Indignação selectiva perante os conflitos modernos

  • 14 Respostas
  • 3216 Visualizações
*

ShadIntel

  • 1514
  • +0/-0
Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« em: Junho 03, 2010, 01:00:49 am »
Sem pôr minimamente em causa nem a legítima indignação suscitada pelas consequências desta operação israelita, nem as bases morais ou legais de tal repúdio, tenho uma pergunta para os foristas que se dignarem responder de forma objectiva:

- Por condenável que possa ser esta intervenção israelita,
- Por criticável que sejam as consequências do bloqueio de Gaza,
- Por irritante que pareça a alguns a influência do "lobby judeu",

Por que razão obscura a consciência humanista de determinadas pessoas acorda apenas em determinadas circunstâncias, e perante os  actos de determinados intervenientes ?

Alguns activistas (poucos), mesmo entre os mais virulentos contra o estado de Israel e as suas acções, ou contra a omnipotência norte-americana, merecem toda a consideração: porque também fazem ouvir a sua voz perante as mais variadas injustiças ou o que consideram ser crimes contra os direitos humanos, em qualquer parte do Mundo, independentemente dos actores. Esses sim, mostram coragem, quer partilhemos ou não as ideologias que eles defendem.

Por isso pergunto: onde estavam quando muito recentemente civis morreram aos milhares, encurralados pela ofensiva do exército do Sri Lanka contra os Tamils; quando a China reprimia violentamente os Tibetanos ou os Uigures; ou ainda mais recentemente quando houve dezenas de mortos nos protestos na Tailândia ?

Estes não mereciam a atenção que é dada a outros neste e noutros tópicos ?

Onde estão para defender as vítimas da máfia de estado russa no Cáucaso ?
Indignam-se com a mesma força perante a violência endémica que vitima portugueses na Venezuela ou na África do Sul, ou lusófonos de Timor à Guiné-Bissau ?

Todas estas vítimas não mereciam, ou merecem, indignação ? Ou a vida de um activista pró-palestiniano vale mais do que a de uma vítima dos janjawid, da junta birmana, ou dos comunistas chineses ?

Ou para os menos jovens, quando centenas de milhares de argelinos, na sua maioria pacíficos aldeões, eram massacrados pelo GIA. Ou aquando da carnificina entre Hutus e Tutsis ? Manifestaram-se com tanta virulência contra as ditaduras de Amin Dada, de Pinochet, de  Ceaucescu... ?

E estas almas caridosas já esqueceram o Haiti porque já não é notícia ? Ou será antes porque a pseudo-ocupação americana da ilha não passou de uma fantasia chavista, e que já não podem por isso andar aos berros, que "os americanos estavam lá para se apoderarem da ilha" ?

Talvez façam a mesma selecção que me confessou uns tempos atrás um "activista profissional": vão à Wikipédia ou a um qualquer jornal, lêem os artigos relativos a un conflito ou qualquer outro problema que faz as manchetes, e se não houver implicação directa dos EUA, de Israel ou da NATO, a "causa" não vale a pena.

Repito que não ponho em causa a validade da condenação desta operação desastrada, gostaria apenas de saber o porquê desta falta de coerência.

A ver se pelo menos alguns têm a coragem de defender as suas verdadeiras ideias. A ver se - alguns - admitem afinal, que se não vêem a oportunidade de bater nos judeus, ou nos "imperialistas" americanos, preferem assobiar para o lado.
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-13
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #1 em: Junho 03, 2010, 06:28:53 pm »
Porque  nao cria vc os topicos para cada um desses temas que falou ? Nao se prive !

O conflito israelo-palestino envenena a paz no mundo ha mais de meio século e esta na origem duma boa parte dos ultimos conflitos que nos tocam diretamente a nos europeus. Esta talvez a razao porque nos interessamos mais por este tema do que pelos massacres dos tailandeses e dos tamuls, ou dos apaches e  dos comanches...

Nao havera paz no médio-oriente e no mundo enquanto durar este conflito. Por outro lado, os palestinos, nesta grande guerra que tambem é uma guerra da comunicaçao nao têm a mais pequena hipotese face aos poderosos lobbys mediaticos que, como toda a gente sabe, sao fortemente influenciados pela "pensée" pro-sionista. Em França, por exemplo, os judeus constituem menos de 1% da populaçao (448 000 individuos), mas constituem 1/3 da populaçao de jornalistas, comentadores, e "pensadores" deste pais  .
Com tais adversarios os  palestinos vao precisar mesmo do apoio dos europeus de boa vontade, so assim terao uma alternativa ao uso do terrorismo e das armas. Dai a importancia, para mim, deste tema em relaçao aos outros seus preferidos e que citou.
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7375
  • Recebeu: 202 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +14/-14
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #2 em: Junho 03, 2010, 08:53:47 pm »
Eu devolvo a perguntar, porque é que os eternos defensores de israel nunca abrem a boca quando o IDF utiliza helis apache para bombardear edificios na Palestina, matando familias inteiras?

Curiosamente tb nunca lhes ouvi um pio de revolta..
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2035
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +1/-0
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #3 em: Junho 03, 2010, 09:08:54 pm »
Citação de: "P44"
Eu devolvo a perguntar, porque é que os eternos defensores de israel nunca abrem a boca quando o IDF utiliza helis apache para bombardear edificios na Palestina, matando familias inteiras?

Curiosamente tb nunca lhes ouvi um pio de revolta..

E porque  é que os terroristas escondem-se e os seus caches de explosivos e armas junto a casas de civis, escolas e hospitais? Estes danos colaterais civis dão muito jeito como propaganda para enganar tolos.  :roll:
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-13
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #4 em: Junho 04, 2010, 10:01:28 am »
Estes terroristas fazem o mesmo que todos os terroristas do mundo ! onde é que vc queria que eles escondessem as "cenas" ?  ;)
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7375
  • Recebeu: 202 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +14/-14
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #5 em: Junho 04, 2010, 10:57:09 am »
Citação de: "Duarte"
Citação de: "P44"
Eu devolvo a perguntar, porque é que os eternos defensores de israel nunca abrem a boca quando o IDF utiliza helis apache para bombardear edificios na Palestina, matando familias inteiras?

Curiosamente tb nunca lhes ouvi um pio de revolta..

E porque  é que os terroristas escondem-se e os seus caches de explosivos e armas junto a casas de civis, escolas e hospitais? Estes danos colaterais civis dão muito jeito como propaganda para enganar tolos.  :twisted:  Duarte passa aqui o tempo a fazer, e ninguém o manda calar-se por isso...eu faço o habitual, ignoro-o e passo por cima c34x

quanto a tolos, tolos são aqueles que não permitem uma critica a israel sem vir logo aos gritos de "terroristas" e "anti-semitas"!

Eu sinceramente já não tenho pachorra para a eterna propaganda do estado hebraico que se dá ao direito de fazer tudo e cometer todos os crimes ao abrigo da lei "rectroactividade do holocausto" , ou seja, como sofremos o holocausto temos todo o  direito, até ao fim dos tempos, de cometer as atrocidades que nos deêm na real gana, por sofremos o holocausto.E ai de quem nos criticar, são todos terroristas e/ou anti-semitas e/ou nazis

Cometem actos de pirataria em alto mar, usam passaportes falsos de países terceiros para cometerem assassinatos, constroem Guettos á boa velha moda de Varsóvia, e safam-se sempre.

Só digo, aprenderam bem com os carrascos. As SS e a Gestapo teriam inveja.

Cumprimentos.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2035
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +1/-0
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #6 em: Junho 04, 2010, 12:59:44 pm »
Tem toda a razão P44. Demascarou-me! Eu sou agente da 5a. coluna da grande conspiracia Zionista para domínio mundial. Estamos por todo o lado.  :roll:

Comparar os Judeus aos seus antigos algozes Nazis é uma estratégia interessante, mas realmente não pega. Não tem nada de mais original? Esta até parece inventada por Ahmadinejad.
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7375
  • Recebeu: 202 vez(es)
  • Enviou: 316 vez(es)
  • +14/-14
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #7 em: Junho 04, 2010, 01:05:42 pm »
a verdade magoa, eu sei  c34x
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

ShadIntel

  • 1514
  • +0/-0
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #8 em: Junho 04, 2010, 07:53:46 pm »
Citação de: "legionario"
Porque  nao cria vc os topicos para cada um desses temas que falou ? Nao se prive !
Não crio tais tópicos, porque creio não ter vocação para me indignar com palavras ocas contra toda e qualquer injustiça; e já vi aqui e noutras paragens o quanto passam despercebidos temas que não são suficientemente "sexy".
Deixo a responsabilidade de tratar também estes temas a quem afirma defender a paz e a justiça para todos os povos.

Citação de: "legionario"
O conflito israelo-palestino envenena a paz no mundo ha mais de meio século e esta na origem duma boa parte dos ultimos conflitos que nos tocam diretamente a nos europeus. Esta talvez a razao porque nos interessamos mais por este tema do que pelos massacres dos tailandeses e dos tamuls, ou dos apaches e  dos comanches...
Eu sei muito bem o quanto este conflito sem fim à vista alimenta as tensões nessa e noutras partes do mundo. É sem dúvida um tema no qual grande parte dos europeus se sentem mais implicados do que no massacre dos Ahmadi do Paquistão, ou uma guerra civil nos confins de África.
Mas agora pretende afirmar que a desagregação da Federação Jugoslava, que só subsistiu durante décadas devido à mão de ferro de Tito, tem a sua origem no conflito Israelo-Palestiniano ? Ou a tensão latente entre a Grécia e a Turquia ? Que as centenas de milhares de mortos na Argélia foram vítimas directas ou indirectas desse conflito ? Esses conflitos tocaram, e continuam a tocar de perto os Europeus, e particularmente os Franceses.
Não me diga que enquanto (ex-)legionário, não viveu de perto pelo menos um dos conflitos no Chade, na República Centro-Africana, na RD Congo, ou na Costa do Marfim. Também me pareceram bem próximos...

Eu não pretendo pôr em causa o direito de ninguém em dar a prioridade a uma das situações problemáticas do Mundo em relação a outras. Cada um baseia-se nas suas próprias experiências e opiniões. Limito-me a lamentar que se insista em escolher repetidamente uma única causa em nome do direito, da paz e da justiça.

Citação de: "legionario"
Nao havera paz no médio-oriente e no mundo enquanto durar este conflito.
Nã se faça de burro, porque de burro não tem nada. Esta é uma afirmação indigna de quem aparenta ter uma verdadeira experiência de vida e conhece a história, tanto política como militar.
Qualquer pessoa com algum juízo deseja a paz e a segurança para todos. Mas apesar da "Paz no Mundo" ser um objectivo nobre, não houve paz no mundo ao longo dos milénios de história das civilizações humanas, tal como não haveria paz global depois da eventual resolução deste conflito. Seria uma etapa positiva, sem dúvida, mas nesse caso defendam-na como uma etapa importante, e não como a panaceia para todos os males do Mundo.

Citação de: "legionario"
Por outro lado, os palestinos, nesta grande guerra que tambem é uma guerra da comunicaçao nao têm a mais pequena hipotese face aos poderosos lobbys mediaticos que, como toda a gente sabe, sao fortemente influenciados pela "pensée" pro-sionista. Em França, por exemplo, os judeus constituem menos de 1% da populaçao (448 000 individuos), mas constituem 1/3 da populaçao de jornalistas, comentadores, e "pensadores" deste pais.
Ninguém pode negar a existência de um poderoso lobby judeu, particularmente nos EUA e em França. Mas há lobbies "para todos os gostos". A diferença é que os judeus podem contar com um apoio individual e colectivo quase incondicional da sua diáspora, enquanto a esmagadora maioria dos muçulmanos, árabes ou não, se estão nas tintas quanto à vida dos palestinianos. Têm muito que fazer com os seus próprios problemas; também eles só acordam realmente quando os seus líderes agitam a bandeira da solidariedade islâmica ou do pan-arabismo.
E não me digam que ficariam chocados se Portugal (ou a França também, no seu caso) estivesse em posição de usar poderosos lobbies para o seu proveito, muito embora fosse com objectivos potencialmente "imorais". Cada um defende os seus interesses como pode, e no caso português, até deveria provocar mais inveja do que repúdio, pelo menos no que toca à influência positiva que teria para o país a existência de lobbies bem organizados.

Citação de: "legionario"
Com tais adversarios os  palestinos vao precisar mesmo do apoio dos europeus de boa vontade, so assim terao uma alternativa ao uso do terrorismo e das armas. Dai a importancia, para mim, deste tema em relaçao aos outros seus preferidos e que citou.
Não escrevi que estes temas em particular eram os meus preferidos, nem que não me importava com o tema do conflito israelo-palestiniano.
E já agora, se escrevesse "tanto palestinianos como israelitas de boa vontade vão precisar dos europeus de boa vontade", soaria mais pragmático.

Citação de: "P44"
Eu devolvo a perguntar, porque é que os eternos defensores de israel nunca abrem a boca quando o IDF utiliza helis apache para bombardear edificios na Palestina, matando familias inteiras?

Curiosamente tb nunca lhes ouvi um pio de revolta..
Também não ouve - ou melhor, lê - da minha parte "um pio de revolta" quando as vítimas são israelitas. E por uma simples questão de coerência; não vou defender o que parece indefensável a outras pessoas nem condenar actos que outros consideram legítimos, porque sei muito bem que - quase - nunca conduz a um debate sério, mas apenas a uma troca de invectivas. Já lá vai o tempo em que uma troca de ideias podia conduzir a um esboço de consenso; e esta constatação é válida para os dois - ou mais - "lados".
Mas ainda assim posso dar-lhe um ersatz de resposta: não, não gosto de ver uma família inocente refém ou vítima de um qualquer conflito, seja qual for a sua raça, cultura ou nacionalidade. Poderia tentar encontrar uma justificação, mas iria sempre parecer esfarrapada a quem vive de perto essas situações. Mas respeito a opinião de todos, desde que não descambe em algo do género "bem feito, lá são uns quantos a menos".

Citação de: "P44"
Propaganda é o que o amigo c34x
Sem me querer substituir ao Duarte, propaganda e contra-propaganda é o que - quase - todos passam o tempo a fazer aqui. Por isso é que os debates são muito construtivos...


Em relação à parte legal desta acção israelita e do precedente que abriu, alguns argumentos do Foxtroop no tópico vizinho parecem dificilmente contestáveis.
Sendo eu partidário da liderança pelo exemplo, não gosto da ideia de perder a legitimidade de condenar acções semelhantes levadas a cabo por outros.
Mas pelo que li, há demasiados textos equívocos e sujeitos a interpretação, pelo que cada lado pode a meu ver encontrar argumentos - bons ou maus, com ou sem base moral ou legal - para defender a sua posição.

Quaiquer que sejam as divergências, faço minhas as palavras erradamente atribuidas a Voltaire: "Posso não concordar com o que dizem, mas defenderei até à morte o vosso direito de dizê-lo." Isto é, desde que exista alguma reciprocidade...

Sinceros cumprimentos.

----------------------------

Agora, enquanto moderador, e sabendo os abusos que geram geralmente estes assuntos, não aceitarei que um(a) qualquer povo ou cultura no seu conjunto, seja ele árabe, judeu, chinês ou americano, seja o alvo de comentários depreciativos.
O aviso preventivo é válido para todos.
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-13
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #9 em: Junho 05, 2010, 10:00:51 am »
Gostava mesmo de responder na totalidade ao seu comentario mas nao sei o que dizer, ou antes, nao sei por onde começar ...
fica pra proxima ;)

Quanto ao tema deste topico , a indignaçao selectiva :   penso que é habito neste forum de se comentar os acontecimentos da atualidade. Houve este incidente com Israel, fala-se de Israel. Ontem foi a guerra do Kosovo, falava-se do Kosovo...
 
Muito mais "selectiva" foi a "indignaçao" contra a igreja catolica que nos ultimos meses tem sido alvo de ataques mediaticos programados e repetidos... e quando ja nao arranjam mais padres pedofilos vivos para acusar na televisao, vao acusar padres e bispos qua ja morreram ha 20 anos por crimes que cometeram nos anos 50. Isto sim é indignaçao selectiva ! Vc nao se indignou tambem contra esta indignaçao seletiva ?
« Última modificação: Junho 07, 2010, 10:38:23 am por legionario »
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2035
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +1/-0
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #10 em: Junho 05, 2010, 02:36:04 pm »
Citação de: "legionario"
Muito mais "selectiva" foi a "indignaçao" contra a igreja catolica que nos ultimos meses tem sido alvo de ataques mediaticos programados e repetidos... e quando ja nao arranjam mais padres pedofilos vivos para acusar na televisao, vao acusar padres e bispos qua ja morreram ha 20 anos por crimes que cometeram nos anos 50. Isto sim é indignaçao selectiva ! Vc nao se indignou tambem ?

O Legionário tem toda a razão! Pessoalmente já nem ligo ao circo mediático anti-Igreja Católica. A verdade é que a percentagem de padres pedófilos deve ser igual, ou se  calhar menor do que a percentagem de maçãos pedófilos, ou políticos, médicos, professores, ou jornalistas, etc..  :evil:
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1372
  • Recebeu: 209 vez(es)
  • Enviou: 146 vez(es)
  • +16/-77
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #11 em: Junho 05, 2010, 05:58:17 pm »
Também concordo embora tenha a ver com o estatudo de "autoridade moral" com que a Igreja se arroga e que depois lhe cai em cima. Isto, apesar de detestar os "papa-hóstias", penso que já chega de bater no ceguinho.
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2035
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +1/-0
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #12 em: Junho 05, 2010, 06:08:14 pm »
Citação de: FoxTroop
"papa-hóstias"/quote]

É necessário insultar a fé Católica?

Não gosta dos judeus, já sabemos, agora são os católicos a ser insultados. Eu não gosto de atéus e agnósticos, mas não sinto necessidade de diminuir ou insultar a sua falta de fé ou as suas crenças. Cada um cré naquilo que lhe convém e parece mais certo.
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-13
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #13 em: Junho 05, 2010, 06:22:37 pm »
Um bom catolico, (o que nao é exatamente o meu caso pois sou grande pecador  c34x ) , sabe oferecer a outra face à injuria ou à injustiça ! Os catolicos sabem perdoar,  nao sao como os seguidores de certas religioes que exaltam Taliao e o espirito de vingança .
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1372
  • Recebeu: 209 vez(es)
  • Enviou: 146 vez(es)
  • +16/-77
Re: Indignação selectiva perante os conflitos modernos
« Responder #14 em: Junho 05, 2010, 06:27:07 pm »
Meu caro, eu não estou a ofender os crentes, porque sou crente. Estou a referir-me aos padres, padres esses que na maioria das vezes muito pouco fazem do que pregam. Para o bom e para o mal apenas conheci um padre que era realmente exemplo e que infundia respeito pelas suas capacidades e atitudes, de resto nem vale a pena comentar. Por isso, para mim padre = papa-hóstias.
 

 

Necessidade de APC para conflitos de baixa intensidade

Iniciado por fgomesQuadro Exércitos/Sistemas de Armas

Respostas: 7
Visualizações: 2814
Última mensagem Julho 08, 2004, 08:08:41 pm
por Spectral
Brasil deve temer conflitos futuros!!!

Iniciado por J.RicardoQuadro Conflitos do Futuro

Respostas: 5
Visualizações: 4870
Última mensagem Julho 31, 2005, 11:58:45 am
por CC
Nova Estratégia Para Futuros Conflitos (USA)

Iniciado por typhonmanQuadro Conflitos do Futuro

Respostas: 6
Visualizações: 2990
Última mensagem Julho 04, 2014, 02:55:11 pm
por Cabeça de Martelo
Documentários sobre conflitos militares do século XX

Iniciado por nelson38899Quadro Conflitos do Passado e História Militar

Respostas: 9
Visualizações: 3572
Última mensagem Setembro 28, 2018, 03:34:56 pm
por mafets
Aviação nos conflitos Equador - Peru

Iniciado por PaisanoQuadro Forças Aéreas/Sistemas de Armas

Respostas: 2
Visualizações: 1380
Última mensagem Novembro 03, 2004, 03:59:27 pm
por Moi