Aeroporto na Base da Força Aérea em Monte Real?

  • 99 Respostas
  • 27936 Visualizações
*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4128
  • Recebeu: 248 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +41/-2
(sem assunto)
« Responder #45 em: Junho 04, 2009, 12:36:36 pm »
de vez em quando aterram aeronaves de outros países lá. Agora festejos da Fap é que não.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2224
  • Recebeu: 1011 vez(es)
  • Enviou: 522 vez(es)
  • +246/-81
(sem assunto)
« Responder #46 em: Junho 04, 2009, 01:06:42 pm »
Citação de: "Instrutor"
Bombardeamento ao pé de populaçao..... excelente video.


 :lol:

Não foi nenhum bombardeamento, caro Instrutor, mas sim efeitos no solo para simular explosões. Seria impossível largar uma bomba de 250kg perto de pessoas, a não ser que se quisesse acabar com a audiência. Acredite que já assisti a lançamento de bombas de 250kg no Campo de Tiro de Alcochete e é bom estar bem longe por causa da tremenda onda de choque.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Instrutor

  • Investigador
  • *****
  • 1310
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #47 em: Junho 04, 2009, 02:13:50 pm »
Citação de: "Charlie Jaguar"
Citação de: "Instrutor"
Bombardeamento ao pé de populaçao..... excelente video.

 :lol:

Não foi nenhum bombardeamento, caro Instrutor, mas sim efeitos no solo para simular explosões. Seria impossível largar uma bomba de 250kg perto de pessoas, a não ser que se quisesse acabar com a audiência. Acredite que já assisti a lançamento de bombas de 250kg no Campo de Tiro de Alcochete e é bom estar bem longe por causa da tremenda onda de choque.


Sei lá, eu como os unicos exercícios de fogo real que fiz e assisti foi na carreira de tiro do CMSM e na altura os CC M60 disparavam fogo real, as .50 dos M113 também, os TOW e os MILAN dos M113 A2, ITV M904 e Jipes eram todos reais, logo pensei que que poderiam ser de alguma forma bombas de fraca potencia sei lá.....
"Aqui na Lusitanea existe um povo que não se governa nem se deixa governar" voz corrente entre os Romanos do Séc. I a.C
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2224
  • Recebeu: 1011 vez(es)
  • Enviou: 522 vez(es)
  • +246/-81
(sem assunto)
« Responder #48 em: Junho 04, 2009, 03:15:00 pm »
Citação de: "Instrutor"
Sei lá, eu como os unicos exercícios de fogo real que fiz e assisti foi na carreira de tiro do CMSM e na altura os CC M60 disparavam fogo real, as .50 dos M113 também, os TOW e os MILAN dos M113 A2, ITV M904 e Jipes eram todos reais, logo pensei que que poderiam ser de alguma forma bombas de fraca potencia sei lá.....


Só para ter uma ideia, no final de 1989 assisti à largada por parte de um A-7P de duas Mk.84 de 2000lbs cada (900kg) no CTA. A onda de choque rachou telhados e paredes a 15km de distância...
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Instrutor

  • Investigador
  • *****
  • 1310
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #49 em: Junho 04, 2009, 03:20:45 pm »
Fonix......... :shock:
"Aqui na Lusitanea existe um povo que não se governa nem se deixa governar" voz corrente entre os Romanos do Séc. I a.C
 

*

Instrutor

  • Investigador
  • *****
  • 1310
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #50 em: Junho 04, 2009, 03:24:21 pm »
Citação de: "Charlie Jaguar"
Citação de: "Instrutor"
Sei lá, eu como os unicos exercícios de fogo real que fiz e assisti foi na carreira de tiro do CMSM e na altura os CC M60 disparavam fogo real, as .50 dos M113 também, os TOW e os MILAN dos M113 A2, ITV M904 e Jipes eram todos reais, logo pensei que que poderiam ser de alguma forma bombas de fraca potencia sei lá.....

Só para ter uma ideia, no final de 1989 assisti à largada por parte de um A-7P de duas Mk.84 de 2000lbs cada (900kg) no CTA. A onda de choque rachou telhados e paredes a 15km de distância...
[/b]

Agora só para ser mauzinho :twisted:  :twisted:  :twisted:
"Aqui na Lusitanea existe um povo que não se governa nem se deixa governar" voz corrente entre os Romanos do Séc. I a.C
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7194
  • Recebeu: 553 vez(es)
  • Enviou: 693 vez(es)
  • +54/-20
(sem assunto)
« Responder #51 em: Junho 04, 2009, 08:00:31 pm »
Citação de: "Instrutor"
Agora só para ser mauzinho :twisted:  :twisted:  :twisted:


Só para ser mauzinho, mais valia cair em cima de um M113...
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4128
  • Recebeu: 248 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +41/-2
Re: Aeroporto na Base da Força Aerea em Monte Real?
« Responder #52 em: Janeiro 23, 2010, 01:03:38 pm »
Citar
Região Centro quer aeroporto low cost em Monte Real ou Leiria

de Sérgio Bastos 21 Janeiro 2010 | Aeroportos, Companhias Aéreas, Economia, Portugal, Turismo

Se há algumas décadas o “charter” era a resposta para o desenvolvimento turístico, nos tempos que correm é o “low cost”. Depois do Turismo de Lisboa exigir uma base, é a vez do centro do país pedir a adaptação de aeroporto militar, ou a criação de um de raiz, e canalizar investimento na captação de rotas de baixo custo.

As regiões de Turismo do Centro, de Oeste e de Leiria-Fátima requisitaram a uma consultora inglesa, um estudo para avaliar a possibilidade de se criar um aeroporto regional na área de Leiria. A infra-estrutura serviria o mercado do turismo e de negócios.

António Carneiro, presidente da Turismo do Oeste, defende a adaptação da base aérea de Monte Real a aeroporto civil / militar, cenário semelhante aos aeroportos das Lages (Açores) e Frankfurt (Alemanha). Em estudo estará também a localização do aeroporto em Leiria, perto da futura estação TGV / Linha Oeste e do nó da A8 com a A17.

O presidente do Turismo do Oeste justifica o investimento com o exemplo do aeroporto de Valladolid (onde a Ryanair tem voos directos para Milão, Londres e Paris)

António Carneiro - Turismo do Oeste“Estamos a falar de uma coisa que custaria um por cento do aeroporto de Alcochete (3300 milhões de euros) e que não lhe retira importância porque não vai concorrer com ele, uma vez que se destina a um mercado muito específico. Se conseguíssemos uma base de uma Ryanair ou da Easyjet no centro de Portugal, poderíamos dinamizar o turismo em todo o Lltoral centro, incluindo o turismo residencial”, afirma António Carneiro, presidente da Turismo do Oeste.

Pedro Machado - Turismo CentroO presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, alinha pelo mesmo diapasão, “as acessibilidades são um dos factores críticos de diferenciação e é responsável por um número muito substancial de turistas que entram no mercado. Não pretendemos um aeroporto com as características de Alcochete, mas com capacidade para receber viagens low cost para aumentarmos a competitividade e atractividade da Região Centro”.

David Catarino - Turismo de Leiria/FátimaJá o presidente do Turismo de Leiria/Fátima, David Catarino, refere ao Jornal de Leiria que já foi manifestado interesse por parte de uma companhia. “Fomos abordados pela Ryanair na BTL. Gostaríamos de aprofundar os contactos para ver qual a sua disponibilidade para voar para esta zona. Sei que isso não interessa a Lisboa, mas interessa-nos a nós.”

O ministro das Obras Públicas e Transportes, António Mendonça, refere ao Público que está disponível para avaliar propostas.
http://www.lowcostportugal.net/aeroportos/regiao-centro-quer-aeroporto-low-cost-em-monte-real-ou-leiria/2010/01/
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2931
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +69/-19
Re: Aeroporto na Base da Força Aerea em Monte Real?
« Responder #53 em: Janeiro 23, 2010, 08:43:49 pm »
Já andam com vontade de "comer" a  BA nº5 a muito tempo, vamos ver se não é desta..

Depois do sucesso do aeroporto de Beja... Enfim...

Espero que o CEMFA que é um General firme e que respeito não deixe passar isto...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2435
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +10/-15
Re: Aeroporto na Base da Força Aérea em Monte Real?
« Responder #54 em: Janeiro 23, 2010, 11:26:54 pm »
No pior dos casos, fica sempre o AM1 que pode ser rapidamente transformado em BA7 :mrgreen:
 

*

ShadIntel

  • Investigador
  • *****
  • 1510
  • +0/-0
Re: Aeroporto na Base da Força Aérea em Monte Real?
« Responder #55 em: Março 16, 2010, 07:25:57 pm »
Citar
Militares admitem uso civil da base aérea de Monte Real

O chefe do Estado Maior da Força Aérea, general Luís Araújo, admitiu hoje o uso civil da base aérea n.º 5, em Monte Real, Leiria, advertindo contudo que o «terminal de passageiros não é no gabinete do comandante».

«Eu sou e sempre fui apologista de que as infra-estruturas aeronáuticas nacionais sempre que for possível devem ser – como a nossa Marinha também diz – utilizadas em duplo uso», declarou o general no âmbito de uma visita que deputados da Comissão de Defesa Nacional da Assembleia da República realizaram à base.

Já o presidente da comissão parlamentar, José Luís Arnaut, adiantou que «há uma predisposição de princípios sobre essa matéria», ressalvando, contudo, a necessidade de delimitar o que é «a parte militar e a parte civil».

«Não pode haver uma promiscuidade», defendeu o deputado, apontando «experiências de funcionamento nessa matéria», nomeadamente em Lisboa e na Base Aérra das Lajes, nos Açores.

«Há um conjunto já de experiências positivas (…) desta cooperação que existe entre a parte civil e a parte militar», adiantou, reconhecendo que esta «matéria pode ser importante» mas «há outras da prioridades orçamentais», remetendo para uma decisão do Governo.

Diário Digital / Lusa
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?s ... ews=440602

Não percebo essa comparação com a coabitação entre tráfego militar e civil nas Lajes.

A BA5 é a única base de interceptores do país. E em caso de emergência, quando cada segundo conta, se uma parelha QRA tiver de descolar no preciso momento em que o tráfego civil é intenso (embora não me pareça que esse eventual "aeroporto" venha a ter muito sucesso, mas enfim...) ?

A não ser que pretendam destacar F-16 para outras bases do continente.
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2931
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +69/-19
Re: Aeroporto na Base da Força Aérea em Monte Real?
« Responder #56 em: Março 17, 2010, 12:30:52 am »
Penso que o General Luís Araújo está a "amolecer" um pouco..

Sinceramente já me estou a "Borrifar" para o assunto, que abram as bases todas ao tráfego civil, abram também Ovar para aterrarem ovnis vindos do espaço...

Mais uma politiquice curriqueira...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

ShadIntel

  • Investigador
  • *****
  • 1510
  • +0/-0
Re: Aeroporto na Base da Força Aérea em Monte Real?
« Responder #57 em: Abril 27, 2011, 09:23:18 am »
Citar
Há interesse estrangeiro
na base área de Monte Real


Fórum Centro Portugal tem vindo a desenvolver contactos com potenciais investidores e no jantar de sábado pretende-se assumir a “unidade necessária” para dar consistência ao projecto

Autarcas e empresários dos distritos de Leiria e Coimbra vão participar num jantar no próximo sábado em Monte Real, Leiria, pela abertura da base aérea local ao tráfego civil. O presidente da Câmara de Leiria, Raul Castro, disse à Lusa que a iniciativa é liderada pelo Fórum Centro de Portugal, composto por personalidades que defendem os voos civis internacionais na base militar de Monte Real e que em Maio de 2009 anunciou a realização de um estudo – entretanto suspenso – para analisar esta viabilidade.

Raul Castro adiantou que o jantar, ao qual devem associar-se deputados dos dois círculos eleitorais e, também, autarcas de outros distritos da região Centro, pretende ser um espaço para assumir a «unidade necessária» para que se concretize este projecto, que classificou de «extremamente relevante para toda a região».

«Há, neste momento, alguma possibilidade que isso seja uma realidade e, portanto, o que pretendemos é que, sem recurso ao erário público, possa aquela estrutura ficar ao serviço de toda a região Centro», afirmou. O autarca, independente eleito pelo PS, manifestou o desejo de que, no decurso do encontro, saia «uma manifestação clara do interesse suprapartidário e do interesse regional» do investimento. «Para  demonstrar, de uma vez por todas, que somos capazes de deixar de lado as chamadas capelinhas e defender um projecto de importância vital», referiu, apontando a sua relevância para «ajudar a alavancar a economia» da região.

O lema do jantar é “pela abertura aos privados, pelo fim do monopólio da ANA”, empresa que gere sete aeroportos do país, e os seus promotores querem que os partidos se comprometam com o “caminho” da abertura da base aos voos civis, impedindo «a manutenção de um monopólio que se tem revelado incapaz de cumprir a sua missão de assegurar uma adequada cobertura do território no Continente português», revela a organização.

O presidente da Câmara de Leiria lembra que o Centro «é a única região do país que não tem uma infra-estrutura desta natureza». «O que nós pretendemos é lutar, também, contra o “lobby” da ANA que tem sido, realmente, o grande obstáculo que tem inviabilizado esta possibilidade na região Centro», declarou.

Reconhecendo que haverá «condicionantes» para a abertura da BA5 ao tráfego civil, dado tratar-se de uma unidade que tem como missão garantir toda a defesa aérea do país e está em estado de permanente prontidão, Raul Castro assegurou, contudo, que «não é a Força Aérea» a «responsável desta impossibilidade». «Na realidade há interesses que se movimentam em redor da ANA e que têm prejudicado toda a nossa região», acrescentou, apontando «indícios» – que não quis especificar – que o levam a pensar que «a ANA não terá grande interesse que esta solução seja realizável».
http://www.diariocoimbra.pt/index.php?o ... Itemid=135
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2931
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +69/-19
Re: Aeroporto na Base da Força Aérea em Monte Real?
« Responder #58 em: Abril 27, 2011, 10:11:31 am »
Por essa ordem de ideias, já que o centro não tem, e o nordeste transmontano tem ?

Porque razão o centro terá de ter e o nordeste transmontano não?
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2931
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +69/-19
Re: Aeroporto na Base da Força Aérea em Monte Real?
« Responder #59 em: Outubro 12, 2011, 06:59:17 pm »
Citar
A região de Turismo do Oeste congratula-se com a decisão do Governo em adiar a construção do novo aeroporto de Lisboa, e considera que um segundo aeroporto para a capital, já existe - a base aérea de Monte Real.

"O poder do eixo industrial Leiria-Marinha Grande, das cidades de Coimbra e Figueira da Foz, o turismo religioso de Fátima e o valor agrícola e os resorts do Oeste justificam esse aeroporto complementar", diz o comunicado, que cita o exemplo da Galiza que possui três aeroportos regionais.

António Carneiro, presidente da Turismo do Oeste, diz que Monte Real fica entre Lisboa e o Porto e pode servir uma região de dois milhões de habitantes, sendo servido pela A17, A29 e A8, com ligações à A1 pelo IC9, a Fátima e ao interior Centro. A base aérea fica ainda perto da linha do Oeste, embora esta infra-estrutura necessitasse de ser modernizada. "Agrada-nos a estratégia do senhor ministro quanto ao turismo residencial quando ele se refere a Portugal como a Florida da Europa", diz o presidente da Turismo do Oeste, sublinhando que esse tipo de turismo e companhias low cost são uma "associação de sucesso".

A ideia de abrir a base aérea de Monte Real ao tráfego civil é também partilhada por municípios da região Centro que argumentam que basta apenas construir o terminal para passageiros. A Turismo do Oeste engloba os concelhos de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Rio Maior, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras


A pressão continua.....Eu oponho-me fortemente a que a única base que alberga os meios de defesa aérea do país, seja "invadida" por voos "Low cost", "não quadra"... secalhar sou eu que estou a ficar velho e maluco...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

 

Açores: radares de defesa aérea a partir de 2011

Iniciado por pmdavila

Respostas: 18
Visualizações: 9038
Última mensagem Maio 20, 2008, 04:09:50 pm
por Lancero
Sistema de Defesa Aérea

Iniciado por Shar[K]

Respostas: 34
Visualizações: 9126
Última mensagem Julho 11, 2006, 02:06:47 pm
por Spectral
Dúvidas Polícia Aérea

Iniciado por tiagu25

Respostas: 98
Visualizações: 28190
Última mensagem Abril 16, 2019, 11:33:26 pm
por Miguelch22
SDA - Sistema de Defesa Aérea

Iniciado por pauloramo

Respostas: 79
Visualizações: 20849
Última mensagem Dezembro 08, 2017, 09:56:58 pm
por nelson38899
A-7P defesa aérea

Iniciado por JP Vieira

Respostas: 55
Visualizações: 12614
Última mensagem Setembro 28, 2007, 02:01:55 am
por Charlie Jaguar