Brasil

  • 46 Respostas
  • 9326 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #30 em: Março 08, 2018, 12:35:38 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 3316
  • Recebeu: 245 vez(es)
  • Enviou: 193 vez(es)
  • +71/-33
Re: Brasil
« Responder #31 em: Março 10, 2018, 07:52:20 pm »
General do Exército Brasileiro critica tratado global contra arma nuclear


Citar
Em uma apresentação feita ontem na Fundação FHC, o general Sérgio Etchegoyen, ministro da Segurança Institucional, criticou a adesão do Brasil ao Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, acordo global que completa 50 anos e que recebeu a adesão do Brasil em 1998, sob o governo de Fernando Henrique Cardoso.

Depois de dizer que é “adepto fervoroso da não proliferação”, Etchegoyen explicou que, da perspectiva militar, o armamento nuclear representa “a única possibilidade que resta a um país ameaçado […] com a concentração de forças […] que possam marchar sobre o seu território”. Ele citou as guerras do Iraque (1991 e 2003) como exemplos: “O esforço de concentração de todo o aparato militar da aliança que invadiu o Iraque jamais teria sido possível se o Iraque dispusesse de armas nucleares de pequena capacidade”.


 
Na avaliação do ministro, a adesão do Brasil em 1998 coincidiu com “um monumental desinvestimento” do país na área nuclear, acarretando atraso em conhecimento. Ele atribui isso a uma “visão ideológica equivocada” sobre o tema, que associou energia nuclear à ideia de confronto nuclear.

Etchegoyen expôs sua visão crítica também em relação aos resultados globais do tratado. “Apesar de tratar da extinção dos arsenais […], não se avançou nada nisso”, disse, ao lembrar que eram cinco os países “nuclearmente armados” 50 anos atrás, mas são nove hoje.

Ele lembrou que o tratado cita o “direito inalienável” dos países em desenvolver energia nuclear para fins pacíficos, mas alertou que isso não ocorre tal como estabelecido.

“É direito inalienável, mas vem sendo negado, restringido, bloqueado por diversas ações diretas e indiretas, pressões internacionais, para que não entre um novo agente no mercado, que é altamente lucrativo”, acusou. “O que se discute é: quanto ganhamos até aqui com a assinatura feita lá atrás, além da fotografia na galeria dos bem comportados? Ganhamos bloqueio no nosso desenvolvimento, desinvestimento pelo viés ideológico e ganhamos mais países nucleares no mundo.”

Antes de concluir, citou como a questão é tratada pelos EUA. “A nova estratégia nuclear dos Estados Unidos, lançada em 2 de fevereiro, abre a perspectiva de uso de armamento nuclear inclusive contra Estados não nucleares em determinadas circunstâncias. Estados não nucleares em determinadas circunstâncias somos nós”, disse.

FONTE: Valor Econômico / http://www.forte.jor.br/2018/03/07/general-etchegoyen-critica-tratado-global-contra-arma-nuclear/
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #32 em: Março 12, 2018, 08:37:19 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #33 em: Março 15, 2018, 04:17:02 pm »
Vereadora do Rio de Janeiro morta a tiro


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #34 em: Julho 20, 2018, 03:20:34 pm »
Michel Temer não se recandidata à presidência do Brasil


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #35 em: Julho 22, 2018, 05:37:16 pm »
Entre polémicas, Bolsonaro oficializa candidatura


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #36 em: Agosto 09, 2018, 04:10:40 pm »
Mortes violentas no Brasil batem recorde e chegam a 63.880 casos em 2017


O Brasil registou 63.880 assassínios violentos em 2017, um recorde para o país, segundo um relatório divulgado hoje pela organização não-governamental Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em média, sete pessoas foram mortas no país por hora no ano passado, elevando a taxa de homicídios em 2,9% entre 2016 e 2017. No total, o país registou pela primeira vez uma taxa de 30,8 assassínios por cada 100 mil habitantes.

O Brasil teve 55.900 casos de homicídios dolosos (crimes cometidos com intenção prévia de matar), que cresceram 2,1%, 2.460 registos de roubos seguidos de morte, houve uma redução de 8,2%, e 955 registos de lesões corporais seguidas de morte, uma subida de 12% em 2017 na comparação com 2016.

A organização destacou que a maioria do país conseguiu reduzir o número de homicídios em 2017, mas em 12 estados houve um crescimento tão intenso que fez aumentar a percentagem.

Entre os estados mais violentos do Brasil, segundo o relatório, estão Ceará, Acre, Pernambuco e Rio Grande do Norte, todos no norte e nordeste do país.

Os estados com menor taxa de assassínios violentos foram São Paulo, Santa Catarina e Distrito Federal.

O estudo mostrou que a 5.144 ocorreram no âmbito de operações da polícia, um crescimento de 20% em relação a 2016. Isso significa que 14 pessoas foram mortas por dia por agentes da polícia no Brasil.

Já o número de polícias mortos violentamente caiu 4,9%, somando 367 casos. Embora o índice tenha recuado, um agente da polícia civil ou militar foi assassinado por dia no Brasil em 2017. Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o número registado de violações subiu 8,4% em relação a 2016, totalizando 60.018 casos.

Houve 221.238 registos de violência doméstica e 1.133 casos de crime de ódio baseado no género em 2017.

O estudo também apontou que 82.684 pessoas desapareceram no país apenas em 2017.
Embora a violência que resultou em morte tenha crescido no Brasil, o estudo indicou que os gastos governamentais com o financiamento da política de segurança pública no país subiram 0,8%, totalizando 84,7 mil milhões de reais (19,2 mil milhões de euros).

O levantamento divulgado hoje levou em consideração apenas informações oficiais compiladas de registos das polícias sobre criminalidade, sistema prisional e gastos com segurança pública.


:arrow: https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/mortes-violentas-no-brasil-batem-recorde-e-chegam-a-63-880-casos
« Última modificação: Agosto 09, 2018, 05:31:45 pm por Lusitano89 »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #37 em: Agosto 20, 2018, 03:55:26 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #38 em: Agosto 21, 2018, 12:42:20 pm »
Apelo à Paz na fronteira entre Brasil e Venezuela


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #39 em: Agosto 24, 2018, 01:57:20 pm »
"Não vamos fechar a fronteira com a Venezuela"


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #40 em: Agosto 31, 2018, 12:37:13 pm »
Martin Schulz visita Lula da Silva na prisão


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #41 em: Setembro 09, 2018, 05:32:13 pm »
Marcha pela paz no Brasil


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #42 em: Setembro 10, 2018, 01:07:43 pm »
Debate eleitoral morno na ausência de Bolsonaro


« Última modificação: Setembro 10, 2018, 01:12:18 pm por Lusitano89 »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #43 em: Setembro 11, 2018, 01:12:19 pm »
ONU insiste: Lula deve poder participar nas eleições


« Última modificação: Setembro 11, 2018, 01:22:29 pm por Lusitano89 »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9261
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 209 vez(es)
  • +15/-7
Re: Brasil
« Responder #44 em: Setembro 11, 2018, 09:17:37 pm »
Haddad substitui Lula na corrida à presidência do Brasil


« Última modificação: Setembro 11, 2018, 09:21:53 pm por Lusitano89 »
 

 

Movimento "Fundir Portugal" quer anexar Portugal ao Brasil

Iniciado por SertorioQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 7
Visualizações: 3926
Última mensagem Março 19, 2012, 06:29:36 pm
por cromwell
Polícia contra Polícia no Brasil

Iniciado por Xerif3Quadro Países Lusófonos

Respostas: 1
Visualizações: 1950
Última mensagem Março 01, 2009, 03:04:02 pm
por HSMW
"Quero mais Brasil"

Iniciado por J.RicardoQuadro Países Lusófonos

Respostas: 11
Visualizações: 8053
Última mensagem Setembro 06, 2010, 12:58:28 pm
por |FIT|_Benny
182 anos da independencia "politica" do Brasil

Iniciado por fredomQuadro Países Lusófonos

Respostas: 4
Visualizações: 2952
Última mensagem Setembro 08, 2004, 05:28:42 pm
por Ricardo Nunes
Brasil testa "Combat boat 90" de origem sueca

Iniciado por Ricardo NunesQuadro Armadas/Sistemas de Armas

Respostas: 9
Visualizações: 3220
Última mensagem Junho 12, 2004, 12:08:28 am
por Nautilus