Israel lança ofensiva em Gaza

  • 179 Respostas
  • 28113 Visualizações
*

HaDeS

  • 223
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #30 em: Janeiro 05, 2009, 06:29:50 pm »
Não é atoa que Israel não aderiu ao tribunal de crimes de guerra de Haia, eles bombadeiam mesquitas, universidade pra eles também é alvo e nem hospital escapa, bloqueia a faixa de gaza (alias ja fazem isso a meses), não querem nem saber se lá tem comida, remédio, combustivel e ainda sabendo que isso não vai resolver nada, alias não ta resolvendo ja que os foguetes não param de cair e nem a desculpa de que é uma operação cirurgica podem dar,  porque estão usando artilharia terrestre ai de guiadas as bombas não tem nada. O mais imprecionante é que a UE cruza os braços, os EUA  incentivam Israel. Se fosse a China atacando o Tibet ja tavam gritando aos 4 ventos que era um absurdo, um massacrate, ja iria invocar os direitos humanos, pobre palestinos que não tem ninguém que os defenda.
 

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1219
  • Recebeu: 65 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +6/-23
(sem assunto)
« Responder #31 em: Janeiro 05, 2009, 06:55:02 pm »
Citação de: "HaDeS"
Não é atoa que Israel não aderiu ao tribunal de crimes de guerra de Haia, eles bombadeiam mesquitas, universidade pra eles também é alvo e nem hospital escapa, bloqueia a faixa de gaza (alias ja fazem isso a meses), não querem nem saber se lá tem comida, remédio, combustivel e ainda sabendo que isso não vai resolver nada, alias não ta resolvendo ja que os foguetes não param de cair e nem a desculpa de que é uma operação cirurgica podem dar,  porque estão usando artilharia terrestre ai de guiadas as bombas não tem nada. O mais imprecionante é que a UE cruza os braços, os EUA  incentivam Israel. Se fosse a China atacando o Tibet ja tavam gritando aos 4 ventos que era um absurdo, um massacrate, ja iria invocar os direitos humanos, pobre palestinos que não tem ninguém que os defenda.


Teriam gritado mas também ninguém faria nada, assim como se fosse a Rússia atacar novamente a Chechénia.
O papel da ONU deveria ser o de mediar este tipo de conflitos e promover a paz mundial, instaurar embargos como formas de castigo, em vez disso não passa de uma arma politica dos maiores produtores e traficantes mundiais de armas, presentes no conselho de segurança.

Guerra=$$$$$$ portanto há que manter-las durante o tempo que for necessário. Ideologias inventam-se e nada melhor que contratar os melhores relações publicas para lidar com a imprensa e além de fomentar psyops junto dos media para colocar o povo contra o "tirano" ou qualquer outro mau.
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #32 em: Janeiro 05, 2009, 07:13:47 pm »
Citação de: "HaDeS"
pobre palestinos que não tem ninguém que os defenda.


 :lol:  :lol:  :roll:  :roll:

 

*

Scarto

  • 84
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #33 em: Janeiro 05, 2009, 07:17:50 pm »
Não querendo fazer o papel de advogado do diabo,mas no entanto não posso deixar de dizer isto:

Não é à toa que a Palestina não aderiu ao tribunal de crimes de guerra de Haia,bombardeiam populações civis,fazem atentados em restaurantes,centros comerciais,paragens de autocarros,usam buldozers,etc..E mais estranho que pareça,só atacam alvos civis!Contudo não vemos o mundo aos quatro ventos a clamar que é um absurdo,que não podem fazer isto e aquilo!:roll:
Por outro lado,tem passado ajuda alimentar e medicamentos para a Faixa(ok aqui nada a dizer,que mais devia passar,pois o que há é sempre pouco).

O que quero dizer,é que não pode haver dois pesos e duas medidas!
Se o Hamas ataca são os coitadinhos,que se defendem e os civis são meras vitimas.Por outro lado,se é Israel a atacar,são uns mauzões que só matam civis(aqui já importa serem civis,incrivel não é?).

P.S-Veja as ultimas declarações de um dos lideres do Hamas,em que diz que se vão concentrar ainda mais no ataque a civis(leu bem,civis).
 

*

HaDeS

  • 223
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #34 em: Janeiro 05, 2009, 07:38:32 pm »
Citar

Então o Irão e o Hezbollah que em vez de ajudarem a resolver a situação deitam mais lenha e gasolina na fogueira ajudando e incentivando o Hamas a lançar rockets e provocar Israel para que eles entrassem em Gaza e desse a opnião pública mundial a ideia que eram os coitadinhos ... Naquele já longo conflito todos têm culpas no cartório e quem sabe se os Palestinianos e os seus compinchas não fariam igual ou pior se tivessem o poder que Israel dispõem ...


Não disse que os palestinos ou Hamas são santos, mas Israel que se julga um estado civilizado tinha que agir como tão, qualquer um que conheça um pouco daquela região sabe que é impossível riscar o Hamas de lá, acredito que até os israelenses sabem disso, uma eleição israelense se aproxima e o atual governo corre o risco de perder as eleições então essa operação entre outras coisas procura garantir que o atual governo continue no poder, matar árabes sempre deu votos em Israel assim como o inverso acontece  na Palestina.
 

*

Scarto

  • 84
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #35 em: Janeiro 05, 2009, 08:09:12 pm »
Hades,vou-te colocar um exemplo:

Uma zona brasileira,junto á fronteira com a Bolivia.Essa zona boliviana(apoiada pela Venezuela),disparava de forma sistemática rockets contra zonas habitadas do lado brasileiro.Qual seria a tua reacção?A reacção do teu governo?

Não desculpo Israel,mas penso que qualquer governo ao fim de algum tempo teria de agir,não podendo continuar a ignorar as provocações,as mortes..
Se tem haver com as eleições israelitas?Talvez,mas duvido que o actual governo fique(mesmo com o aumento de popularidade).

Destruir o Hamas?Não acredito.
Decapita-lo,criar uma situação que os palestinianos vejam que ter o Hamas no poder ou apoia-lo levará a situações semelhantes e fazer com que se revoltem?Talvez..
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #36 em: Janeiro 05, 2009, 08:13:33 pm »
Ahh e já agora os joguinhos que os Ayatollah o Anti-Cristo e restantes comparsas estão a fomentar e a incentivar naquela região problemática ou eu me engano muito ou servem para tapar, camuflar e distrair Israel e principalmente o Mundo Ocidental  do verdadeiro problema, a construção da Bomba Atómica Iraniana com isto quero que se faça alguma luz na cabeça de certos pseudo-iluminados ...  :P  :wink:

 

*

HaDeS

  • 223
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #37 em: Janeiro 06, 2009, 03:29:28 am »
Citar

Vitória de Israel sobre Hamas 'é impossível', segundo revista Jane's

LONDRES, 5 Ene 2009 (AFP) - Uma vitória de Israel sobre o grupo islâmico palestino Hamas na Faixa de Gaza "é impossível", estimou nesta segunda-feira a revista especializada britânica Jane's, no décimo dia da ofensiva do Exército hebreu na região.

"Uma vitória militar de Israel sobre o Hamas não é possível. A situação da segurança no sul de Israel e em Gaza não melhorará, nem mesmo a longo prazo", disse David Hartwell, analista especializado em Oriente Médio da Jane's.

"Israel estima que ainda tem entre uma semana e dez dias para concluir suas operações em Gaza, que é o tempo necessário para que as pressões internacionais cheguem ao ponto de um compromisso (diplomático)", destaca Hartwell.

O Estado hebreu "também deverá mostrar resultados tangíveis para justificar, junto à população israelense, o custo de vidas e recursos".

Segundo Hartwell, "apesar dos crescentes apelos ao cessar-fogo, os combates prosseguirão em Gaza até que Israel estime ter atingido seus objetivos ou que os Estados Unidos manifestem publicamente sua preocupação (...), hipótese pouco provável a curto prazo dada a situação do governo de George W. Bush".

"O Hamas poderia ceder às pressões egípcias e reconhecer a necessidade de uma trégua, mas um cessar-fogo só ocorrerá se Israel considerar que sua missão militar terminou".

A ofensiva sobre a Faixa de Gaza tem por objetivo declarado acabar com os disparos de foguetes palestinos contra o sul de Israel.


http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... JANES.html[/b]
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4095
  • Recebeu: 238 vez(es)
  • Enviou: 242 vez(es)
  • +18/-1
(sem assunto)
« Responder #38 em: Janeiro 06, 2009, 09:25:03 am »
Citação de: "André"
Citação de: "HaDeS"
pobre palestinos que não tem ninguém que os defenda.

 :lol:  :lol:  :roll:  :roll:


do que pude ouvir na televisão, o hezbollah dispõe de 150 conselheiros na faixa de Gaza a apoiar o Hamas.
Com esta operação realizada por Israel, acho que os resultados vão ser positivos mais para o lado de Israel, pois irá possibilitar ao exercito Israelita limpar a imagem sobre a ultima guerra, decapitar o Hamas, e finalmente preparar a força aérea para um possível ataque contra o Irão. No lado do Hamas não encontro vantagens, mas para o lado do hezbollah esta guerra vai permitir aumentar a operacionalidade e ao mesmo tempo permitir conhecer o modo como ataca Israel. quanto ao Irão penso que as vantagens serão iguais à do Hezbollah.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4095
  • Recebeu: 238 vez(es)
  • Enviou: 242 vez(es)
  • +18/-1
(sem assunto)
« Responder #39 em: Janeiro 06, 2009, 11:16:51 am »
fotos

http://www.spiegel.de/fotostrecke/fotos ... 88-15.html
http://www.stern.de/politik/ausland/:Kr ... .html?cp=5[/img]

Citar
Israel definiu nesta terça-feira sua condição de trégua na Faixa de Gaza, dizendo que não iria concordar com um cessar-fogo a menos que inclua medidas para evitar que o Hamas de se rearme.


"Prevenir uma reconstrução das armas do Hamas é o princípio necessário para qualquer medida de trégua. Essa é a questão vital", disse Mark Regev, porta-voz do primeiro-ministro israelense Ehud Olmert.

Regev disse que esta foi a mensagem de Olmert durante encontro com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, na segunda-feira. Sarkozy pediu a realização de uma reunião com autoridades israelenses e palestinas para um rápido cessar-fogo em Gaza.

Regev disse que o Hamas, que contrabandeia armas para a Faixa de Gaza através de túneis na região de fronteira com o Egito, usou o cessar-fogo de seis meses atrás estabelecido pelo Cairo para dobrar o alcance de seus foguetes de 20 para 40 quilômetros.

"Sob nenhuma circunstância vamos concordar com uma nova trégua que irá permitir ao Hamas aumentar o alcance de seus foguetes para 60 quilômetros e então teremos foguetes caindo nos arredores de Tel Aviv", disse Regev.

Israel, cujos líderes disputam uma eleição parlamentar em 10 de fevereiro, deixou claro que sua prioridade na ofensiva em Gaza é garantir a segurança de seus cidadãos. Hamas exigiu o fim do bloqueio de Israel na Faixa de Gaza como parte de qualquer medida de cessar-fogo.

Autoridades israelenses disseram que em vez da presença de observadores internacionais para monitorarem uma trégua futura, Israel quer uma missão internacional na fronteira Egito-Gaza para evitar que o Hamas recrie uma rede de túneis para o contrabando de armas.

http://br.noticias.yahoo.com/s/reuters/ ... ael_tregua
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2883
  • Recebeu: 69 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +31/-18
(sem assunto)
« Responder #40 em: Janeiro 06, 2009, 05:05:37 pm »
Esta ofensiva já vem tarde, o Hamas e Hezbolah, já deviam, ter desaparecido do mapa a muito. Neste momento, na cena internacional as unicas nações que merecem o meu respeito são o Canadá/UK e Israel, os primeiros da forma como se estão a empenhar no Afeganistão no combate a corja "taliban" os ultimos pela forma como defendem a sua terra e os seus cidadãos, num conflito onde muitos falam que a diplomacia devia imperar (meninos bonitos da europa e afins)... e aonde a unica solução é matar, um a um os membros do Hamas. Não tenham dúvidas, a solução para esta gente, Hezbolah, Hamas, Talibãs, é ou um tiro na cabeça ou então uma JDAM em cima... Não ha outra via...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8360
  • Recebeu: 710 vez(es)
  • Enviou: 1088 vez(es)
  • +44/-10
    • http://youtube.com/HSMW
(sem assunto)
« Responder #41 em: Janeiro 06, 2009, 05:48:29 pm »
Citação de: "Typhonman"
num conflito onde muitos falam que a diplomacia devia imperar (meninos bonitos da europa e afins)... e aonde a unica solução é matar, um a um os membros do Hamas. Não tenham dúvidas, a solução para esta gente, Hezbolah, Hamas, Talibãs, é ou um tiro na cabeça ou então uma JDAM em cima... Não ha outra via...


Começo a concordar cada vez mais com isso  :roll:
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #42 em: Janeiro 06, 2009, 07:59:46 pm »
Ahh e o Sarkozy em vez de se armar em Madre Teresa de Calcutá que venha mas é para a Europa resolver o problema do Gás com a Rússia antes que o seu povo e dos paises limitrofes congele de frio ...  :roll:  :roll:

 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
(sem assunto)
« Responder #43 em: Janeiro 06, 2009, 08:00:29 pm »
Esta guerra so vai acabar quando se "extinguir" uma das partes. Arabes e judeus professam a lei de Taliao : "olho por olho, dente por dente " e as guerras de hoje justificarao as de amanha. ( Rezemos pela conversao destes infieis  à lei do Cristo e que em vez de vingança saibam oferecer a outra face)    :):)
Os palestinos nunca irao abdicar da sua terra natal e os judeus agarram-se com unhas e dentes a uma terra que nao era deles... mas que supostamente lhes tinha sido prometida por Deus .
Ja no Velho Testamento se encontram referencias à barbarie israelita contra os povos vizinhos. Em todas estas guerras antigas ja o Deus dos judeus lhes ordenava que passassem todos os habitantes e até os animais ao fio da espada e que se nao deixasse pedra sobre pedra ... e é isto que mais uma vez Israel esta a fazer e até agora com a bençao de europeus e americanos.

Se o Hamas rompeu es treguas e recomeçou a lançar rocketes contra Israel, foi porque Israel nao estava a respeitar os termos do acordo, em que um dos quatro pontos estipulava o fim do cerco a Gaza. Ora, os habitantes de Gaza viviam e vivem numa imensa prisao , asfixiados pela pressao militar e economica israelitas.

Entretanto o que me chateia mais nisto tudo é que mais uma vez vai ser a Europa a pagar a reconstruçao dos equipamentos e instalaçoes destruidos por Israel na Palestina, e em que serao mais uma vez as empresas israelitas que vao ganhar dinheiro a "reconstruir" edificios que têm vocaçao para serem destruidos na proxima guerra e assim sucessivamente ...
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +12/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #44 em: Janeiro 06, 2009, 08:33:57 pm »
Os palestinianos também não são exactamente muit bem vindos em lugar nenhum.
Não nos podemos esquecer que foram expulsos da Jordânia, foram para o Líbano onde os Xiitas pediram a Israel em 1982 para se virem livres deles.

Quando não têm ninguém a quem atacar eles matam-se entre eles (vide Hamas x Fatah).

Quando a quem tem direito à terra, é uma questão muito complicada. Os Árabes também terão direito ?
Eles têm tanto direito à Palestina como ao Al Andalus. Afinal as tribos árabes também são migrantes. Os povos que viviam na região, os autóctones estão praticamente extintos e apenas na Siria e no Libano ainda existem comunidades que se podem considerar autóctones.

Queira-se ou não se queira, goste-se ou não se gosta, a verdade é que Israel ganhou o direito à terra lutando por ela. Se as razões eram boas ou más, não discuto, mas o facto é que ganharam esse direito.
 

 

Israel aceita com condições a independência para a Palestina

Iniciado por Pimenta

Respostas: 1
Visualizações: 2150
Última mensagem Novembro 30, 2012, 09:01:02 am
por P44
Resolução do Conselho de Segurança condena Israel

Iniciado por JNSA

Respostas: 17
Visualizações: 3951
Última mensagem Junho 07, 2004, 12:51:26 pm
por Rui Elias
Israel e Palestina anunciam cessar-fogo

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 3
Visualizações: 1762
Última mensagem Março 22, 2005, 07:31:56 pm
por Normando
Assalto à frota de navios com destino a Gaza

Iniciado por legionario

Respostas: 196
Visualizações: 18609
Última mensagem Setembro 23, 2010, 08:40:01 pm
por teXou
Estará Israel a ganhar a Intifada ?

Iniciado por fgomes

Respostas: 0
Visualizações: 1004
Última mensagem Dezembro 10, 2004, 06:13:49 pm
por fgomes