Notícias do Exército Brasileiro

  • 1200 Respostas
  • 318904 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1140 em: Outubro 11, 2018, 01:52:12 am »
Militares da Brigada de Infantaria  Pára-quedista realizam o módulo aeroterrestre


Citar
Rio de Janeiro (RJ) – Em 2 de outubro, a tradicional Força-Tarefa Santos Dumont, que tem como base o 26º Batalhão de Infantaria Pará-quedista, reforçado pelas demais organizações militares da Brigada de Infantaria Pára-quedista, realizou o Módulo Aeroterrestre da Operação Saci 2018.

As atividades desenvolvidas foram: aprestamento da tropa para cumprir missão de defesa externa; salto semiautomático armado e equipado da aeronave C-105 Amazonas, da Força Aérea Brasileira, na Zona de Lançamento de Itaguaí (RJ); e reorganização.

Ao longo do dia, foram realizadas 360 aberturas de velame, constituindo uma excelente oportunidade de adestramento aeroterrestre.

Em novembro, a Força-Tarefa Santos Dumont continuará na Operação Saci no município de Resende (RJ), realizando o Módulo Terrestre, com Marcha para o Combate, Ataque Coordenado e estabelecimento de uma Cabeça de Ponte Aérea, integrada na Brigada de Infantaria Pára-quedista.












 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1141 em: Outubro 12, 2018, 03:01:31 pm »
Escola de Sargentos das Armas - Estágio de Operação contra Forças Irregulares


Citar
São Thomé das Letras (MG) – Nos períodos de 17 a 21 de setembro e de 25 a 28 de setembro de 2018, os alunos dos Cursos de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações da Escola de Sargentos das Armas (ESA), sob a supervisão da Seção de Instrução Especial (SIEsp), realizaram o Estágio de Operações Contra Forças Irregulares (EOpCFI), no Campo de Instrução General Moacyr Araújo Lopes (CIGMAL), distrito de Sobradinho, e no município de São Tomé das Letras, Minas Gerais.

Tal atividade teve por finalidade realizar o adestramento dos alunos em operações de patrulha, operações de busca e apreensão (OBA), Posto de Bloqueio e Controle de Vias (PBCV), Tática e Técnica de Viatura Blindada de Transporte de Pessoal – Média de Rodas Guarani, Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear, aspectos jurídicos das OpCFI, resgate, emboscada e destruição, além de desenvolver valores, como a iniciativa, a perseverança, a rusticidade, a coragem física e moral e a camaradagem.

Durante as semanas de instrução, foi realizada uma ação cívico-social (ACISO) pela ESA, em São Thomé das Letras, com palestras nas escolas (municipal e estadual) sobre valores e família, formas de Ingresso no Exército Brasileiro, prevenção quanto ao uso de drogas e higiene bucal. Atendimentos médicos especializados foram oferecidos na áreas de Ortopedia, Ginecologia e Clínica Geral. Houve, também, apresentação da banda de música e formatura de encerramento do estágio.

A SIEsp conduz importantes exercícios no terreno, com a finalidade de transmitir conhecimentos atualizados sobre atividades especiais e desenvolver nos futuros sargentos atributos inerentes à carreira das Armas.

FONTE: http://www.eb.mil.br/web/noticias/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/MjaG93KcunQI/content/id/9299248




 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1142 em: Outubro 12, 2018, 03:08:24 pm »
1º TIRO COM O FOGUETE SS-80 DO SISTEMA ASTROS NO BRASIL


Citar
Formosa (GO) – No dia 10 de outubro, foi realizado o primeiro tiro com o Foguete SS-80 do Sistema Astros no Brasil. A atividade fez parte do Período de Adestramento Básico (PAB), nível Unidade, do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes. Dentre as atividades realizadas, estão a verificação doutrinária do Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes e o apoio Logístico do Centro de Logística de Mísseis e Foguetes. Estiveram envolvidas todas as organizações militares do Forte Santa Bárbara.

O Foguete SS-80 foi adquirido pela primeira vez pelo Exército Brasileiro por meio da Gerência do Programa Estratégico Astros 2020 e pode alcançar distâncias de cerca de 100 km.

FONTE: http://www.eb.mil.br/web/noticias/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/MjaG93KcunQI/content/1-tiro-com-o-foguete-ss-80-do-sistema-astros-no-brasil/8357041






 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1143 em: Outubro 12, 2018, 03:15:23 pm »
15ª Brigada de Infantaria Mecanizada - Pronto Operação


Citar
Cascavel (PR) – Em 8 de outubro, a 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada (15ª Bda Inf Mec) recebeu a visita do General de Brigada Hertz Pires do Nascimento, Chefe do Centro de Doutrina do Exército.

Inicialmente, a comitiva foi recepcionada no Quartel-General da Brigada Guarani pelo General de Brigada Roberth Alexandre Eickhoff, Comandante da 15ª Bda Inf Mec. Na sequência, a comitiva assistiu a uma palestra versando sobre a situação atual da Experimentação Doutrinária da Infantaria Mecanizada no âmbito da Brigada.

Após a palestra, a comitiva conheceu as modernas instalações do 33º Batalhão de Infantaria Mecanizado e verificou o aprestamento de uma Companhia de Fuzileiros Mecanizada.

FONTE: http://www.eb.mil.br/web/noticias/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/MjaG93KcunQI/content/comitiva-do-centro-de-doutrina-do-exercito-visita-a-15-brigada-de-infantaria-mecanizada/8357041






 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14936
  • Recebeu: 971 vez(es)
  • Enviou: 929 vez(es)
  • +161/-151
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1144 em: Outubro 20, 2018, 02:30:21 pm »
Conheça os generais envolvidos no projeto de governo escravista de Bolsonaro

A campanha de Jair Bolsonaro conta inúmeros generais em posições estratégicas e como seus apoiadores. Conheça aqui alguns dos principais articuladores da campanha e do projeto de governo e suas políticas ultradireitistas.

http://www.esquerdadiario.com.br/Conheca-os-generais-envolvidos-no-projeto-de-governo-escravista-de-Bolsonaro
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 388
  • Recebeu: 127 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +20/-8
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1145 em: Outubro 22, 2018, 10:36:05 am »
Conheça os generais envolvidos no projeto de governo escravista de Bolsonaro

A campanha de Jair Bolsonaro conta inúmeros generais em posições estratégicas e como seus apoiadores. Conheça aqui alguns dos principais articuladores da campanha e do projeto de governo e suas políticas ultradireitistas.

http://www.esquerdadiario.com.br/Conheca-os-generais-envolvidos-no-projeto-de-governo-escravista-de-Bolsonaro

Não leve a mal mas quando o domínio é esquerdadiario.com.br, só me faz não querer ler. Acho que neste momento nenhuma das partes quer esclarecer nem ver contada a verdade. Andam numa de ver quem consegue a maior desinformação. Política no seu melhor.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14936
  • Recebeu: 971 vez(es)
  • Enviou: 929 vez(es)
  • +161/-151
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1146 em: Outubro 22, 2018, 10:52:17 am »
O título diz tudo...

O importante era mesmo ver a quantidade elevada de Generais que vão estar no novo governo do Bolsonaro.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1147 em: Outubro 24, 2018, 07:08:20 pm »
Em Manaus, inicia o Curso Internacional de Operações na Selva para militares de 14 países das Nações Amigas


Citar
Manaus (AM) – No período de 11 a 16 de outubro de 2018, denominada Semana de Mobilização, o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) recebeu e avaliou os 34 candidatos estrangeiros que concorreram à matricula no Curso Internacional de Operações na Selva (CIOS), direcionados à militares de Nações Amigas. Além da preparação, dos testes físicos de seleção e dos exames médicos, os militares realizaram uma interação doutrinária, ocasião onde os candidatos recebem de instrutores e monitores do CIGS uma situação-problema militar real em ambiente de selva, preparam e apresentam a solução para esse problema, conforme as doutrinas militares de seus países, permitindo a interação e compartilhamento de experiências e conhecimentos.

Iniciaram portanto, dia 19 de outubro, no Centro de Instrução de Guerra na Selva o Curso Internacional de Operações na Selva, 28 militares de 14 países que foram aprovados. O início do curso foi marcado com uma formatura, na qual estiveram as seguintes autoridades: General de Brigada Carlos José Russo Assumpção Penteado, Chefe do Preparo da Força Terrestre (COTer); General de Brigada Edson Skora Rosty, Chefe do Estado-Maior do Comando Militar da Amazônia (CMA); e da Dra. Andrea Cristina Marangoni Muniz, Procuradora Chefe da Procuradoria de Justiça Militar em Manaus; Cmt de OM da Gu de Manaus e os "velhas onças".

Na oportunidade, o Comandante do CIGS, Coronel Nilton de Figueiredo Lampert, falou da preparação e da importância do CIOS, o qual possibilita a troca de experiências entre os militares das nações amigas e destacou algumas dificuldades que os militares passarão: “O Curso não será fácil, exigirá muita determinação, sabedoria, força de vontade e, acima de tudo, muita superação”.

O Curso Internacional de Operações na Selva será realizado em sete semanas, sendo dividido em 3 fases: de vida na selva, de técnicas especiais e, por fim, a fase de operações, na qual os militares colocam na prática os ensinamentos adquiridos nas fases anteriores.

Para o CIOS 2018 foram matriculados 28 militares dos seguintes países: Alemanha, Argentina, Bolívia, Canadá, China, Espanha, França, Guatemala, Guiana, Indonésia, México, Paraguai, Senegal e Uruguai.

FONTE: http://www.eb.mil.br/web/noticias/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/MjaG93KcunQI/content/id/9334051









 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5445
  • Recebeu: 1089 vez(es)
  • Enviou: 599 vez(es)
  • +342/-136
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1148 em: Outubro 27, 2018, 05:57:27 pm »
lol  ;D ;D

https://www.forte.jor.br/2018/10/25/haddad-diz-que-a-venezuela-tem-condicoes-belicas-superiores-a-do-brasil/?fbclid=IwAR2HJdT0FHJdjBIJrQu4s-QwnwPc26JlzcHc7uIozqbpWGYAsv0Ar7yUIoU
Citar
Oficiais generais presentes à cerimônia do Dia do Aviador, realizada na Base Aérea de Brasília, nesta terça-feira (23) se disseram “desrespeitados” com declarações do candidato petista
Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite de segunda-feira (22), o presidenciável Fernando Haddad (PT) foi questionado se não via como um erro colocar o seu partido como uma única opção para a democracia.

O petista rebateu dizendo que seu adversário “incita a morte de pessoas” e acrescentou:

O filho dele (Eduardo Bolsonaro), na Avenida Paulista, disse que vai declarar guerra à Venezuela. Ele nem conhece a situação das Forças Armadas. A Venezuela tem condições bélicas superiores a do Brasil.

E acrescentou:

Para o Brasil declarar guerra e mandar jovens brasileiros morrer na fronteira com a Venezuela ou pede ajuda para um império internacional, provavelmente os americanos, para quem ele bate continência, ou nós vamos mandar jovens brasileiros pobres provavelmente para morrer em um conflito que não é o nosso.

Os militares presentes na cerimônia, que preferiram falar na condição de anonimato à revista ISTOÉ, disseram se sentir “ofendidos” e “desrespeitados” com a fala do candidato do PT.

Segundo eles, Haddad “não conhece nada das nossas Forças Armadas” e está “menosprezando” a formação dos militares brasileiros. Criticaram ainda a forma que o petista lida com uma questão delicada ao citar de forma irresponsável sobre declarar guerra ao país vizinho com apoio dos Estados Unidos.

Na manhã de segunda-feira (22), o candidato do PT também criticou a suposta intimidação das Forças Armadas contra as instituições democráticas do país.





Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5445
  • Recebeu: 1089 vez(es)
  • Enviou: 599 vez(es)
  • +342/-136
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1149 em: Novembro 01, 2018, 01:45:55 pm »
Fonix. Um armário com rodas...  ;D :jok:

http://tecnodefesa.com.br/novo-blindado-do-exercito-brasileiro-na-intervencao-federal-gif/?fbclid=IwAR0AXIGCCsdFD73BNWU6bq6gu9LBXjbeZdAMP_Al8WUwnLrh4LCih003D_E

Citar
Na manhã de 29 de outubro, no que seria mais uma ocorrência policial na Intervenção Federal do Rio de Janeiro, uma moto colidiu com um veículo do Exército Brasileiro (EB) no Jardim Catarina.

Um dos ocupantes da motocicleta acabou detido pelo porte proibido de uma pistola.

A ocorrência acabou gerando uma grande movimentação de militares e viaturas.

Presente na cena da ação, o fotógrafo Filipi Castro flagrou, pela primeira vez, o Blindado VEsPa 1 operando nas cores do EB.

As fotos, divulgadas pelas redes sociais e pelo Portal de Notícias O Fluminense, demandou uma apuração mais direcionada, e assim a redação de T&D, através de seu especialista em blindados, Paulo Roberto Bastos, identificou corretamente o veículo como o protótipo do VEsPa 1.

Segundos fontes consultadas pela publicação, mais um protótipo da família de blindados leves desenvolvidos pelo CTEx (existem dois) foi colocado a disposição do Gabinete de Intervenção Federal do Rio de Janeiro, e deverá começar a participar das ações em breve.





Cumprimentos

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1150 em: Novembro 01, 2018, 02:03:46 pm »
Fonix. Um armário com rodas...  ;D :jok:

http://tecnodefesa.com.br/novo-blindado-do-exercito-brasileiro-na-intervencao-federal-gif/?fbclid=IwAR0AXIGCCsdFD73BNWU6bq6gu9LBXjbeZdAMP_Al8WUwnLrh4LCih003D_E

Citar
Na manhã de 29 de outubro, no que seria mais uma ocorrência policial na Intervenção Federal do Rio de Janeiro, uma moto colidiu com um veículo do Exército Brasileiro (EB) no Jardim Catarina.

Um dos ocupantes da motocicleta acabou detido pelo porte proibido de uma pistola.

A ocorrência acabou gerando uma grande movimentação de militares e viaturas.

Presente na cena da ação, o fotógrafo Filipi Castro flagrou, pela primeira vez, o Blindado VEsPa 1 operando nas cores do EB.

As fotos, divulgadas pelas redes sociais e pelo Portal de Notícias O Fluminense, demandou uma apuração mais direcionada, e assim a redação de T&D, através de seu especialista em blindados, Paulo Roberto Bastos, identificou corretamente o veículo como o protótipo do VEsPa 1.

Segundos fontes consultadas pela publicação, mais um protótipo da família de blindados leves desenvolvidos pelo CTEx (existem dois) foi colocado a disposição do Gabinete de Intervenção Federal do Rio de Janeiro, e deverá começar a participar das ações em breve.





Cumprimentos

O VEsPa 1, não é o melhor veículo blindado do mundo, mas diante da precariedade é melhor do que as Agrale Marruá sem proteção balística.

 ;)
« Última modificação: Novembro 01, 2018, 02:30:10 pm por Vitor Santos »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1151 em: Novembro 01, 2018, 02:55:08 pm »
“Novo” blindado do Exército Brasileiro na Intervenção Federal no Rio de Janeiro

Com capacidade para transportar cinco policiais na célula á frente e até seis presos no habitáculo da parte traseira, o VEsPa 1 é estreito, leve e ágil, permitindo manobras e incursões em locais de difícil acesso.

PAULO ROBERTO BASTOS

Na manhã de 29 de outubro, no que seria mais uma ocorrência policial na Intervenção Federal do Rio de Janeiro, uma moto colidiu com um veículo do Exército Brasileiro (EB) no Jardim Catarina.

Um dos ocupantes da motocicleta acabou detido pelo porte proibido de uma pistola.

A ocorrência acabou gerando uma grande movimentação de militares e viaturas.

Presente na cena da ação, o fotógrafo Filipi Castro flagrou, pela primeira vez, o Blindado VEsPa 1 operando nas cores do EB.

As fotos, divulgadas pelas redes sociais e pelo Portal de Notícias O Fluminense, demandou uma apuração mais direcionada, e assim a redação de T&D, através de seu especialista em blindados, Paulo Roberto Bastos, identificou corretamente o veículo como o protótipo do VEsPa 1.

Segundos fontes consultadas pela publicação, mais um protótipo da família de blindados leves desenvolvidos pelo CTEx (existem dois) foi colocado a disposição do Gabinete de Intervenção Federal do Rio de Janeiro, e deverá começar a participar das ações em breve.

A família de Blindados Médios do CTEx

O Centro Tecnológico do Exército (CTEx), órgão do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), tem como missão a pesquisa e desenvolvimento de materiais de emprego militar (MEM) de interesse do Exército Brasileiro (EB).


Em 2008, em um convênio com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, o órgão desenvolveu um veículo com requisitos apresentados pela Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro (SESEG), recursos  da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), e participação direta das empresas AGRALE, responsável pelo chassi, e AUTOLIFE BLINDAGENS, responsável pela carroceria.

Dessa forma surgiu o protótipo da Viatura Especial de Patrulhamento (VEsPa), flagrada hoje no Rio.


Esse protótipo utiliza um chassi Agrale modelo MA 6.0, especialmente desenvolvido para a aplicação, e um motor eletrônico MWM-International 4.07 TCE de 140 cvde potência a 3.500 rpm.

Com capacidade para transportar cinco policiais na célula á frente e até seis presos no habitáculo da parte traseira, o veículo é estreito, leve e ágil, permitindo manobras e incursões em locais de difícil acesso, e o patrulhamento ostensivo nas vias expressas do Rio de Janeiro.



Após os testes efetuadas pelas polícias civis e militares do Estado, diversas melhorias foram sugeridas e, novamente com recursos da FAPERJ, um novo veículo blindado multiuso e com muito mais capacidade foi desenvolvido, o VEsPa 2, que  também objetivava a aplicação por parte das forças policiais, e que foi apresentado na LAAD 2011.





Já em 2012, aproveitando a experiência adquirida anteriormente com o programa VEsPa e com o objetivo de atender à crescente demanda de utilização de blindados em ambientes urbanos, seja em Operações de Manutenção da Paz sob a égide da ONU ou em operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), surge o terceiro protótipo de blindado policial do CTEx, a Viatura Blindada de Patrulhamento de Emprego Dual (VBPED), cujo os Requisitos Operacionais Básicos (ROB) priorizavam a proteção balística, mobilidade e logística.


Com capacidade e de transporte de sete militares (motorista, chefe de viatura/comandante e cinco fuzileiros) e sempre privilegiando o uso de componentes comerciais nacionais, foi montado sobre o chassi Agrale MA 9.2 e foi equipado com um motor MWM Acteon 4.12 TCE com 150hp a 2200 rpm, com caixa automática Allison LTC 2000.

Possui Blindagem Nível III PA2, da Norma NBR 15000, resistente a disparos de calibres 7,62x51mm e 5,56×45 mm, escotilhas e seteiras para disparos.

É equipado com uma torreta mecânica para metralhadora leve, mas está sendo idealizado para utilizar um sistema de armas remotamente controlado, como o reparo REMAX.


Fotos: CTEx, via acervo Paulo Roberto Bastos

FONTE: http://tecnodefesa.com.br/novo-blindado-do-exercito-brasileiro-na-intervencao-federal-gif/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1152 em: Novembro 02, 2018, 05:37:48 pm »
17º RC Mec coopera na instrução de cadetes da AMAN


Citar
Amambai (MS) – No período de 21 a 24 de outubro, o 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado recebeu os Cadetes do 2º e 4º Anos do Curso de Cavalaria da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), cumprindo um Pedido de Cooperação de Instrução (PCI).

Na oportunidade, os cadetes visitaram as instalações do Regimento, onde puderam conhecer a Seção de Instrução de Blindados (S I Bld), o Centro de Operações (COP) e os materiais do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON).

Tiveram também instruções técnicas sobre as viaturas e equipamentos do Pelotão de Cavalaria Mecanizado (Pel C Mec) e realizaram um exercício de adestramento em defesa externa, ocasião em que ocuparam uma Zona de Reunião.

Logo após, realizaram um Reconhecimento de Eixo, Área e Zona e, ao final da missão, conquistaram e mantiveram uma Posição de Bloqueio.

Finalizando as atividades, os cadetes participaram de uma solenidade militar, ocasião em que os cadetes do 2º ano da AMAN receberam a boina preta, símbolo do combatente blindado e mecanizado.

FONTE: https://www.forte.jor.br/2018/11/01/17o-rc-mec-coopera-na-instrucao-de-cadetes-da-aman/





 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1153 em: Novembro 04, 2018, 01:44:15 pm »
Exército brasileiro lança edital para aquisição de protótipos de novos uniformes


Citar
O Exército brasileiro deverá dar um importante salto tecnológico na indumentária da tropa, a partir de 2019. A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) lançou o edital de concurso para a aquisição de três protótipos de uniformes inteligentes, que deverão ser compostos por camiseta manga curta, meias, cinto, gandola camuflada e calça camuflada de combate.

O protótipo a ser desenvolvido deverá ser operacional para forças terrestres com vistas a atender ao mercado nacional e internacional, incluindo a possibilidade de aplicação dual, mediante a incorporação de tecnologias inovadoras em design, produtos têxteis, novos materiais e eletrônica embarcada.

As inscrições devem ser feitas até o dia 7 de novembro e podem participar pessoas físicas ou jurídicas que atendam integralmente às exigências do edital, publicado no site da ABDI. A premiação, no valor total de R$ 120 mil, será entregue no dia 27 de novembro para o 1º lugar (R$ 50 mil), 2º lugar (R$ 40 mil) e 3º lugar (R$ 30 mil), e os protótipos serão entregues à ABDI até o dia 18 de dezembro.

Os protótipos dos uniformes deverão ser entregues até o dia 18 de dezembro. No primeiro trimestre de 2019, a ABDI deverá agregar as especificações contidas no projeto executivo dos protótipos com as especificações do Exército Brasileiro e encaminhar para a produção de um lote piloto com outros parceiros para que possam ser utilizados para testes militares. Para mais informações sobre o edital de Uniformes Inteligentes clique aqui.

Segundo a Agência, o conhecimento adquirido a partir do projeto piloto dos uniformes inteligentes tende a ser transversal. O principal objetivo do concurso é agregar tecnologias do setor têxtil com as inovações em wearables.

O Exército já realizou outras iniciativas de uniformes inteligentes para as tropas, mas nenhuma ação previu a prototipação e a produção do lote inicial.

Fonte: TI inside / http://www.planobrazil.com/exercito-brasileiro-lanca-edital-para-aquisicao-de-prototipos-de-novos-uniformes/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3905
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 260 vez(es)
  • +523/-624
Re: Exército Brasileiro
« Responder #1154 em: Novembro 07, 2018, 04:40:00 pm »
MANOBRA ESCOLAR 2018: Operacionalidade, segurança e muito trabalho em favor da formação de profissionais militares brasileiros


Citar
Resende (RJ) – Teve início, no dia 6 de novembro, as atividades conjuntas da Manobra Escolar 2018 na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), com um painel de ambientação e caracterização do exercício militar.

A manobra escolar reúne 4.300 militares, mais de 500 veículos e 10 aeronaves, no período de 5 a 16 de novembro. Organizada pelo Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx), é uma das mais importantes atividades de combate simulado do Exército Brasileiro. Ela emprega os equipamentos e armamentos mais modernos disponíveis, além de contemplar diversos aspectos da guerra moderna, como o combate a forças irregulares e o enfrentamento em ambiente humanizado. Nesse período, os moradores da cidade de Resende e região presenciam uma grande movimentação de militares, aeronaves e viaturas pelos municípios e também pela Rodovia Presidente Dutra.

Paralelo aos exercícios tipicamente militares, também são realizadas ações cívico-sociais, nas quais o Exército tem a oportunidade de prestar diversos serviços à população, como atendimento médico-odontológico e ambulatorial, além de reforçar a integração da Força Terrestre com as comunidades. Serão visitadas as comunidades de Nossa Senhora do Amparo, em Barra Mansa, nos dias 8 e 9 de novembro; Quatis, nos dias 10 e 11 de novembro; Falcão, em Resende, no dia 11 de novembro; e Porto Real no dia 12 de novembro. Os atendimentos serão realizados das 8 h às 12 h e das 13 h às 17 h, nos postos de saúde de cada comunidade. Para serem atendidos, os interessados devem realizar o agendamento, no posto de saúde mais próximo da sua residência.

Para recepcionar os componentes de diferentes equipes e ambientá-los quanto às atividades operacionais, o Subcomandante da AMAN, Coronel Paulo Roberto Coriolano, fez a abertura da atividade no Teatro Acadêmico. Nela, procedeu-se a um pequeno histórico do exercício: “A manobra escolar da AMAN mudou muito dos anos 1980 para a que estamos realizando hoje. De um evento interno da AMAN, envolvendo os cadetes no treinamento e na execução naqueles anos, chegamos a um exercício que envolve diversos estabelecimentos de ensino vinculados ao DECEx, no qual participam cerca de 4.300 militares. Esse conjunto de atividades é impactado por duas equações: a do tempo e a da segurança, no que diz respeito a seu nível de realismo”, explicou o Subcomandante. Ele continuou sua explanação ressaltando aspectos garantidores de sucesso para o evento: “a equação do tempo, porque não é possível um planejamento que supere o período da própria manobra e a equação da segurança, porque não é possível praticar ações militares deixando à parte a gestão dos riscos”, destacou o Subcomandante da AMAN. Encerrou a sua fala com um chamamento a todos quanto às suas responsabilidades do princípio ao fim da exercício. “Há três fatores que proporcionam a segurança em operações: o primeiro é o próprio militar que é responsável pela sua integridade física; o segundo é o militar que o acompanha, uma vez que todas as atividades são realizadas com o mínimo de dois militares; e o terceiro é a responsabilidade do planejamento da operação”, concluiu.

A mais alta autoridade presente no painel de abertura foi o Comandante de Aviação do Exército, General de Brigada Carlos Waldyr Aguiar. Além da AMAN, participam da Manobra Escolar 2018 o DECEx; a Diretoria de Educação Superior Militar; o Comando de Operações Terrestres; o Centro de Comunicação Social do Exército; o Centro de Estudo de Pessoal e Forte Duque de Caxias; a Escola de Inteligência Militar do Exército; o 1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear; o Comando de Aviação do Exército; o 1º Batalhão de Operações Psicológicas; o Centro de Adestramento Leste; o Hospital Militar de Resende; o 6º Grupo de Mísseis e Foguetes; o 6º Batalhão de Inteligência Militar; o 1º Batalhão de Guerra Eletrônica; o Centro de Instrução de Guerra Eletrônica; o Instituto Militar de Engenharia; o Hospital de Campanha; a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército; a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais; a Escola de Formação Complementar do Exército; a Escola de Saúde do Exército; a Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos; a Escola de Sargentos de Logística; a Escola de Instrução Especializada; a Escola de Sargentos das Armas; o Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército; e o Centro de Instrução de Artilharia, Mísseis e Foguetes.

FONTE: http://www.eb.mil.br/web/noticias/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/MjaG93KcunQI/content/manobra-2018-operacionalidade-seguranca-e-integracao











 

 

Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (Cmdo Com GE Ex)

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 2
Visualizações: 63
Última mensagem Julho 23, 2019, 07:09:03 pm
por Vitor Santos
Aviação do Exército (AvEx)

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 87
Visualizações: 1993
Última mensagem Maio 28, 2019, 03:45:02 am
por Vitor Santos
Projeto Combatente Brasileiro (COBRA)

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 3
Visualizações: 210
Última mensagem Junho 25, 2019, 10:33:31 pm
por Vitor Santos
Comando de Operações Especiais (COpEsp) do Exército Brasileiro

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 52
Visualizações: 2213
Última mensagem Julho 27, 2019, 04:47:26 pm
por Vitor Santos
Exército Brasileiro usará dirigíveis na Amazônia

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 2
Visualizações: 2856
Última mensagem Janeiro 18, 2005, 07:13:34 pm
por J.Ricardo