Nova organização do nosso Exército

  • 1101 Respostas
  • 185184 Visualizações
*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2498
  • Recebeu: 21 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +2/-4
Nova organização do nosso Exército
« em: Setembro 18, 2005, 04:17:21 pm »
Caros companheiros:

a Brigada RRapida já està constituida, pelo menos no papel :?
 :arrow: fonte site do Exército

alguém sabe mais?

e o que acham desta nova organização?

a unica info que eu tive em julho era que o GAC da exBAI foi transferida para a BrgINT ficando assim a BRR sem artilharia
falava-se também na extinção do 3° BPara etc...
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6592
  • Recebeu: 178 vez(es)
  • Enviou: 141 vez(es)
  • +10/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Setembro 18, 2005, 09:46:31 pm »
Miguel podia colocar aqui essa notícia ou apresentar o link? Estive a ver no site do exército, do mdn e do emgfa e não encontrei nada...

Desde já agradeço
B. Pereira Marques
 

*

Pedro Monteiro

  • Analista
  • ***
  • 840
  • Recebeu: 67 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +4/-0
    • http://www.pedro-monteiro.com
Re: Nova organização do nosso Exército
« Responder #2 em: Setembro 19, 2005, 12:25:59 am »
Citação de: "Miguel"
caros companheiros

a Brigada RRapida jà està constituida, pelo menos no papel :?
 :wink:
Cumprimentos,
Pedro Monteiro
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14338
  • Recebeu: 742 vez(es)
  • Enviou: 730 vez(es)
  • +54/-48
Exército
« Responder #3 em: Setembro 20, 2005, 01:31:17 pm »
É isso que eu nunca entendo! Como é que as políticas de reorganização das Forças Armadas podem mudar assim de um momento para o outro?
Ainda bem que não acabaram com o 3º BIPara que nós bem precisa-mos de uma unidade destas!
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +3/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #4 em: Setembro 20, 2005, 11:33:03 pm »
Bom, pelo menos até ao fim do ano acabam as regiões militares.

Mas o que é mais incrível, é que mais de trinta anos depois de 25 de Abril de 1974 ainda se ande a reorganizar o exército, apontando como problema uma estrutura herdada da guerra nas colónias.

É tempo de perguntar a Sá Carneiro, Pinto Balsemão, Mário Soares, Cavaco Silva, Antonio Gueterres, Durão Barroso, Santana Lopes, o que andaram a fazer ao longo destes anos todos.

Eu acho que andaram a brincar com a tropa.

Cumprimentos
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7534
  • Recebeu: 312 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +46/-100
(sem assunto)
« Responder #5 em: Setembro 21, 2005, 12:15:31 pm »
E o que andaram a fazer as chefias militares?
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14338
  • Recebeu: 742 vez(es)
  • Enviou: 730 vez(es)
  • +54/-48
GAC
« Responder #6 em: Setembro 21, 2005, 01:37:49 pm »
Pedro desculpa ao rever o que tinhas dito fiquei confuso com uma coisa; a BAI agora não tem GAC? É isso?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +3/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #7 em: Setembro 21, 2005, 04:09:52 pm »
Luso ->
As chefias militares, há que reconhecer que sempre se submeteram, especialmente depois do fim do Conselho da Revolução ao poder político. A coisa transformou-se num marasmo, meio podre, e claro, depois resulta nisto que estamoa a ver.

Aliás, o que estamos a ver, é o que eu já referi aqui há tempos.

O numero de praças que é considerado como mínimo, considera o modelo anterior à guerra de África, e não considera as realidades e o que se pode fazer com as armas que estão ao dispor nos dias de hoje.

Todos nós já aqui falámos na questão de como repelir uma invasão espanhola (a título de exemplo académico) e concluimos que podemos ter uma tropa com capacidade para o fazer, com um custo minimo e algum investimento especialmente em comunicações e meios com grande mobilidade.

No entanto, a nossa únca unidade com cara disso, é a BMI,com os seus carros de combate à cabeça, os quais não têm sequer protecção anti-aérea adequada. E é assim há anos.

= = =

No entanto, reconheço que as chefias ficaram à espera de melhores tempos e não entenderam as mudanças inevitáveis na sociedade. Aguardaram, aguardaram, e agora as coisas rebentam pelas costuras, através da veia corporativa.

Como no resto da administração pública, prometeram, prometeram, mas prometeram demasiado.

= = =

As chefias também não têm coragem de fazer o que é necessário, que é proceder a um emagrecimento no numero de oficiais a partir de Major e Tenente Coronel no exército.

A criação de unidades móveis e bem armadas, implica modernização nas mentalidades e a acreditar nas mentalidades dos militares do sindicato, não vai haver modernização é nunca.

As F.A.'s precisam de modernização, mas também de limpeza nos quadros, expulsando os golpistas corporativos.

Cumprimentos
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14338
  • Recebeu: 742 vez(es)
  • Enviou: 730 vez(es)
  • +54/-48
Elá!
« Responder #8 em: Setembro 21, 2005, 04:34:38 pm »
Mas que golpistas é que estás a falar? Os que fizeram o 25 de Abril?
Olha que ao longo da minha vida tenho conhecido muitos oficiais (incluindo oficiais superiores) e só tenho a dizer que são pessoas que têm um elevado espírito patriótico, muito inteligentes e que por norma têm não sei quantos cursos em Portugal e no estrangeiro.
Antes de se mandar bacoradas para o ar e falar mal de pessoas ou instituições é preciso conhecer as realidades. A verdade é que neste momento os que passaram pela Guerra Colonial já estão ou na reforma ou na reserva (salvo poucas excepções)!
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2498
  • Recebeu: 21 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +2/-4
(sem assunto)
« Responder #9 em: Setembro 21, 2005, 05:30:18 pm »
Cabeça de Martelo

 :!: podemos ter um general a mandar numa companhia,
é este o problema Cabeça de Martelo
o nosso exército precisa de uma verdadeira reforma como diz PT

 :arrow:  sobre a BAI nesta altura essa Unidade chama-se
Brigada Reacção Rapida e pelos poucos elementos que sei tem como organica 3 Bat Paras e unidades de apoio e futuramente o GALE
de fora ficou o GAC e EREC que esses passaram para a Brigada Intervenção que esta a substituir a exBLI.
 

*

Pedro Monteiro

  • Analista
  • ***
  • 840
  • Recebeu: 67 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +4/-0
    • http://www.pedro-monteiro.com
Re: GAC
« Responder #10 em: Setembro 22, 2005, 10:01:50 am »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Pedro desculpa ao rever o que tinhas dito fiquei confuso com uma coisa; a BAI agora não tem GAC? É isso?


Exacto. Só não estou seguro que operacionalmente o GAC da BI não apoie a BAI como anteriormente estava previsto. Contudo, uma nota curiosa: no site do Exército a BAI é agora referida como Brigada de Reacção Rápida.
Cumprimentos,
Pedro Monteiro
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +3/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #11 em: Setembro 22, 2005, 05:09:00 pm »
Citar
Mas que golpistas é que estás a falar? Os que fizeram o 25 de Abril?

Estou a falar daqueles que há semanas avisaram os portugueses de que "Nós é que temos as armas".

Como cidadão, considero que é uma afirmação que configura e prevê um pronunciamento militar, em que os militares deverão pegar em armas para defender os seus interesses.

De outra maneira, como se justifica tal expressão?
Enganaram-se ?
Foi um escorreganço ?
Foi só para fazer barulho ?
Estarão arrependidos ?

Não foi nada disto. Foi uma ameaça velada a todos os cidadãos, feita por pessoas pagas com o dinheiro dos impostos de todos.

Eu concordo com aqueles que dizem que as recentes manifestações das F.A's fizeram pior ao país que anos de desinvestimento nas F.A.'s

Há que chamar os bois pelos nomes, em vez de colocar paninhos quentes.
Aqueles que se rebelam contra a autoridade do Estado que juraram defender, não podem ser chamados de outra forma.

Se o país fosse invadido, o que faríamos?
Você acredita nestes senhores?
Se fossemos invadidos pelos espanhóis, eles íam parlamentar e se os espanhóis pagassem bem, mudavam de lado.

Se isto fosse num país sério, estavam todos em Tribunal de Guerra.
Nos Estados Unidos, já tinham tido direito a uma expulsão desonrosa, o que implica não ter direito a qualquer subsidio.
Acabam a mandar as mulheres à manifestação, mostrando que acham que as Leis servem para serem interpretadas livremente, e a seu bel prazer.

Estamos no país de Fátima Felgueiras.
Há que esperar tudo.

Cumprimentos
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14338
  • Recebeu: 742 vez(es)
  • Enviou: 730 vez(es)
  • +54/-48
Militares
« Responder #12 em: Setembro 22, 2005, 05:44:23 pm »
Ou seja, eles acabaram por respeitar a lei. Se vocês ouvirem as declarações dos responsáveis das associações, eles sempre disseram que iam respeitar a lei, mas há sempre algum indivíduo mais exaltado que diz mais do que deve!
Não estão a insinuar que os nossos militares do quadro permanente não são patriótas e que estão mais interessados no dinheiro no que noutra coisa qq?! Estamos a falar de coisas que eles (e eu) sempre pensaram que fosse direitos garantidos, não só das Forças Armadas mas de todo o Funcionalismo Público!
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 1980
  • Recebeu: 535 vez(es)
  • Enviou: 1420 vez(es)
  • +28/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Setembro 22, 2005, 06:26:15 pm »
Mas sera' que ainda nao perceberam que com direitos garantidos o pais nao vai a lado algum? E' essa mentalidade o principal entrave ao desenvolvimento do pais. E' preciso acabar de uma vez por todas com essa historia dos direitos adquiridos, se o comum dos cidadaos nao os tem, por que razao os senhores funcionarios publicos — militares incluidos — hao-de constituir uma classe 'a parte?

Infelizmente, penso que este governo — especialmente depois de todas estas contestacoes — nao vai muito mais alem. Espero enganar-me.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +3/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #14 em: Setembro 22, 2005, 08:50:29 pm »
Citar
Não estão a insinuar que os nossos militares do quadro permanente não são patriótas e que estão mais interessados no dinheiro no que noutra coisa qq?

No que me diz directamente respeito, eu não estou a insinuar nada

Eu AFIRMO!

Os militares das associações corporativas não têm dignidade para vestir a farda. Perderam toda a dignidade e qualquer sentido de patriotismo que pudessem ainda ter.

Citar
Ou seja, eles acabaram por respeitar a lei.


Respeitaram, depois de muitas pressões por debaixo da mesa.
Respeitaram depois de os terem feito perceber as consequências catastróficas que as acções que planearam podiam ter.

Voltaram atrás quando entenderam que muitos militares não estavam de acordo com estas posições e que dia a dia a imagem das Forças armadas estava a cair  pique.

Voltaram atrás e pediram que lhes "limpassem a cara" para o país ficar com a ideia de que o Presidente tinha alterado algum dos decretos entretanto promulgados.

Voltaram atrás porque nos programas de TV, há duas semanas, sabendo-se que muitos militares telefonam para programas nos canais SIC-Noticias ou TVN para votar, a maioria das pessoas estavam a favor dos militares. À medida que o tempo foi passando e as pessoas começaram a entender o que se estava a passar, mesmo com os militares a telefonar, a opinião pública começou a deixar de lhes dar razão.

Já hoje na TVN, um inquerito telefónico, já colocava mais de 55% das pessoas que telefonam, contra os policias e a favor do governo, embora se saibe que grande parte das pessoas que telefonam são policias ou familiares de policias.

Voltaram atrás depois de as afirmações como a de "Somos nós que temos as armas" terem sido silenciadas pela comunicação social (em boa hora) para evitar que a noticia passasse para os orgãos de comunicação social estrangeiros.

O que é que você acha que aconteceria à nossa imagem internacional, já tão fragilizada, se uma CNN ou uma BBC começarem a dar a noticia de que em Portugal os militares lembraram ao governo que "eles é que tinham as armas" ?

Já é complicado atrair investimentos estrangeiros. Um dos poucos argumentos em nosso favor é a estabilidade politica. Como é que fica a nossa imagem, com os militares nas ruas?

Como é que fica a nossa imagem mesmo apenas com estas ameaças veladas de alguns militares?


Há países em que os militares também vêm para as ruas, quando deixam de lhes pagar o salário. Em Portugal, vêm para a rua, porque um Coronel, ganha menos que um Juiz de Circulo, como se num estado de direito, fosse legítimo equiparar um coronel a um Juiz.
O Coronel ganhava o mesmo que um Juiz de Circulo, quando se esperava que viesse para a rua, se houvesse uma revolta.

Você acha que de um momento para o outro, associações que até mandaram as mulheres protestar por eles, que ostensivamente fizeram paralizações à porta do primeiro Ministro, com a desculpa, de que depois da hora de serviço "passaram por ali". desistiram dos protestos porquê?

Esta gente brincou com coisas sérias e denegriu a imagem das Forças Armada de uma forma como provavelmente nunca essa imagem tinha sido denegrida.

Qual é a solução?
Ceder?
Ceder às corporações?
Ceder aos interesses instalados há anos e que todos os governos têm evitado tocar com medo?

Porque é que acham que o país chegou onde chegou?
Porque ninguém fez frente a corporações que sempre se estiveram marimbando para o bem comum e sempre defenderam ferreamente os interesses dos seus associados.

Há um país que continua a trabalhar e a pagar impostos, e esse país corre o risco de desemprego, se a industria portuguesa ou os serviços começarem a falhar em cadeia.

ESSAS PESSOAS CONTINUAM A TRABALHAR, A PAGAR IMPOSTOS E NÃO PROTESTAM

MAS ESTES SENHORES QUE TÊM O SEU EMPREGO GARANTIDO, O SEU SALÁRIO GARANTIDO, A SUA REFORMA GARANTIDA, O SEU SISTEMA DE SAÚDE GARANTIDO, AMEAÇAM COM GOLPE DE ESTADO, PORQUE OS QUEREM FAZER PAGAR UMA TAXA MODERADORA NO HOSPITAL.

É NOJENTO!

E EU COMO CIDADÃO ESTOU INDIGNADO E TENHO O DIREITO E O DEVER DE MOSTRAR ESSA INDIGNAÇÃO !
 

 

"O motor no Exercito"

Iniciado por Nuno CalhauQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 4
Visualizações: 4096
Última mensagem Dezembro 26, 2011, 10:34:13 pm
por flyer
Unidades do Exército a "criar"

Iniciado por PereiraMarquesQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 0
Visualizações: 2204
Última mensagem Junho 16, 2006, 01:28:18 pm
por PereiraMarques
High Tech "Battlelab" para o Exército Britânico

Iniciado por JLRCQuadro Exércitos/Sistemas de Armas

Respostas: 0
Visualizações: 2025
Última mensagem Outubro 28, 2004, 11:04:28 pm
por JLRC
Exército dos EUA conta com novos meios para minimizar baixas

Iniciado por Tiger22Quadro Tecnologia Militar

Respostas: 4
Visualizações: 2961
Última mensagem Junho 29, 2004, 11:06:12 pm
por [PT]HKFlash
Grupo de Aviação Ligeira do Exército Osprey...Apache/Tiger

Iniciado por Boina_VerdeQuadro Exércitos/Sistemas de Armas

Respostas: 40
Visualizações: 13522
Última mensagem Setembro 19, 2007, 12:28:14 pm
por Luso