Apetece-me gritar bem alto, FO...

  • 2084 Respostas
  • 169078 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8696
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +15/-4
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2070 em: Novembro 11, 2017, 09:40:09 pm »
Empresa pública NAV também fez jantar de gala no Panteão


Ao clamor das redes sociais, juntou-se ontem o primeiro-ministro, António Costa, que disse ser "indigno" utilizar o Panteão Nacional para "eventos festivos", como o banquete de fundadores de empresas avaliadas em mais de 500 milhões de euros que participaram no Web Summit. O CEO da empresa, Paddy Cosgrave, veio à noite pedir desculpa, em comunicado enviado às redações, por usar o Panteão para um jantar exclusivo. "Pedimos desculpa por qualquer ofensa causada. Este foi um jantar organizado segundo as regras do Panteão Nacional, e conduzido com respeito", referia. O governo já prometeu a revisão da legislação para proibir mais "eventos de natureza festiva" no corpo central da Igreja de Santa Engrácia, onde está instalado o Panteão. O Presidente da República aplaudiu a decisão.

Não é de agora que se realizam ali eventos. Há 14 anos, a 24 de outubro de 2003, o livro Harry Potter e a Ordem de Fénix foi lançado por entre os cenotáfios do Infante D. Henrique, Pedro Álvares Cabral, Luís Vaz de Camões e os túmulos de Almeida Garrett, Humberto Delgado, Teófilo Braga, Guerra Junqueiro ou Amália Rodrigues. Não consta que uma eventual indignação tenha levado as mais altas figuras do Estado a dizer coisas. Já a 16 de outubro, a NAV Portugal, empresa pública do Estado, realizou um "jantar de gala" para homenagear trabalhadores, incluindo um "welcome drink no terraço do Panteão" e "música ambiente". Também não foi notícia, a não ser pela denúncia do site Má Despesa Pública, que publicou o contrato de aquisição do jantar pelo "valor total de 17 600 euros, acrescido do IVA, à taxa legal em vigor, a que corresponde o valor de 38 euros por pessoa".

Em 2014, o secretário de Estado da Cultura Jorge Barreto Xavier regulou a "utilização de espaços" afetos à Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), "numa perspetiva de rentabilização assente na qualidade e, sobretudo, na salvaguarda da sua especificidade e prestígio".

Esse regulamento estabelece que "compete à Direção da DGPC decidir, após parecer dos serviços dependentes, da oportunidade e interesse da cedência, bem como das respetivas condições a aplicar". O regulamento define os preços para cada espaço, Panteão incluído.

Barreto Xavier explicou à TSF que "no seu preâmbulo [o despacho] diz claramente que tem de se avaliar a dignidade das iniciativas, como se diz também que se pode recusar os pedidos". E acrescenta: "Obviamente quando estamos a falar de fazer jantares no Panteão Nacional, parece-me completamente desadequado que se faça, e estava na mão da DGPC e do governo dizer que não."

Mas no site da DGPC explica-se que o Panteão (de acordo com o regulamento) está disponível para "banquetes, receções, conferências, recitais de música ou poesia, lançamento de livros, atos solenes, atividades de índole cultural, mostras, exposições", "mediante consulta prévia e condições a acordar".

Um post no blogue Portugal Glorioso, com uma foto do jantar partilhada no Facebook por Francisco Seixas da Costa, atiçou a fúria das redes sociais. O embaixador questionava-se: "Acham mesmo normal que o jantar final do Web Summit tenha sido entre os túmulos do Panteão Nacional?"

O primeiro-ministro, António Costa, reagiu às primeiras notícias, afirmando que "a utilização do Panteão Nacional para eventos festivos é absolutamente indigna do respeito devido à memória dos que aí honramos". Lavando as mãos, Costa notou: "Apesar de enquadrado legalmente, através de despacho proferido pelo anterior governo, é ofensivo utilizar deste modo um monumento nacional com as características e particularidades do Panteão Nacional."

No comunicado, o primeiro-ministro disse que o ministro da Cultura já tinha anunciado a revisão do regulamento, "para que situações semelhantes não voltem a repetir-se, violando a história, a memória coletiva e os símbolos nacionais".

Já o ministro Luís Filipe de Castro Mendes "estranhou" a realização do jantar no local e "informado que a decisão foi tomada" ao abrigo do despacho "adotado pelo anterior governo", entendeu "determinar a [sua] imediata revisão", que "determinará a proibição de realização de eventos de natureza festiva no corpo central do Panteão Nacional".

Questionado pelo DN sobre quantas vezes foi usado o Panteão em jantares, cocktails e eventos como prevê o regulamento, e quais as receitas arrecadadas, com eventos de entidades privadas, o gabinete do ministro limitou-se a dizer que "não vai acrescentar nada à informação que consta do comunicado".

Marcelo Rebelo de Sousa disse ser "muito sensata" a decisão do governo. "A imagem que eu tenho do Panteão Nacional não é de ser um local adequado para um jantar, nem que seja o jantar mais importante de Estado", disse o Presidente.


>>>>>>>  https://www.dn.pt/portugal/interior/acabaram-se-os-banquetes-no-panteao-e-indigno-sentenciou-costa-8910891.html
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1695
  • Recebeu: 179 vez(es)
  • Enviou: 396 vez(es)
  • +7/-1
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2071 em: Dezembro 25, 2017, 10:47:47 am »
O Natal dos partidos políticos (é à grande)
(25 de Dezembro de 2017)
Citação de: Alexandre Homem Cristo / Observador

Os partidos (PS, PSD, PCP, BE, PEV) legislaram em benefício próprio, amealhando milhões de euros à conta do Estado. E, para fugir ao escrutínio público, fizeram-no da forma mais opaca possível.

Há uma fórmula infalível para, no Natal, se receber como prenda o que mais se deseja: ser o próprio a escolher o que os outros lhe oferecem. No final da semana passada, os partidos políticos com representação na Assembleia da República decidiram seguir a regra. E o que é que meteram no seu próprio sapatinho? Uns milhões de euros, à conta do Estado – isto é, de nós.

Na passada quinta-feira, em plenário, os partidos discutiram e votaram um conjunto de alterações legislativas que, primeiro, acaba com o limite para os fundos angariados por partidos e que, segundo, permite aos partidos receberem o IVA de volta. Traduzindo. Os partidos estavam limitados a angariar por ano um máximo de 632 mil euros, não podendo receber doações ou verbas de origens privadas que totalizassem um valor superior. Ora, agora esse limite deixou de existir – podem receber todo o dinheiro que conseguirem angariar. Mais: até agora, a isenção do IVA aplicou-se a bens e serviços directamente ligados à sua actividade política, mas, por decisão dos partidos em causa própria, a isenção passará a aplicar-se sobre todos os bens e serviços adquiridos. Basicamente, os partidos deixarão de pagar IVA. Sempre.

O impacto financeiro desta decisão é tremendo e de grande benefício para os partidos. Veja-se, a título de exemplo, os casos mais flagrantes. De um lado, o PCP há anos e anos que apresenta a Festa do Avante!, que é um festival de Verão, como um evento de divulgação política, de modo a fugir aos impostos. A partir de agora, já não vai ser preciso fingir: todos os habituais custos com o IVA na contratação de serviços de restauração e artistas (entre outros) ficam no bolso dos comunistas, às claras. Do outro lado, o PS está falido e endividado (deve cerca de 20 milhões de euros), e tem inúmeros casos em tribunal para a devolução do IVA. Ora, com estas alterações políticas, o problema do IVA no PS desaparece daqui para a frente: a isenção será total e, imagine-se, até se aplicará aos processos pendentes a aguardar julgamento – ou seja, com as alterações legislativas introduzidas, o PS poderá solicitar a devolução do IVA de pagamentos feitos no passado (antes de a nova lei entrar em vigor) e cuja contestação ficou pendente nos tribunais. O golpe é extraordinário.

Não vale a pena disfarçar: os partidos (PS, PSD, PCP, BE, PEV) legislaram em benefício próprio, amealhando milhões de euros à conta do Estado. E, para fugir ao escrutínio público, fizeram-no da forma mais opaca possível. O processo legislativo correu num grupo de trabalho que, por várias vezes, reuniu à porta fechada – algo excepcional no funcionamento da Assembleia da República. O agendamento da discussão/votação do projecto de lei foi feito em cima da hora, para não chamar à atenção e forçando até a retirada de outras iniciativas legislativas previamente agendadas. E, na exposição de motivos do projecto de lei apresentado à votação, não consta uma única referência às alterações que beneficiam os partidos – apenas se refere o reforço dos poderes da Entidade das Contas, dando a entender que o objectivo era somente esse. Só que, lá está, não foi bem assim. Nas palavras da ex-Presidente da Entidade das Contas (em declarações ao Expresso), “os partidos resolveram uns aos outros os problemas de cada um”, alterando leis orgânicas do Tribunal Constitucional, da Entidade das Contas, do financiamento político e dos partidos políticos. Mais claro era impossível.

Tudo isto foi premeditado. No conteúdo: a partir desta alteração legislativa, os partidos vão receber mais dinheiro, ficar isentos de impostos e resolver situações ainda a aguardar julgamento – tudo no valor de milhões de euros. E na sua calendarização: a alteração surge de surpresa, sem forma de escrutínio público, e no período natalício (quando as atenções estão dispersas). Ou seja, tudo neste processo está errado – o legislar em causa própria, o segredismo, as tentativas de passar com o assunto despercebido. E o mais grave é que funcionou: arrepia o sucesso dos partidos em conseguir que o assunto passasse mesmo despercebido, quando há aqui matéria para legitimar indignação popular. É, portanto, uma vergonha colectiva: uma Assembleia da República que faz isto em completa impunidade só é possível perante uma sociedade entorpecida e pouco exigente. Merecem-se uma à outra.
Fonte: http://observador.pt/opiniao/o-natal-dos-partidos-politicos-e-a-grande/

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso, Cabeça de Martelo, Viajante

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 985
  • Recebeu: 236 vez(es)
  • Enviou: 141 vez(es)
  • +31/-6
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2072 em: Dezembro 27, 2017, 11:32:17 am »
"Tudo tem os seus limites". Campeã mundial de xadrez recusa-se a jogar na Arábia Saudita devido ao vestuário feminino

Começou ontem, na Arábia Saudita, o campeonato mundial de xadrez. Nele não vai estar presente Anna Muzychuk, que detém dois títulos de campeã mundial. O motivo? Recusa-se a vestir a abaya, uma túnica que cobre o corpo das mulheres sauditas.



A ucraniana Anna Muzychuk, de 27 anos, é dupla campeã mundial de xadrez. A sua irmã, Mariya Muzychuk, dois anos mais nova, seguiu-lhe os passos. E não apenas no desporto, mas também nas convicções. Entre 26 e 30 de dezembro realiza-se o campeonato mundial de xadrez na Arábia Saudita e as irmãs não vão estar presentes: recusam-se a usar uma veste feminina saudita, a abaya [túnica larga].

Num post no Facebook, partilhado a 23 de dezembro, a campeã explicou o motivo da decisão. “Em poucos dias vou perder dois títulos mundiais, um a um. Apenas porque decidi não ir à Arábia Saudita. Por não jogar com as regras de outros, por não usar abaya, por não ter de ir acompanhada à rua, e finalmente por não me sentir uma criatura secundária”, lê-se.

Na imagem partilhada, Anna surge com as duas medalhas recebidas o ano passado, sorridente. “Há exatamente um ano ganhei estes dois títulos e era a pessoa mais feliz no mundo do xadrez, mas agora sinto-me muito mal. Estou preparada para lutar pelos meus princípios e faltar a este evento, onde, em cinco dias, esperava ganhar mais do que numa dezena de competições”, refere a campeã.

Contudo, a publicação serve principalmente para marcar uma posição, demonstrando as diferenças existentes entre os vários países, no que toca às mulheres. “Tudo isto é irritante, mas o mais perturbador é quase ninguém se importar realmente. Este é um sentimento amargo, mas ainda não é o que vai mudar a minha opinião e os meus princípios. O mesmo vale para a minha irmã Mariya — e estou muito feliz por partilharmos este ponto de vista. E sim, para aqueles poucos que se importam — vamos voltar!”

Esta não é, contudo, a primeira vez que uma jogadora se nega a participar numa competição por motivos de vestuário feminino dos países em questão, conta o El País.

Em fevereiro de 2017, Nazi Paikidze, campeã americana, não competiu no Irão por se recusar a cobrir a cabeça com o hijab [véu islâmico]. Neste campeonato, Anna Muzychuk esteve presente e competiu de véu na cabeça. Em outubro, Dorsa Derakhshani, campeã de xadrez iraniana, foi proibida de jogar pelo seu país por também recusar o véu islâmico, passando depois a jogar pelos Estados Unidos.

No passado mês de novembro, quando Anna soube do campeonato na Arábia, marcou a sua posição, defendida agora. “Primeiro Irão, depois Arábia Saudita… Pergunto-me onde serão organizados os próximos campeonatos mundiais femininos. Apesar do recorde de títulos, não vou jogar em Ryad, o que significa perder dois títulos de campeã mundial. Para arriscar a tua vida, para usar abaya o tempo todo? Tudo tem os seus limites e os véus no Irão já foram mais do que suficientes”.

A publicação desta semana já foi partilhada mais de 6 mil vezes e são muitos os comentários de apoio às irmãs.

Até ao momento não há qualquer reação por parte da organização do Campeonato do Mundo de Xadrez, que apenas refere no seu site que o campeão mundial masculino, o norueguês Magnus Carlsen, estará presente nos torneios.

A FIDE, Federação Mundial de Xadrez, também não se manifestou quanto ao sucedido, publicando apenas no Twitter a indicação dos sorteios femininos.

http://24.sapo.pt/desporto/artigos/tudo-tem-os-seus-limites-campea-mundial-de-xadrez-recusa-se-a-jogar-na-arabia-saudita-devido-ao-vestuario-feminino

Muito bem. A campeã mundial de Xadrez recusa usar o véu e não vai participar no torneio, perdendo com isso os seus títulos!!!! Postura correcta da Ucraniana em contraponto com o "politicamente correcto" do ocidente de permitir tudo! Apesar de no passado já ter usado o véu :)
« Última modificação: Dezembro 27, 2017, 11:36:11 am por Viajante »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14181
  • Recebeu: 689 vez(es)
  • Enviou: 697 vez(es)
  • +50/-29
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2073 em: Dezembro 27, 2017, 12:07:52 pm »
Há muitas diferenças entre as várias roupas usadas no mundo muçulmano, umas cobrem mais que outras. Não percebo é porque eles agora realizam sempre os campeonatos no dito mundo muçulmano.... dinheiro?!



« Última modificação: Dezembro 27, 2017, 12:11:38 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8000
  • Recebeu: 588 vez(es)
  • Enviou: 869 vez(es)
  • +33/-4
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2074 em: Dezembro 27, 2017, 02:39:30 pm »
Há muitas diferenças entre as várias roupas usadas no mundo muçulmano, umas cobrem mais que outras. Não percebo é porque eles agora realizam sempre os campeonatos no dito mundo muçulmano.... dinheiro?!

Claro. É como a formula 1 e as motas. Vão para onde pagam mais.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lusitano89

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4403
  • Recebeu: 707 vez(es)
  • Enviou: 514 vez(es)
  • +31/-10
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2075 em: Dezembro 27, 2017, 03:23:44 pm »
Existe sempre quem "se faça de parvo" e ver se os totós se esquecem que também participou em pelo menos parte do cozinhado secreto, e dê uma de angelical para ver se cola...  ;D :P ::) 8) :rir: :jok:

https://www.jn.pt/nacional/interior/cds-quer-veto-presidencial-as-alteracoes-ao-financiamento-dos-partidos-9010749.html
Citar
O JN tinha já noticiado, que só o CDS-PP e o PAN se tinham oposto ao fim do teto de 630 mil euros. A lei foi discutida e aprovada no mesmo dia, sem que haja registo de atas de reuniões nem identificação dos partidos que fizeram propostas de alteração.

"No nosso entender, são uma inflexão no caminho feito ao longo dos últimos anos, caminho trilhado no sentido de conferir transparência e limites ao financiamento partidário. Votámos, por isso, contra estas alterações, que nos parecem inadmissíveis e escandalosas, tanto mais quanto dão eficácia retroativa à devolução do IVA, pondo fim a contenciosos tributários", continuou.

Segundo a presidente centrista, tudo decorreu normalmente desde abril, através de um grupo de trabalho específico para "acolher reparos e sugestões do Tribunal Constitucional", mas, em junho, houve iniciativas de outros partidos, consideradas como um "aproveitamento para fazer outras alterações", nomeadamente a devolução do IVA e o aumento do teto do financiamento privado dos partidos" e "nada explica o alargamento do âmbito dos trabalhos".


Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7518
  • Recebeu: 294 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +40/-48
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2076 em: Janeiro 09, 2018, 04:48:18 pm »
Governo não vai renovar mandato da Procuradora-Geral da República
https://zap.aeiou.pt/governo-abre-porta-da-saida-procuradora-geral-da-republica-186904

Vergonha!

Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8000
  • Recebeu: 588 vez(es)
  • Enviou: 869 vez(es)
  • +33/-4
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2077 em: Janeiro 14, 2018, 11:25:26 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Viajante

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 985
  • Recebeu: 236 vez(es)
  • Enviou: 141 vez(es)
  • +31/-6
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2078 em: Janeiro 15, 2018, 10:22:33 am »

Destruírem uma Igreja do século XIX para construírem melhores acessos para uma mina!!!!!! Mesmo tendo construído uma nova perto: http://www.catholicherald.co.uk/news/2018/01/11/historic-german-church-demolished-by-mining-company/

Inacreditável os disparates que se vão cometendo por toda a Europa! Depois são os palermas que permitem isto que se admiram e questionam porque é que o extremismo está a crescer na Europa!
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14181
  • Recebeu: 689 vez(es)
  • Enviou: 697 vez(es)
  • +50/-29
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2079 em: Março 24, 2018, 04:39:15 pm »
Demand for American Sperm Is Skyrocketing in Brazil

Explosive growth spurred by more wealthy single women and lesbian couples turning to U.S. donors
By Samantha Pearson
Updated March 22, 2018 11:14 a.m. ET

SÃO PAULO—With “jewel-tone eyes,” blond hair and a “smattering of light freckles,” Othello looks nothing like most Brazilians, the majority of whom are black or mixed-race. Yet the “Caucasian” American cashier, described in those terms by the Seattle Sperm Bank and known as Donor 9601, is one of the sperm providers most often requested by wealthy Brazilian women importing the DNA of young U.S. men at unprecedented rates.

...

 :arrow: https://www.wsj.com/articles/in-mixed-race-brazil-sperm-imports-from-u-s-whites-are-booming-1521711000
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14181
  • Recebeu: 689 vez(es)
  • Enviou: 697 vez(es)
  • +50/-29
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2080 em: Abril 17, 2018, 12:14:21 pm »


 :Soldado2:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14181
  • Recebeu: 689 vez(es)
  • Enviou: 697 vez(es)
  • +50/-29
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2081 em: Maio 05, 2018, 02:13:34 pm »

 ???
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14181
  • Recebeu: 689 vez(es)
  • Enviou: 697 vez(es)
  • +50/-29
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2082 em: Maio 16, 2018, 12:05:48 pm »
As longas 96 horas que envergonham o Sporting

Primeiro, uma entrevista que desenterrou o que parecia já enterrado. A paz era podre entre Bruno e Jesus, entre o presidente e os jogadores. À derrota na Madeira seguiu-se a violência em Alcochete.

Há muito que o ambiente em Alvalade, entre Bruno e Jesus, entre os capitães e alguns elementos das claques — as tochas arremessadas para a baliza onde estava Patrício no começo do último Sporting-Benfica são bem reveladoras –, é tenso, situação que se arrasta desde o início de abril, altura da derrota em Madrid, com o Atlético. À derrota seguiram-se suspensões, recuos destas, posts inflamados nas redes sociais e críticas de parte a parte. No relvado, o Sporting respondeu com vitórias atrás de vitórias, seis ao todo, incluindo ao próprio Atlético de Madrid (ainda que sendo eliminado) e ao FC Porto, na Taça de Portugal. No entanto, o empate no dérbi com o Benfica e, sobretudo, a derrota com o Marítimo — que afastaria o Sporting dos (muitos) milhões da Champions –, vieram precipitar o clima de mal-estar em Alvalade e a violência, inqualificável e injustificável, ocorrida na tarde desta terça-feira na Academia de Alcochete. Esta é a cronologia (ainda muito ocorrerá nas próximas horas) possível dos acontecimentos que envergonham o clube e que, certamente, muito vão mudar no clube.

...

https://observador.pt/especiais/a-cronologia-das-96-horas-que-envergonham-o-sporting/
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 985
  • Recebeu: 236 vez(es)
  • Enviou: 141 vez(es)
  • +31/-6
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2083 em: Maio 18, 2018, 03:28:00 pm »
E a novela continua........ agora também comprometendo o Benfica!!!!!!

Em directo/ As provas de Jesus contra Bruno; Direcção por um fio; PJ suspeita de “saco azul” em Alvalade

Jesus terá na sua posse provas de contactos entre Bruno de Carvalho e líderes da Juve Leo para "apertarem" jogadores. Direção está por um fio. PJ suspeita da existência de "saco azul" em Alvalade.
..........

https://observador.pt/2018/05/18/jesus-tera-provas-de-que-bruno-de-carvalho-deu-luz-verde-a-juve-leo-para-apertarem-com-a-equipa/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8000
  • Recebeu: 588 vez(es)
  • Enviou: 869 vez(es)
  • +33/-4
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Apetece-me gritar bem alto, FO...
« Responder #2084 em: Maio 20, 2018, 12:43:55 am »
Tal como queriam fazer aos Comandos...
Acho que está na altura de acabar com o futebol em Portugal!
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

 

Aniversário do "Mais Alto"

Iniciado por Miguel Silva MachadoQuadro Força Aérea Portuguesa no ForumDefesa.com

Respostas: 0
Visualizações: 1185
Última mensagem Abril 04, 2009, 04:40:55 pm
por Miguel Silva Machado
Revista "MAIS ALTO" ArmaLite AR-10

Iniciado por armeiro1Quadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 49
Visualizações: 11060
Última mensagem Agosto 03, 2013, 11:54:35 am
por Cabeça de Martelo
Alto Minho recebe maior parque eólico da Europa

Iniciado por comancheQuadro Portugal

Respostas: 6
Visualizações: 5750
Última mensagem Julho 13, 2007, 05:43:52 pm
por comanche