Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra

  • 39 Respostas
  • 7931 Visualizações
*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7309
  • Recebeu: 594 vez(es)
  • Enviou: 735 vez(es)
  • +79/-27
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #30 em: Setembro 25, 2009, 06:07:52 pm »
Citação de: "lazaro"
O Decreto-Lei nº 234/09 de 15 de Setembro, no artigo 20 define as competências do Quartel-General de Operações Especiais. Vamos ver no que vai dar ... .
Gostaria de postar o DL mas só o tenho em papel e não sei postar documentos scanados, fotos etc ... :oops:

As Leis Orgânicas dos vários ramos e do EMGFA estão aqui publicadas em pdf.
viewtopic.php?f=10&t=8760
 

*

rossi46

  • 19
  • +0/-0
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #31 em: Setembro 25, 2009, 06:57:12 pm »
Viva,
Citar
Isso só seria possivel, assim como a aplicação das forças nas suas missões especificas, se este não fosse um exército de "quintas" e de trabalho para a general ver, aliás, para a "promoção"..
cumprimentos
Citar
Neste caso especifico não concordo com a tua afirmação.
A organização superior das Forças Armadas é da responsabilidade politica. Isto é, para o melhor e para o pior, ainda são os governantes democráticamente eleitos (em que possivelmente até votaste) que "mandam" nas Forças Armadas. Sumáriamente: em conselho de ministros as leis orgânicas são aprovada, o PR promulga e é publicado em Diário da Republica.
O Decreto-Lei nº 234/09 de 15 de Setembro, no artigo 20 define as competências do Quartel-General de Operações Especiais. Vamos ver no que vai dar ... .
Gostaria de postar o DL mas só o tenho em papel e não sei postar documentos scanados, fotos etc ...
é um facto , que estou a generalizar um pouco o que se passa, mas face ao que vejo desde 1987, ano em que ingressei nas fileiras (onde continuo), não tenho dúvidas que é a realidade prática.
Quanto ao facto de serem os "politicos" a decidirem, é correcto, mas tambem não tenho dúvidas que na maioria dos casos, e neste em concreto, eles assinam o que as chefias militares lhes poem à frente, até porque não tem conhecimentos técnicos para analisar e avaliar os assuntos, tendo apenas os acessores para lhes darem algumas explicações ( e quando percebem do assunto em questão e não são apenas "militares de gabinete", há muito desligados da realidade prática das situações)
Agora, dando o beneficio da dúvida, se isto conseguir ser  aplicado na prática, sim senhor, dou os meus parabens, porque é uma grande evolução e estamos no caminho certo
cumprimentos
"Alea jacta est"
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2437
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +12/-16
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #32 em: Setembro 25, 2009, 07:38:40 pm »
Isso significa portanto que o CTOE e sua componente operacional deixa de pertencer a BriRR ????

Fica o CTOE sob comando directo do EME ?

Ficando a BRR como verdadeira brigada infantaria ligeira com 3 batalhoes de comandos/paras+ Grupo Artilharia etc...

A meu ver isto seria ideal  :wink:
 

*

lazaro

  • 473
  • +0/-0
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #33 em: Setembro 25, 2009, 09:40:28 pm »
Citação de: "Lightning"
Citação de: "lazaro"
O Decreto-Lei nº 234/09 de 15 de Setembro, no artigo 20 define as competências do Quartel-General de Operações Especiais. Vamos ver no que vai dar ... .
Gostaria de postar o DL mas só o tenho em papel e não sei postar documentos scanados, fotos etc ... :oops:

As Leis Orgânicas dos vários ramos e do EMGFA estão aqui publicadas em pdf.
viewtopic.php?f=10&t=8760

Visto!
 

*

lazaro

  • 473
  • +0/-0
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #34 em: Setembro 25, 2009, 09:52:18 pm »
Citação de: "rossi46"
Viva,
Citar
Isso só seria possivel, assim como a aplicação das forças nas suas missões especificas, se este não fosse um exército de "quintas" e de trabalho para a general ver, aliás, para a "promoção"..
cumprimentos
Citar
Neste caso especifico não concordo com a tua afirmação.
A organização superior das Forças Armadas é da responsabilidade politica. Isto é, para o melhor e para o pior, ainda são os governantes democráticamente eleitos (em que possivelmente até votaste) que "mandam" nas Forças Armadas. Sumáriamente: em conselho de ministros as leis orgânicas são aprovada, o PR promulga e é publicado em Diário da Republica.
O Decreto-Lei nº 234/09 de 15 de Setembro, no artigo 20 define as competências do Quartel-General de Operações Especiais. Vamos ver no que vai dar ... .
Gostaria de postar o DL mas só o tenho em papel e não sei postar documentos scanados, fotos etc ...
é um facto , que estou a generalizar um pouco o que se passa, mas face ao que vejo desde 1987, ano em que ingressei nas fileiras (onde continuo), não tenho dúvidas que é a realidade prática.
Quanto ao facto de serem os "politicos" a decidirem, é correcto, mas tambem não tenho dúvidas que na maioria dos casos, e neste em concreto, eles assinam o que as chefias militares lhes poem à frente, até porque não tem conhecimentos técnicos para analisar e avaliar os assuntos, tendo apenas os acessores para lhes darem algumas explicações ( e quando percebem do assunto em questão e não são apenas "militares de gabinete", há muito desligados da realidade prática das situações)
Agora, dando o beneficio da dúvida, se isto conseguir ser  aplicado na prática, sim senhor, dou os meus parabens, porque é uma grande evolução e estamos no caminho certo
cumprimentos
Neste caso especifico os "políticos" não assinaram o que os militares lhe puseram à frente. Basta relembrar que estas novas orgânicas e respectivas competências dos ramos não agradaram aos respectivos chefes.
 

*

voador

  • 218
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #35 em: Setembro 25, 2009, 11:33:38 pm »
Citação de: "Miguel"
Isso significa portanto que o CTOE e sua componente operacional deixa de pertencer a BriRR ????

Fica o CTOE sob comando directo do EME ?

Ficando a BRR como verdadeira brigada infantaria ligeira com 3 batalhoes de comandos/paras+ Grupo Artilharia etc...

A meu ver isto seria ideal  :wink:

Errado !!!
Em quartel as Tropas de Operações Especiais (CTOE) dependem do EM da BrigRR.
Em operações conjuntas e/ou combinadas é que dependem directamente do Comando de Operações Especiais e o EME não comanda nada.
O CmdOp do Exercito que comanda as FOPE
 

*

lazaro

  • 473
  • +0/-0
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #36 em: Setembro 26, 2009, 05:46:50 pm »
Citação de: "voador"
Citação de: "Miguel"
Isso significa portanto que o CTOE e sua componente operacional deixa de pertencer a BriRR ????

Fica o CTOE sob comando directo do EME ?

Ficando a BRR como verdadeira brigada infantaria ligeira com 3 batalhoes de comandos/paras+ Grupo Artilharia etc...

A meu ver isto seria ideal  :wink:

Errado !!!
Em quartel as Tropas de Operações Especiais (CTOE) dependem do EM da BrigRR.
Em operações conjuntas e/ou combinadas é que dependem directamente do Comando de Operações Especiais e o EME não comanda nada.
O CmdOp do Exercito que comanda as FOPE
No Exército, o CmdOp (Comando Operacional) passa a ser o ultimo responsável pela geração e treino das forças operacionais, independentemente da sua natureza. Em termos operacionais, as competências do CmdOp passam a estar limitadas ao emprego de forças nas denominadas OMIP (Outras Missões de Interesse Público). Aliás algo que na prática já acontecia.
O comandante do CTOE continua a "despachar" com o comandante da BrigRR.
Para os curiosos relativamente às alterações orgânicas e de competências dos ramos, aconselho a ler e reflectir os decretos lei 231 a 234.
 

*

Miguel Silva Machado

  • Perito
  • **
  • 485
  • +0/-0
    • http://www.operacional.pt/
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #37 em: Outubro 12, 2009, 02:47:39 pm »
O “Operacional” lança agora o seu canal no Youtube. Trata-se de potenciar a informação que vamos recolhendo para melhor chegar ao público interessado.

O desfile realizado em Sintra a 13 de Setembro de 2009 para assinalar o Dia da Brigada de Reacção Rápida do Exército Português foi o tema escolhido para esta nova fase.


http://www.operacional.pt/desfile-da-br ... ao-rapida/

Miguel Machado
www.operacional.pt
Miguel Silva Machado
http://www.operacional.pt/
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14888
  • Recebeu: 946 vez(es)
  • Enviou: 909 vez(es)
  • +141/-148
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #38 em: Outubro 13, 2009, 11:54:17 am »
Não tenho dúvida que o novo canal vai ser um sucesso, no entanto tenho que lhe dar um conselho, não se distraia em relação aos comentários, é que à muito múdo (e graudo) a armar-se em Rambo no youtube.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Miguel Silva Machado

  • Perito
  • **
  • 485
  • +0/-0
    • http://www.operacional.pt/
Re: Dia da Brigada de Reacção Rápida - 2009 - Sintra
« Responder #39 em: Outubro 22, 2009, 09:15:51 pm »
O desfile motorizado da Brigada de Reacção Rápida em Sintra:

http://www.operacional.pt/desfile-da-br ... a-parte-2/
Miguel Silva Machado
http://www.operacional.pt/
 

 

Dia do Exército 2009

Iniciado por Portucale

Respostas: 46
Visualizações: 9933
Última mensagem Maio 04, 2011, 07:50:58 pm
por tyr
Devia a Brigada Intervençao, mudar de nome?

Iniciado por Miguel

Respostas: 2
Visualizações: 2309
Última mensagem Janeiro 29, 2007, 09:02:02 pm
por Duarte
Brigada Comandos Independente

Iniciado por Miguel

Respostas: 1
Visualizações: 1309
Última mensagem Julho 26, 2005, 12:57:36 am
por typhonman
A Brigada Mecanizada (-) (-) .

Iniciado por tenente

Respostas: 114
Visualizações: 4618
Última mensagem Junho 19, 2019, 03:09:16 pm
por tenente
Brigada Ligeira de Intervenção / Brigada de Intervenção

Iniciado por Portucale

Respostas: 3
Visualizações: 3159
Última mensagem Abril 11, 2010, 01:31:52 am
por Pedro Monteiro