Portugal Ultramarino

  • 307 Respostas
  • 46621 Visualizações
*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1403
  • Recebeu: 261 vez(es)
  • Enviou: 179 vez(es)
  • +44/-199
(sem assunto)
« Responder #75 em: Março 09, 2009, 10:03:27 pm »
Bem, a resposta a essa pergunta, deu-a você mesmo sr. Cabecinhas. Eles não queriam. Bastava esperar pelo fim da concessão e voltava para eles. Para quê fazer barulho?!! Esses têm paciência, sabem esperar e acima de tudo conhecem muito bem de que lado sopra o vento.
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1509
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #76 em: Março 09, 2009, 11:49:00 pm »
Sr. Cabecinhas gostei  c34x Já não "ouvia" a algum tempo  :wink:
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2030
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #77 em: Março 10, 2009, 12:16:54 am »
A União Indiana não tinha qualquer direito aos territórios do Estado Português da Índia. Esta nem existia aquando da conquista destes territórios quatros séculos antes.  :lol:

Não foi com Portugueses assim que se construiu Portugal.  :twisted:
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7461
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 437 vez(es)
  • +72/-199
(sem assunto)
« Responder #78 em: Março 10, 2009, 10:07:40 am »
Os ingleses e os franceses é que foram parvos em conceder a independência aos seus ex- territórios africanos, sem derramamento de sangue e mantendo bons interesses económicos, num processo de auto-determinação progressiva e estudada.

o salazar não, era um gajo esperto para caraças e como aquilo era "nosso" por decreto divino, conseguiu uma guerra de 14 anos que ainda empobreceu mais o país e deu no que deu, em que portugal foi corrido a pontapé de áfrica.

Realmete, o gajo era muito "esperto" ...
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
(sem assunto)
« Responder #79 em: Março 10, 2009, 10:22:32 am »
Uma coisa é certa, Portugal nao tinha os meios para tanta ambiçao : guardar o Ultramar . E aqui acho que o Salazar (que tinha aversao às armas) pecou por excesso de confiança ou por falta de visao. Portugal se queria continuar como "império" teria que criar as condiçoes para isso, nomeadamente umas FA's bem equipadas , fortes, aguerridas e motivadas.

Nos ultimos anos do regime procurou-se remediar as lacunas em termos de material humano com o recrutamento massivo de nativos para as nossas FA's, que ja representavam mais de 50% do efectivo nalgumas provincias, mas em termos de equipamento nunca estivemos bem servidos.

Por ultimo, faltava-nos a vontade de continuar, faltava-nos uma ideologia galvanizadora , e o nosso povo estava longe de ter o entusiasmo unissono que tem actualmente pela nossa seleçao de futebol :)

A "culpa" se calhar nao foi do Salazar nem do Soares, mas sim de todos nos colectivamente, da nossa ignorancia  e da nossa fraqueza.
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
(sem assunto)
« Responder #80 em: Março 10, 2009, 10:29:41 am »
Citação de: "P44"
Os ingleses e os franceses é que foram parvos em conceder a independência aos seus ex- territórios africanos, sem derramamento de sangue e mantendo bons interesses económicos, num processo de auto-determinação progressiva e estudada.

o salazar não, era um gajo esperto para caraças e como aquilo era "nosso" por decreto divino, conseguiu uma guerra de 14 anos que ainda empobreceu mais o país e deu no que deu, em que portugal foi corrido a pontapé de áfrica.

Realmete, o gajo era muito "esperto" ...


A França perdeu dezenas de milhar de soldados nas guerras da Indochina (Vietnam) e da Argélia. Apesar de tudo conserva até hoje alguns territorios ultramarinos, um dos quais, a Guyana, é do tamanho de Portugal. Ainda hoje a França faz e desfaz os governos nas suas antigas colonias e tem a sua presença assegurada em Africa.
A Inglaterra manteve inumeras guerras contra os movimentos de libertaçao : Quénia, Malasia (onde venceu a guerrilha comunista), etc e tal como a França, assegurou a continuidade da metropole nas antigas colonias.  
Portugal perdeu tudo e rapidamente .
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

TOMSK

  • Investigador
  • *****
  • 1469
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #81 em: Março 10, 2009, 10:38:42 am »
Exactamente. Basta olhar para um mapa do globo, devidamente identificado, para se aperceberem das ínumeras ilhas e localizações espalhadas pelo globo, ainda em poder de França e da Inglaterra.

O mesmo devia ter acontecido connosco. Até compreendo que se tenha entregado Angola, Moçambique e Guiné. Revoltaram-se contra a presença portuguesa, e a "comunidade internacional" estava em cima de nós.

Agora, Cabo-Verde?
Timor?
Macau?
Peço desculpa, mas isto foi das maiores vergonhas que aconteceu ao nosso país.
Até me admira como o Dr.Soares não entregou os Açores e a Madeira.
Concerteza que os Americanos lhe devem ter pedido isso enquanto estava lá em Paris, com as "férias" pagas pela CIA...
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7461
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 437 vez(es)
  • +72/-199
(sem assunto)
« Responder #82 em: Março 10, 2009, 10:45:16 am »
Citação de: "legionario"
Citação de: "P44"
Os ingleses e os franceses é que foram parvos em conceder a independência aos seus ex- territórios africanos, sem derramamento de sangue e mantendo bons interesses económicos, num processo de auto-determinação progressiva e estudada.

o salazar não, era um gajo esperto para caraças e como aquilo era "nosso" por decreto divino, conseguiu uma guerra de 14 anos que ainda empobreceu mais o país e deu no que deu, em que portugal foi corrido a pontapé de áfrica.

Realmete, o gajo era muito "esperto" ...

A França perdeu dezenas de milhar de soldados nas guerras da Indochina (Vietnam) e da Argélia. Apesar de tudo conserva até hoje alguns territorios ultramarinos, um dos quais, a Guyana, é do tamanho de Portugal. Ainda hoje a França faz e desfaz os governos nas suas antigas colonias e tem a sua presença assegurada em Africa.
A Inglaterra manteve inumeras guerras contra os movimentos de libertaçao : Quénia, Malasia (onde venceu a guerrilha comunista), etc e tal como a França, assegurou a continuidade da metropole nas antigas colonias.  
Portugal perdeu tudo e rapidamente .


e a culpa é de quem?

Comparem a actuação desses governos com o "orgulhosamente sós" de salazar.

ps- Tomsk, Portugal ofereceu Macau á RPC logo a seguir ao 25 de Abril, os Chineses é que disseram "não"

Cabo Verde até digo que seria uma hipótese para continuar a ter sido uma "região autónoma" portuguesa , como os Açores e a Madeira

quanto a Timor é o que se sabe  :roll: , além de que um Portugal tão instável nunca teria possibilidades de manter um território do outro lado do mundo
(mais a mais qd a Indonésia tinha o apoio dos "nossos amigos" dos EUA para a Invasão)
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Ataru

  • 416
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #83 em: Março 10, 2009, 10:53:17 am »
Penso que o importante neste momento é consolidar laços com os CPLP's e pretendentes.

Há que tornar o Português a língua número 1 nos PALOP's sem oposição do francês ou inglês para isso é importante Portugal e Brasil trabalharem em conjunto e enviarem professores para esses países em especia paa a Guiné-Bissau mas também Timor e Macau.

No futuro talvez se possa reunificar Cabo Verde e São Tomé com Portugal mas isso deverá ser pensado mais daqui a uns anos.

Seria também importante fomentar o Português em regiões de influência portuguesa, como por exemplo, Olivença, Galiza, e toda a fronteira com Espanha, Casamance, Guiné Equatorial, Uruguai, Goa, Mallaca, Timor ocidental etc...
Greater Portugal = Portugal + Olivença + Galiza and the Eonavian Region + border villages that speak galaico-portuguese dialects + Cape Verde + St. Tomé and Principe.
 

*

TOMSK

  • Investigador
  • *****
  • 1469
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #84 em: Março 10, 2009, 10:53:24 am »
Citação de: "P44"
Tomsk, Portugal ofereceu Macau á RPC logo a seguir ao 25 de Abril, os Chineses é que disseram "não"
Pois, mas não haviam de oferecer. E a verdade é que os homens não quiseram...

Citar
Cabo Verde até digo que seria uma hipótese para continuar a ter sido uma "região autónoma" portuguesa , como os Açores e a Madeira
Claro! Até em termos geo-estratégicos Portugal tinha muito a ganhar!

Citar
quanto a Timor é o que se sabe  :roll: , além de que um Portugal tão instável nunca teria possibilidades de manter um território do outro lado do mundo
(mais a mais qd a Indonésia tinha o apoio dos "nossos amigos" dos EUA para a Invasão)
 
Sim, mas a invasão só aconteceu quando os soldados portugueses saíram de lá...Além disso, uma invasão é sempre uma invasão, e aí a razão estava do lado Português. Bem como a população timorense, que concerteza queria continuar portuguesa, e ficou um pouco atónita quando se viu invadida pela Indonésia...
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7461
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 437 vez(es)
  • +72/-199
(sem assunto)
« Responder #85 em: Março 10, 2009, 11:13:48 am »
Tomsk

e achas que os Americanos e os Indonésios estavam preocupados com a opinião dos Timorenses?
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

TOMSK

  • Investigador
  • *****
  • 1469
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #86 em: Março 10, 2009, 11:18:10 am »
Citação de: "P44"
Tomsk

e achas que os Americanos e os Indonésios estavam preocupados com a opinião dos Timorenses?


Não, mas como referi, uma invasão é uma invasão!

Por outro lado, hoje parece que devemos nos rebaixar à vontade dos mais poderosos é?
Bem, agora, substancialmente fracos, sem as nossas posições ultramarinas, esse parece ser o nosso destino...
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
(sem assunto)
« Responder #87 em: Março 10, 2009, 12:12:23 pm »
O bom filho à casa do Pai torna !
Regressamos às nossas fronteiras medievais, porque nao estreitar ainda mais as nossas relaçoes com Espanha , apresentando à UE e ao mundo uma frente unida em materias que sao do nosso mutuo interesse ?
A CPLP, SIM , e em força ! mas tambem toda a hispanidad !  Vejam voces que formidavel vector de influencia no mundo nao seria a uniao dos povos irmaos de lingua portuguesa e espanhola  :)
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #88 em: Março 10, 2009, 12:22:51 pm »
Citação de: "legionario"
mas tambem toda a hispanidad !  Vejam voces que formidavel vector de influencia no mundo nao seria a uniao dos povos irmaos de lingua portuguesa e espanhola  :shock:  :shock:

Seria mais ao contrário a maior influência da lingua espanhola nos paises lusofonos, um autêntico cavalo de Troia ...  :roll:  :evil:

 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
(sem assunto)
« Responder #89 em: Março 10, 2009, 12:24:54 pm »
eu sabia....ahahahahahahah
pega sempre !
IN HOC SIGNO VINCES
 

 

Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique

Iniciado por dremanu

Respostas: 52
Visualizações: 16404
Última mensagem Dezembro 22, 2010, 03:35:24 pm
por Cabeça de Martelo
Timor, transferência de território ou Portugal o Idiota útil

Iniciado por Luso

Respostas: 20
Visualizações: 12017
Última mensagem Setembro 13, 2007, 07:51:04 pm
por comanche
Crise em Timor - o que pode fazer Portugal?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 49
Visualizações: 15580
Última mensagem Junho 23, 2006, 10:22:37 am
por Rui Elias
União Portugal/Cabo-Verde

Iniciado por Ataru

Respostas: 226
Visualizações: 41218
Última mensagem Fevereiro 06, 2012, 07:47:55 pm
por PCartCast
Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)

Iniciado por Lusitanian

Respostas: 52
Visualizações: 8935
Última mensagem Março 11, 2011, 03:39:30 pm
por Lusitanian