Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS)

  • 25 Respostas
  • 6412 Visualizações
*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-12
Re: Treinamento no cigs
« Responder #15 em: Junho 26, 2004, 06:15:42 pm »
Citação de: "fredom"
para quem gosta de treinamentos especiais ta ai um belo material sobre guerra na selva :roll:  :D

Parece-me que este vídeo está mais para propaganda nacionalista do que qualquer outra coisa. Não dúvido que deve ser duro fazer este curso, mas daí até dizer que nenhum estrangeiro é capaz de o finalizar, não acredito. Especialmente se esse estrangeiro for um Português.

Durante séculos os portuguêses e os luso-brasileiros andaram a explorar a selva amazónica, a abrir novos caminhos, a construir fortificações, etc, e sempre com técnologia rudimentar, e sobreviveram, com certeza não seria agora que não teriam a capacidade de o fazerem.

Além disso, as tropas portuguesas lutaram 14 anos em África, em territórios que não estam muito longe de terem caraterísticas geográficas semelhantes às da Amazónia.

Estou seguro que se mandarem p'ra lá um contingente de comandos Portuguêses, eles iriam conseguir completar o curso.
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

FinkenHeinle

  • Membro
  • *
  • 188
  • +0/-0
Re: Treinamento no cigs
« Responder #16 em: Junho 26, 2004, 07:23:19 pm »
Citação de: "dremanu"
Citação de: "fredom"
para quem gosta de treinamentos especiais ta ai um belo material sobre guerra na selva :roll:  :D

Parece-me que este vídeo está mais para propaganda nacionalista do que qualquer outra coisa. Não dúvido que deve ser duro fazer este curso, mas daí até dizer que nenhum estrangeiro é capaz de o finalizar, não acredito. Especialmente se esse estrangeiro for um Português.

Durante séculos os portuguêses e os luso-brasileiros andaram a explorar a selva amazónica, a abrir novos caminhos, a construir fortificações, etc, e sempre com técnologia rudimentar, e sobreviveram, com certeza não seria agora que não teriam a capacidade de o fazerem.

Além disso, as tropas portuguesas lutaram 14 anos em África, em territórios que não estam muito longe de terem caraterísticas geográficas semelhantes às da Amazónia.

Estou seguro que se mandarem p'ra lá um contingente de comandos Portuguêses, eles iriam conseguir completar o curso.


Olá Dremanu,


Com o devido respeito,

Mas o que você falou não passa de um pensamento ufanista. A realidade é que a grande maioria dos nossos soldados de selva são recrutados entre os índio, de forma que eles conhecem o terreno como ninguém. Além do mais eles nasceram e viveram ali, e certamente tem condições de sobreviver mais tempo lá do que qualquer outros soldados...
Um Forte Abraço.
André Finken Heinle
_________________
"Em condições normais, corro para vencer e venço. Em situações adversas, também posso vencer. E, mesmo em condições muito desfavoráveis, ainda sou páreo." (AYRTON SENNA)
 

*

Punr

  • 29
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #17 em: Setembro 01, 2007, 10:27:17 pm »
!!!
SOMEWHERE THERE IS SOMEONE TRAINING TO KILL YOU
 

*

Sickness

  • 48
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #18 em: Setembro 01, 2007, 11:03:31 pm »
Ganda desenterranço  :shock:
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7505
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +135/-194
(sem assunto)
« Responder #19 em: Setembro 01, 2007, 11:37:16 pm »
Citação de: "Sickness"
Ganda desenterranço  :mrgreen:
Seja como for, é sempre bom recordar as capacidades dos soldados do V Império. :wink:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

acpool

  • Membro
  • *
  • 93
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #20 em: Setembro 02, 2007, 12:11:49 am »
Citar
Cursos e estágios do CIGS
Os Cursos de Operações na Selva (COS) são três:
1) COS Categoria “A” - Duração aproximada de seis semanas; voltado para oficiais superiores de todos os Comandos Militares de Área.
2) COS Categoria “B” - Duração de dez semanas; voltado para capitães e tenentes das Armas/Quadros/Serviços do Comando Militar da Amazônia, da Marinha, da Aeronáutica e das Nações Amigas.
3) COS Categoria “C” - Duração de dez semanas; para subtenentes e sargentos das Armas/Quadros/Serviços do Comando Militar da Amazônia, da Marinha, da Aeronáutica e das Nações Amigas.
Os estágios oferecidos pelo CIGS destinam-se a:
- Militares do Exército, demais Forças Armadas e instituições policiais (vida na selva e operações);
- Órgãos civis cujos conhecimentos básicos de vida na selva são imprescindíveis para o desenvolvimento de suas atividades (INPA, Petrobras, IBAMA, Universidade do Amazonas, Corpos de Bombeiros etc.).
Para ministrar a devida instrução, o CIGS conta com as seguintes Bases de Instrução (BI)
BI 1 – Marechal Rondon
BI 2 – Plácido de Castro
BI 3 – Lobo D’Almada
BI 4 – Pedro Teixeira
BI 5 – Ajuricaba

http://www.segurancaedefesa.com/CIGS.html

Se esta informação é correcta os Militares Estrangeiros/Nações Amigas só podem ter a parte B do curso do CIGS para Capitães e Tenentes e a parte C deve ser para sargentos, se é correcto o que está publicado na Internet e lendo um pouco é fácil de ver porque é que os militares só fazem a parte B do curso.
È minha opinião, mas dizer que só os brasileiros são capazes de tirar o curso, parece-me um pouco de querer mistificar o curso. Toda a gente é ser humana, logo todos têm as mesmas condições para aguentar á jarda do curso, depois é só estarem dispostos a sofrer e a aprenderem a conhecer o seu corpo.
Esta parte do curso “B” se existe é porque alguém já a fez, não deve existir só para dizer ou mostrar aos militares estrangeiros que não são capazes de fazer o curso no Brasil, mas é a minha opinião
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4012
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +582/-702
Re: Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS)
« Responder #21 em: Março 30, 2019, 09:13:42 pm »
CIGS inicia Curso de Planejamento de Operações na Selva 2019


Citar
No dia 18 de março o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) iniciou o Curso de Planejamento de Operações na Selva (CPOS) para 25 Oficiais Superiores, cujo objetivo é ampliar suas qualificações para executar atividades de planejamento nível Estado-Maior de Grandes Unidades e Grandes Comandos, no nível tático, para fins de assessoramento e voltadas para o planejamento e condução de operações militares em ambiente operacional amazônico.

O início do curso foi marcado com uma formatura, na qual estiveram presentes as seguintes autoridades militares: General de Exército César Augusto Nardi de Souza , Comandante Militar da Amazônia; General de Divisão Carlos Alberto Mansur , Comandante da 12a RM; General de Brigada Edson Skora Rosty , Chefe do Estado-Maior do Comando Militar da Amazônia (CMA); General de Brigada Algacir Antonio Polsin , Chefe do Centro de Coordenação de Operações do CMA; General de Brigada Marcus Vinícius Fontoura de Melo , Comandante do 2° Grupamento de Engenharia; Oficiais do Estado-Maior do CMA; e de Comandantes de Organizações Militares da Guarnição de Manaus.O CPOS é um curso na modalidade especialização e funcionará, anualmente, neste Centro, com duração de 4 (quatro) semanas, com o número máximo de 30 alunos, conforme suas instruções reguladoras para inscrição, a seleção e a matrícula aprovadas e publicadas em Boletim do Exército.












FONTE: http://www.cigs.eb.mil.br/materia/745-cigs-inicia-curso-de-planejamento-de-operacoes-na-selva-2019.html
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4012
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +582/-702
Re: Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS)
« Responder #22 em: Março 30, 2019, 09:47:43 pm »








 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4012
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +582/-702
Re: Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS)
« Responder #23 em: Março 31, 2019, 12:17:08 am »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4012
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +582/-702
Re: Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS)
« Responder #24 em: Junho 21, 2019, 02:41:50 pm »
Visita de Oficiais dos Estados Unidos ao CIGS


Citar
No início do mês de junho (dia 5), o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) recebeu a visita de Oficiais de Relações Internacionais da Marinha e do Exército dos Estados Unidos da América (EUA).

A comitiva foi recebida pelo Major Marcus Vinicius, Chefe da Divisão de Ensino, que apresentou aos oficiais o histórico, a missão e as peculiaridades das atividades realizadas pelo CIGS atuando na região Amazônica e os aspectos relevantes da contribuição do Exército no desenvolvimento e a defesa dos interesses nacionais na área de responsabilidade do Comando Militar da Amazônia.

Em seguida, a comitiva conheceu as instalações do Centro, o saguão de placas e o trabalho de educação ambiental realizado no Zoológico do CIGS.

FONTE: http://www.cigs.eb.mil.br/materia/775-visita-de-oficiais-dos-eua-ao-cigs.html



 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4012
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +582/-702
Re: Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS)
« Responder #25 em: Agosto 02, 2019, 02:00:43 pm »
Centro de Instrução de Guerra na Selva procede à Experimentação Doutrinária do Grupo de Combate de Selva


Manaus (AM) – No período de 22 a 26 de julho, o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), por determinação do Comando Militar da Amazônia (CMA), realizou a Experimentação Doutrinária do Grupo de Combate (GC) de Selva em parceria com o 1° Batalhão de Infantaria de Selva (Aeromóvel) – 1° BIS (Amv). A atividade foi conduzida pela Divisão de Doutrina e Pesquisa, na Base de Instrução Pedro Teixeira (BI-4), situada às margens do Lago Puraquequara.

Durante a atividade, foram realizadas oficinas de Patrulha de Emboscada, Ataque à Posição Defensiva, Defesa em Posição e GC Ponta na Marcha para o Combate Fluvial, nas quais estiveram envolvidos cerca de 70 oficiais e praças do CIGS e do 1° BIS (Amv). Os militares do CIGS foram responsáveis pela direção e condução da Experimentação Doutrinária, enquanto o 1º BIS (Amv) participou com o efetivo de dois Grupos de Combate.

A Experimentação Doutrinária funcionou no sistema de rodízio, onde os GC executavam as oficinas, visando subsidiar a avaliação da composição e os materiais de emprego militar do Grupo de Combate em ambiente de selva – prioritariamente no interior da floresta. Nas oficinas foram avaliadas várias constituições dos GC com a adoção de armamentos com calibres 5,56mm e 7,62mm. Como aproveitamento do êxito, também foram testados os empregos do Atendente e do Radioperador do GC de Selva, bem como situações em que o comandante da fração acumulava a função de comandante de esquadra. Esse procedimento teve a finalidade de coletar subsídios para o trabalho de revisão dos Quadros de Organização, identificar reflexos de ordem logística e levantar/atualizar dados médios de planejamento relativos ao emprego do Grupo de Combate de Selva.

A Experimentação Doutrinária lançou a pedra fundamental da retomada do CIGS na expertise do adestramento de tropas da Amazônia, reativando a Seção de Adestramento de Operações na Selva, da Divisão de Doutrina e Pesquisa.

Saiba mais

A Experimentação Doutrinária é um conjunto de atividades que tem a finalidade de validar, com base na prática, a exequibilidade e a eficácia de conceitos, táticas, procedimentos e estruturas que se desejam atualizar ou incorporar à Doutrina da Força Terrestre. A atividade é realizada em ambiente real (exercício no terreno), em condições que se aproximem ao máximo das situações encontradas no combate, com unidades militares, equipamentos e com os protótipos dos documentos doutrinários, que servirão de base teórica para o desenvolvimento da atividade.

Fonte: CIGS







 

 

Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (Cmdo Com GE Ex)

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 2
Visualizações: 145
Última mensagem Julho 23, 2019, 07:09:03 pm
por Vitor Santos
Batalhões de Infantaria de Selva (Comando Militar da Amazônia/Norte)

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 10
Visualizações: 382
Última mensagem Junho 01, 2019, 07:41:04 pm
por Lusitano89
Centro de Instrução de Blindados (C I Bld)

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 9
Visualizações: 452
Última mensagem Outubro 17, 2019, 02:16:42 pm
por Vitor Santos