Notícias da FAP

  • 561 Respostas
  • 130997 Visualizações
*

Srgdoido

  • Membro
  • *
  • 68
  • Recebeu: 10 vez(es)
  • Enviou: 48 vez(es)
  • +1/-0

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2946
  • Recebeu: 1241 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +134/-7
Re: Notícias da FAP
« Responder #541 em: Janeiro 26, 2019, 11:01:22 am »
Portugal eyes contracted M-346 fleet for training need

23 JANUARY, 2019 SOURCE: FLIGHTGLOBAL.COM BY: DOMINIC PERRY LONDON

Portugal is exploring the possibility of contracting advanced jet training for its air force pilots to an external provider that would acquire Leonardo M-346s for the operation.

Lisbon has struggled with its pilot training requirements since the retirement of its Dassault Alpha Jets at the beginning of 2018, sending some crews to the USA as a stopgap measure.

But Gen Manuel Teixeira Rolo, chief of the Portuguese air force, told a 16 January parliamentary defence committee hearing that the US option was not a viable long-term solution.

Instead, he says, Portugal is considering a "power by the hour" contract with a local provider for the requirement.

Rolo identifies Lisbon-based leasing specialist Hi Fly as the company involved. However, it is understood that sister military business SkyTech would acquire and operate the aircraft.


Leonardo

Crucial to the enterprise will be the involvement of additional partner countries. Rolo says he is hopeful that Belgium, the Netherlands and Norway could also join the effort.

All three countries currently fly the Lockheed Martin F-16, but are transitioning to the F-35 for their future fighter requirements. Portugal is also an F-16 operator.

As a result, the project would need a sufficiently advanced jet trainer to support instruction on both the fourth- and fifth-generation types.

Rolo indicates that the M-346 is the prime candidate for the role, although he notes that there are other alternatives on the market.

SkyTech already has a tentative agreement in place with Czech Republic-based Aero Vodochody for 10 L-39NG basic trainers, but it is understood that the type is not considered sufficiently advanced for the Portuguese mission.

Rolo says he is "very optimistic" about the potential partnership, with discussions believed to be at a relatively advanced stage; SkyTech declines to comment.

http://www.thefifthcolumn.xyz/Forum/viewthread.php?tid=39&page=4

A se concretizar é uma excelente notícia.

Abraços
 

*

raphael

  • Especialista
  • ****
  • 1138
  • Recebeu: 156 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +19/-2
Re: Notícias da FAP
« Responder #542 em: Janeiro 28, 2019, 12:06:05 pm »
« Última modificação: Janeiro 28, 2019, 12:08:41 pm por raphael »
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2946
  • Recebeu: 1241 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +134/-7
Re: Notícias da FAP
« Responder #543 em: Janeiro 28, 2019, 01:22:14 pm »
Já lá vão quase 3 anos...
https://rr.sapo.pt/noticia/47382/ha-um-novo-chefe-do-estado-maior-da-forca-aerea

Esta é a notícia agora na FAP...o resto converte-se em "peaners"...

https://www.dn.pt/poder/interior/ministro-vai-substituir-chefe-da-forca-aerea-10489710.html

O Sr CEMFA manifestou, e muito bem, em algumas situações, posições contrárias ás do Governo e lá vai !

Abraços
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: mayo

*

raphael

  • Especialista
  • ****
  • 1138
  • Recebeu: 156 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +19/-2
Re: Notícias da FAP
« Responder #544 em: Janeiro 28, 2019, 04:27:20 pm »
Já lá vão quase 3 anos...
https://rr.sapo.pt/noticia/47382/ha-um-novo-chefe-do-estado-maior-da-forca-aerea

Esta é a notícia agora na FAP...o resto converte-se em "peaners"...

https://www.dn.pt/poder/interior/ministro-vai-substituir-chefe-da-forca-aerea-10489710.html

O Sr CEMFA manifestou, e muito bem, em algumas situações, posições contrárias ás do Governo e lá vai !

Abraços

Também recebeu umas batatas quentes!
Pelo positivo não é ele que vai ser crucificado este Verão...
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1245
  • Recebeu: 348 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +64/-13
Re: Notícias da FAP
« Responder #545 em: Janeiro 31, 2019, 03:37:33 pm »
Governo propõe Nunes Borrego para novo chefe do Estado-Maior da Força Aérea

A deliberação foi aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros, implicando a promoção do actual comandante aéreo a general, indica o comunicado divulgado no final da reunião.



O Governo vai propor ao Presidente da República a nomeação do tenente-general Nunes Borrego para o cargo de chefe do Estado-Maior da Força Aérea, sucedendo ao general Manuel Rolo, que termina o mandato a 24 de Fevereiro.

A deliberação foi aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros, implicando a promoção do actual comandante aéreo a general, indica o comunicado divulgado no final da reunião.

Manuel Nunes Borrego é, desde Setembro de 2016, o Comandante Aéreo da FAP, sucedendo a Manuel Teixeira Rolo para um mandato de três anos.

https://observador.pt/2019/01/31/governo-propoe-nunes-borrego-para-novo-chefe-do-estado-maior-da-forca-aerea/
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2001
  • Recebeu: 765 vez(es)
  • Enviou: 366 vez(es)
  • +104/-22
Re: Notícias da FAP
« Responder #546 em: Janeiro 31, 2019, 04:19:14 pm »
Já lá vão quase 3 anos...
https://rr.sapo.pt/noticia/47382/ha-um-novo-chefe-do-estado-maior-da-forca-aerea

Esta é a notícia agora na FAP...o resto converte-se em "peaners"...

https://www.dn.pt/poder/interior/ministro-vai-substituir-chefe-da-forca-aerea-10489710.html

O Sr CEMFA manifestou, e muito bem, em algumas situações, posições contrárias ás do Governo e lá vai !

Abraços

Daí a surpresa e interrogações que se levantam sobre a sua não-recondução no cargo.

https://www.dn.pt/poder/interior/quais-foram-os-erros-para-o-governo-nao-reconduzir-o-chefe-da-forca-aerea-10512258.html
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4116
  • Recebeu: 21 vez(es)
  • +25/-0
Re: Notícias da FAP
« Responder #547 em: Fevereiro 02, 2019, 10:10:45 pm »
Provavelmente relacionado também com o futuro CEMGFA. A ser reconduzido o general Rolo, sairia a meses da 'troca' de CEMGFA, logo, o CEMFA então nomeado só estaria dois meses no cargo e iria para CEMGFA. O Exército e a Marinha iam-se comer para passar à frente da Força Aérea. Isto, claro, se o atual CEMGFA não fizer mais dois anos além de 2021.
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2001
  • Recebeu: 765 vez(es)
  • Enviou: 366 vez(es)
  • +104/-22
Re: Notícias da FAP
« Responder #548 em: Fevereiro 03, 2019, 09:20:18 am »
Na edição de ontem do DN.

Citar
Avaliações deixam sargentos da Força Aérea em pé de guerra
Peso dos louvores ou número de missões no estrangeiro prejudica quem está fora dos gabinetes ou tem poucas hipóteses de ser destacado.

Manuel Carlos Freire
02 Fevereiro 2019 — 14:03

Um sargento-ajudante ultrapassou vários militares desse posto, incluindo os respetivos chefes e avaliadores da sua especialidade, para promoção a sargento-chefe - apesar de ter estado de baixa nos últimos três anos, revelaram diferentes fontes do ramo ao DN. Nem esse nem os outros militares têm responsabilidade no resultado, que, a ser validado, o fará "ultrapassar muitos" dos seus pares - muitos deles com 16 anos no posto de primeiro-sargento e dez no de ajudante, onde deverão terminar a carreia militar.

Esse foi um dos vários exemplos apresentados como resultado das distorções permitidas pelo novo sistema de avaliação dos militares das Forças Armadas e que, no caso dos sargentos-ajudantes da Força Aérea, levou alguns dos preteridos a deixar ou a pedir para deixar os cargos de chefia que exercem, incluindo em áreas operacionais."Se não sirvo para [sargento-]chefe não sirvo para chefiar (...), arranje-me outro lugar", desabafou um dos visados, ao saber que tinha ficado para trás. O regulamento, aprovado em 2016 pelo então ministro Azeredo Lopes, diz no seu preâmbulo que, "necessariamente, a avaliação dos militares das Forças Armadas deverá ser efetuada com base em critérios objetivos relativamente ao exercício de todas as suas atividades e funções". Porém, um dos problemas reside no peso que a ida para missões externas (há especialidades com poucas hipóteses) ou os louvores têm na nota - como os recebidos por um sargento-ajudante colocado no gabinete de um general e que, por isso, ultrapassou aqueles que continuaram no serviço e eram mais antigos.

"Há um profundo descontentamento com algo que mina a solidariedade e coesão entre os militares, colocando uns a olhar de lado para outros", assegurou ao DN o único candidato à presidência da Associação Nacional de Sargentos (ANS) e que é eleito neste sábado, o sargento-mor na reserva Lima Coelho. Militar da Força Aérea, cujo regresso à vida associativa foi saudado nesta semana por deputados de esquerda e de direita na Comissão de Defesa, Lima Coelho garantiu ainda que esse mal-estar vai alargar-se aos outros postos da categoria de sargentos quando o sistema de avaliação lhes foi aplicado. As bases do Montijo (esquadras de transporte) e de Monte Real (caças F-16) são duas das unidades operacionais onde houve sargentos-ajudantes a protestar contra os resultados das avaliações - um regime que já tinha levado a ANS a entregar uma petição com milhares de assinaturas ao Parlamento para suspender a sua implementação.

Em outubro passado, a Comissão de Defesa aceitou por unanimidade analisar as reservas dos militares sobre a matéria. Embora a responsabilidade pela regulamentação do regime de avaliações seja do governo, o próprio PS afirmou que a Assembleia da República "tem possibilidade de mexer no Estatuto dos Militares das Forças Armadas, a partir do qual o governo seria forçado" a rever as regras. A Força Aérea não respondeu às questões do DN sobre o assunto: confirmar a existência de distorções no ordenamento dos sargentos-ajudantes avaliados, perceber se esses alegados casos justificam fazer correções ao sistema de avaliação, se houve muitos ou poucos desses militares a requerer a sua substituição nas funções de chefia como resultado das avaliações ou se há o risco de muitos deles passarem à reserva devido à insatisfação existente.

Regresso... para um mandato

Lima Coelho, após uma "longa reflexão" com sargentos ligados ao universo associativo, aceitou candidatar-se mais uma vez à presidência da ANS em eleições que decorrem este sábado na Casa do Alentejo, em Lisboa. "Quero ajudar os mais novos, com a minha experiência e conhecimento, a afirmar a ANS quando celebra 30 anos", explicou o sargento-mor na reserva ao DN. Trata-se de "impulsionar sangue novo, novas equipas" de sargentos - mostrando-lhes o próprio exemplo de que "os processos disciplinares não inibem de chegar ao topo". O facto de passar à reforma dentro de dois anos leva-o a assumir que este será o último mandato à frente da ANS, depois de ter sido presidente da associação durante 15 anos consecutivos entre 2000 e 2015. "A reforma dificulta ainda mais a ligação" às Forças Armadas, até porque o próprio pagamento do salário deixa nessa altura de ser feito pelos ramos, reconheceu António Lima Coelho.

Desafios do novo chefe da Força Aérea

A insatisfação dos sargentos, que tenderá a alargar-se às categorias de oficiais e praças caso se mantenha inalterado o regulamento de avaliação do mérito dos militares das Forças Armadas, será uma das batatas quentes que o tenente-general Joaquim Borrego vai ter nas mãos quando assumir, dentro de três semanas, o cargo de chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA). O atual comandante aéreo foi escolhido esta semana pelo Governo para suceder ao general Manuel Rolo, embora a sua nomeação seja uma competência do Presidente da República (o qual terá sido ouvido previamente, como é regra nestas situações).

Esta escolha faz com que o futuro general Joaquim Borrego seja o sucessor do almirante Silva Ribeiro como chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) em 2021 ou 2023, se ele for reconduzido no cargo rotativo entre os três ramos e onde cabe à Força Aérea indicar o próximo titular. Além dos problemas de pessoal, nos quais se incluem as promoções e as progressões na carreira, o novo CEMFA vai ter de gerir as mudanças impostas pela abertura do Montijo à aviação civil.

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/02-fev-2019/interior/avaliacoes-deixam-sargentos-da-forca-aerea-em-pe-de-guerra-10522621.html
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6634
  • Recebeu: 235 vez(es)
  • Enviou: 173 vez(es)
  • +32/-0
Re: Notícias da FAP
« Responder #549 em: Março 01, 2019, 10:44:57 am »
Despacho n.º 2091/2019 - Diário da República n.º 43/2019, Série II de 2019-03-01 120392647
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Alteração ao Despacho de Formalização da Estrutura de Gestão do Projeto POACCS III [Nota: Comando e Controlo Aéreo]

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/120392647/details/2/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=120392616
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2884
  • Recebeu: 70 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +32/-18
Re: Notícias da FAP
« Responder #550 em: Março 02, 2019, 11:58:47 am »
Despacho n.º 2091/2019 - Diário da República n.º 43/2019, Série II de 2019-03-01 120392647
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Alteração ao Despacho de Formalização da Estrutura de Gestão do Projeto POACCS III [Nota: Comando e Controlo Aéreo]

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/120392647/details/2/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=120392616

Resumidamente será a Estação de Radar nº4 ?

Cumprimentos
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4095
  • Recebeu: 239 vez(es)
  • Enviou: 242 vez(es)
  • +20/-1
Re: Notícias da FAP
« Responder #551 em: Março 02, 2019, 12:54:15 pm »
Despacho n.º 2091/2019 - Diário da República n.º 43/2019, Série II de 2019-03-01 120392647
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Alteração ao Despacho de Formalização da Estrutura de Gestão do Projeto POACCS III [Nota: Comando e Controlo Aéreo]

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/120392647/details/2/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=120392616

Não me parece! Deverá ser a atualização do que existe!

Não faz sentido estar a instalar mais um radar na madeira, quando nos açores ainda não temos nenhum!



Cumprimentos
« Última modificação: Março 03, 2019, 12:01:34 pm por nelson38899 »
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

raphael

  • Especialista
  • ****
  • 1138
  • Recebeu: 156 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +19/-2
Re: Notícias da FAP
« Responder #552 em: Março 03, 2019, 11:56:37 am »
Sim é um upadate ao da Madeira...digo eu...porque o mesmo ainda não está 100% funcional, pelo menos foi o que disse a Sec Estado da Defesa numa audição parlamentar.

Nos Açores nós não temos radar...no entanto, os americas na Terceira têm um radar que foi atualizado há 2 anos.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2946
  • Recebeu: 1241 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +134/-7
Re: Notícias da FAP
« Responder #553 em: Março 03, 2019, 12:10:59 pm »
No que diz respeito ao radar da Madeira :

FMP    LPPCFMP   Published   03/03/2019 09:24                       
Regulations Id          LPMAD03A     WEF   03/03/2019 11:40                       
Flight Level                    ALL                   UNT   03/03/2019 15:40                       
Reason   ATC Equipment                               
RMK Radar replacement
     LPPC: MADEIRA SECTOR

Abraços

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7137
  • Recebeu: 527 vez(es)
  • Enviou: 652 vez(es)
  • +35/-12
Re: Notícias da FAP
« Responder #554 em: Março 03, 2019, 12:11:24 pm »
O radar dos americanos na Terceira é de defesa aérea? Ou é como os que existem nos aeroportos, de apoio às aterragens?