Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)

  • 52 Respostas
  • 8318 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14427
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 762 vez(es)
  • +62/-56
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #15 em: Fevereiro 26, 2011, 02:23:57 pm »
40 milhões? É um número demasiado elevado para ser verdade, mesmo contando com os Luso-descendentes (2 e 3ª gerações).
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 26 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +44/-65
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #16 em: Fevereiro 26, 2011, 04:08:14 pm »
Snowmeow
Citar
Segundo eu havia lido em um site , haviam cerca de 40 milhões de portugueses, espalhados entre todos os continentes, talvez o site tenha me dado uma informação equivocada.

Bem não sei que site é esse, mas segundo fontes consulares, vivem fora de portugal cerca de 6 milhões de portugueses isto creio fora os lusos descendentes, no máximo seremos 20 milhões nunca esses 40 milhões. c34x
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Chico Xavier

  • 29
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #17 em: Março 01, 2011, 07:08:20 pm »
Teria que haver um referendum e tenho a certeza que nós,Portugueses,jamais aceitariamos essa federação por tudo o que ela implicaria: entrada massiva de Africanos,Brasileiros...e para isso já basta o que cá temos e que tantos problemas nos trás.....
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #18 em: Março 01, 2011, 08:03:02 pm »
Citação de: "Chico Xavier"
Teria que haver um referendum e tenho a certeza que nós, Portugueses, jamais aceitariamos essa federação por tudo o que ela implicaria: entrada massiva de Africanos, Brasileiros... E para isso já basta o que cá temos e que tantos problemas nos trás...
Vale citar o fato que vocês, Portugueses, não precisariam mais importar combustível dos países Árabes, nem produtos agrícolas e outros bens que comumente importam, e teriam à sua disposição uma indústria emergente, e uma grande fonte de recursos, podendo se livrar da ameaça de anexação por parte de Espanha?

Concordo com o referendum.
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

Lusitanian

  • 283
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #19 em: Março 02, 2011, 01:16:27 am »
Citar
Teria que haver um referendum e tenho a certeza que nós,Portugueses,jamais aceitariamos essa federação por tudo o que ela implicaria: entrada massiva de Africanos,Brasileiros...e para isso já basta o que cá temos e que tantos problemas nos trás.....

Entendo perfeitamente, e se isso prejudicasse Portugal eu estaria, sem duvida e sem hesitar, contra. Mas como eu disse, têm que ler o texto com atenção. Meti lá e descrivi as politicas certas que eu considero eficaz e segura. Isto no inicio do processo da União Lusófona. Depois de alguns anos (quando todas as regiões estiverem no mesmo nivel e patamar), existiria só Lusófonos (ou Lusitanos, conforme queiram chamar), portanto esse preconceito que temos agora no futuro não existiria...tal como não temos nenhum preconceito com Açoreanos e Madeirenses ou Alentejanos. Quanto ao regime...inevitávelmente só sobreveria com uma Monarquia. A Républica é demasiada partidária e divisória, é-me impossivel imaginar um futuro desses com uma Republica, devido á sua natureza (partidos dividem a nação, sobretudo com um Presidente que tem uma ideologia partidária, e que não foi criado com o intuito de apenas servir a Pátria e apenas olhar pela Pátria...exemplo de problemas é Portugal, Governo=PS e Presidente=PSD, o Brasil a mesma coisa). OMG já imaginaram o dia em que um imenso exercito lusitano patriótico e unido a marchar sobre a Bandeira e sobre a Patria, a lingua portuguesa? Seria único e incrivel. ;) Mas o Futuro dirá.
Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce.
Por Portugal, e mais nada!
Tudo pela Nação, nada contra a nação!
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14427
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 762 vez(es)
  • +62/-56
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #20 em: Março 03, 2011, 12:48:11 am »
Sonhos...
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #21 em: Março 03, 2011, 01:29:15 pm »
"Sonho que se sonha só é um sonho que se sonha só... Mas um sonho que se sonha junto pode se tornar realidade"

Por que não divulgarmos esse sonho, com algumas modificações funcionais?

Porque, me perdoe o Lusitanian, mas eu não vejo futuro em uma potencial volta à monarquia. Porque uma monarquia constitucional TEM que ter um Primeiro-Ministro, afinal, é o Primeiro-Ministro quem faz as coisas. Uma monarquia sem Primeiro-Ministro seria uma monarquia absolutista, como a da Arábia Saudita. E, se é pra eleger um Primeiro-Ministro a cada tempo, mantenhamos um Presidente, que é menos complicado.

E quem seria o Monarca da possível "Grã-Lusitânia", seria do ramo Brasileiro ou do ramo Português? Só isso já poria em terra a ideia de Federação. Aqui, no Brasil, os monarquistas se dividem entre D. Luis e D. Gastão, acho.

Sou a favor de uma Federação, mas mantendo a República.
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

Lusitanian

  • 283
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #22 em: Março 03, 2011, 06:51:00 pm »
Citar
Porque, me perdoe o Lusitanian, mas eu não vejo futuro em uma potencial volta à monarquia. Porque uma monarquia constitucional TEM que ter um Primeiro-Ministro, afinal, é o Primeiro-Ministro quem faz as coisas. Uma monarquia sem Primeiro-Ministro seria uma monarquia absolutista, como a da Arábia Saudita. E, se é pra eleger um Primeiro-Ministro a cada tempo, mantenhamos um Presidente, que é menos complicado.


 Para já, seria uma monarquia muito semelhante á espanhola ou inglesa, portanto não há cá `coisas injustas´. O povo elege o Governo e isso é o mais democrático que existe. Quanto ao Presidente, você prefere pagar os impostos ás várias reformas de ex-presidentes e Presidentes (e futuros Presidentes), quando já está a pagar reformas a ex-primeiro-ministros e a actuais primeiros-ministros, do que a uma...familia? Aquilo que diz eu entendi, mas está a pensar desta forma `é injusto aquela familia ser paga por nós e etc e têm luxos e blá blá ou seja está a pensar que tambem merece e quer alguma coisa, e que é injusto uma familia ser recompensada só porque está á frente da nação. Infelizmente é verdade, mas prefiro isso do que pagar a vários gajos que nem têm experiencia e nem tiveram educação que um Rei ou Infante iria ter. Não se esqueça, A Républica é por natureza, partidária. Quer exemplos de como isso pode ser muito mas muito mau? Olhe o caso da Guerra de Ultramar, e o que isso depois do 25 de Abril trouxe. É cada um por si, o sentido de estado de nação e ajuda para com o próximo e etc são valores que já não existem...e Portugal perdeu tudo. A Républica, com os seus ideias e etc permitiu esses movimentos que muitos consideraram certos e justos e agora o destino de Portugal é o que se vê...uma bosta. Agora a Madeira e Açores têm grupos (sobretudo um que é presidente da Madeira) que defendem a soberania dos arquipélagos. Acredita mesmo que a Républica é a melhor? Informação não falta, cada um tem vantagens e desvantagens mas a Monarquia fica muito á frente...Quanto aos herdeiro da Lusitãnia isso seria discutido pelo povo através de debates e referendos sei lá...para mim era o filho(a) da Familia Real Portuguesa casar com um(a) filho(a) da Familia Real Brasileira e ficariam eles á frente da nação e os seus descendentes...mas claro que os filhos teriam que concordar com isso. Isso é delicado e algo polémico mas é o que eu vejo como solução, enfim são teorias e apenas conversa de café. Quanto ao regime eu mantenho o meu ponto de vista. Uma nação tão grande e dispersa em quatro cantos do mundo teria que ser uma monarquia. Temos que pensar no que é bom para a nação e não para os nossos olhos e ideais. O exemplo de Portugal (e os nossos politicos com a busca de votos e etc) são boas e excelentes lições. A História existe por alguma razão.

Não tenho que perdoar ninguem, você tem e deve, exprimir a sua opinião, tal como eu  :G-beer2:  e nisso, tentamos explicar as nossas visões e porquê, etc  :D
Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce.
Por Portugal, e mais nada!
Tudo pela Nação, nada contra a nação!
 

*

Luso-Efe

  • 467
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #23 em: Março 05, 2011, 11:18:50 pm »
É com apreço que vejo esta ideia ser ventilada por um jovem. Eu próprio já aqui defendi várias vezes que o futuro para Portugal está no mar e na relação transatlantica com o Brasil, e com os Palop's. :!:

Mas no actual cenário geo-politico é impossivel, mesmo partindo do principio que estavam reunidas as condições politicas por parte de Portugal e dos restantes países lusófonos, depois a NATO por ventura não o aceitaria, e pior do que tudo, esta UE comandada por paises que historicamente são nossos inimigos e passaram os seculos a invadirnos também não o permitiriam.

Neste momento temos é que por o nosso pais na linha e ter cuidado, com ameaça do abutre do lado, mas face ao regabofe dos ultimos 30 anos, e ao estado que  pais está  a nivel económico, por o pais na linha é tarefa para pelo menos 20 anos. As gerações futuras essas poderão pensar em reconstruir o 5 Império Portugues, o sonho do Padre António Vieira.

Contudo louvo a acção do Lusitanian e a criação deste tópico.  :G-beer2:

Cumprimentos.
Chamar aos Portugueses ibéricos é 1 insulto enorme, é o mesmo que nos chamar Espanhóis.

A diferença entre as 2 designações, é que a 1ª é a design. Grega, a 2ª é a design. Romana da península.

Mas tanto 1 como outra são sinónimo do domínio da língua, economia e cultura castelhana.

Viva Portugal
 

*

Thiago Barbosa

  • 55
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #24 em: Março 07, 2011, 06:16:39 am »
Com estas condições? De forma alguma. Gostaria de ver Portugal federado ao Brasil, mas apenas como um estado. Essa ''Lusitania'' só beneficiaria um Portugal a muito decadente. De qualquer forma vejo com melhores olhos uma possível anexação do Uruguai ao Sul do Brasil do que uma possível federação de Portugal ao Brasil, além de ser infinitamente mais viável. Nessa união a única coisa que Portugal teria a agregar seria um bom IDH e uma qualidade de vida boa, mas claro o idealizador deste ''país'' deixou explícito que haveriam politicas de controle de tráfego de pessoas e eu até entendo a preocupação. De repente teríamos africanos e portugueses aos montes no RJ e em SP e brasileiros e africanos aos montes nas cidades portuguesas... impensável. O Brasil está bom da forma que está caminhando, espero que esse tipo de união jamais ocorra.
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 26 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +44/-65
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #25 em: Março 07, 2011, 11:09:27 am »
Thiago Barbosa
Citar
Gostaria de ver Portugal federado ao Brasil, mas apenas como um estado.

Gostavas isso é bom, mas tira o cavalinho da chuva que é para ele não se molhar.

Citar
Essa ''Lusitania'' só beneficiaria um Portugal a muito decadente.

Pois é que o Brasil agora é o país das maravilhas c34x não quero nem pensar. Estou completamente de acordo quando diz que o Brasil está bem da forma como vai caminhando, eu também espero que esse tipo de união nunca ocorra, cada um em sua casa. c34x
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #26 em: Março 07, 2011, 02:18:49 pm »
Citação de: "Thiago Barbosa"
Gostaria de ver Portugal federado ao Brasil, mas apenas como um estado.
Citação de: "Daniel"
Gostavas isso é bom, mas tira o cavalinho da chuva que é para ele não se molhar.
Portugal federado apenas como um estado seria falta de respeito para com os irmãos Portugueses.

Citação de: "Thiago Barbosa"
Essa ''Lusitania'' só beneficiaria um Portugal a muito decadente.
Citação de: "Daniel"
Pois é que o Brasil agora é o país das maravilhas c34x não quero nem pensar. Estou completamente de acordo quando diz que o Brasil está bem da forma como vai caminhando, eu também espero que esse tipo de união nunca ocorra, cada um em sua casa. c34x

O que precisamos entender é que a Federação, com voz igual para ambas as partes, traz mais vantagens do que desvantagens. O Brasil cresceria, e Portugal se garantiria. Portugal teria acesso aos recursos do Brasil, como petróleo e alimentos, e o Brasil também teria acesso às vantagens de Portugal, como a Universidade de Coimbra. Unidos, teríamos uma voz mais forte perante as Nações Unidas, e cresceríamos ainda mais, rumo ao status de país realmente desenvolvido.
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

Lusitanian

  • 283
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #27 em: Março 07, 2011, 03:57:05 pm »
Chico, antes de mais agradeço o interesse no tópico.

Apesar de voçê ter a sua visão, eu nunca, leia bem, eu nunca aceitaria um Portugal federado ao Brasil. Quanto mais federedo com o Brasil. Repare que meti duas palavras a negrito. As diferenças entre uma e outra? A primeira implica que Portugal esteja a mando do Brasil, ou seja, Portugal seria mais um estado brasileiro, mas na Europa. A segunda é Brasil e Portugal juntos, nenhum é mais que outro, em termos politicos (é claro que entre nós sabemos que o Brasil, devido á sua dimensão e á grande população sairia a ganhar). Portanto, nem uma nem outra. Portugal sai a perder nas duas. Não me faz sentido e, é para mim como português, inaceitável Portugal submeter-se ou juntar-se ao Brasil, sozinho. Portugal seria, por muito `fortes´ que fossemos, devorados pelos Brasileiros, seja na lingua, cultura e economia. Eu defendo e apoio, com politicas certas e vantajosas (na minha perspectiva, é a que está escrito no primeiro post deste tópico), a União Lusófona, se e se, todos os países lusófonos se juntassem. Pura e simplesmente isso. Se no futuro, e sei que temos, encontrarmos uma saída só para Portugal, como nação soberana e independente, eu irei defendir isso. A União Lusófona é apenas um meio de alcançar ainda mais vantagens e `peso´ no planeta, e para todos aqueles que acreditam, e amam, a lingua portuguesa. Onde tudo começou - Portugal - e onde tudo se lutou e conquistou - Brasil, Angola, Moçambique, tudos os países Lusófonos - para pura e simplesmente, no final estarmos sobre um bandeira unica, e forte no mundo, e sobre uma lingua. Nada mais importa. Não consigo exprimir em pessoa nem em escrita o sentimento de alegria (e receio) de ver um feito destes. Portanto ou Portugal junta-se numa causa que todos apoiam (quando digo todos é todos os cidadãos lusófonos e os seus respectivos paises) e que irá servir de exemplo ao Mundo, ou simplesmente fica sozinho a tentar a sua sorte. Não há cá Portugal com Espanha (credo, anos a lutar contra estes gajos e agora poêm essa hipótese? Isso é cuspir sobre os nossos antepassados que morreram e sofreram para nós existirmos, e para Portugal existir), nem com Brasil. Espero que tenha entendido a minha visão sobre uma Lusitania...ninguem é mais que outro, mesmo que um país seja de dimensões continentais e outro de dimensão menor que um estado brasileiro.  :)

Não entendo o porquê de mencionar o Uruguai...nem a exigencia de ser território brasileiro...o país é para voçês o `Kosovo´?
Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce.
Por Portugal, e mais nada!
Tudo pela Nação, nada contra a nação!
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #28 em: Março 07, 2011, 05:36:20 pm »
Citação de: "Lusitanian"
Chico, antes de mais agradeço o interesse no tópico.

Apesar de voçê ter a sua visão, eu nunca, leia bem, eu nunca aceitaria um Portugal federado ao Brasil. Quanto mais federado com o Brasil. Repare que meti duas palavras a negrito. As diferenças entre uma e outra? A primeira implica que Portugal esteja a mando do Brasil, ou seja, Portugal seria mais um estado brasileiro, mas na Europa. A segunda é Brasil e Portugal juntos, nenhum é mais que outro, em termos politicos (é claro que entre nós sabemos que o Brasil, devido á sua dimensão e á grande população sairia a ganhar). Portanto, nem uma nem outra. Portugal sai a perder nas duas.
Devido à pequena participação da população brasileira nas questões políticas, posso ter o direito de discordar desta última frase. Nem todos os brasileiros sonham em ir a Portugal.

Citação de: "Lusitanian"
Não me faz sentido e, é para mim como português, inaceitável Portugal submeter-se ou juntar-se ao Brasil, sozinho. Portugal seria, por muito `fortes´ que fossemos, devorados pelos Brasileiros, seja na lingua, cultura e economia.
A cultura paulista nunca invadiu o Norte do Brasil, por mais forte que seja. A economia Portuguesa é muito atuante, acho que até mais, no Brasil do que a brasileira em Portugal. E a língua é a mesma, algumas formas de escrever que diferem muito pouco, basta serem ambas aceitáveis.

Citação de: "Lusitanian"
Eu defendo e apoio, com politicas certas e vantajosas (na minha perspectiva, é a que está escrito no primeiro post deste tópico), a União Lusófona, se e se, todos os países lusófonos se juntassem. Pura e simplesmente isso. Se no futuro, e sei que temos, encontrarmos uma saída só para Portugal, como nação soberana e independente, eu irei defendir isso. A União Lusófona é apenas um meio de alcançar ainda mais vantagens e `peso´ no planeta, e para todos aqueles que acreditam, e amam, a lingua portuguesa. Onde tudo começou - Portugal - e onde tudo se lutou e conquistou - Brasil, Angola, Moçambique, tudos os países Lusófonos - para pura e simplesmente, no final estarmos sobre um bandeira unica, e forte no mundo, e sobre uma lingua. Nada mais importa. Não consigo exprimir em pessoa nem em escrita o sentimento de alegria (e receio) de ver um feito destes. Portanto ou Portugal junta-se numa causa que todos apoiam (quando digo todos é todos os cidadãos lusófonos e os seus respectivos paises) e que irá servir de exemplo ao Mundo, ou simplesmente fica sozinho a tentar a sua sorte. Não há cá Portugal com Espanha (credo, anos a lutar contra estes gajos e agora poêm essa hipótese? Isso é cuspir sobre os nossos antepassados que morreram e sofreram para nós existirmos, e para Portugal existir), nem com Brasil. Espero que tenha entendido a minha visão sobre uma Lusitania...Ninguem é mais que outro, mesmo que um país seja de dimensões continentais e outro de dimensão menor que um estado brasileiro.  :)
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

Lusitanian

  • 283
  • +0/-0
Re: Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)
« Responder #29 em: Março 07, 2011, 07:37:05 pm »
Citar
Devido à pequena participação da população brasileira nas questões políticas, posso ter o direito de discordar desta última frase. Nem todos os brasileiros sonham em ir a Portugal.

Então? Se Portugal juntasse ao Brasil, obviamente os portugueses e brasileiros, iriam participar na politica de ambos. Aliás, seriamos um povo, afinal juntámos ao Brasil. Logo, os brasileiros iriam ter o direito de participar na politica em Portugal, e vice-versa. Sendo assim, é-me obvio que a politica brasileira tenha mais influência, já que o numero de politicos brasileiros seria muito mais que portugueses. Quanto á pequena participação isso é apenas de passagem, veja lá o interesse dos portugueses na politica. É quase nula, pois é só palhaços e não se tem nada a escolher, é sempre uns a apontar o dedo a outros, e nós já ficamos com dores de cabeça só de ouvi-los. Não têm visão para o futuro, só para o presente. No Brasil suponho que seja a mesma coisa. Tambem não podemos comparar as infra-estruturas brasileiras com as portuguesas. O Brasil cresce e moderniza-se a passos largos, mas ainda está um pouco longe do que Portugal tem, o que faz com que o povo brasileiro não participe muito na politica (alguns nem sabem a politica actual brasileira, de certeza).

Citar
A cultura paulista nunca invadiu o Norte do Brasil, por mais forte que seja. A economia Portuguesa é muito atuante, acho que até mais, no Brasil do que a brasileira em Portugal. E a língua é a mesma, algumas formas de escrever que diferem muito pouco, basta serem ambas aceitáveis.

Eu não sei muito sobre a cultura brasileira, e estou a supor que voçe saiba. Mas o que disse, penso eu, é a mesma coisa que dizer, que a cultura lisboeta (se é que tem alguma  :)

PS: Eu ás vezes ouço na boa Kizomba para relaxar-me. Mas de ouvir de vez em quando a passar a promover Kizomba nas escolas secundárias e em festivais de musica e nunca ou quase pouco divulgar a cultura portuguesa, é no minino, dizer que cultura portuguesa é péssima e não merece ser divulgada. Fogo nas escolas? Onde se aprende a História e outras coisas e ensinam os miudos a gostar mais de coisas estrangeiras sobretudo de África? Irra haja senso comum. Não admira que o patriotismo e amor á sua nação e terra não seja, actualmente, um valor alto na sociedade. Defendo primeiro que tudo Portugal, e se todos quiserem uma Lusitania, então aceitarei a cultura de outros como minha, pois um angolano e brasileiro iriam ser meus camaradas, e vice-versa.

Tenho que habituar-me a escrever coisas pequenas e só responder a questoes que interessam...um gajo escreve e depois surge ideias que quero transmitir e escrevo tambem isso...assim ninguem lê o que escrevo  :mrgreen:  força de hábito  :?
Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce.
Por Portugal, e mais nada!
Tudo pela Nação, nada contra a nação!
 

 

Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique

Iniciado por dremanu

Respostas: 52
Visualizações: 15705
Última mensagem Dezembro 22, 2010, 03:35:24 pm
por Cabeça de Martelo
Timor, transferência de território ou Portugal o Idiota útil

Iniciado por Luso

Respostas: 20
Visualizações: 11736
Última mensagem Setembro 13, 2007, 07:51:04 pm
por comanche
Crise em Timor - o que pode fazer Portugal?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 49
Visualizações: 15152
Última mensagem Junho 23, 2006, 10:22:37 am
por Rui Elias
União Portugal/Cabo-Verde

Iniciado por Ataru

Respostas: 226
Visualizações: 39641
Última mensagem Fevereiro 06, 2012, 07:47:55 pm
por PCartCast
Portugal Ultramarino

Iniciado por Lusitanus

Respostas: 307
Visualizações: 44726
Última mensagem Abril 13, 2015, 12:18:35 am
por HSMW