Industria de defesa europeia

  • 34 Respostas
  • 10216 Visualizações
*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1045
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 78 vez(es)
  • +15/-5
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #15 em: Janeiro 03, 2014, 12:44:29 pm »
Tanques Leopold II  :lol:
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8555
  • Recebeu: 787 vez(es)
  • Enviou: 1297 vez(es)
  • +86/-34
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #16 em: Janeiro 03, 2014, 02:23:27 pm »
:mrgreen:  :roll:
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7456
  • Recebeu: 637 vez(es)
  • Enviou: 771 vez(es)
  • +101/-30
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #17 em: Janeiro 04, 2014, 12:15:14 am »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8555
  • Recebeu: 787 vez(es)
  • Enviou: 1297 vez(es)
  • +86/-34
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #18 em: Setembro 05, 2014, 12:56:13 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8555
  • Recebeu: 787 vez(es)
  • Enviou: 1297 vez(es)
  • +86/-34
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #19 em: Dezembro 04, 2014, 04:16:30 pm »
FNSS Defence Systems Turquia
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #20 em: Janeiro 28, 2017, 10:45:23 am »
http://www.aereo.jor.br/2017/01/27/airbus-helicopters-atinge-metas-de-entrega-e-mantem-lideranca-de-mercado-em-2016/
Citar
Marignane, 27 de janeiro de 2017 – A Airbus Helicopters entregou 418 helicópteros em 2016, um aumento de cinco por cento em relação a 2015, em um contexto de mercado desafiador. A empresa reforçou sua liderança no segmento de helicópteros civis e governamentais, mantendo sua posição no segmento militar.

Em 2016, foram registradas 188 encomendas de helicópteros mototurbinas, 163 pedidos de biturbinas leves (H135 / H145) e 23 para a família Super Puma. No final de
2016, a carteira de pedidos atingiu 766 helicópteros.

“Os diversos desafios enfrentados em 2016 aumentaram a nossa determinação em apoiar nossos clientes com um compromisso cada vez maior em relação à qualidade e segurança, alavancando o mais moderno portfólio de produtos e serviços”, disse Guillaume Faury, CEO da Airbus Helicopters. “Para a indústria de helicópteros como um todo, 2016 foi provavelmente o ano mais difícil da última década. Apesar deste ambiente desafiador, entregamos nossos objetivos operacionais e conseguimos por em prática o nosso plano de transformação “, acrescentou.

Os destaques de 2016 incluíram o sucesso de importantes campanhas militares para o H225M, que foi selecionado por Cingapura e Kuwait, assim como a família H135/H145
que foi selecionada no Reino Unido para treinamento militar. No ano passado também foram entregues os primeiros Panteras AS565 MBe em versão naval para o México e
Indonésia e registrou-se o primeiro voo do NH90 Sea Lion para a Marinha Alemã.

No lado civil, o primeiro helicóptero biturbina médio H175 em configuração VIP entrou em serviço na Europa, enquanto a versão governamental começou a fazer seus testes
de voo para a certificação, programada para 2017.

Um consórcio chinês assinou um pedido para 100 H135s a serem fabricados localmente nos próximos dez anos, expandindo também a atuação da Airbus Helicopters no país. Sobre o mesmo modelo, a certificação da versão equipada com Helionix também foi um marco no ano, concedida pela EASA em novembro.

As atividades de testes de voo do H160 da próxima geração mantiveram um ritmo constante ao longo do ano, abrindo o caminho para a assinatura das primeiras encomendas em 2017.

Em números gerais, 2016 se encerra com a frota global de aproximadamente 12.000 helicópteros Airbus em serviço, com mais de 3.000 operadores em todo o mundo e a marca de 90 milhões de horas de voo. As aeronaves estão em operação em todos os segmentos, ajudando diariamente os clientes a salvarem vidas, protegerem pessoas e realizarem suas missões mais exigentes.


Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11089
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #21 em: Setembro 25, 2017, 09:15:15 pm »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #22 em: Dezembro 03, 2017, 03:25:49 pm »
https://www.facebook.com/ukdefencejournal/?hc_ref=ARRVyLE9QPtWCGX3gyw4cdGmKARbSnzSp6-lwvrSsLgJqX3vqVNWB5NqqNjwWEevGEw&fref=nf&pnref=story
Citar
Qinetiq have discussed the schedule for the testing of 'Dragonfire' a new British laser directed energy weapon. - http://s.ukdj.link/sps2c



Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

borisdedante

  • Membro
  • *
  • 126
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +0/-0
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #23 em: Dezembro 15, 2017, 11:56:57 am »
 French-German EM Railgun Project Unveiled at DGA Innovation Event

A French-German electromagnetic (EM) railgun project was unveiled during the 2017 "DGA Innovations" event hosted by the French defense procurement agency (DGA). Launched by the ISL (French-German Research Institute of Saint-Louis) in 1987, the project was mostly kept under cover until now.


https://www.armyrecognition.com/december_2017_global_defense_security_news_industry/french-german_em_railgun_project_unveiled_at_dga_innovation_event.html
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #24 em: Dezembro 18, 2017, 10:26:23 am »
https://ukdefencejournal.org.uk/qatar-agrees-contract-typhoon-aircraft/?utm_source=FB&utm_medium=UKDJPage&utm_campaign=social
Citar
BAE Systems and Qatar have agreed a contract for 24 Typhoon jets.

The contract, valued at approximately £5bn, is for the supply of Typhoon aircraft to the Qatar Emiri Air Force along with a bespoke support and training package.

BAE say that the contract is subject to financing conditions and receipt of the first payment, which is expected to be fulfilled no later than mid-2018.

The contract provides for 24 Typhoon aircraft with delivery expected to commence in late 2022.

BAE Systems is the prime contractor for both the provision of the aircraft and the agreed arrangements for the in-service support and initial training.

Charles Woodburn, BAE Systems Chief Executive said:

“We are delighted to begin a new chapter in the development of a long-term relationship with the State of Qatar and the Qatar Armed Forces, and we look forward to working alongside our customer as they continue to develop their military capability.



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #25 em: Fevereiro 04, 2018, 02:08:08 pm »
http://www.aereo.jor.br/2018/01/24/airbus-helicopters-mais-forte-e-agil-mostra-um-solido-desempenho-comercial-em-2017/
Citar
409 helicópteros entregues só no ano passado
 Um sólido desempenho comercial em helicópteros pesados ​​e super-médios
Concluída a primeira fase da transformação geral da empresa
Marignane, 22 de janeiro de 2018 – A Airbus Helicopters entregou 409 helicópteros e registrou 350 encomendas brutas de helicópteros (335 líquidas) em 2017, com forte desempenho comercial nos segmentos pesado e super-médio. A empresa registrou 54 encomendas de helicópteros da família Super Puma e 19 encomendas do super-médio H175, confirmando a liderança de vendas desses tipos em seus respectivos segmentos do mercado. Também foram registradas 168 encomendas de helicópteros leves de motor único e 105 encomendas dos H135/H145 leves de dois motores. No final de 2017, a carteira total somava 692 helicópteros.

“Estamos encerrando agora o primeiro capítulo da transformação iniciada em 2014 em toda a empresa, o que permitiu que ela se tornasse mais forte e ágil em um mercado desafiador. Nossos resultados de 2017 são um testemunho do excelente trabalho realizado por nossas equipes na transformação das operações industriais e na melhoria dos nossos produtos e serviços, ao mesmo tempo que oferecemos um ambicioso roteiro de inovações para preparar o futuro do voo vertical”, disse Guillaume Faury, CEO daAirbus Helicopters. “Ao lançarmos este ano uma segunda onda de transformações na empresa, o nosso foco principal será acelerar esses esforços por meio de uma maior digitalização dos nossos produtos, serviços e operações – em benefício dos nossos clientes e da segurança de nossa frota”.


Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11089
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #26 em: Setembro 21, 2018, 06:24:33 pm »
A oportunidades para as PME europeias na área da defesa


« Última modificação: Setembro 21, 2018, 06:26:34 pm por Lusitano89 »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #27 em: Janeiro 21, 2019, 10:05:01 am »
https://www.forte.jor.br/2019/01/20/israel-recebeu-sistema-de-radar-passivo-kolchuga-m-da-ucrania/?fbclid=IwAR2RbLP17X5DeNhWy9yJQaElwefMzJ_ElI_NJY8H8v6anKFDcQvI1AAyaSU
Citar
A empresa israelense Airsom Ltd. recebeu o sistema de radar passivo Kolchuga-M, fabricado na Ucrânia, segundo o site da ImportGenius
De acordo com o ImportGenius, site de rastreamento de importação e exportação, Israel recebeu o complexo de radar passivo (ESM) de longo alcance de nova geração, chamado de Kolchuga-M.

O aviso da ImportGenius dizia que em março de 2018, uma subsidiária da empresa estatal “Ukrspetsexport” Enterprise “Ukroboronservis” vendeu para a empresa israelense Airsom Ltd. (POB 32307 Tel-Aviv 6132201, 5 Kineret St. Bnei-Brak) o sistema de radar passivo Kolchuga-M.





Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #28 em: Janeiro 31, 2019, 10:30:27 am »
Tudo acontece à Merkle...  :mrgreen: :mrgreen:

https://ukdefencejournal.org.uk/rheinmetall-to-sue-german-government-over-saudi-arms-embargo/?no_cache=1&fbclid=IwAR2BrgHLxiHkkM-yOdJUQYkLzMjbZDdaCZC6F59hsAV9WiVas8fKfiAhOF8

Citar
Citing a letter to the Economy Ministry, local media outlet Spiegel said Rheinmetall intends to sue the German government for loss of revenue if the suspension continues.

Spiegel said Rheinmetall believes it can claim for compensation because the government’s decision affected exports that had already been approved.



Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Industria de defesa europeia
« Responder #29 em: Junho 02, 2019, 12:13:55 pm »
https://www.helis.com/database/news/airbus-argentina?fbclid=IwAR1w0soY-VRq9v3DEecSfZA-DZKS8ZZiEXxeQ9zroNCEtNnHzrMMGEZ85Ck

Citar
Airbus Helicopters, May 31, 2019 - Airbus inaugurated today its new office in Buenos Aires, to strengthen its presence in Latin America and reinforce its commitment to the country.

Alberto Robles, Head of Airbus Strategy & International for Latin America, said that the presence of Airbus in Argentina is a natural step in increasing Airbus’ activity in the region. “There are great opportunities for Airbus in Latin America, and this new office in Buenos Aires is essential to consolidate our products in the region, while continuing to provide an even closer support to our customers in the country.”

Airbus has been present in Argentina for decades. In 1994 Aerolíneas Argentinas became an Aibrus customer with the A310-300. Today, the airline operates a long-range fleet of 10 A330 and two A340. Airbus also established a maintenance training centre in collaboration with Aerolíneas Argentinas to support the airline’s growth. Airbus maintains 35 percent market share of the country’s passenger fleet in service. LATAM and JetSmart also operate in Argentina with their A320 Family aircraft, the world's most popular single-aisle aircraft family.

With more than 40 years in Latin America, Airbus helicopters represent a third of the country’s operating fleet, mainly in service with the Armed Forces and other public institutions such as the Federal Police, the National Gendarmerie, and the Naval Prefecture in several provinces. The more than 85 helicopters in service have a key role in performing vital operations for the population such as border protection and helping to fight against organized crime, search and rescue missions in mountainous areas, firefighting and emergency medical transport. In an effort to closely support its customer operators, Airbus Helicopters also established a maintenance centre in Argentina to improve operations and increase rotorcraft availability.

As part of its on-going contribution to the development of the aerospace industry in the country, Airbus Defence and Space signed an agreement in 2017 with the Argentine aircraft factory "Brigadier San Martín" (FAdeA) to support the Airbus C212 of the Army and Naval Prefecture. These aircraft have been serving the country's Armed Forces and Security sector for more than 25 years.

With over 1,300 employees located throughout 18 sites across eight countries: Argentina, Brazil, Chile, Colombia, Mexico, Peru, Uruguay and a regional hub in Miami, Airbus continues to expand its presence in Latin America with its new facility in Argentina.



Cumprimentos
« Última modificação: Junho 02, 2019, 12:14:38 pm por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

 

Novo código de conduta no mercado europeu da Defesa

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1889
Última mensagem Agosto 02, 2006, 09:19:11 am
por Marauder
Estados Europeus maior cooperação na área da Defesa

Iniciado por Mazagão

Respostas: 1
Visualizações: 2810
Última mensagem Junho 29, 2007, 02:03:09 pm
por SSK
Defesa: MDN e Microsoft criam em Portugal Centro de Inovação

Iniciado por comanche

Respostas: 5
Visualizações: 4615
Última mensagem Agosto 15, 2008, 06:18:51 pm
por jmg
Como reduzir carga tributaria em produtos de defesa

Iniciado por Cezar

Respostas: 5
Visualizações: 1654
Última mensagem Maio 31, 2011, 04:37:02 pm
por Cabeça de Martelo
Desenvolvimento da Base Tecnológica e Industrial de Defesa

Iniciado por Ana Magalhães

Respostas: 4
Visualizações: 4929
Última mensagem Agosto 17, 2008, 01:10:56 am
por Chicken_Bone