Dúvidas sobre unidades de Comandos na Guerra Colonial

  • 1 Respostas
  • 4118 Visualizações
*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2028
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +1/-0
Dúvidas sobre unidades de Comandos na Guerra Colonial
« em: Dezembro 04, 2007, 08:50:17 pm »
Em Moçambique, havia unidades de Comandos com europeus e africanos? Ou apenas de Europeus? Ou eram unidades mistas, com africanos e europeus?

As unidades de Comandos em Moçambique actuavam com os GEs e GEPs por norma?



Sei do Batlahão de Comandos Africanos na Guiné, houve unidades de Comandos africanos em Angola e Moçambique também?
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7000
  • Recebeu: 474 vez(es)
  • Enviou: 595 vez(es)
  • +24/-3
Re: Dúvidas sobre unidades de Comandos na Guerra Colonial
« Responder #1 em: Junho 26, 2008, 12:07:46 am »
Citação de: "Duarte"
Em Moçambique, havia unidades de Comandos com europeus e africanos? Ou apenas de Europeus? Ou eram unidades mistas, com africanos e europeus?

As unidades de Comandos em Moçambique actuavam com os GEs e GEPs por norma?

Sei do Batlahão de Comandos Africanos na Guiné, houve unidades de Comandos africanos em Angola e Moçambique também?


Essa parte dos Comandos está bem explicada nos diversos sites dos Comandos mas é mais ou menos assim, os europeus tinham duas escolas de comandos, uma em Angola, que foi a primeira e formava companhias de comandos mistas europeus e angolanos, a segunda foi no CIOE em Lamego e só formava companhias de comandos europeus.

Em Moçambique havia o Batalhão de Comandos de Moçambique que controlava as Companhias de Comandos de Moçambique (Nativas) e as Companhias de Comandos (europeus) que lhe era atribuido, as companhias eram atribuidas as diversas zonas (norte ou centro) a nivel operacional.

Na Guiné era a mesma coisa que em Moçambique, existia o Batalhão de Comandos Africanos operavam normalmente a nivel de companhia em todo o teatro pois a Guiné é pequena e não vali a pena dividir em zonas, exepto que no fim da guerra chegaram a existir operações a nivel Batalhão.

Em Angola o CIC (Centro de Instrução de Comandos) funcionava como Escola e Quartel dos Comandos que estavam em Luanda mas normalmente as Companhias quando eram formadas operavam de forma independente umas das outras não operavam como Batalhão e eram atribuidas à Zona Norte ou Zona Leste.

A unica excepção a isso foi as operações Siroco no Leste que envolveram várias companhias ao mesmo tempo e helicopteros Puma mas mesmo ai acho que não operavam todas juntas, era algo do genero, uma no mato, uma de reserva (ou QRF como agora se gosta de dizer) e uma em descanso e depois rodavam.

A pegunta dos GEs e GEPs não sei responder, mas é provavel que durante 13 anos de guerra todo o tipo de missões conjuntas com todo o género de unidades.
 

 

"Memórias da Guerra - 1961-1974"

Iniciado por Lancero

Respostas: 11
Visualizações: 34431
Última mensagem Junho 15, 2007, 04:28:40 pm
por Lancero
Guerra da Cisplatina - O único "revés" militar do Brasil

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 1
Visualizações: 1925
Última mensagem Janeiro 31, 2017, 01:13:01 pm
por Vitor Santos
O último amante de Mata-Hari morreu na guerra de Espanha

Iniciado por AlcaideFaria

Respostas: 0
Visualizações: 1994
Última mensagem Maio 21, 2008, 09:14:23 pm
por AlcaideFaria
II GRANDE GUERRA: PORQUE A ALEMANHA NUNCA ATACOU OS EUA ?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 23
Visualizações: 8028
Última mensagem Novembro 20, 2006, 10:53:47 pm
por Sniper
Morreu o último combatente francês na 1.ª Guerra Mundial

Iniciado por Lancero

Respostas: 1
Visualizações: 1624
Última mensagem Março 12, 2008, 07:53:51 pm
por André