Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa

  • 541 Respostas
  • 94443 Visualizações
*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #15 em: Julho 29, 2009, 11:37:52 pm »
Citar
Há uma certo marquês espanhol que seria uma excelente opção... )mas com a LPM em águas de bacalhau..... (mais uma prova da elevada consideração dos políticos deste país pelas FA's....)
Eu preferia um verdadeiro AOR em vez do Ensenada, e novo. Têm é uma guarniçaõ muito grande.[/quote]
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

(sem assunto)
« Responder #16 em: Julho 30, 2009, 12:14:58 am »
Pelo menos pensem num projeto entre o Brasil e Portugal. Seria algo bom para os dois.
Viva os Paises Lusofonos!

  Pátria amada BRASIL!
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #17 em: Julho 30, 2009, 02:37:14 am »
Citar
Pelo menos pensem num projeto entre o Brasil e Portugal. Seria algo bom para os dois.

Na área naval, um reabastecedor de esquadra. Tanto Portugal como o Brasil necessitam em breve. O Brasil de dois ou três, e Portugal de um.
Se fosse bom, talvez mais algum país estivesse interessado, e cascos para navios científicos.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

(sem assunto)
« Responder #18 em: Julho 30, 2009, 11:54:25 pm »
Luis eu já discordo o Brasil precisa de pelo menos 4 rabastecedores e Portugal deveria ter no minimo 2, quanto a navios cientificos e interessante essa sua proposta, mas o Brasil acabou de adiquirir 2 o NPo Almirante Maximiano H-41 vque é considerado um dos mais modernos do mundo e o  NHO Cruzeiro do Sul sem falar nos H-21 Sirius, H-35 Amorin do Valle, H-36 Tauros, H-37 Ganier Sampaio e H-40 Antares. O Brasil pode deixar isso um pouco para a frente agora precisamos é de meios de combate.
Viva os Paises Lusofonos!

  Pátria amada BRASIL!
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #19 em: Julho 31, 2009, 01:30:46 am »
Citar
O Brasil pode deixar isso um pouco para a frente agora precisamos é de meios de combate.

Pois é, mas o Brasil vai embarcar em projectos importados e não nacionais. Além disso Portugal está servido de navios de combate por mais vinte a vinte e cinco anos. Depois se verá!... :roll:
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

Instrutor

  • Investigador
  • *****
  • 1310
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #20 em: Julho 31, 2009, 03:07:38 pm »
Citação de: "luis filipe silva"
Citar
O Brasil pode deixar isso um pouco para a frente agora precisamos é de meios de combate.
Pois é, mas o Brasil vai embarcar em projectos importados e não nacionais. Além disso Portugal está servido de navios de combate por mais vinte a vinte e cinco anos. Depois se verá!... :roll:


Estamos??? Não estamos nao senhor....... ainda falta chegar a outra Fragata da Classe Bartolomeu Dias, os dois SUB 209PN e o NPL, depois sim ja ficamos servidos e ja não chateio mais o governo dentro dos proximos anos..... depois para patrulha e reabastecimento temos de terminar os NPO, NPC e um novo AOR.
"Aqui na Lusitanea existe um povo que não se governa nem se deixa governar" voz corrente entre os Romanos do Séc. I a.C
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #21 em: Julho 31, 2009, 03:56:16 pm »
Citar
Estamos??? Não estamos nao senhor....... ainda falta chegar a outra Fragata da Classe Bartolomeu Dias, os dois SUB 209PN e o NPL, depois sim ja ficamos servidos e ja não chateio mais o governo dentro dos proximos anos..... depois para patrulha e reabastecimento temos de terminar os NPO, NPC e um novo AOR.

Estamos sim, porque está quase tudo encomendado ou em vias de ser entregue. Portanto, muito melhor do que há dez anos.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

Instrutor

  • Investigador
  • *****
  • 1310
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Julho 31, 2009, 04:01:40 pm »
Sim em certa parte concordo consigo..... mas eu prefiro ve-los a entrar na base do alfeite do que la longe.... só quando estiverem todos eles atracados no alfeite é que acredito.. (BD, Sub, NPL, NPO/NPC, AOR e LFC) quando todas a unidades estiverem de facto nas maos da marinha ai sim durmo descansado.
"Aqui na Lusitanea existe um povo que não se governa nem se deixa governar" voz corrente entre os Romanos do Séc. I a.C
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7750
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 627 vez(es)
  • +245/-235
(sem assunto)
« Responder #23 em: Julho 31, 2009, 04:25:28 pm »
Citação de: "luis filipe silva"
Citar
Não, pois a meu ver Brasil e Portugal tem de ajudar mais os paises lusofonos e com suas missões pelo mundo seria melhor para a MP contar com um meio tão importante a mais. Um abraço meu caro.
Portugal já ajuda o suficiente os PALOP. Não somos ricos, e além disso o povo dos PALOP já cá está em Portugal.
Veja se vale a pena ajudar a Guiné com constantes golpes de estado, Timor onde a GNR é atacada por policias timorenses. Já lhes demos a independência, e todos são prósperos após gerirem os seus destinos nestes 35 (trinta e cinco anos).


bem dito!
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #24 em: Julho 31, 2009, 04:33:50 pm »
O processo é continuo

Os submarinos precisaram ser substituídos. Depois foi feita uma opção por trocar as quatro fragatas João Belo, pelas duas Karel Dorman holandesas.

A seguir, o objectivo é o navio logístico e a construção dos NPO.

Depois há a necessidade dos NPC (que na prática são quase oceânicos, quando comparados com os Cacine)

Mas depois disso, é preciso pensar nas fragatas que estão a ficar velhas e vão precisar ser substituídas.
 

*

Instrutor

  • Investigador
  • *****
  • 1310
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #25 em: Julho 31, 2009, 04:47:02 pm »
Citação de: "papatango"
O processo é continuo

Os submarinos precisaram ser substituídos. Depois foi feita uma opção por trocar as quatro fragatas João Belo, pelas duas Karel Dorman holandesas.

A seguir, o objectivo é o navio logístico e a construção dos NPO.

Depois há a necessidade dos NPC (que na prática são quase oceânicos, quando comparados com os Cacine)

Mas depois disso, é preciso pensar nas fragatas que estão a ficar velhas e vão precisar ser substituídas.
[/b]

Daqui a 20 anos, compramos o que estiver no mercado de usados..... da França temos as La Fayette, as Horizon e as FREMM, da Alemanha temos as F124 as F125 depois logo se ve. as que derem contrapartidas é as que compramos :lol:
"Aqui na Lusitanea existe um povo que não se governa nem se deixa governar" voz corrente entre os Romanos do Séc. I a.C
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1214
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +56/-768
(sem assunto)
« Responder #26 em: Julho 31, 2009, 05:12:57 pm »
papatango
Citar
O processo é continuo


É aí que eu digo que cada vez mais faz sentido projectos conjuntos, no caso uma industría naval militar forte, pois está-se sempre a evoluir, Portugal e o Brasil podem fazer coisas muito grandes, isto claro se ambas as partes tiverem interesse, o Brasil vai tendo cada vez mais experiência em construção naval, Portugal vai devagar mas novamente começa a ter alguma experiência nessa área, por exemplo o projecto de um novo reabastecedor, NPL, fragatas e quem sabe submarinos são projectos que se poderia fazer em conjunto, uma vez feito já não se esquece, como o caro papatango falou o processo é continuo hoje se faz uma fragata de 3000 T amanha faz-se uma de 6000T e assim por diante, esse é o futuro o caminho a seguir o potencial existe mas tem faltado a prática. :roll:
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

(sem assunto)
« Responder #27 em: Julho 31, 2009, 07:21:41 pm »
Citação de: "Daniel"
papatango
Citar
O processo é continuo

É aí que eu digo que cada vez mais faz sentido projectos conjuntos, no caso uma industría naval militar forte, pois está-se sempre a evoluir, Portugal e o Brasil podem fazer coisas muito grandes, isto claro se ambas as partes tiverem interesse, o Brasil vai tendo cada vez mais experiência em construção naval, Portugal vai devagar mas novamente começa a ter alguma experiência nessa área, por exemplo o projecto de um novo reabastecedor, NPL, fragatas e quem sabe submarinos são projectos que se poderia fazer em conjunto, uma vez feito já não se esquece, como o caro papatango falou o processo é continuo hoje se faz uma fragata de 3000 T amanha faz-se uma de 6000T e assim por diante, esse é o futuro o caminho a seguir o potencial existe mas tem faltado a prática. :roll:


 Muito bem dito Daniel, mas você se esqueceu de uma coisa, a Marinha Portuguesa ter quer crescer um pouco, nvejam bem, não estou dizendo inchar mas crescer um pouco, seria bom adiquirir mais um sub, que sabe mais umas Fragatas, um Navio da classe Mistral ou o Giuseppe Garibalde que está cotado para sair do serviço ativo na Marinha Italiana em 2010 e na Marinha Portuguesa poderia servir pelo menos como porta-helicópteros, vocês tem de levar em conta a localização e a importância de Portugal. Um grande abraço a todos.
Viva os Paises Lusofonos!

  Pátria amada BRASIL!
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1214
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +56/-768
(sem assunto)
« Responder #28 em: Julho 31, 2009, 08:38:59 pm »
Leonardo Besteiro
Citar
Muito bem dito Daniel, mas você se esqueceu de uma coisa, a Marinha Portuguesa ter quer crescer um pouco, nvejam bem, não estou dizendo inchar mas crescer um pouco, seria bom adiquirir mais um sub, que sabe mais umas Fragatas, um Navio da classe Mistral ou o Giuseppe Garibalde que está cotado para sair do serviço ativo na Marinha Italiana em 2010 e na Marinha Portuguesa poderia servir pelo menos como porta-helicópteros, vocês tem de levar em conta a localização e a importância de Portugal. Um grande abraço a todos.


Não por acaso não me esqueci :wink:  c34x
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7750
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 627 vez(es)
  • +245/-235
(sem assunto)
« Responder #29 em: Julho 31, 2009, 10:18:06 pm »
Citação de: "Leonardo Besteiro"
Citação de: "Daniel"
papatango
Citar
O processo é continuo

É aí que eu digo que cada vez mais faz sentido projectos conjuntos, no caso uma industría naval militar forte, pois está-se sempre a evoluir, Portugal e o Brasil podem fazer coisas muito grandes, isto claro se ambas as partes tiverem interesse, o Brasil vai tendo cada vez mais experiência em construção naval, Portugal vai devagar mas novamente começa a ter alguma experiência nessa área, por exemplo o projecto de um novo reabastecedor, NPL, fragatas e quem sabe submarinos são projectos que se poderia fazer em conjunto, uma vez feito já não se esquece, como o caro papatango falou o processo é continuo hoje se faz uma fragata de 3000 T amanha faz-se uma de 6000T e assim por diante, esse é o futuro o caminho a seguir o potencial existe mas tem faltado a prática. c34x

Eu só quero é que o raio dos NPOs sejam feitos e tenhamos o NAVPOL, o resto é matéria filosófica mas que nunca será realidade.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 3571
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 11933
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 3775
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 10284
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Marinha: Seis armas roubadas da base do Alfeite

Iniciado por Camuflage

Respostas: 17
Visualizações: 5816
Última mensagem Agosto 26, 2011, 04:56:26 pm
por nelson38899