Galiza não é um país lusófono!

  • 61 Respostas
  • 15867 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7353
  • Recebeu: 211 vez(es)
  • Enviou: 329 vez(es)
  • +14/-81
(sem assunto)
« Responder #30 em: Maio 26, 2009, 08:15:18 pm »
Citação de: "Ataru"
concordo completamente que a lusofonia merece investimento, nesse aspecto estamos em sintonia.

em relação á galiza já não, pois eu vejo a galiza como parte integrante do mundo lusofono apesar de não ser um país independente.



eu também, mas depois o efeito do alcóol passa  :lol:  :lol:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Ataru

  • 416
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #31 em: Maio 26, 2009, 08:17:02 pm »
Os grandes visionários são sempre gozados...
Greater Portugal = Portugal + Olivença + Galiza and the Eonavian Region + border villages that speak galaico-portuguese dialects + Cape Verde + St. Tomé and Principe.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7353
  • Recebeu: 211 vez(es)
  • Enviou: 329 vez(es)
  • +14/-81
(sem assunto)
« Responder #32 em: Maio 26, 2009, 08:23:25 pm »
Citação de: "Ataru"
Os grandes visionários são sempre gozados...


oh homem, relaxe!!!!  c34x
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

manuel liste

  • Especialista
  • ****
  • 1053
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #33 em: Maio 27, 2009, 09:02:56 am »
Galicia será lusófona cuando Portugal sea hispanófona. Por ahí más o menos  :wink:

Luego seremos los "castelhanos e castelhaniçados" los imperialistas y los que atentamos contra la independencia de Portugal. Vaya tropa...  :roll:
 

*

Ataru

  • 416
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #34 em: Maio 27, 2009, 10:21:41 am »
Claro que Olivença vem primeiro!
Greater Portugal = Portugal + Olivença + Galiza and the Eonavian Region + border villages that speak galaico-portuguese dialects + Cape Verde + St. Tomé and Principe.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14427
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 762 vez(es)
  • +62/-56
(sem assunto)
« Responder #35 em: Maio 27, 2009, 10:31:23 am »
Citação de: "manuel liste"
Galicia será lusófona cuando Portugal sea hispanófona. Por ahí más o menos  :wink:

Luego seremos los "castelhanos e castelhaniçados" los imperialistas y los que atentamos contra la independencia de Portugal. Vaya tropa...  :lol:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7353
  • Recebeu: 211 vez(es)
  • Enviou: 329 vez(es)
  • +14/-81
(sem assunto)
« Responder #36 em: Maio 27, 2009, 10:35:51 am »
pois eu acho que vcs todos deviam seguir aquele nobre conselho "Beba com Moderação" :wink:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

VICTOR4810

  • Perito
  • **
  • 372
  • +0/-1
EN OLIVENZA...
« Responder #37 em: Maio 27, 2009, 05:55:13 pm »
Se canta esta Jota.

   Las mujeres de Olivenza
   No tienen en el mundo igual
   Porque son hijas de España
   Y nietas de Portugal
   Porque tienen el encanto de la mujer castellana
   Y el misterio y la belleza de la mujer lusitana.

   Una buena prueba de integración y respeto ¿verdad?
1.492, DESCUBRIMOS EL PARAISO.
"SIN MAS ENEMIGOS QUE LOS DE MI PÁTRIA"
 

*

Vicente de Lisboa

  • Analista
  • ***
  • 745
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: EN OLIVENZA...
« Responder #38 em: Maio 27, 2009, 06:21:22 pm »
Citação de: "VICTOR4810"
Una buena prueba de integración y respeto ¿verdad?

Verdad. Mas olha que não las vi quando fui a Olivença... onde as esconderam vocês?  :wink:
 

*

sebmellovip

  • 26
  • +0/-0
    • http://www.youtube.com/user/sebmellovip
Olivença?
« Responder #39 em: Maio 27, 2009, 07:31:19 pm »
Citação de: "Ataru"
Claro que Olivença vem primeiro!


Brincas com coisas sérias! Minoritários da Galiza decidem pela maioria? Apaguem a vossa propaganda vergonhosa e ofensiva em relação a Portugal e lutem, se quiserem pelo Galego e pela Galiza. A Galiza não é lusófona. Os galegos quando nascem aprendem Galego e Castelhano.
sebmellovip
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Galiza não é um país lusófono!
« Responder #40 em: Abril 24, 2010, 01:11:02 pm »
Meus dois centavos...

Não haveria necessidade de se "impôr" o idioma português à Galiza, uma vez que o galego é tão compreensível para os lusófonos que poderia ser considerado um dialeto lusófono, até porque o Português surgiu do Galego, ou estou errado?

Não há nada de mal em convidar a Galiza para participar da CPLP, uma vez que países que nem tem quase nada a ver com o idioma português (Ucrânia, Croácia...) também são candidatos a Observador Associado. Se os galegos decidirem aceitar (E Madri concordar), bem, se não, amém.

Os que defendem a integração da Galiza a Portugal devem ser os mesmos que defendem a integração de Portugal à Espanha. Eu acho que a disputa de território entre Portugal e Espanha devia se resumir a Olivença. Se, um dia, Galiza quiser se tornar um país independente ou fazer parte de Portugal, isso deve ser decidido pelo povo galego e/ou por seus representantes oficiais.
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

Viriato

  • 9
  • +0/-0
Re: Galiza não é um país lusófono!
« Responder #41 em: Maio 31, 2010, 10:56:47 pm »
Boa noite a todos,

mais alguns centavos.

se até relativamente pouco tempo o galego não era considerado um idioma diferente do português hoje em dia as entidades oficiais galegas consideram os dois idiomas separados. Curiosamente quando estão no poder governos do PP ou na sua encarnação anterior AP. Nada de novo. Assistimos à mesma estratégia com o catalão e o basco.
Se quisermos ser paranóicos - ou não - até podemos considerar o processo de substituição linguística na galiza o exemplo daquilo que aconteceria com o português numa união ibérica ...

Saúde.
Nos liberi sumus; Rex noster liber est, manus nostrae nos liberverunt, et dominus Rex qui talia consenferit moriatur, et si Rex fuerit non regnet super nos.
 

*

Crypter

  • Especialista
  • ****
  • 1048
  • Recebeu: 162 vez(es)
  • Enviou: 156 vez(es)
  • +9/-2
Re: Galiza não é um país lusófono!
« Responder #42 em: Junho 01, 2010, 12:26:32 am »
Pode ser que ajude na discussão!

 

*

Viriato

  • 9
  • +0/-0
Re: Galiza não é um país lusófono!
« Responder #43 em: Junho 01, 2010, 08:56:01 pm »
Boas,

no mínimo é estranho que não sendo português o léxico galego seja incluído nos vocabulários ortográficos da língua portuguesa sendo considerado mais uma variante do sistema linguístico. Hei. Há doidos para tudo ...

http://blip.tv/play/AYGp1XIC

inclusive o professor João Malaca Casteleiro, da Academia das Ciências de Lisboa e o professor Evanildo Bechara, da Academia Brasileira de Letras. Mas o que é que eles percebem disso? Aliás se deu na televisão deve ser verdade. Não?! Ainda hoje também vi que somos um dos países do mundo de maior crescimento económico.  :wink:

Mas numa coisa concordamos. A Galiza não é um país ... parece que é uma nação mas isso são outros quinhentos.

Saúde.
Nos liberi sumus; Rex noster liber est, manus nostrae nos liberverunt, et dominus Rex qui talia consenferit moriatur, et si Rex fuerit non regnet super nos.
 

*

rosaliano

  • 1
  • +0/-0
Galiza será o que quiserem os seus cidadãos
« Responder #44 em: Julho 04, 2010, 07:41:09 pm »
Depois de ler as mensagens sobre este tópico, parece que há matéria, tema, controvérsia. A opinião maioritária dos linguistas foi sempre, e continua a ser, que o galego é uma forma de português. A Gramática de Lindley Cintra e Celso Cunha, de 1984, inclui um mapa dos dialetos do português europeu em que inclui os dialegos galegos. É também a opinião tradicional da romanística. Mesmo na Espanha, Menéndez Pidal sempre defendeu o galego dentro da língua portuguesa.

A teor dos vídeos que temos visto neste foro, a opinião da Academia das Ciências de Lisboa e a Academia Brasileira de Letras, responsáveis em Portugal e no Brasil pela norma linguística, parece ser também a favor de considerar o galego uma variedade da língua comum. A integração de léxico da Galiza no Vocabulário da Porto Editora é outro exemplo. Portanto, há motivos linguísticos e culturais para a Galiza fazer parte da CPLP. Aliás, o governo autónomo já solicitou a sua entrada como observadora nesse organismo internacional. Não é uma questão de verdade ou mentira, acerto ou engano, mas de estratégia de futuro. Num mundo globalizado manter-se de costas à CPLP é uma grave perda de oportunidades, especialmente em termos económicos.

Outra questão é a das maiorias e minorias políticas, ou se existem as condições adequadas, ou se o governo espanhol está de acordo, ou a existência de partidos políticos galegos que defendam ideias com maior ou menor acerto. Acho que é possível opinar deste tema serenamente, com os dados na mão. Os que aqui andam a fomentar o fantasma do medo a um suposto "perigo galego" deveriam informar-se melhor e pôr cada coisa no seu lugar.
 

 

Galiza em setembro capital da educação ambiental lusófona

Iniciado por comanche

Respostas: 20
Visualizações: 8409
Última mensagem Março 26, 2012, 11:20:19 pm
por latino
Passaporte Lusofono?

Iniciado por legionario

Respostas: 32
Visualizações: 4597
Última mensagem Abril 24, 2010, 12:41:47 pm
por Snowmeow