Conflito Portugal-Marrocos

  • 52 Respostas
  • 17078 Visualizações
*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #15 em: Abril 24, 2008, 10:15:05 pm »
Uma coisa é a situação actual e outra são as possibilidades para as quais os países devem estar preparados.

A História está cheia de ocorrências inesperadas, que uns anos antes eram impensáveis.

O problema do extremismo islâmico é um problema real e não adianta ignora-lo.
No caso de um líder militar do estilo Khadafi dos anos 80 tomar o poder em Marrocos, os territórios da Madeira e das Canárias fazem parte da plataforma continental africana. E esse é um dos argumentos que poderia ser utilizado.

Não adianta se é válido ou não, pois para enganar uma opinião pública não é preciso muito. É evidente que a nossa única defesa seria a NATO. No caso de a Madeira ser tomada, com Marrocos com melhores capacidades que as actuais, dificilmente teríamos capacidade para fazer o que quer que fosse sozinhos.

Lá ía o AJJ ter que se ajoelhar em direcção a Meca...  :twisted:
 

*

Ataru

  • 416
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #16 em: Abril 24, 2008, 10:17:57 pm »
Discordo em parte papatango, se há algo que os líderes extremistas não são é burros. E atacar as ilhas seria de extrema burrice, já tomar o resto do sahara ocidental e do que resta do marrocos espanhol não me deixaria surpreendido.
Greater Portugal = Portugal + Olivença + Galiza and the Eonavian Region + border villages that speak galaico-portuguese dialects + Cape Verde + St. Tomé and Principe.
 

*

TOMSK

  • Investigador
  • *****
  • 1469
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #17 em: Janeiro 30, 2009, 01:39:46 am »
O Fundamentalismo Árabe

"O Fundamentalismo Árabe, de há muito existente mas durante largo período travado pelo Xá da Pérsia, hoje Irão, bom aliado do Ocidente, adquiriu novo ímpeto com a sua queda. Queda na qual teve interferência a França, mas cuja responsabilidade decisiva cabe à Administração Norte-Americana do Presidente Carter. E, com baixos e altos, esse fundamentalismo constitui na actualidade perigo significativo.
Naturalmente, que o seu objectivo geral é todo o Ocidente, até agora, com prioridade para quem nele predomina. Recentemente uma acção, que pretendia desenvolver-se em grande escala, foi tentada contra os EUA, com a destruição, planeada e iniciada, de parte importante da cidade de Nova Iorque. Contudo, os serviços norte-americanos
depressa conseguiram deter essa acção.

Tal conduzirá provavelmente aquele Fundamentalismo, o que seria inteligente, a optar por acções prioritárias sobre países mais vulneráveis do Ocidente. E, entre estes, pode vir a incluir-se Portugal, bastando para tanto que o Reino de Marrocos acabe por ser obrigado a ceder ao mesmo Fundamentalismo. A fronteira Sul de Portugal passaria a ser
com o Fundamentalismo Árabe. E uma nova acção contra o Ocidente poderia começar por infiltrações terroristas e guerrilheiras no Algarve e no Alentejo.

Mesmo antes da queda do Xá da Pérsia, já as Autoridades Portuguesas se preocupavam com esse perigo. A Base Aérea de Beja, no centro geográfico do sul de Portugal, foi, por mim próprio, no final dos anos 50 e começo dos anos 60, mandada construir, e construiu-se, para permitir a acção de forças aéreas e o afluxo rápido de forças terrestres, nesse e para esse Sul de Portugal, prevenindo infiltrações semelhantes às referidas.

Hoje, parece que preocupações idênticas estão, para os nossos Dirigentes, muito minimizadas, como se pode deduzir da colocação nas mãos da Argélia, facilmente dominável pelo Fundamentalismo em causa, da nossa principal futura fonte de energia – o gás natural dessa mesma Argélia.

No plano geral, o Fundamentalismo Árabe possui, além do seu drástico fanatismo e métodos terroristas, as grandes armas do petróleo e das quintas-colunas já instaladas em alguns países ocidentais, como a França. E é de admitir que venha, mesmo, a possuir armas nucleares.
Esta ameaça – a ameaça fundamentalista árabe – é, presentemente, de novo apenas potencial, mas pode rapidamente tornar-se efectiva, sendo dever indeclinável preveni-la."

Kaúlza de Arriaga
 

(sem assunto)
« Responder #18 em: Fevereiro 22, 2009, 08:55:31 pm »
hola comrades'm novo aqui neste fórum  :twisted:  :twisted:
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1421
  • Recebeu: 278 vez(es)
  • Enviou: 189 vez(es)
  • +68/-201
(sem assunto)
« Responder #19 em: Fevereiro 23, 2009, 12:18:02 pm »
Em caso de uma improvável guerra Espanha vs Marrocos, Portugal, se participar, irá alinhar do lado espanhol assim com os restantes países da UE.

Não porque gostemos dos espanhóis ou que não gostemos dos marroquinos mas sim porque a situação de alianças e de espaços físicos nos levará ou á neutralidade ou ao lado espanhol por muita razão que Marrocos possa ter.

Guerra entre Portugal e Marrocos é que eu penso ser extremamente improvável. Portugal é um dos países ocidentais com melhores relações com Marrocos e assim deve continuar.
 

(sem assunto)
« Responder #20 em: Fevereiro 23, 2009, 01:33:20 pm »
Citação de: "FoxTroop"
Em caso de uma improvável guerra Espanha vs Marrocos, Portugal, se participar, irá alinhar do lado espanhol assim com os restantes países da UE.

Não porque gostemos dos espanhóis ou que não gostemos dos marroquinos mas sim porque a situação de alianças e de espaços físicos nos levará ou á neutralidade ou ao lado espanhol por muita razão que Marrocos possa ter.

Guerra entre Portugal e Marrocos é que eu penso ser extremamente improvável. Portugal é um dos países ocidentais com melhores relações com Marrocos e assim deve continuar.


bem ... eu diacuerdo ishment com Marrocos e Portugal que está mais ou menos impossível ter uma guerra entre eles, as boas relações que temos sido durante muito tempo, mas eu não estou diacuerdo ishment com o que você diria se uma guerra entre a Espanha e Marrocos a outros países da UE para defender a Espanha, especialmente na situação em Espanha é a que invade Marrocos não respeitar a sua integridade territorial, obviamente isso só pode acontecer se um dia o governo extrema-direita em Espanha! e Marrocos, e também foi atribuído um estatuto avançado com a UE, e se algum dia começar a pensar em Espanha invadem marruecos terei que pensar mil vezes  :wink:
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1214
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +56/-761
(sem assunto)
« Responder #21 em: Fevereiro 23, 2009, 03:00:17 pm »
FoxTroop

Citar
Em caso de uma improvável guerra Espanha vs Marrocos, Portugal, se participar, irá alinhar do lado espanhol assim com os restantes países da UE.


Mas quem o disse, voçe claro, no caso de uma guerra entre  Espanha e Marrocos, creio que vai depender dos factores que levaram a essa guerra, para alinharmos com quem quer que for, por mim a espanha e os espanhóis, que se defendam sosinhos, pois dito por eles, são os melhores do mundo :twisted:
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

manuel liste

  • Especialista
  • ****
  • 1053
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Fevereiro 23, 2009, 03:29:00 pm »
Citação de: "moroccan_soldier"

Não creio que Portugal e marruercos haverá guerra no futuro, só se aliado com españa portugal contra Marrocos, mas isso pode muito bem ser uma guerra entre a Espanha e Marrocos e Espanha venceu eleições em alguns extrema direita então ligada a uma guerra serão seguras entre Espanha e Marrocos e do exército marroquino claro que estaremos esperando ansiosamente :twisted:


Não percebo muito bem algumas frases da mensagem, mas posso dizer que Espanha não tem problema algum com Marrocos, somente deseja levar-se bem como bom vizinho e não tem intenção alguma de atacar esse país, governe quem governe em Madri
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1421
  • Recebeu: 278 vez(es)
  • Enviou: 189 vez(es)
  • +68/-201
(sem assunto)
« Responder #23 em: Fevereiro 23, 2009, 03:30:48 pm »
Citar
Mas quem o disse, voçe claro, no caso de uma guerra entre Espanha e Marrocos, creio que vai depender dos factores que levaram a essa guerra, para alinharmos com quem quer que for, por mim a Espanha e os espanhóis, que se defendam sosinhos, pois dito por eles, são os melhores do mundo Laughing se depender de mim fico sentado a ver. Twisted Evil


Eu não o digo. Quem o diz são os acordos (NATO, etc,etc) que existem entre os diversos países. E não acredito que Espanha seja alguma vez a agressora num conflito com Marrocos apesar de todos os atritos.

E não sei se você é ou foi militar, mas se é esse o caso deveria saber que se cumpre ordens, mesmo aquelas de que não gostamos ou estamos de acordo por isso se é militar não depende de si certamente A democracia é algo que não existe no cumprimento do serviço militar e combate-se aonde o poder politico nos manda e ponto final.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7514
  • Recebeu: 655 vez(es)
  • Enviou: 796 vez(es)
  • +104/-31
(sem assunto)
« Responder #24 em: Fevereiro 23, 2009, 03:35:56 pm »
Citação de: "FoxTroop"
Em caso de uma improvável guerra Espanha vs Marrocos, Portugal, se participar, irá alinhar do lado espanhol assim com os restantes países da UE.

A União Europeia não é uma aliança militar, ninguém tem que alinha por ninguém, senão nações neutras como a Suécia ou a Irlanda não fariam parte da UE.

A unica aliança militar que existe neste caso é a NATO, e é no caso de agressão a um dos paises que a constituem, isto é, caso a Espanha seja atacada por outra nação, mas se for Espanha a agressora já não há obrigatoriadade de ajudar em nada, senão todas as nações da NATO eram obrigadas a invadir o Iraque, o que não aconteceu, várias nações como a Alemanha e a França condenaram essa guerra apesar de pertencerem à NATO.

Citar
Guerra entre Portugal e Marrocos é que eu penso ser extremamente improvável. Portugal é um dos países ocidentais com melhores relações com Marrocos e assim deve continuar.


Concordo, mas mesmo que não tivessemos relações assim tão boas os Marroquinos tem mais com o que se preocupar do que invadir territorio português, como já foi referido noutros lados, há a questão dos enclaves espanhois, há a guerrilha no sahara e há a rivalidade regional com a Argélia.
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1421
  • Recebeu: 278 vez(es)
  • Enviou: 189 vez(es)
  • +68/-201
(sem assunto)
« Responder #25 em: Fevereiro 23, 2009, 03:44:07 pm »
Quando falo em alinhar, não estou a falar de enviar unidades militares ou participar em operações. Falo de apoio politico, de aplicação de sanções entre outras coisas. O caso do ilhéu ocupado por Marrocos à uns anos que causou um conflito diplomático é a prova disso. Toda a UE apoiou Espanha, apesar de muitos dentro da união não concordarem com o que se passa.

A existir uma acção mais decidida por parte de Espanha (que duvido) será no caso de o desenvolvimento e acesso a tecnologia nuclear manifestado por os países do Magrebe tomar um rumo que não o meramente civil. Mesmo assim penso que isso levará Espanha a nuclearizar-se mas nunca a tomar acções ofensivas.
 

(sem assunto)
« Responder #26 em: Fevereiro 23, 2009, 07:35:59 pm »
Citação de: "manuel liste"
Citação de: "moroccan_soldier"

Não creio que Portugal e marruercos haverá guerra no futuro, só se aliado com españa portugal contra Marrocos, mas isso pode muito bem ser uma guerra entre a Espanha e Marrocos e Espanha venceu eleições em alguns extrema direita então ligada a uma guerra serão seguras entre Espanha e Marrocos e do exército marroquino claro que estaremos esperando ansiosamente :twisted:

Não percebo muito bem algumas frases da mensagem, mas posso dizer que Espanha não tem problema algum com Marrocos, somente deseja levar-se bem como bom vizinho e não tem intenção alguma de atacar esse país, governe quem governe em Madri



se você perceber companheiro, mas os governos dizem que você é o verdadeiro problema ...
marroquim em que você pode ter certeza que nós não somos partidos extremistas e se algum já foi bloqueado e ficar sem o direito de participar nas eleições agora ou no futuro.
mas em Espanha é muito diferente, se houver extremistas partido político e tem todo o direito de participar nas eleições presidenciais em Espanha e a má notícia é que todos estes partidos extremistas são diacuerdo marruecos em invadir e retomar este país a odiar  :roll:
 

*

old

  • Especialista
  • ****
  • 913
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #27 em: Fevereiro 27, 2009, 04:01:55 pm »
La Reyna de Marruecos podria intentar hacer el ridiculo otra vez. Pero ahora ocupando algun islote Portugues. Seria divertido ver como los vuelven a echar a patadas.

Estos moros  :lol:

La verdad que con una dictadura nunca se sabe y es posible que para aliviar tensiones internas, Mohamed decida inventarse un enemigo externo. Tiene todas las de perder. Es el pais mas debil del entorno. Argelia, Espanha o Portugal tienen ejercitos mas potentes que el del dictador moruno
 

*

old

  • Especialista
  • ****
  • 913
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #28 em: Fevereiro 27, 2009, 04:06:44 pm »
Citação de: "moroccan_soldier"
hola comrades'm novo aqui neste fórum  :twisted:[/b]  :twisted:


No me haga reir compañero Marroqui. En España no hay partidos de extrema derecha ni extrema izquierda. Hay democracia, algo que usted no entiende ni comprende. España no reclama territorio Marroqui,no hay razon para ninguna guerra.

Si por alguna casualidad a su Dictador le diera por mover un dedo...creame que La Legion esta deseando salir de paseo

Ocupense de conseguir una democracia y libertades  para que la gente de su pais deje de jugarse la vida en pateras intentando llegar a Occidente.
 

*

manuel liste

  • Especialista
  • ****
  • 1053
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #29 em: Fevereiro 27, 2009, 04:14:30 pm »
El "partido de extrema derecha" que quiere "invadir e retomar este país a odiar" es el PP, supuestamente  :lol:

Bueno, lo cierto es que Mohamed no es en puridad un dictador. Su régimen se parecería más al de la Restauración (1876-1923) en España. Es decir, un Rey que manda mucho y un sistema de libertades vigiladas, todo regado por un amplio paternalismo nacionalista.

Evolucionará, como todos hemos evolucionado con el tiempo
 

 

Qual a futura ameaça externa a Portugal ? (10/20? anos)

Iniciado por Shar[K]

Respostas: 111
Visualizações: 49324
Última mensagem Novembro 28, 2017, 01:36:51 pm
por Daniel
Guerra entre Portugal e Espanha?

Iniciado por Miguel

Respostas: 1598
Visualizações: 255759
Última mensagem Dezembro 28, 2017, 11:33:21 am
por Viajante
España-Portugal vs Italia-Marruecos

Iniciado por Cody

Respostas: 111
Visualizações: 54377
Última mensagem Fevereiro 05, 2008, 11:22:52 am
por zocuni
Desembarque Anfibio em Portugal

Iniciado por Nuno

Respostas: 102
Visualizações: 37380
Última mensagem Julho 31, 2005, 12:04:25 pm
por CC
Portugal e a falta de água

Iniciado por Cabecinhas

Respostas: 8
Visualizações: 8671
Última mensagem Agosto 31, 2007, 11:05:33 pm
por manuel liste