Nações Unidas

  • 15 Respostas
  • 3895 Visualizações
*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1518
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +2/-0
Nações Unidas
« em: Maio 14, 2010, 11:24:57 am »
Eu duvido que não haja um tópico dedicado exclusivamente às Nações Unidas.

Citar
Com 155 votos, entre os 192 possíveis, a Líbia foi ontem eleita pela Assembleia Geral das Nações Unidas para o Conselho de Direitos Humanos. Não conheço a lista dos Estados filantropos. Fica aqui o apelo.
http://cachimbodemagritte.blogspot.com/
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 933
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Nações Unidas
« Responder #1 em: Junho 17, 2010, 12:12:47 pm »
Conselho de Segurança abre a porta a sanções a grupos armados que usem ‘crianças soldado’
O Conselho de Segurança das Nações Unidas abriu, na quarta-feira, a porta à aplicação de sanções a grupos armados que repetidamente usem ‘crianças soldado’ ou que sejam responsáveis por violações a crianças em conflitos

A «disponibilidade» para aplicação de sanções «direccionadas e graduais» contra alguns dos grupos já identificados na Ásia, África ou América Latina foi expressa pela presidência mexicana do Conselho de Segurança, na conclusão de uma reunião de um dia dedicada à participação de crianças em conflitos armados.

Para o efeito, o representante mexicano junto da ONU incitou ainda o grupo de trabalho dedicado à participação de crianças em conflitos a «trocar informação pertinente com os comités de sanções» das Nações Unidas.

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Internacional/Interior.aspx?content_id=176080
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2035
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +1/-0
Re: Nações Unidas
« Responder #2 em: Junho 17, 2010, 02:17:52 pm »
Citação de: "sergio21699"
Conselho de Segurança abre a porta a sanções a grupos armados que usem ‘crianças soldado’
O Conselho de Segurança das Nações Unidas abriu, na quarta-feira, a porta à aplicação de sanções a grupos armados que repetidamente usem ‘crianças soldado’ ou que sejam responsáveis por violações a crianças em conflitos

A «disponibilidade» para aplicação de sanções «direccionadas e graduais» contra alguns dos grupos já identificados na Ásia, África ou América Latina foi expressa pela presidência mexicana do Conselho de Segurança, na conclusão de uma reunião de um dia dedicada à participação de crianças em conflitos armados.

Para o efeito, o representante mexicano junto da ONU incitou ainda o grupo de trabalho dedicado à participação de crianças em conflitos a «trocar informação pertinente com os comités de sanções» das Nações Unidas.

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Internacional/Interior.aspx?content_id=176080

Não leio qualquer referência ao uso de crianças como escudo humano, e como bombistas-suicídas.. Grande surpresa. A ONU é uma organização hipócrita..
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9353
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +17/-7
Re: Nações Unidas
« Responder #3 em: Julho 23, 2010, 12:28:11 am »
A organização está a "desmoronar-se" sob a liderança de Ban Ki-moon


"As suas actuações são não só deploráveis, como gravemente repreensíveis. Lamento dizer que o secretariado (da ONU) está em processo de decadência." Estas foram as palavras de Inga-Britt Ahlenius, ex-directora do Departamento de Serviços Internos de Supervisão (OIOS) da ONU, para descrever a actual liderança da organização. A responsável pela luta contra a corrupção dentro da Organização das Nações Unidas abandonou o cargo a semana passada. Os motivos apresentados encontram-se num relatório de 50 páginas, publicado terça-feira pelo The Washington Post. Entre as críticas apresentadas encontra-se a redução do grau de independência do OIOS, "a ausência de transparência e a falta de responsabilidade". Para Ahlenius, a liderança do secretário-geral Ban Ki-moon, está a fazer a entidade "desmoronar-se" e tornar-se "irrelevante". "Em vez de apoiar os controlos internos, algo que indica uma liderança firme, [Ki-moon] tentou controlá-los para depois os minar. Não vejo nenhum indício de reforma na organização", disse, face à promessa de reformar a ONU feita pelo secretário-geral quando assumiu o cargo, em 2007.

Entre outras acusações está o facto de Ban Ki-moon a ter impedido de contratar pessoal, criando, em simultâneo, estruturas paralelas de investigação interna, directamente controladas por si próprio. Um dos exemplos é o de Robert Appleton, que anteriormente investigou um escândalo de corrupção no extinto programa da ONU que previa a troca de alimentos por petróleo iraquiano, numa altura em que o país estava sob embargo económico. Segundo Ahlenius, foi Ki-moon quem, pressionado pela Rússia, lhe negou a nomeação do norte-americano, no início de 2009.

Os colaboradores do secretário-geral reagiram às críticas, argumentando que o documento não oferece uma imagem equilibrada da gestão. "Lamento que muitos dos feitos pertinentes tenham sido ignorados [no relatório de Ahlenius]", respondeu ao The Washington Post Vijay Nambiar, chefe de gabinete de Ban Ki-moon.

Com o mandato a terminar no final de 2011, é provável que o secretário-geral tente ser reconduzido. O ano passado, a embaixadora-adjunta da Noruega na ONU, Mona Juul, escreveu um memorando interno - que chegou à imprensa - em que acusava Ki-moon de ser um líder ausente, passivo e impotente. A ansiedade face a esta liderança foi expressa pela missão da ONU em Nova Iorque. "Os EUA sempre defenderam de forma consistente e agressiva um OIOS forte para divulgar a fraude, o desperdício e a má gestão na ONU. Porém, estamos desiludidos com as actuações recentes do seu departamento de investigação", disse Patrick Ventrell.

O posto de Robert Appleton nunca foi preenchido e o de Inga-Britt Ahlenius está agora vazio. O vácuo de poder está a preocupar Washington e compromete a nova contratação de Ki-moon.

Ionline
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Nações Unidas
« Responder #4 em: Julho 26, 2010, 03:16:22 pm »
Alguém se lembra da antiga Liga das Nações? Não me admira a ONU estar percorrendo a mesma triste sina. Como se chamará a organização sucessora, que com certeza virá depois de um provável colapso na ONU?
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4718
  • Recebeu: 770 vez(es)
  • Enviou: 536 vez(es)
  • +34/-15
Re: Nações Unidas
« Responder #5 em: Abril 30, 2015, 09:23:00 am »
Saída da Argentina do Haiti... :roll:

Citar
Argentina contingent leaves Haiti after 10 years as United Nations reduces MINUSTAH peacekeeping forces levels.
https://www.facebook.com/HelicopterHistory/photos/a.404355479594037.112738.404316662931252/1041953229167589/?type=1&fref=nf&pnref=story

Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

olisipo

  • Investigador
  • *****
  • 4969
  • Recebeu: 115 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +27/-31
Re: Nações Unidas
« Responder #6 em: Dezembro 09, 2015, 06:42:27 pm »
 

UN Adopts Russian Initiative Restricting Space Weapons  

http://www.defensenews.com/story/defense/air-space/space/2015/12/09/un-adopts-russian-initiative-restrictins-space-weapons/77031986

The United Nations General Assembly has adopted a Russian-led resolution calling for a non-binding restriction against the first placement of weapons in outer space, a measure that has been strongly criticised by the US for not going far enough.

Russia has been promoting  the resolution for several years, but failed to push the draft through an UN committee focusing on disarmament issues.

The US has been at the forefront  of the effort against the Russian resolution, which is backed by Moscow-friendly nations like China and Syria. (...)
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4718
  • Recebeu: 770 vez(es)
  • Enviou: 536 vez(es)
  • +34/-15
Re: Nações Unidas
« Responder #7 em: Outubro 06, 2016, 03:20:21 pm »
http://rr.sapo.pt/directo
Citar
EM DIRECTO: A ACLAMAÇÃO DE GUTERRES
O Conselho de Segurança da ONU vai aprovar formalmente pelas 15h00 o nome de António Guterres para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas. A Renascença acompanha em directo a decisão. Veja e ouça aqui o "streaming" vídeo da ONU e a emissão especial da Renascença, com a presença de António Monteiro, antigo embaixador de Portugal na ONU, Adriano Moreira e Guilherme d'Oliveira Martins.


O Conselho de Segurança da ONU vai aprovar formalmente pelas 15h00 o nome de António Guterres para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas. A Renascença acompanha em directo a decisão. Veja aqui o "streaming" vídeo da ONU e ouça a emissão especial da Renascença, com a presença de António Monteiro, antigo embaixador de Portugal na ONU, Adriano Moreira e Guilherme d'Oliveira Martins.

http://rr.sapo.pt/noticia/65377/guterres_aclamado_pelo_conselho_de_seguranca
Citar
O próximo passo para formalizar a ascensão de António Guterres ao cargo de secretário-geral é a eleição em Assembleia Geral, que não se prevê complicada.

António Guterres foi aclamado esta quinta-feira pelo Conselho de Segurança como candidato a suceder a Ban Ki-moon como secretário-geral da Organização das Nações Unidas.

A decisão, que já era dada como certa depois da votação informal de quarta-feira, em que Guterres não recebeu qualquer voto de desencorajamento, o que significa que os cinco países com direito a veto não se opuseram à sua nomeação.

A aclamação por parte do Conselho de Segurança é uma primeira formalidade a que se segue, ainda hoje, a votação na Assembleia Geral da ONU, mas onde não se prevêem dificuldades, sobretudo tendo em conta o apoio unânime não só dos países com direito a veto, mas de todos os membros do Conselho de Segurança.

Finda a aclamação pelo Conselho de Segurança, o embaixador da Federação Russa, que preside actualmente ao Conselho, respondeu a perguntas dos jornalistas. Descrevendo António Guterres como um homem "muito inteligente", recusou opinar sobre quem será escolhido para a sua equipa. Questionado sobre o facto de não ter sido eleita uma mulher, Vitaly Churkin disse que estas foram aconselhadas a candidatar-se e que o processo foi muito transparente.

António Guterres torna-se assim o 9.º secretário-geral da ONU. Desde 1981 que não havia um europeu no cargo.

[Notícia actualizada às 15h47]

Cumprimentos
« Última modificação: Outubro 06, 2016, 03:57:13 pm por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7008
  • Recebeu: 469 vez(es)
  • Enviou: 579 vez(es)
  • +24/-2
Re: Nações Unidas
« Responder #8 em: Agosto 17, 2017, 12:01:24 pm »
Não encontrei nenhuma página sobre logistica, mas recomendo um artigo da revista visão de hoje que não encontro online, fala sobre António Gonçalves, gestor de uma empresa multinacional responsável por toda a logistica das forças de capacetes azuis, mas com capacidade de operar em ambientes extremos, do frio dos polos ao calor do médio-oriente.

Além disso já construiram campos logisticos para os militares americanos no Iraque, para os franceses em vários pontos de África, mas também empresas como petroliferas em pontos remotos da Sibéria.
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9353
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +17/-7
Re: Nações Unidas
« Responder #9 em: Dezembro 21, 2017, 06:35:47 pm »
Guterres garante que todos os criminosos de guerra "vão pagar por isso"


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9353
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +17/-7
Re: Nações Unidas
« Responder #10 em: Dezembro 27, 2017, 10:50:26 am »
Washington anuncia cortes no financiamento das Nações Unidas


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9353
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +17/-7
Re: Nações Unidas
« Responder #11 em: Janeiro 20, 2018, 01:06:22 pm »
Abusos na ONU resultam de "cultura da impunidade", diz ONG


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9353
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +17/-7
Re: Nações Unidas
« Responder #12 em: Fevereiro 27, 2018, 07:38:32 pm »
ONU a braços com alegada exploração sexual de sírias


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9353
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +17/-7
Re: Nações Unidas
« Responder #13 em: Maio 01, 2018, 07:42:38 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9353
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +17/-7
Re: Nações Unidas
« Responder #14 em: Julho 30, 2018, 04:40:26 pm »
ONU "está a ficar sem dinheiro", alerta António Guterres


As Nações Unidas estão perto de ficar sem dinheiro, alertou António Guterres, secretário-geral, numa carta enviada na sexta-feira aos embaixadores dos países membros da organização. Em causa estão "atrasos no pagamento" das contribuições devidas pelos Estados à ONU.

Na carta, Guterres fala numa "situação financeira problemática". “Os nossos recursos financeiros nunca estiveram tão em baixo tão cedo”, disse.

Dos 193 países com assento na organização, apenas 112 pagaram as suas contribuições atempadamente. Em resultado, faltam 139 milhões de dólares (cerca de 119 milhões de euros) ao orçamento da ONU. Até ao fim de Junho, as contribuições somaram 1,49 mil milhões de dólares; em 2017, no mesmo período, cifravam-se em 1,70 mil milhões.

A dívida somada e continuada dos 81 países cifra-se actualmente em 810 milhões de dólares (695 milhões de euros), de acordo com dados da própria ONU.

“Solicitei aos Estados membros que pagassem suas contribuições a tempo e integralmente”, escreveu Guterres, sublinhando que, se tal não acontecer, as operações da organização e a sua “reputação” podem estar em risco.

Numa conferência de imprensa na sede da ONU, o porta-voz de Guterres, Stéphane Dujarric, disse entender que os Estados tenham anos fiscais diferentes, mas salientou que a ONU não tem margem financeira e que depende destas contribuições. Disse ainda que o secretariado da ONU iria procurar formas de reduzir a despesa da organização, tentando contudo evitar despedimentos.

Em Dezembro, ficou acordado que o orçamento para 2018/2019 seria de 5,4 mil milhões de dólares, escreve o britânico Guardian.

Entre o lote de países devedores encontram-se os EUA (que são responsáveis por 22% do orçamento, mas que costumam pagar mais tarde devido ao seu calendário fiscal próprio), a Argentina, a Síria, a Venezuela e a Bielorrússia.

Apesar das dívidas à ONU poderem ser punidas com a perda de direito de voto, apenas a Líbia foi alvo desta sanção até ao momento.

:arrow: https://www.publico.pt/2018/07/30/mundo/noticia/onu-esta-a-ficar-sem-dinheiro-alerta-antonio-guterres-1839495
 

 

LICHTENSTEIN, um pequeno Povo afirmou-se entre as Nações

Iniciado por legionarioQuadro Conflitos do Passado e História Militar

Respostas: 12
Visualizações: 3431
Última mensagem Novembro 10, 2008, 10:01:23 am
por legionario
Fotos fantásticas do Parque das Nações em Lisboa

Iniciado por dremanuQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 2
Visualizações: 1976
Última mensagem Dezembro 10, 2005, 08:15:40 pm
por NotePad
Saída dos EUA dividirá o Iraque em três nações

Iniciado por comancheQuadro Conflitos do Presente

Respostas: 58
Visualizações: 18187
Última mensagem Dezembro 02, 2009, 03:00:58 pm
por Lusitano89
A viabilidade das novas nações

Iniciado por papatangoQuadro Mundo

Respostas: 9
Visualizações: 2876
Última mensagem Junho 21, 2009, 08:18:52 pm
por dawn_to_dusk_
Empresas de Aronáutica Unidas em Projectos

Iniciado por PereiraMarquesQuadro Indústrias de Defesa

Respostas: 0
Visualizações: 1820
Última mensagem Fevereiro 27, 2006, 03:23:49 pm
por PereiraMarques