem assunto)
« Responder #96 em: Agosto 04, 2005, 04:58:06 pm »
Os numeros das futuras Armadas espanholas e italianas ja' foram discutidas aqui http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... 2&start=15

E ficou demonstrado que eram equivalentes em numero de cascos, com vantagem tecnologica para a Espanha — gracas 'as F100.

E agora podemos analisar as outras Marinhas 'superiores' 'a Espanhola. Comecemos pela Franca: 1 porta avioes, 1 porta helicopteros e 4 navios anfibios. Para os defender: 12 destroyers e fragatas. Ou seja, 6 navios grandes e 12 escoltas. Fantastico, exactamente o mesmo numero de escoltas! Dentro de 2 anos a Franca tera' 2 Horizon que substituirao navios mais antigos.

Mais tarde a Armada francesa tera' 17 FREMM para substituir a maioria dos actuais navios, mas durante alguns anos, e em numero de escoltas, as marinhas de ambos os paises serao equivalentes. Claro que nao podemos comparar o PA frances com o espanhol; ou os submarinos, pois os franceses sao nucleares.

Agora a Holanda: 4 De Zeven Provincien e 6 Karel Doorman. Ou seja, 10 escoltas para 2 navios grandes (LPD).

Smaerd, voce ja' tinha admitido que a Espanha se estava a rearmar e que ate' estava ao nivel da Italia. Os numeros nao mentem, a Espanha e', actualmente, uma potencia maritima muito poderosa e nao vale a pena contrariar este facto. Na Europa Ocidental, esta' ao nivel da Alemanha, da Italia e da Holanda. So' fica atras da Franca (pelas razoes apontadas atras) e do Reino Unido (pelas mesmas razoes da Franca e ainda porque a Royal Navy tem muito mais escoltas — praticamente o dobro).
« Última modificação: Agosto 05, 2005, 12:21:56 pm por NVF »
Talent de ne rien faire
 

*

ferrol

  • Analista
  • ***
  • 710
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #97 em: Agosto 05, 2005, 08:29:07 am »
Hola Rui: Só uns comentarios ó que dixeches antes:
Citação de: "Rui Elias"
Mas isto apenas na perspectiva de não dependência,
A dependencia vala ter igual, xa que como os barcos non se ían facer en Portugal (presumo) sempre habería dependencias de repostos e do armamento, xa que hai que notar que as 7 provincias holandesas usan misís americanos e o resto dos novos deseños tamén, excepto os franceses que usarán misís de seu aínda non liberados para a exportación.

Logo dependencia sempre hai. Este asunto de desenrolar radares propios na Europa ben do feito de que os EE.UU non ían liberar o radar SPY para todos eles, e que ademáis naqueles tempos (inicios dos 90) os buques con SPY que había eran todos enormes destructores de 9.000 toneladas, americanos e xaponeses, que moitas das armadas europeas non se podían permitir, ademáis da sempre innegable axuda ó desenrolo tecnolóxico local, que un pais só non se pode permitir pero que compartindo gastos é mais accesible para todos.

En resumo, coma sempre nestes casos xúntanse unha variedade de factores políticos, económicos e industriais. O normal, falando de armamento... :roll:

Citação de: "Rui Elias"
a Espanha, por ter poucos navios, tem que comprar "certezas".
Vexo que entendeu a miña opinión perfectamente. Por outra banda, as Baleares-knox máis vellas andan hoxe polos 35 anos, e exceptuando as De Zeven holandesas, non se prevén novos buques de radar fixo, as franco-italianas, deica un par ou tres anos, e as Type-45 inglesas, con radar propio, o SAMPSON, tardarán deica finais da década. Mentres nós, con sorte, xa teremos as 6 F-100 navegando. Había na Armada unha certa presa polo troco de barcos, e non se puido agardar polo resultado incerto dos deseños europeos.

Cómo di smaerd, a min parécenme aínda poucas para o que teñen que facer, o plan da Armada era ter 15 escoltas, non só para escolta dos buques maiores senón tamén para misións internacionais e manobras, que son permanentes na Armada, sempre hai polo menos unha fragata en manobras.
É dicir, a Armada é medianeta en números, pero escasa para facer frente ás responsabilidades.

Por certo, da venda dalgunha Baleares-knox a México nunca mais se soupo. Viñeron almirantes, se lles deu de comer, se lles ensinaron os barcos, se lles dixo que non se lles ía vender armamento, quedaron contentos e volveron para México...así que non sei si é que non hai presuposto, cambiaron de idea ou que se está a negociar pouco a pouco. Aquí en Ferrol estanse a desarmar 3 das Baleares, pero aínda seguen a frote, esperando clientes. A ver o que pasa ó final...

En fin, un saúdo Rui.
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

ferrol

  • Analista
  • ***
  • 710
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #98 em: Agosto 11, 2005, 09:52:49 am »
Ben, seguindo con este fío da Armada Española, coloco a continuación unhas tomas da Canarias durante as manobras Neotapon 2005, feitas en xuño no estreito.

Recoñecementos a Antonio Lanxetta, que fixo as fotos é á web fotosdebarcos.tk, onde foron colocadas:







Un saúdo.
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20414
  • Recebeu: 3049 vez(es)
  • Enviou: 2281 vez(es)
  • +1407/-3474
Exercicios Navais
« Responder #99 em: Agosto 11, 2005, 01:54:54 pm »
Ferrol o que foste tu fazer! Exercicios nas Canárias?! Isso deve ser para preparar a invasão à Madeira  :D
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

josemacall

  • Membro
  • *
  • 10
  • +0/-0
Re: Exercicios Navais
« Responder #100 em: Agosto 31, 2005, 09:41:58 am »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Ferrol o que foste tu fazer! Exercicios nas Canárias?! Isso deve ser para preparar a invasão à Madeira  :wink:
Y es que Portugal ahora es más amigo de España que toda su historia, creo o eso espero. Con los años espero que se llegue a una mayor aproximación entre nuestros países.


Saludos.
 

*

Cody

  • Membro
  • *
  • 135
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #101 em: Setembro 01, 2005, 01:57:55 pm »
Hola a todos,soy nuevo en el foro y espero comenzar con buen pie  :roll:

Es la primera vez q leo la opinion de foristas portugueses sobre las relaciones con España,y bueno me he sorprendido un poco.Veo q estan un poco obsesionados con la idea d q España algun dia intentara anexionarse a Portugal,y eso es un tema que aqui a nadie se le pasa por la cabeza.La mentalidad de aqui es q seamos amigos,buenos vecinos y q nos llevemos muy bien y nos respetemos.

Encuanto a lo del rearme español,yo no lo veo asi.Mas bien es una renovacion del material,por otro material mas moderno.Tal vez,a lo mejor nos hayamos rearmado un poco mas,por eso de adquirir misiles de crucero.Pero de todas formas en su mayor medida ha sido renovar material obsoleto por otro mas nuevo y actual.
 

*

Manu

  • 42
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #102 em: Setembro 01, 2005, 04:28:52 pm »
Citação de: "Cody"
Hola a todos,soy nuevo en el foro y espero comenzar con buen pie  :shock:

Dirán muchas chorradas y tal, pero no les hagas caso, por cierto, y le dan mucha importancia al tema de Olivenza también, fijate tu, que hasta hace poco, no lo sabia ni yo  :lol:

Saludos
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20414
  • Recebeu: 3049 vez(es)
  • Enviou: 2281 vez(es)
  • +1407/-3474
Forúm
« Responder #103 em: Setembro 01, 2005, 05:48:35 pm »
Cody não te preocupes, o pessoal anda um pouco stressado!
Em relação  a Portugal/Espanha posso dizer-te que quando vim para este fórum pensava que era nacionalista e um pouco anti-espanhol, mas pelas opiniões de alguns outros foristas até sou pró-Espanhol.
Não te preocupes, nós falamos mas frente a frente não fazemos mal a ninguém!
Acho que ouve uma troca de ideias mais acesa e o pessoal em vez de reflectir um pouco diz as coisas a quente (tanto de um lado como o outro), mas também não há nada a fazer, somos todos LATINOS não é?!
Agora não te preocupes com mais nada  porque  o que este fórum precisa é de mais Portugueses, Espanhóis, Brasileiros, etc.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20414
  • Recebeu: 3049 vez(es)
  • Enviou: 2281 vez(es)
  • +1407/-3474
À grande e à Francesa!
« Responder #104 em: Setembro 01, 2005, 05:50:38 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.