Forças Operacionais (Dúvida)

  • 34 Respostas
  • 17186 Visualizações
*

dtread

  • 26
  • +0/-0
Forças Operacionais (Dúvida)
« em: Setembro 09, 2007, 11:57:53 pm »
Boa noite,

Antes de mais quero felicitar a todas as pessoas que tiram duvidas e ajudam jovens como eu :)

Actualmente estou a pensar seriamente por ingressar numa vida militar, isto porque sempre gostei de todos os factores inerentes.

Após ter falado com um amigo meu que actualmente esta na tropa, no regimento dito normal, soube que existe as Operaçoes especias da GNR (GOE), que pelo o que ele me disse e tambem pelo que li são tropas altamente especializadastreinadas e que obviamente não será uma unidade que qualquer um possa integrar, mas a verdade e que pelo que li e tenho vindo a saber será uma das unidades com a qual eu mais me identifico.
Esse mesmo amigo informou-me que teria 2 possiveis caminhos a percorrer sendo o 1º, entrando pela via militar (por Operaçoes especiais do exercito ou pelos Comandos) ou entrando para a GNR e progredindo dentro da mesma.
Por o que eu acho (que posso estar enganado) o tipo de treino que obtemos nas Operaçoes especiais do exercito, ou nos comandos e o mais proximo do que é necessario um militar ter para conseguir preencher os requesitos (muito elevados) necessarios para conseguir passar nos testes para entrar em tal unidade.

Para que não fiquem com uma ideia errada do que quis exprimir, eu de forma alguma estou a dizer que a GNR não serve para mim, apenas penso que pela minha personalidade o tipo de treino exigido a uma força operacionaloperações especiais vão de encontro ao que eu pretendo para a minha vida.

Por fim, e caso a mãe natureza o permita a especialidade que gostaria de tirar seria a de sniper.

Posto tudo isto as duvidas que tenho são as seguintes:

Tendo como objectivo o ingresso numa força operacional da GNR, (preferencialmente GOE, apesar de achar que e uma fasquia um pouco alta para pensar ja) por onde devo começar a minha vida militar? Tentando entrar por Operaçoes especiais do exercito, ou pela GNR?
Existe algum curso para ingresso numa força operacional da GNR, ou o inicio sera sempre sendo inicialmente militar da GNR e posteriormente progredindo?
Edit: Existe dentro das forças operacionais da GNR (para alem do GOE) a categoria na qual estaria interessado (snipper)?

Caso tenha dito alguma coisa de errado, as minhas desculpas desde ja, mas ainda estou algo verde neste meio.

Cumprimentos
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1509
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Setembro 10, 2007, 12:19:15 am »
Citar
Caso tenha dito alguma coisa de errado, as minhas desculpas desde ja, mas ainda estou algo verde neste meio.


GOE - Grupo de Operações especiais, pertence à PSP

O que tu queres dizer é:
COE - Companhia de Operações Especiais e esse sim pertence à GNR.

Agora deixo o resto para os membros do fórum que estão mais à vontade na matéria para te explicar as coisas
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

dtread

  • 26
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Setembro 10, 2007, 12:25:38 am »
Citação de: "Cabecinhas"
O que tu queres dizer é:
COE - Companhia de Operações Especiais e esse sim pertence à GNR.


Obrigado pela correcção mas desconhecia que a PSP tambem tinha Operações Especiais.
Ja agora em que diferem a COE e a GOE?

Cumprimentos
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1509
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Setembro 10, 2007, 12:28:32 am »
Essas perguntas eu gostava de te responder mas ainda não me sinto à vontade na matéria para dizer, espera que cheguem os "professores" que eles te diram com todo o gosto.

Abraço!
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6768
  • Recebeu: 311 vez(es)
  • Enviou: 201 vez(es)
  • +177/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Setembro 10, 2007, 12:29:16 am »
Para poder concorrer à Companhia de Operações Especiais tem de ser militar da GNR.

Condições para ingresso na GNR
(categoria de Praças - 9.º ano):
http://www.gnr.pt/portal/internet/recru ... ertura%20n.º%2012829.06%20-%20DR%20n.º%20232%20(2ª%20Serie)%20de%2004DEC.pdf

(categoria de Oficiais - 12.º ano, Provas de Matemática e Português):
Ver site da Academia Militar: http://www.academiamilitar.pt
 

*

dtread

  • 26
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Setembro 10, 2007, 01:21:24 am »
Apesar de ter o 12º ano este ano ainda vou completar 23 anos o que me invalida para ir para a academia militar.
No caso de completar o curso ficarei entao militar da GNR, existira a possibilidade de fazer outro curso para por exemplo uma força operacional da GNR (como por ex o corpo de intervenção)? Ou existira sempre um compasso de espera ate que possa everedar para algo desse genero?

Edit: Relativamente as OE's do exercito a disponibilidade exigida seram todos os dias da semana exceptuando (possivelmente) os fins de semana correcto?
Nunca existira, como existe no exercito de regime dito normal, a possibildade de passar algumas noites da semana em casa certo?

Cumprimentos
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6768
  • Recebeu: 311 vez(es)
  • Enviou: 201 vez(es)
  • +177/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Setembro 10, 2007, 03:32:42 am »
Mais uma vez, Corpo de Intervenção é da PSP, na GNR são as Companhias de Ordem Pública, que juntamente com a Companhia de Operações Especiais constituem o Batalhão Operacional do RI/GNR e futuramente constituirá a Unidade de Intervenção com a aprovação da nova Lei Orgânica.

Citar
No caso de completar o curso ficarei entao militar da GNR, existira a possibilidade de fazer outro curso para por exemplo uma força operacional da GNR (como por ex o corpo de intervenção)? Ou existira sempre um compasso de espera ate que possa everedar para algo desse genero?


Não sei se existem tempos mínimos de permanência nas fileiras para aceder a determinados cursos, de qualquer maneira como os cursos não devem abrir sempre todos os anos...

Forças Armadas e Forças de Segurança não têm folgas fixas, seja nos "especiais" ou nos "normais".
 

*

jmg

  • Analista
  • ***
  • 637
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Setembro 10, 2007, 08:53:01 am »
Visto a tua idade aconselho-te a deixares a tropa para lá e se queres mesmo a GNR concorre. Concentra-te primeiro em seres GNR. Depois terás tempo para te preocupares com o curso de operações especiais.
Uma coisa de cada vez. E não te esqueças que hoje em dia não é fácil entrar para a GNR visto que há cada vez mais gente a concorrer....
Não te fies de mim, se te faltar valentia.
(Inscrição gravada num antigo punhal.Autor desconhecido)

ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ
 

*

dtread

  • 26
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Setembro 10, 2007, 08:32:26 pm »
Citação de: "jmg"
Visto a tua idade aconselho-te a deixares a tropa para lá e se queres mesmo a GNR concorre.


Porque diz que devido a minha idade deveria ir para a GNR? Caso va para a tropa terei menos hipotese de progredir dentro das Operações especiais?
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14980
  • Recebeu: 988 vez(es)
  • Enviou: 938 vez(es)
  • +171/-167
(sem assunto)
« Responder #9 em: Setembro 10, 2007, 08:37:57 pm »
Que progressão falas? Se queres fazer carreira só se fores para a ESE, porque senão ao fim de 6 anos vais para a rua.

Como praça e sargento RC já não podes ir para a tropa, só como Oficial (e para isso é preciso ter uma licenciatura).

Acho que no entanto estás a afzer uma grande confusão, uma coisa é os Rangers outra coisa são o GOE/COE. São unidades com missões muito diferentes.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

jmg

  • Analista
  • ***
  • 637
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Setembro 10, 2007, 09:37:05 pm »
Digo para concorreres para a GNR porque para ires para a tropa e depois para a GNR já estás um pouco em cima do limite.
23 + 1 (recruta e curso) + 2 (1º contrato) = 26 anos
Não te esqueças que existe limite de idade para concorreres a GNR e depois ficas sem espaço de manobra para concorrer caso não entres à primeira.
Se tivesses 19 ou 20, já te diria o contrário.
E mesmo com 23 se fores para tropa até podes considerar ficar e concorrer ao curso de sargentos por exemplo. E na tropa existem algumas especialidades que com certeza são tão ou mesmo mais aliciantes do que a COE/GNR. Equipas ALFAS do CTOE ou PREC´s ou DAE (fuzileiros) e muito mais.
Não te fies de mim, se te faltar valentia.
(Inscrição gravada num antigo punhal.Autor desconhecido)

ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ
 

*

dtread

  • 26
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #11 em: Setembro 10, 2007, 10:25:45 pm »
Pois é provavel, a ideia que tenho e que são ambas forças de unidades pequenas, altamente treinadas, e que têm como principais missoes o resgate de individuos (cada uma dentro da sua jurisdição), dai eu as equiparar, pelos vistos erradamente.

Citação de: "jmg"
E mesmo com 23 se fores para tropa até podes considerar ficar e concorrer ao curso de sargentos por exemplo. E na tropa existem algumas especialidades que com certeza são tão ou mesmo mais aliciantes do que a COE/GNR. Equipas ALFAS do CTOE ou PREC´s ou DAE (fuzileiros) e muito mais.


Isso será mesmo o ideal para mim, concluir a recruta e curso e concorrer ao curso de sargentos , isto claro numa prespectiva muito positiva de que vai correr tudo bem nos CTOE :)

O unico senão é so mesmo a nivel pessoal, algo que no COE, penso eu que seria mais facil de gerir visto estar mais relacionado com a vida civil, refiro-me as idas a casa..
Como ja me indicaram aqui seja em que força for, não existem folgas fixas, mas na tropa em regime dito normal sei que os militares têm por vezes tempo para vir a casa (normalmente no fim da tarde como acontece com o meu amigo que se encontra actuamente na tropa), no CTOE apos a recrutacurso existe alguma possibilidade de isso vir a ocorrer?
Isto claro supondo que não existe nenhuma tarefa agendada.

Sei que esta pergunta parece muito pouco profissional, mas como actualmente não posso pensar so em mim dai a ter feito.

Cumprimentos
 

*

jmg

  • Analista
  • ***
  • 637
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Setembro 10, 2007, 11:30:37 pm »
É o que diferencia o pessoal da tropa do sapatimnho dos outros.
Claro que em Lamego como em qualquer quartel do país existe um horário de trabalho e fins de semana para estar com a familia.
Mas se optares por uma força especial, ou qualquer outra que tenha uma vertente muito específica (lembro-me da engenharia com equipas de prevenção NBQ e EOD), o dia a dia pode não se tornar muito rotineiro (o que eu gosto) e assim é melhor preparar a familia.
Eu costumo dizer à minha mulher que quando ela me conheceu eu já era CASADO......COM A TROPA. Assim ela já sabe quais são as prioridades.
Mas posso te dizer que a vida militar não é nenhuma pena que se deve cumprir, e com bom senso, paciência e algun sacrificio de ambas as partes, dá perfeitamente para conciliar aquilo que gostamos (ACÇÃO) e vida familiar.  
É para isto que se recebe o subsidio de condição militar.
Não te fies de mim, se te faltar valentia.
(Inscrição gravada num antigo punhal.Autor desconhecido)

ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ
 

*

dtread

  • 26
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Setembro 10, 2007, 11:43:39 pm »
Ja agora e se me permite a questão pertence a alguma força especial ou a tropa no regime normal?
 

*

jmg

  • Analista
  • ***
  • 637
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Setembro 11, 2007, 08:31:46 am »
Não existe tropa do regime normal. Sou Sargento do quadro permanente da arma de engenharia.
Não te fies de mim, se te faltar valentia.
(Inscrição gravada num antigo punhal.Autor desconhecido)

ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ
 

 

Forças de elite dos "Mossos d´Esquadra" (Catalunha)

Iniciado por urso bêbado

Respostas: 1
Visualizações: 3434
Última mensagem Maio 08, 2012, 09:43:52 pm
por Lightning
Forças policiais de elite em geral

Iniciado por HSMW

Respostas: 27
Visualizações: 8702
Última mensagem Agosto 10, 2017, 10:27:58 am
por Cabeça de Martelo
Dúvida de condição de ingresso

Iniciado por Rebolt

Respostas: 66
Visualizações: 46058
Última mensagem Dezembro 16, 2016, 07:16:40 pm
por raphael