Serviços Secretos e a sua Acção no Estrangeiro

  • 42 Respostas
  • 16066 Visualizações
*

bargado

  • 2
  • +0/-0
Serviços Secretos e a sua Acção no Estrangeiro
« em: Maio 31, 2008, 07:36:16 pm »
Boas, gostaria de saber se os nossos serviços actuam permanentemente no estrangeiro, e se o fazem como o fazem?
 
Utilizam as mesmas técnicas de recolha de informaçoes que por exemplo o MI6 utiliza (membros do serviço a trabalhar numa embaixada a título de diplomata mas sendo na realidade agente do serviço, agentes  a irem temporariamente para fora para contactar individuos que contanham informaçoes importantes...)???

Mais uma coisa no sied, qual a categoria profissional referente ao vulgo "espião", aquele que de facto vai para o estrangeiro recolher informação??
 

*

RicP

  • 357
  • +0/-0
Re: Serviços Secretos e a sua Acção no Estrangeiro
« Responder #1 em: Maio 31, 2008, 10:02:41 pm »
Citação de: "bargado"
Boas, gostaria de saber se os nossos serviços actuam permanentemente no estrangeiro, e se o fazem como o fazem?

 Utilizam as mesmas técnicas de recolha de informaçoes que por exemplo o MI6 utiliza (membros do serviço a trabalhar numa embaixada a título de diplomata mas sendo na realidade agente do serviço, agentes  a irem temporariamente para fora para contactar individuos que contanham informaçoes importantes...)???

Mais uma coisa no sied, qual a categoria profissional referente ao vulgo "espião", aquele que de facto vai para o estrangeiro recolher informação??


Eu pessoalmente acho engraçado quando vejo "posts" destes...

No seu caso eu acho que deveria telefonar para o SIS e para o SIED ou mesmo dirigir-se ás instalações dos mesmos e perguntar directamente a eles...de certo que sairá de lá com as ideias mais fixas e duvidas retiradas.

Se ler um bocado,por exemplo um dos livros de José Vegar ou pesquisar na Internet os sites oficiais sobre os nossos serviços secretos pode ser que também ajude e conheça um pouco mais do que há para conhecer a nível publico.
 

*

bargado

  • 2
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Junho 17, 2008, 01:05:42 am »
Esse sarcasmo idiota não tem necessariamente fundamento. O objectivo de um forum é alem de discutir e debater topicos tirar duvidas em relação aos mesmos, e, como deve saber, á informaçao sobre este tipo de operaçoes e metodos operacionais sobre quase todos os serviços secretos existentes, daí (e por ser preguiçoso demais para ir comprar os livros de jose vegar) ter escrito e pedido as informaçoes atras descritas, por saber que provavelmente alguem tem alguma ideia sobre a forma como os nossos serviços actuam no estrangeiro, quer seja atraves da leitura de um livro ou de boatos populares, seja de que forma for gostaria de saber mais qualquer coisa.

Com os melhores cumprimentos: EU

P.S: tenho um doutoramento em sarcasmo e estou a tirar uma pós-graduação em ironia portanto deixe de agir assim e contribua para a proliferação de ideias inerente á existência de internet.
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
(sem assunto)
« Responder #3 em: Junho 18, 2008, 11:23:54 am »
Agentes do SIS no estrangeiro ? de certeza que deve haver antenas dos nossos "espioes" em alguns paises . Mas o essencial do trabalho deles deve ser sentado numa secretaria diante dum computador... a recolher e a tratar a informaçao que outros serviços secretos lhes comunicam.

Mesmo que quizessem fazer mais do que isto, nao haveria dinheiro ;)
« Última modificação: Junho 18, 2008, 11:52:48 am por legionario »
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14528
  • Recebeu: 815 vez(es)
  • Enviou: 800 vez(es)
  • +88/-90
(sem assunto)
« Responder #4 em: Junho 18, 2008, 11:50:15 am »
Houve à uns tempos atrás uma polémica qualquer entre o SIS e o SIED, porque tinham sido escolhidos para "trabalhos" em embaixadas agentes do SIS e não do SIED.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
(sem assunto)
« Responder #5 em: Junho 18, 2008, 11:58:50 am »
Polémicas nao devem faltar entre as nossas Bond's girls...
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

RicP

  • 357
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Junho 18, 2008, 03:14:43 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Houve à uns tempos atrás uma polémica qualquer entre o SIS e o SIED, porque tinham sido escolhidos para "trabalhos" em embaixadas agentes do SIS e não do SIED.


Correcto,se está a falar as mesmas embaixadas que eu penso,essas eram no exterior de Portugal certo?
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14528
  • Recebeu: 815 vez(es)
  • Enviou: 800 vez(es)
  • +88/-90
(sem assunto)
« Responder #7 em: Junho 18, 2008, 03:33:41 pm »
Embaixadas Portuguesas no estrangeiro.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

RicP

  • 357
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Junho 18, 2008, 10:53:24 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Embaixadas Portuguesas no estrangeiro.


Exacto,deveriam ter sido o pessoal do SIED nesse serviço.
 

*

lofos

  • 6
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Setembro 11, 2008, 02:22:58 pm »
Mais que uma questão de competência ou legitimidade, deverá ter sido uma polémica relacionada com as ajudas de custo internacionais...
 

*

RicP

  • 357
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Setembro 11, 2008, 06:16:18 pm »
Citação de: "lofos"
Mais que uma questão de competência ou legitimidade, deverá ter sido uma polémica relacionada com as ajudas de custo internacionais...


qui sá.
 

*

rangerovsky

  • 6
  • +0/-0
sis
« Responder #11 em: Setembro 16, 2008, 10:18:41 pm »
eu, na minha opinião penso que poderíamos ser dos países com mais informação útil e própria ao nível de serviços secretos.visto que temos uma imensidão de emigrantes, alguns muitíssimo bem colocados, se os soubéssemos cativar teríamos umas belas bases de dados "secretas" ou conforme o desejo dos nossos políticos .os meus cumprimentos
onde me senti mais em casa no quartel de penude onde o mundo deixa de existir e começa uma vida nova
 

*

RicP

  • 357
  • +0/-0
Re: sis
« Responder #12 em: Setembro 17, 2008, 01:55:57 am »
Citação de: "rangerovsky"
eu, na minha opinião penso que poderíamos ser dos países com mais informação útil e própria ao nível de serviços secretos.visto que temos uma imensidão de emigrantes, alguns muitíssimo bem colocados, se os soubéssemos cativar teríamos umas belas bases de dados "secretas" ou conforme o desejo dos nossos políticos .os meus cumprimentos


Boas,
Quem disse que as nossas bases de dados não são secretas?Se calhar não são as mais bem construtivas a nível Europeu mas sem duvida são secretas.

Cativar os emigrantes em que sentido?Ficar a dever favores a pessoas que não são de confiança e mais,que teríamos em troca?

Já sei que me vai responder "informação!",e eu digo,verdadeira?falsa?
Que iria contribuir se não sabemos esse pequeno pormenor e tão importante.

NOTA:os nossos políticos estão-se nas tintas para as informações,se bem que existe um ou outro que escapa.

Mas contudo percebi o teu ponto de vista.
 

*

rangerovsky

  • 6
  • +0/-0
sis
« Responder #13 em: Setembro 17, 2008, 08:28:35 am »
certo,mas primeiro esses supostos agentes teriam de dar provas da sua credibilidade e confiança. e depois a informação verdadeira ou falsa deve ser sempre tríada e confirmada.como em todos os serviços
onde me senti mais em casa no quartel de penude onde o mundo deixa de existir e começa uma vida nova
 

*

jmg

  • Analista
  • ***
  • 637
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Setembro 17, 2008, 01:17:54 pm »
Rangerovsky, quem lhe diz que esseas informações não vão chegando?
Temos é verdade milhares de emigrantes, mas a maioria com instrução básica e a trabalhar em fábricas como operários não qualificados ou então na construção.
Que tipo de informação é que estas pessoas podem fornecer? Certamente não serão de grande importância.
Quanto aos emigrantes bem colocados ou com alguma importância, não se preocupe que os serviços estrangeiros também não andam a dormir.
Posso dar um exemplo concreto do meu pai (que já regressou de França agora) que como emigrante também era presidente de uma colectividade que reunia emigrantes portugueses com várias actividades culturais e desportivas. Fique sabendo que não eram raras as vezes que recebiámos visitas de Senhores dos "Renseignements Généraux" em casa ou que lhe era pedido de deslocar-se a "prefecture" para tratar de assuntos.
Claro que estou a referir um periodo anterior a abertura das fronteiras em que a atribuição da "carte de séjour" não era feita sem primeiro investigar o requerente.
Não te fies de mim, se te faltar valentia.
(Inscrição gravada num antigo punhal.Autor desconhecido)

ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ
 

 

Nova directora-geral dos Serviços de Informação e Segurança

Iniciado por Tiger22

Respostas: 21
Visualizações: 12209
Última mensagem Agosto 01, 2007, 08:13:23 pm
por SSK
Serviços de Informações - Percepção pública de info disponível

Iniciado por Mike R

Respostas: 2
Visualizações: 2166
Última mensagem Janeiro 23, 2018, 09:56:09 pm
por Lightning
Completa Mudança de Paradigma nos Serviços de Informações

Iniciado por Jaromil

Respostas: 31
Visualizações: 9591
Última mensagem Janeiro 07, 2012, 04:42:36 pm
por vmpsm
Informações Concentram Serviços e Recursos

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 7
Visualizações: 6535
Última mensagem Outubro 23, 2007, 01:16:14 pm
por typhonman
Ingresso nos Serviços de Informações portugueses

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 3
Visualizações: 3360
Última mensagem Junho 07, 2017, 04:14:10 pm
por Cabeça de Martelo