Armada Chinesa

  • 146 Respostas
  • 45884 Visualizações
*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +0/-0
Armada Chinesa
« em: Agosto 02, 2006, 10:31:05 am »
China cuidadosa com as novas classes de Destroyers (ou contra-torpedeiros em português)
  http://www.strategypage.com/htmw/htsurf ... 60706.aspx
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-22
Marinha chinesa
« Responder #1 em: Março 15, 2007, 11:28:44 pm »
Uma análise sobre a Marinha chinesa, "Chinese Navy 2007" publicado pelo US Navy Office of Naval Intelligence, extenso mas muito bom.

http://www.militarytimes.com/static/pro ... lanavy.pdf
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Maio 17, 2007, 02:12:11 pm »
Para além dessa análise, que está muito interessante, reparem nesta notícia:

Citar
Cingapura acolhe manobras navais contra terrorismo e pirataria
17/05 - 02:43 - EFE

 

ImprimirEnviar por e-mailComentarCorrigirMinha notíciaFale ConoscoManila, 17 mai (EFE).- Mais de 3 mil marinheiros e pilotos, 18 naves de guerra e vários navios de patrulha e helicópteros de 19 países realizarão exercícios navais conjuntos contra o terrorismo e a pirataria perto do litoral de Cingapura.

O objetivo das manobras, que começarão no sábado, é coordenar os esforços para lutar de forma mais eficaz contra as ameaças do terrorismo e da pirataria numa das rotas marítimas mais perigosas do mundo, informa hoje o jornal "The Straits Times".

Estados Unidos, China, Austrália, França e Indonésia estão entre os participantes. Marinheiros da Índia, Bangladesh e Peru também estarão presentes como observadores.

Os exercícios coincidem com a edição 2007 da feira de indústrias de defesa Imdex Asia. Fabricantes de armas exporão seus produtos a representantes das Forças Armadas de todo o mundo.

A China, presente nas manobras com 78 submarinos, sete deles nucleares, deve adquirir pelo menos outros 30 convencionais e cinco atômicos, formando assim a frota mais poderosa da região.
Segundo o jornal, na reunião serão assinados contratos de defesa no valor de US$ 55 bilhões.

O local das manobras é a Península de Malaca, por onde transita quase um terço do comércio mundial. Ela liga o Oceano Índico ao Pacífico.

O braço de mar sofre a cada ano ataques de piratas, e é considerado também um alvo potencial de ataques terroristas da Jemaah Islamiya, ligada à rede Al Qaeda. EFE csm mf


CUIDADO :Esmagar:
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Maio 21, 2007, 12:13:18 am »
Sabiam que no início do ano passado passou um destroyer chinês acabado de fazer na Rússia nas nossas águas e o submarino estava para o ver passar e por não ter um simples aparelho de visão nocturna que se adaptasse ao Periscópio não o viu passar :sil:
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Maio 21, 2007, 12:40:56 am »
citação:
Citar
A China, presente nas manobras com 78 submarinos, sete deles nucleares, deve adquirir pelo menos outros 30 convencionais e cinco atômicos, formando assim a frota mais poderosa da região.

Qualquer coisa aqui não bate certo. Isso é toda a frota submarina chinesa, incluindo os que estão em reparações.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Maio 21, 2007, 12:42:38 am »
Jornalistas :wink:
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Maio 24, 2007, 06:41:13 pm »
Citar
‘Two patrols’ by China’s subs
China’s submarine fleet of 82 submarines is reported to have conducted only two patrols
last year.
The claim was made by the American Federation of Scientists using US Navy declassified
information. The Type 092 ballistic missile submarine Xia is reported never to have made a
patrol.
The federation claims that since 1981, the first year for which data is available, the Chinese
submarine force (whose strength has dropped from 120 hulls) has averaged less than two
patrols a year and in four years including 2005 not made any patrols. The greatest activity
was in 2000 when there were six patrols and the federation implies these were in response
to US submarine operations.
The scientists conclude that Chinese submarine crews appear to have relatively little
operational experience making it difficult to operate their boats safely and competently. It
suggests that the tactical skills may be limited and that the submarine force remains
essentially for coastal defence.
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Maio 26, 2007, 12:40:26 pm »
Citar
ARMAMENTISMO
Arsenal chinês preocupa Estados Unidos
Uma das preocupações em Washington é com mísseis balísticos intercontinentais chineses, tendo raio de ação capaz de atingir os EUA. Cinco novos submarinos poderão transportar mísseis de longo alcance. O armamentismo inclui arma capaz de atacar os satélites em órbita baixa


 
26/05/2007 03:58


O Departamento de Defesa norte-americano (Pentágono) está preocupado com o poder militar crescente da China, principalmente com seus mísseis balísticos intercontinentais (ICBM) e com a falta de transparência das autoridades em Pequim sobre suas despesas militares. A estratégia militar dos chineses "sai das dimensões terrestres, aéreas e marítimas para entrar no campo de batalha moderno e no ciberespaço".

É o que revela um relatório anual entregue ontem ao Congresso, em Washington. O Pentágono está particularmente preocupado com o desenvolvimento chinês de novos ICBMs DF-31A capazes de atingir os Estados Unidos e com métodos "para bloquear os sistemas de defesa antimísseis". Os norte-americanos estão, justamente, desenvolvendo um escudo antímísseis.

O dossiê também mencionou a construção pelos chineses de cinco novos submarinos da classe Jin, equipados para transportar mísseis de longo alcance de nova geração. Os militares norte- americanos também citaram o teste de uma arma anti-satélite em janeiro, que "mostra a capacidade da China de atacar satélites que giram sob órbita baixa em volta da Terra".

Em fevereiro, no Congresso, o secretário de Defesa, Robert Gates, havia expressado sua preocupação. De acordo com o Pentágono, "a expansão das capacidades militares das Forças Armadas chinesas é um fator crucial na modificação dos equilíbrios no Leste da Ásia e o aumento das capacidades estratégicas da China tem repercussões muito além da região Ásia-Pacífico".

Como no ano passado, o relatório conclui que se Taiwan parece ser o objetivo a curto prazo das despesas militares da China, estas representam uma ameaça potencial para os EUA a longo prazo. (das agências de notícias)



http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2007/05/25/295909916.asp
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

MERLIN

  • Membro
  • *
  • 254
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Maio 28, 2007, 09:24:31 am »
E uma boa maneira para a US Navy pedir um aumento de investimento!
cumptos
"Se serviste a patria e ela te foi ingrata, tu fizestes o que devias, ela o que costuma"
Padrea Antonio Vieira
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Maio 31, 2007, 08:19:44 pm »
Citar
Nuclear carrier for China?
China’s Navy is likely to be the major beneficiary of a 17.8% increase
in the defence budget although it is unclear whether this will be translated
into improved effectiveness.
The Chinese are currently
building two Luzhou (Type 051C)
class destroyers, four Jiangkai
(Type 054) class frigates, a Type
071 amphibious assault ship as
well as submarines and smaller
surface combatants. Beijing is also
interested in aircraft carriers and
press reports talk of plans for a
93,000 ton, nuclear-powered ship
supposedly called Type 085 and a
conventionally-powered 48,000
ton Type 089.
Considerable scepticism has
been expressed about these reports
which spoke of the ‘Type 085’
being completed by 2020.
However, it is known that China
is seeking to develop air
independent propulsion
submarines using Stirling engine
technology and reports that one has
been installed in a Yuan (Type 041)
class submarine.
Yet the capability of the Chinese
Navy remains in doubt with most
of the submarine force confined to
short training patrols within
coastal waters (Naval Spyglass Vol
3 No 8). The Xia (Type 092) class
ballistic missile submarine appears
never to have made a seagoing
patrol in the 20 years it has been
in service.
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Julho 09, 2007, 06:04:48 pm »
Citar
Google Earth captura imagem de novo submarino nuclear de guerra da China

De acordo com pesquisadores da Federação Americana de Cientistas, a ferramenta do Google conseguiu imagem rara.

Por COMPUTERWORLD
09 de julho de 2007 - 10h01


O Google Earth está oferecendo uma rara imagem do novo submarino nuclear de guerra chinês. De acordo com a Federação Americana de Cientistas, a fotografia foi tirada pelo satélite comercial Quickbird no final de 2006. Mais informações no blog de assuntos de segurança da entidade.

Hans Kristensen, autor do post, afirma que o submarino é de classe Jin vessel, um dos cinco que a China espera construir. Ao comparar a imagem do Google Earth com fotografias de outros submarinos chineses, Kristensen comentou algumas das novas capacidades.

”O Jin-class tem aproximadamente 10 metros de comprimento a mais do que os [submarinos] Xia-class, principalmente por uma extensão na seção do meio de aproximadamente 35 metros que hospeda os tubos de lançamento de mísseis  parte do compartimento do reator”, escreveu Kristensen. No entanto, a imagem não revela se os submarinos classe Jin possuem tubos para 12 ou 16 mísseis nucleares.
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #11 em: Julho 09, 2007, 06:12:18 pm »
Citar
New Chinese Ballistic Missile Submarine Spotted
By Hans M. Kristensen


A new satellite image appears to have captured China's new ballistic missile submarine. Coordinates: 38°49'4.40"N, 121°29'39.82"E.


A commercial satellite image appears to have captured China's new nuclear ballistic missile submarine. The new class, known as the Jin-class or Type 094, is expected to replace the unsuccessful Xia-class (Type 092) of a single boat built in the early 1980s.

The new submarine was photographed by the commercial Quickbird satellite in late 2006 and the image is freely available on the Google Earth web site.

A Comparison of SSBN Dimensions

Two satellite images are now available (see figure below) that clearly show two missile submarines with different dimensions. One image from 2005 shows what is believed to be the Xia-class (Type 092) SSBN in drydock at the Jianggezhuang Submarine Base approximately 14 miles east of Qingdao. The submarine is approximately 390 feet (120 meters) long of which the missile compartment makes up roughly 80 feet (25 meters). Twelve missile launch tubes are clearly visible.

The second image from late 2006 shows what appears to be the new Jin-class (Type 094) SSBN moored at the Xiaopingdao Submarine Base south of Dalian, approximately 193 miles north of Qingdao. The Jin-class appears to be approximately 35 feet (10 meters) longer than the Xia-class SSBN, primarily due to an extended mid-section of approximately 115 feet (35 meters) that houses the missile launch tubes and part of the reactor compartment.


Xia- and Jin-Class SSBN Comparison

These two commercial satellite images of the old Xia-class SSBN (top) and the new Jin-class SSBN show the different major compartments. The Jin-class appears to be approximately 35 feet (10 meters) longer with an extended missile compartment. Both images view the submarines from a "eye-altitude" of approximately 500 feet (152 meters).


The extended missile compartment of the Jin-class seems seems intended to accommodate the Julang-2 sea-launched ballistic missile, which is larger than the Julang-1 deployed on the Xia-class. Part of the extension may also be related to the size of the reactor compartment. The U.S. Office of Naval Intelligence estimated in 2004 that the Jin-class, like the Xia-class, will have 12 missiles launch tubes (see figure below). Other non-governmental sources frequently claim the submarine will have 16 tubes. The satellite image is not of high enough resolution to show the hatches to the missile launch tubes

Estimated Jin-Class SSBN Layout

The U.S. Office of Naval Intelligence estimated in 2004 (bottom) that the Jin-class SSBN would have 12 missiles



The U.S. Office of Naval Intelligence estimated in December 2006 that China might build five Jin-class SSBNs. The estimate has been widely cited by non-governmental institutes and some news media as a fact, but the Pentagon's annual report on China's military forces from May 2007 did not repeat the estimate.



http://www.nukestrat.com/china/chinareport.htm
http://www.fas.org/blog/ssp/2007/05/pentagon_publishes_annual_chin_1.php
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-22
Marinha Chinesa
« Responder #12 em: Dezembro 27, 2007, 12:12:32 am »
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7411
  • Recebeu: 241 vez(es)
  • Enviou: 374 vez(es)
  • +32/-127
(sem assunto)
« Responder #13 em: Janeiro 14, 2008, 03:29:00 pm »
the former Soviet aircraft carrier Varyag was commissioned into the Chinese Navy as Shilang, hull No. 83. The name was selected because Shilang was the last Chinese Navy admiral to invade Taiwan.

http://www.newsmax.com/smith/china_mili ... 61823.html
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 1985
  • Recebeu: 750 vez(es)
  • Enviou: 356 vez(es)
  • +101/-22
(sem assunto)
« Responder #14 em: Abril 21, 2009, 11:57:26 pm »
Citar
Parada para assinalar 60 anos da Marinha
China vai mostrar submarinos nucleares pela primeira vez

21.04.2009 - 22h17

 :arrow: http://ultimahora.publico.clix.pt/notic ... idCanal=11
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

 

NPO "Piloto Pardo" da Armada Chilena

Iniciado por P44

Respostas: 50
Visualizações: 18305
Última mensagem Maio 19, 2009, 02:46:09 pm
por luis filipe silva
Armada, Alemanha, França,Inglaterra, TOPS Pesquisa

Iniciado por Heer.Skuda

Respostas: 46
Visualizações: 15941
Última mensagem Julho 04, 2007, 09:29:20 pm
por P44
Kortenaer da Armada dos Emirados Arabes Unidos

Iniciado por P44

Respostas: 0
Visualizações: 1394
Última mensagem Junho 03, 2004, 09:48:37 am
por P44
As declarações do Chefe de Estado Maior da Armada

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 0
Visualizações: 1039
Última mensagem Junho 07, 2004, 12:26:11 pm
por Rui Elias
Armada Russa - Typhoon Upgraded sea trials

Iniciado por P44

Respostas: 1
Visualizações: 1529
Última mensagem Junho 24, 2004, 04:56:56 pm
por JLRC