"Presas fáceis de mercenários"

  • 86 Respostas
  • 47356 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15062
  • Recebeu: 1021 vez(es)
  • Enviou: 960 vez(es)
  • +173/-170
(sem assunto)
« Responder #75 em: Junho 06, 2008, 03:18:26 pm »
Mas eu não estou a falar de unidades militares, estou a falar de empresas de "seguranças" ou mercenários, ou seja lá como os queiram chamar.

Para mim tanto me faz se os Franceses, Espanhóis, Britânicos recrutem estrangeiros, eu pessoalmente não quero nem gostaria de ver estrangeiros com a farda Portuguesa.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4174
  • Recebeu: 264 vez(es)
  • Enviou: 267 vez(es)
  • +54/-14
(sem assunto)
« Responder #76 em: Julho 03, 2008, 10:24:55 am »
Como sendo cidadão como este senhor, não vejo qual o problema das forças armadas, fazerem publicidade com os seus meios, mais do que uma vez em espaço públicos, o exercito está a lutar com instituições particulares por "mão de obra".
Como desabafo, há dinheiro mais mal gasto na administração publica, do que uma simples carrinha, com 4 militares. Eu até gostava de saber se este senhor também manda emails, para outras instituições públicas, quando vê administradores públicos a andar num Mercedes, pago pelos nossos impostos, a usar cartões de crédito ou telefone pago com o nosso bolso, entre outras coisas.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3055
  • Recebeu: 129 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +128/-32
(sem assunto)
« Responder #77 em: Julho 04, 2008, 04:30:23 pm »
Citação de: "Ranger Rebelde"
Citação de: "Dr. Mário Santos Pechirra, V. N. de Gaia"
Domingo, Junho 29, 2008

----- Mensagem encaminhada de pechirra.ms... -----
   Data: Sun, 29 Jun 2008 20:57:57 +0100
     De: pechirra.ms...
 Assunto: A imagem de desespero do Exército
   Para: info@mail.exercito.pt
     Cc: noticias@jn.pt, carlosmvarela@netcabo.pt, provedor2006@dn.pt,
cartas@mail.expresso.pt,
talequal@talequal.com.pt,
dinformacao@lusa.pt, opiniao@sol.pt, jornal@semanario.pt, p.gaiao@semanario.pt, l.marcos@semanario.pt,
destak@destak.pt, leitor@destak.pt, metro@metroportugal.com,
elsa.pascoa@metroportugal.com,
lucilia.galha@metroportugal.com,
bruno.martins@metroportugal.com,
luis.carmo@metroportugal.com,
mfalcao@gmail.com, jcosta@meiahora.pt, vconde@meiahora.pt,
ccosta@mediacapital.pt,
atendimento@sic.pt, sicinternacional@siconline.pt, claudiarodrigues@sic.pt, patricia.chaves@rtp.pt, raul@bomdia.lu,
poroutrolado@rtp.pt, antena1.direccao@rtp.pt, rdp.antena2@rtp.pt,
jose.marino@rtp.pt, rdp.africa@rdp.pt, tito.freitas@rdp.pt,
rdp.acores@rtp.pt, telejornal.acores@rtp.pt, gp_ps@ps.parlamento.pt, gp_pcp@pcp.parlamento.pt, blocoar@ar.parlamento.pt, PEV.correio@pev.parlamento.pt, secretaria.geral@sg.mdn.gov.pt, geral@dgie.mdn.gov.pt, secgerpjm@mail.telepac.pt, idn@idn.mdn.gov.pt, iesm@iesm.mdn.gov.pt,
rtamagnini@mf.gov.pt, dirp@sg.mai.gov.pt, aofa@sapo.pt, asmir@asmir.pt, antonio.basto@apvg.pt,
geral@ligacombatentes.org.pt,
aaca@tugamail.com, afuzileiros@netvisao.pt, d.nacional@adfa-portugal.com, belem@presidencia.pt,
crecrbraga@mail.exercito.pt,
crecrcoimbra@mail.exercito.pt,
crecrfaro@mail.exercito.pt,
crecrpdelgada.chefe@mail.exercito.pt,
crecrviseu@mail.exercito.pt,
crecrporto@mail.exercito.pt,
gabcmdtlog@mail.exercito.pt,
eme@mail.exercito.pt,
webmaster@mail.exercito.pt,
rmn@mail.exercito.pt, qgzmm@mail.exercito.pt, amsj@mail.exercito.pt,
ahm@mail.exercito.pt,
bsm@mail.Exercito.pt,
bibex@mail.exercito.pt,
qgctat@mail.exercito.pt,
creclelvas@mail.exercito.pt,
bism@netcabo.pt,
citoap@mail.exercito.pt,
csrms@mail.exercito.pt, cioe.comandante@mail.exercito.pt, cme@mail.exercito.pt, coft@mail.exercito.pt, csde@mail.exercito.pt, dsi@mail.exercito.pt,
doutrina@mail.exercito.pt,
die@mail.exercito.pt, este.mail.nao.existe@mail.pt, dss@mail.exercito.pt, dsm@mail.exercito.pt,
etat@mail.exercito.pt, 0167966701@netcabo.pt, epc@mail.exercito.pt,
epi@mail.exercito.pt,
EPST@MAIL.EXERCITO.PT, ESPEpart@netc.pt, ccsl@mail.exercito.pt,
hmp@mail.exercito.pt, hmr2@mail.exercito.pt, io@mail.exercito.pt,
jornal.do.exercito@mail.exercito.pt,
mm@mail.exercito.pt,
musmilcoimbra@mail.exercito.pt,
casao.militar@ogfe.pt, rc4@mail.exercito.pt, ra4@mail.exercito.pt,
rc3@mail.exercito.pt, re1@mail.exercito.pt, rg1@exercito.mail.pt,
rg3@mail.exercito.pt, Ri2@mail.exercito.pt, ri8@mail.exercito.pt,
ri14@mail.exercito.pt, ri19@mail.exercito.pt, epsm@mail.Exercito.pt,
bst@mail.exercito.pt, museudoar@emfa.pt, afa.gabcmd@emfa.pt,
admfa@emfa.pt, relpublic@emfa.pt, recrutamento.fap@emfa.pt,
recrutamento.norte.fap@emfa.pt

A imagem de desespero do Exército

Dirijo-me de forma perfeitamente consternada e insatisfeita perante a
postura do Exército. O facto de se promoverem iniciativas nos
shoppings com carácter de angariação não é novidade, sobretudo quando
vêmos a postura estritamente comercial e agressiva das instituições de
crédito, nestes espaços. Mas a presença constante, permanente, no
mesmo espaço, sempre com o mesmo equipamento, sempre os mesmos
intervenientes, com o mesmo objectivo, repetidamente, roça o ridículo!
Reporto-me ao espaço do Shopping Center Dolce Vita no Porto em que a
presença militar, no caso concreto do Exército Português, com o
carácter de angariação, a meu ver, atingiu limites de surreal!
Por várias ocasiões a instituição marcou presença e nessas ocasiões a
instituição apresentou-se da mesma forma, tamanho, cor, feitio, e
objectivo.

Se o Exército não se consegue projectar para com a
população civil, de uma forma “desinteressada”e utilitária, fora da
vertente de “recrutamento”, aí temos um problema gravíssimo para com o
comum cidadão, contribuinte, dado que aí não estaremos a contribuir
para umas forças armadas, apelidadas de, “profissionais”, antes
estaremos a investir numas forças armadas do “Show Off” em que os
“números e a estatística” são o imperativo, em relação ao investimento
na qualidade e eficácia dos efectivos, colocando em causa todo o
alicerce da existência de forças armadas no contexto de estado
democrático, em que o militar mais não é do que um mercenário
irresponsável, sem uma missão coerente instituída para com a sociedade
civil!

É tal o que ressalva da atitude e da presença do Exército, num Shoping
Center (creio que não terá sido até agora o único, o que só virá
agravar as minhas afirmações!), com igual presença, dos seus
efectivos, desde a abertura até ao fecho das portas, durante vários
dias seguidos, em ocasiões pouco espaçadas, no mesmo local, constitui
tal uma perseguição institucional legitimada de índole estritamente
“comercial”. Por quem e qual o interesse? É esta a missão atribuída à
instituição? Por quem e qual o interesse? Friso.
Daquilo que entendo, por parte do que é veiculado pela comunicação
social, as forças armadas não estão a conseguir cativar o voluntariado
“necessário” muito por força de condicionantes de índole política e de
reprodução social das cúpulas.

A atitude agressiva e persecutória do Exército, através desta
promiscuidade (direi de desesperada!)  com o espaço comercial, mina,
pois, de forma cumulativa (pois os três ramos das forças armadas
formam um Único Alicerce a nível Constitucional da República
Portuguesa) a integridade e a postura da Força Aérea e da Marinha.
É perante esta situação, de irresponsável gestão do erário público, e
de promiscuidade ao nível da missão das forças armadas, que me insurjo
e, acredito, mereço uma resposta digna da minha condição de Cidadão
Cumpridor.


Atentamente,
Dr. Mário Santos Pechirra
Vila Nova de Gaia


Ora aí está uma boa quantidade de ódio, não so pelo conteudo mas tambem para o numero de "mails" para onde foi enviada esta mensagem.  :lol:
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7510
  • Recebeu: 651 vez(es)
  • Enviou: 796 vez(es)
  • +104/-31
(sem assunto)
« Responder #78 em: Julho 04, 2008, 05:11:18 pm »
As Forças Armadas não são como a GNR ou a PSP que se veem todos os dias na rua, exepto meia duzia de vezes (dia de Portugal, dia do Exército, etc) ninguém vê um carro de combate no seu dia-a-dia, nem Comandos, nem Pandurs, etc,

Gostava então que dissessem uma solução para um Exército que vive de voluntários poder cativar novos elementos sem ser com esposições em sitios frequentados por pessoas? Podiam por uns filmes publicitários no intervalo do telejornal :wink: ? Devem querer que o Exército vá fazer esposições para a lua?

É que criticar é muito fácil, é só dizer "Acho isto mal."
Então agora digam soluções para isso que acham mal...
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1508
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #79 em: Julho 04, 2008, 05:14:07 pm »
Código: [Seleccione]
Podiam por uns filmes publicitários no intervalo do telejornal Wink ?

Essa ideia já eu a tinha mencionado uma vez. Acredito que existe muita matéria nas mais diversas especialidades de todos os ramos.
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7510
  • Recebeu: 651 vez(es)
  • Enviou: 796 vez(es)
  • +104/-31
(sem assunto)
« Responder #80 em: Julho 04, 2008, 05:32:30 pm »
E o que é que isso tem a ver com o Exército fazer publicidade com os seus meios ou não como diz tão mal esse mail?

Afinal o seu problema é os direitos ou a publicidade? Então se o Exército não tivesse retirado esse direitos, já não havia problema em fazer publicidade?
 

*

João Oliveira Silva

  • Membro
  • *
  • 195
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #81 em: Agosto 26, 2008, 04:38:46 pm »
Citar
Fico a aguardar o tal emprego digno e necessário consagrado na Constituição da República Portuguesa...


Está na fila... há 450 mil portugueses inscritos nos centros de emprego e a receber subsídio de desemprego.
Depois há mais uns milhares com um emprego que, apesar de lhes facultar algum rendimento, não o consideram à altura da sua dignidade.
Logo, o seu número será para aí o milhão e cem mil.
Há... a propósito: o meu emprego lutei eu por ele. Lutei e vou à guerra todos os dias, de manhã bem cedo até ao principio da noite.
Cumprimentos,
 

*

bravo6

  • 4
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #82 em: Novembro 23, 2008, 11:01:31 pm »
Citação de: "Ranger Rebelde"
com mais força fiquei para continuar esta luta

Guerra do Ultramar (ultramar.terraweb.biz)
Destinado à comunidade de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar (Angola, Guiné e Moçambique) e de ex-Militares que estiveram nas ex-Províncias Ultramarinas (Cabo Verde, Índia, Macau, São Tomé e Princípe e Timor) no período de 1959 a 1975

A Lei do "DESENRASCA-TE" http://ultramar.forumeiros.com/informac ... te-t80.htm

Enviado pelo veterano J. Antero Ferreira http://ultramar.terraweb.biz/Imagens/mo ... rreira.htm


Espero que essa força não esmoreça e que cresça com um apoio ainda maior.

Mesmo para os civis, cujos pais e familiares estiveram no Ultramar, é importante que se faça justiça, pois o apoio do país a estes nossos veteranos é miserável, vergonhoso e até para alguns ofensivo.
Não podemos deixar que este desrespeito continue.

Para além de não lhes darem o apoio necessário para uma vida digna, deram-lhes mentes amputadas para o resto da vida, cuja doença é incurável.

PTSD afecta milhões: http://ultramar.terraweb.biz/Noticia_Tr ... gazine.htm

@Ranger Rebelde: Ao analisarmos este documento podemos entender, de certa maneira, a ausência dos ditos veteranos (aos milhares) que andam espalhados por Portugal e que não marcam presença.
Estou plenamente de acordo com tudo o que defendes e lutas, defendo os direitos pelos que lá estiveram e estão doentes para o resto da vida.

Protejam os Audazes.
 

CIOFE
« Responder #83 em: Fevereiro 10, 2009, 12:09:21 pm »
Olá Camaradas! Eu inscrevi-me no CIOFE e tenho recebido mails sobre ofertas de emprego e ofertas de formação subsidiadas... acho k vale a pena. Sempre me atenderam bem e responderam a todas as minhas dúvidas sobre incentivos. Para mim o CIOFE tem sido 5 estrelas
É só o meu testemunho.
Obrigado :)
Yes we can
 

*

veiga

  • 7
  • +0/-0
Re: "Presas fáceis de mercenários"
« Responder #84 em: Março 15, 2010, 06:17:15 pm »
amigos pois eu tb servi o pais e tb aprendi muitas praticas militares e tb depois de 5 anos o meu contrato tb nao foi renovado e vim pra rua mas isso passa-se em todo o lado ate no meio civil agora nao podemos utilizar o que aprendemos contra os nossos principios e pais eu tive de me virar vindo pra suiça
lemben-se dos 10 mandamentos nao os catolicos mas os outros
 

*

veiga

  • 7
  • +0/-0
Re: "Presas fáceis de mercenários"
« Responder #85 em: Março 16, 2010, 08:45:30 pm »
Caro Ranger Rebelde

Concordo com o que diz mas eu refiro-me a vender esses serviços para dar recrutamento a terroristas , por mais injustiçados que nos sentimos nao nos devemos de esqueçer que pode-se virar esses serviços contra a nossa patria a que se jurou servir mas o mais inportante a nossa gente se e que me estou a fazer entender  :G-beer2:
 

*

foxtrotvictor

  • Perito
  • **
  • 478
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: "Presas fáceis de mercenários"
« Responder #86 em: Março 17, 2010, 04:31:54 pm »
Citação de: "Ranger Rebelde"
Bem que a PSP e outras forças de segurança estão a necessitar urgentemente de umas formações na área do tiro... c34x

No caso dor formadores de armamento e tiro da minha “actual casa”, agradecemos a oferta, mas dispensamos. É que se a sua formação é só a da “nossa antiga casa”, essa já nós temos.
 

 

"Novas" Unidades

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 1164
Última mensagem Junho 16, 2006, 01:28:56 pm
por PereiraMarques
Exercício "Lusíada 06"

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 18
Visualizações: 6511
Última mensagem Novembro 20, 2006, 08:15:29 pm
por Lightning
Video "RANGERS"

Iniciado por Nuno

Respostas: 2
Visualizações: 3660
Última mensagem Janeiro 22, 2007, 12:41:35 pm
por Cabeça de Martelo
Chaimite no "Operacional"

Iniciado por Miguel Silva Machado

Respostas: 11
Visualizações: 4956
Última mensagem Março 30, 2009, 04:06:05 pm
por Lancero
"Museu" de Cavalaria

Iniciado por Lancero

Respostas: 15
Visualizações: 8402
Última mensagem Maio 17, 2009, 12:22:58 pm
por Portucale