Votação

Unificação das Forças de Segurança (votar e apresentar argumentos)

Concordo Totalmente
20 (23.8%)
Concordo Parcialmente
29 (34.5%)
Discordo
35 (41.7%)

Votos totais: 73

Votação encerrada: Fevereiro 14, 2009, 12:06:38 pm

Unificação das Forças de Segurança

  • 154 Respostas
  • 31346 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14936
  • Recebeu: 971 vez(es)
  • Enviou: 929 vez(es)
  • +161/-151
(sem assunto)
« Responder #15 em: Fevereiro 18, 2009, 10:33:48 am »
Citação de: "inox"
Citação de: "Lightning"
Em relação a serem os bombeiros todos profissionais concordo mas gostava que explicasse a parte de (podendo ser reforçados quando houver necessidade por pessoal voluntário).
Cada quartel de bombeiros era constituido por efectivos profissionais, no entanto haveria uma quota destinada a voluntários que receberiam formação e treino frequente (espécie de reserva) sempre que houvesse necessidade (ex. fogos no Verão).


Inox sabes qual é o aspecto mais engraçado disto tudo, é que em Espanha eles estão a apontar para os nossos voluntários como uma boa opção e em Portugal os voluntários são apontados como o alvo de todas as criticas.

Meu caro, eu fui Bombeiro Voluntário com muita honra e se não fosse a minha mulher ainda agora estava lá.

O GIPS são unidades de primeira intervenção que não conseguem fazer nem metade do que uma unidade de Bombeiros com VF's e VTTU. Depois há a questão dos salários, sabes quanto é que um GNR ganha e quanto é que um Bombeiro ganha? Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! :evil:

No Corpo de Bombeiros onde servi, a maior parte dos Bombeiros são assalariados, ou seja, fazem dista a sua profissão. Mas nem sempre isso acontece porque não há dinheiro. Em muitos concelhos do interior não há corpos de Bombeiros e os que há funcionam mal.

Porquê? Não há dinheiro!

O estado paga pouco e muitas vezes atrasado aos corpos de Bombeiros pelos seus serviços.

Se quiseres discutir a formação dada aos voluntários, tudo bem. É que não são poucas as vezes em que TAT (Tripulantes de Ambulância de Transporte) têm que fazer emergências e isso na minha perspectiva é errado já que o TAT é muito fraquinho. Não é com 35 horas de formação que te transformas em especilista na área. A formação dos Bombeiros voluntários entretanto mudou e já não sei como está a ser feita. No meu tempo era 6/9 meses a treinar em horário pós-laboral com práticas aos domingos. Ouvi dizer que agora é muito mais longa. O TAT é sem dúvida insuficiente e devia ser no mínimo o dobro do que é actualmente. Vi muitas pessoas a entrar nos bombeiros porque pensava que aquilo era só grunhos com 2 neurónios na cabeça e ter saido porque não aguentava a pedalada. Não é toda a gente que aguenta estar as suas folgas a combater fogos, a ter a responsabilidade sobre pessoas doentes a precisar de ajuda, etc.

Quando tentas misturar forças de segurança com Bombeiros não percebes que falas de coisas completamente diferentes! Eu tinha colegas que eram PSP, militares do Exército e Força Aérea e por isso acho que posso falar com tranquilidade sobre o assunto.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

inox

  • 56
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #16 em: Fevereiro 18, 2009, 10:45:41 am »
O "não haver dinheiro" é sempre a desculpa para baixar a qualidade ou para não se procurar alternativas válidas. Não me vai convencer que um corpo constituido só por voluntários (por muito boa vontande que tenham) é melhor que que um corpo maioritariamente formado por profissionais com salários decentes que possam dedicar exclusiamente à profissão.
Pegando nessa linha de pensamento para isso também se criavam policias voluntários...

Eu acredito que há bons bombeiros e pessoal altamente dedicado à causa, porque não aproveitar os melhores e oferecer as condições necessárias? Ter inclusivé um corpo de paramédicos como existe nos EUA.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14936
  • Recebeu: 971 vez(es)
  • Enviou: 929 vez(es)
  • +161/-151
(sem assunto)
« Responder #17 em: Fevereiro 18, 2009, 01:15:36 pm »
Mas aí estamos a falar de várias coisas ao mesmo tempo.

Como já disse no Corpo de Bombeiros onde servi, a maior parte dos Bombeiros eram assalariados. É isso que se pretende para os Corpos de Bombeiros Voluntários, ou seja, um quadro de profissionais apoiado por voluntários.

Paramédicos? Sabias que os Bombeiros estão a apoiar um curso de "Para-médicos" à anos e os médicos/enfermeiros são contra? Sabes porquê? Porque um médico ou um enfermeiro no INEM ganha uma pequena fortuna.

O curso (pelo que me disseram) seria de 3 anos.

No entanto há coisas mais importantes para aumentar a operacionalidade dos Bombeiros, como por exemplo um curso TAT com maior dimensão. O curso de Tripulante de Ambulância de Socorro deveria estar mais acessivel aos Bombeiros e o número de cursos deveriam aumentar. Infelizmente a maior parte dos Corpos de Bombeiros não têm TAS em número suficiente.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

inox

  • 56
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #18 em: Fevereiro 18, 2009, 05:08:18 pm »
Tens razão, isso é um tema que dá para abrir outro thread à parte. :D

Centrando o tema mais às Policias:
Penso que a maior parte do pessoal concorda pelo menos com a fusão da GNR e PSP - ficando uma estrutura sólida com vários "departamentos"/"unidades" (ou outro nome qq) destinados às diferentes missões.
Destaco que dentro desta força também incluiria uma Guarda Costeira - uma evolução da actual UCC da GNR.

Rapidamente haveria uma nova FS que cobriria todo o Territorio Nacional, com várias competencias reforçadas e mantendo  caracteristicas militares que permitem cobrir todo o espectro de missões no âmbito das denominadas OOTW “Operations Other Than War”.
 

*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2198
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +15/-0
    • http://forumdefesa.com
(sem assunto)
« Responder #19 em: Fevereiro 19, 2009, 02:12:24 pm »
Citação de: "inox"
Centrando o tema mais às Policias:
Penso que a maior parte do pessoal concorda pelo menos com a fusão da GNR e PSP



Nem por isso. O nosso sistema é uma mais valia em vários aspectos. Uma total colaboração e partilha de informações sim, fusão não.

Este tema já foi amplamente aqui debatido.


http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... sc&start=0
Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1959
  • Recebeu: 40 vez(es)
  • Enviou: 57 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #20 em: Fevereiro 19, 2009, 02:43:33 pm »
Citar
Pegando nessa linha de pensamento para isso também se criavam policias voluntários...

E porque não?
Em muitos paises existem policias voluntarios, auxiliares, reservistas, tec... a terminologia e a doutrina varia.

Os estados unidos é um dos casos. Porque nao em Portugal?
::..Trafaria..::
Fórum da PSP
 

*

inox

  • 56
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #21 em: Fevereiro 19, 2009, 03:15:59 pm »
Citação de: "Trafaria"
Os estados unidos é um dos casos. Porque nao em Portugal?

Nos EUA, LA, em 1998 debatiam a unificação sob um mesmo Departamento...
http://articles.latimes.com/1998/jan/27/local/me-12547

Actualmente, o próprio pres. Obama considera a criação de uma Força de Segurança Interna mais abrangente.
“(...) national security force that's just as powerful, just as strong, just as well-funded as our military"
http://directorblue.blogspot.com/2008/10/obama-plans-paramilitary-force-for.html
http://digg.com/political_opinion/Obama_s_civilian_national_security_force

É um tema polémico para eles (não se esqueçam que quando estamos a falar dos EUA cada Estado tem coisas específicas nas suas Leis), mas para nós devia ser muito mais pacifico e teoricamente mais simples de concretizar.

No Futuro talvez se discuta a criação de uma Força de Segurança única para a União Europeia.

Quanto a policias voluntários e a xerifes eleitos, isso seria uma maravilha para certas personagens deste país... mais um sítio para infiltrarem os seus tentáculos purulentos...
Os portugueses não querem isso.

Nós queremos uma Polícia Disciplinada, Forte e Eficiente!
 

*

LM

  • Analista
  • ***
  • 722
  • Recebeu: 106 vez(es)
  • Enviou: 666 vez(es)
  • +91/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Fevereiro 19, 2009, 05:20:56 pm »
Citação de: "Jorge Pereira"
Citação de: "inox"
Centrando o tema mais às Policias:
Penso que a maior parte do pessoal concorda pelo menos com a fusão da GNR e PSP


Nem por isso. O nosso sistema é uma mais valia em vários aspectos. Uma total colaboração e partilha de informações sim, fusão não.


x2
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

inox

  • 56
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #23 em: Fevereiro 19, 2009, 05:33:25 pm »
Os que dizem que o nosso sistema actual é muito bom... expliquem então
qual a vantagem da haver uma série de policias?  :twisted:

Porque "total colaboração e partilha de informações" consegue-se muito melhor numa Força de Segurança única.
 

*

foxtrotvictor

  • Perito
  • **
  • 478
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #24 em: Fevereiro 19, 2009, 11:04:00 pm »
Citação de: "inox"
No Futuro talvez se discuta a criação de uma Força de Segurança única para a União Europeia


Isso só quando os alemães conseguirem o seu objectivo de tornar a UE numa federação.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7351
  • Recebeu: 605 vez(es)
  • Enviou: 745 vez(es)
  • +90/-30
(sem assunto)
« Responder #25 em: Fevereiro 20, 2009, 12:05:35 am »
Citação de: "inox"
expliquem então
qual a vantagem da haver uma série de policias?  :twisted:


Para o governo existe uma grande vantagem, é que no caso de existir só uma policia e ela se revoltar o governo tem que se submeter às suas exigencias.

Mas no caso de haver mais que uma, no caso de uma se revoltar o governo pode mandar outra fazer o trabalho desta ou até mesmo mandar por a policia que se revoltou na ordem.

Normalmente os governantes não costumam dar o exclusivo da força bruta a uma unica entidade.
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #26 em: Fevereiro 20, 2009, 03:31:58 am »
Boa ideia! E deve-se chamar Polícia Integrada de Defesa do Estado.  :lol:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7351
  • Recebeu: 605 vez(es)
  • Enviou: 745 vez(es)
  • +90/-30
(sem assunto)
« Responder #27 em: Fevereiro 20, 2009, 12:29:37 pm »
Citação de: "Duarte"
Boa ideia! E deve-se chamar Polícia Integrada de Defesa do Estado.  :lol:


Escreveu isso assim de proprósito ou queria dizer:
 - Polícia Internacional e de Defesa do Estado
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #28 em: Fevereiro 20, 2009, 02:09:13 pm »
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Duarte"
Boa ideia! E deve-se chamar Polícia Integrada de Defesa do Estado.  :wink:
 

*

inox

  • 56
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #29 em: Março 01, 2009, 05:41:12 pm »
Citação de: "Lightning"
(...) é que no caso de existir só uma policia e ela se revoltar o governo tem que se submeter às suas exigencias. Mas no caso de haver mais que uma, no caso de uma se revoltar o governo pode mandar outra fazer o trabalho desta ou até mesmo mandar por a policia que se revoltou na ordem.


Então é melhor criar 2 forças aéreas para o caso de se revoltarem contra o estado. Assim pelo menos uma mantém os aviões a voar... Que raio de justificação!

Uma policia única com caracteristicas militares não faz greve.
E se por acaso "se revoltar contra o Estado" por um lado existem sempre as Forças Armadas (portanto a "força bruta" não está concentrada num unico local) e por outro se isso acontecesse então é porque Portugal estaria mesmo muito mal...
 

 

Fórum "Criminalidade Vs Imigração - Pol. segurança"

Iniciado por ANASP-UPS

Respostas: 1
Visualizações: 2137
Última mensagem Junho 09, 2009, 10:22:54 pm
por ShadIntel
Ajuda: Fardamento das Forças Policiais

Iniciado por Benny

Respostas: 2
Visualizações: 2834
Última mensagem Agosto 11, 2006, 03:57:06 pm
por Benny
Militares das Forças Armadas nas ruas

Iniciado por Primy

Respostas: 128
Visualizações: 17238
Última mensagem Dezembro 24, 2010, 01:13:48 am
por Trafaria
GNR vai comandar forças europeias

Iniciado por antoninho

Respostas: 4
Visualizações: 2386
Última mensagem Março 10, 2007, 02:26:56 am
por golex
GISP - Grupo de Intervenção e Segurança Prisional da GP

Iniciado por Pstolaas

Respostas: 122
Visualizações: 59938
Última mensagem Novembro 01, 2013, 02:06:30 pm
por Cabeça de Martelo