Programa de substituição do C-130

  • 1227 Respostas
  • 226522 Visualizações
*

Major Alvega

  • Perito
  • **
  • 397
  • Recebeu: 250 vez(es)
  • Enviou: 108 vez(es)
  • +69/-97
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1185 em: Março 12, 2019, 05:12:27 pm »
 O A400M é uma aeronave extraordinária. Os problemas com as transmissões dos TP400-D6 já estão resolvidos e o feedback dos utilizadores actualmente é o melhor.
 Portugal precisa invariavelmente de uma aeronave táctica com capacidade estratégica e a única que cumpre esse caderno de encargos é o avião europeu.
É mais caro, pois é! Mas se é para voar 40 anos esse montante dilui-se mais no tempo. Para não falar das suas inequívocas vantagens operacionais. Pois se é melhor, é superior e tem melhor qualidade é natural que seja mais caro. É a ordem natural das coisas. Se o governo não optar pelo A400M só revela tacanhíce e falta de visão estratégica, sobretudo a médio e longo prazo.
« Última modificação: Março 12, 2019, 05:13:31 pm por Major Alvega »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Charlie Jaguar

*

MATRA

  • Membro
  • *
  • 67
  • Recebeu: 15 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +5/-0
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1186 em: Março 12, 2019, 05:18:15 pm »
O A400M é uma aeronave extraordinária. Os problemas com as transmissões dos TP400-D6 já estão resolvidos e o feedback dos utilizadores actualmente é o melhor.
 Portugal precisa invariavelmente de uma aeronave táctica com capacidade estratégica e a única que cumpre esse caderno de encargos é o avião europeu.
É mais caro, pois é! Mas se é para voar 40 anos esse montante dilui-se mais no tempo. Para não falar das suas inequívocas vantagens operacionais. Pois se é melhor, é superior e tem melhor qualidade é natural que seja mais caro. É a ordem natural das coisas. Se o governo não optar pelo A400M só revela tacanhíce e falta de visão estratégica, sobretudo a médio e longo prazo.

A Espanha, mesmo com a possível troca com a Coreia, ainda tem alguns a mais não?
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 1996
  • Recebeu: 763 vez(es)
  • Enviou: 364 vez(es)
  • +104/-22
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1187 em: Março 12, 2019, 05:33:35 pm »
A Espanha, mesmo com a possível troca com a Coreia, ainda tem alguns a mais não?

Entre 7 a 9 aparelhos a mais, dependendo se a Coreia do Sul quer ficar com 4 ou 6 A400M.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Stalker79

  • Perito
  • **
  • 580
  • Recebeu: 103 vez(es)
  • Enviou: 682 vez(es)
  • +19/-8
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1188 em: Março 12, 2019, 05:36:00 pm »
E se não fosse a Espanha penso que a Alemanha tambem tinha uns que estavam a mais....
 :-P
 

*

Major Alvega

  • Perito
  • **
  • 397
  • Recebeu: 250 vez(es)
  • Enviou: 108 vez(es)
  • +69/-97
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1189 em: Março 12, 2019, 06:10:26 pm »
 O que não falta por aí são A400M. A Espanha tem bastantes mesmo depois de efectuar uma eventual "troca" com aviões de treino sul coreanos. E outros países como os franceses ou alemães cederiam facilmente os seus slots na linha de produção.
 Portugal não pode só querer estar na UE para "mamar" e só querer beneficiar da solidariedade europeia quando lhe convém. Até para pedir fundos para modernizar os C-130, os Falcon 50 e os Epsilon. Com aquilo que já recebeu de lá a fundo perdido, ficaria bem ao governo português optar pelo A400M, tendo a vantagem de ser a opção que mais favorece os interesses da FAP e do país.

 
« Última modificação: Março 12, 2019, 06:13:40 pm por Major Alvega »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Charlie Jaguar

*

Lusitaniae

  • Membro
  • *
  • 105
  • Recebeu: 22 vez(es)
  • Enviou: 3 vez(es)
  • +6/-3
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1190 em: Março 12, 2019, 06:52:33 pm »
Houston, we have a problem!...

Citar
Tive a oportunidade de conversar com um piloto da FAB que trabalha no projeto KC390 (com a parte logística). Ele disse que a EMBRAER está pedindo preços proibitivos para a FAB. Que tiveram uma conversa com o alto escalão da Embraer (presidente incluso) onde falaram "se colocarem esses preços, continuaremos o projeto pois não temos escolha mas vocês estarão fazendo mal a FAB. Fora isso, se fizerem isso, o mundo aeronáutico é pequeno, todos verão como estão tratando a força aérea que financiou o projeto e não vão querer entrar na furada".
Ou seja, o que acontece lá na terrinha com nossos irmãos tugas também ocorre aqui. Mas não temos a alternativa de não comprar.

Essa citação vem de que fonte?
Realmente a Embraer se está a exceder em termos de custos de produção, pelo valor que estão a pedir o A400M já não está tão distante assim.
Mais uma embrulhada para ser resolvida!
Abbati, medico, potronoque intima pande
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2941
  • Recebeu: 1238 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +134/-7
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1191 em: Março 12, 2019, 07:17:20 pm »
Houston, we have a problem!...

Citar
Tive a oportunidade de conversar com um piloto da FAB que trabalha no projeto KC390 (com a parte logística). Ele disse que a EMBRAER está pedindo preços proibitivos para a FAB. Que tiveram uma conversa com o alto escalão da Embraer (presidente incluso) onde falaram "se colocarem esses preços, continuaremos o projeto pois não temos escolha mas vocês estarão fazendo mal a FAB. Fora isso, se fizerem isso, o mundo aeronáutico é pequeno, todos verão como estão tratando a força aérea que financiou o projeto e não vão querer entrar na furada".
Ou seja, o que acontece lá na terrinha com nossos irmãos tugas também ocorre aqui. Mas não temos a alternativa de não comprar.

Mayday, mayday!!!  :mrgreen:






P.S. "lá na terrinha" é o :crit:

depois admiraste porque levas com Karmas negativos  á pois é. :mrgreen: :mrgreen:

Abraços
 

*

Red Baron

  • Membro
  • *
  • 65
  • Recebeu: 14 vez(es)
  • Enviou: 24 vez(es)
  • +11/-5
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1192 em: Março 12, 2019, 07:25:37 pm »
Houston, we have a problem!...

Citar
Tive a oportunidade de conversar com um piloto da FAB que trabalha no projeto KC390 (com a parte logística). Ele disse que a EMBRAER está pedindo preços proibitivos para a FAB. Que tiveram uma conversa com o alto escalão da Embraer (presidente incluso) onde falaram "se colocarem esses preços, continuaremos o projeto pois não temos escolha mas vocês estarão fazendo mal a FAB. Fora isso, se fizerem isso, o mundo aeronáutico é pequeno, todos verão como estão tratando a força aérea que financiou o projeto e não vão querer entrar na furada".
Ou seja, o que acontece lá na terrinha com nossos irmãos tugas também ocorre aqui. Mas não temos a alternativa de não comprar.

Alguém tem que pagar a perda do 001
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2200
  • Recebeu: 752 vez(es)
  • Enviou: 1790 vez(es)
  • +81/-2
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1193 em: Março 12, 2019, 08:23:04 pm »
O A400M é uma aeronave extraordinária. Os problemas com as transmissões dos TP400-D6 já estão resolvidos e o feedback dos utilizadores actualmente é o melhor.
 Portugal precisa invariavelmente de uma aeronave táctica com capacidade estratégica e a única que cumpre esse caderno de encargos é o avião europeu.
É mais caro, pois é! Mas se é para voar 40 anos esse montante dilui-se mais no tempo. Para não falar das suas inequívocas vantagens operacionais. Pois se é melhor, é superior e tem melhor qualidade é natural que seja mais caro. É a ordem natural das coisas. Se o governo não optar pelo A400M só revela tacanhíce e falta de visão estratégica, sobretudo a médio e longo prazo.

Já para não falar nos 827 milhões que devem dar para umas cinco unidades. E quanto ao simulador, não precisamos, porque dá para ir de autocarro.  :mrgreen:
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, MATRA

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2941
  • Recebeu: 1238 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +134/-7
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1194 em: Março 12, 2019, 08:25:05 pm »
O A400M é uma aeronave extraordinária. Os problemas com as transmissões dos TP400-D6 já estão resolvidos e o feedback dos utilizadores actualmente é o melhor.
 Portugal precisa invariavelmente de uma aeronave táctica com capacidade estratégica e a única que cumpre esse caderno de encargos é o avião europeu.
É mais caro, pois é! Mas se é para voar 40 anos esse montante dilui-se mais no tempo. Para não falar das suas inequívocas vantagens operacionais. Pois se é melhor, é superior e tem melhor qualidade é natural que seja mais caro. É a ordem natural das coisas. Se o governo não optar pelo A400M só revela tacanhíce e falta de visão estratégica, sobretudo a médio e longo prazo.

Já para não falar nos 827 milhões que devem dar para umas cinco unidades. E quanto ao simulador, não precisamos, porque dá para ir de autocarro.  :mrgreen:

ou até se pode ir de AW119 Koala, fica um voo baratinho, pena é serem poucos.  :nice: :nice: :nice:



Abraços
« Última modificação: Março 12, 2019, 08:27:13 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Charlie Jaguar

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 1996
  • Recebeu: 763 vez(es)
  • Enviou: 364 vez(es)
  • +104/-22
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1195 em: Março 12, 2019, 09:15:00 pm »
E talvez, talvez, pudessem entrar nesse negócio as contrapartidas que faltam cumprir do contrato relativo à aquisição dos C-295M... digo eu. Desde que o Estado não adopte uma posição negocial submissa idêntica àquela que parece estar a ter com a Embraer, claro está. ::)
« Última modificação: Março 12, 2019, 09:18:32 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2200
  • Recebeu: 752 vez(es)
  • Enviou: 1790 vez(es)
  • +81/-2
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1196 em: Março 12, 2019, 09:30:14 pm »
E talvez, talvez, pudessem entrar nesse negócio as contrapartidas que faltam cumprir do contrato relativo à aquisição dos C-295M... digo eu. Desde que o Estado não adopte uma posição negocial submissa idêntica àquela que parece estar a ter com a Embraer, claro está. ::)

Tu não dês ideias a essa corja! Esse contrato de contrapartidas tem que ser renegociado mas é para se fazer a conversão para versão W à pala.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, MATRA

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 1996
  • Recebeu: 763 vez(es)
  • Enviou: 364 vez(es)
  • +104/-22
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1197 em: Março 12, 2019, 09:46:39 pm »
Já para não falar nos 827 milhões que devem dar para umas cinco unidades. E quanto ao simulador, não precisamos, porque dá para ir de autocarro.  :mrgreen:

Pois é, já me tinha esquecido dessa. Vai tudo em excursão naqueles autocarros novos muito confortáveis que a FAP tem, com o ar-condicionado no máximo que Sevilha é tão quente como a Amareleja, e estava a coisa despachada.  :mrgreen:


Tu não dês ideias a essa corja! Esse contrato de contrapartidas tem que ser renegociado mas é para se fazer a conversão para versão W à pala.

Longe de mim tal ideia! :mrgreen: Quanto à modernização para o W ainda é cedo, afinal a frota só ainda tem 10 anos de serviço e 30.000h de voo em cima, tem muito que penar. A não ser que ressuscitem a ideia de colocar o C-295 a operar também no combate a incêndios, aí vai ter mesmo de ser. ::)


depois admiraste porque levas com Karmas negativos  á pois é. :mrgreen: :mrgreen:

Abraços

Se quisesse fazer harakiri era só chegar ao tópico dos helis de evacuação e propôr a ideia de trocarmos com a Roménia mais uns quantos F-16 MLU por uns poucos IAR-330 SOCAT. Aí sim é que tinha de ficar ligado à máquina. :mrgreen:
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2941
  • Recebeu: 1238 vez(es)
  • Enviou: 400 vez(es)
  • +134/-7
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1198 em: Março 12, 2019, 10:23:30 pm »
E talvez, talvez, pudessem entrar nesse negócio as contrapartidas que faltam cumprir do contrato relativo à aquisição dos C-295M... digo eu. Desde que o Estado não adopte uma posição negocial submissa idêntica àquela que parece estar a ter com a Embraer, claro está. ::)

Tu não dês ideias a essa corja! Esse contrato de contrapartidas tem que ser renegociado mas é para se fazer a conversão para versão W à pala.

Acho que só ganhávamos em avançar tanto para os "J" como para os "400", isto da Boeing comprar a Embraer, vai dar brado nas nossas unidades produtivas da Embraer e das OGMA, quanto mais cedo avançarmos para uma alternativa, seja ela qual for, para mim até era adquirir os dois modelos, 03 de cada, ou até quatro tácticos e dois estratégicos, ainda seria o melhor.

Abraços
« Última modificação: Março 12, 2019, 10:25:19 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2884
  • Recebeu: 69 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +32/-18
Re: Programa de substituição do C-130
« Responder #1199 em: Março 12, 2019, 10:41:46 pm »
E talvez, talvez, pudessem entrar nesse negócio as contrapartidas que faltam cumprir do contrato relativo à aquisição dos C-295M... digo eu. Desde que o Estado não adopte uma posição negocial submissa idêntica àquela que parece estar a ter com a Embraer, claro está. ::)

Tu não dês ideias a essa corja! Esse contrato de contrapartidas tem que ser renegociado mas é para se fazer a conversão para versão W à pala.

Acho que só ganhávamos em avançar tanto para os "J" como para os "400", isto da Boeing comprar a Embraer, vai dar brado nas nossas unidades produtivas da Embraer e das OGMA, quanto mais cedo avançarmos para uma alternativa, seja ela qual for, para mim até era adquirir os dois modelos, 03 de cada, ou até quatro tácticos e dois estratégicos, ainda seria o melhor.

Abraços

Uma opção seria modernizar 4 C-130H, para o "J" e adquirir 3 A-400M.

Ou então vender os 4 C-130 modernizados e comprar 4 A-400M.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

 

Governo entrega substituição do Aviocar à espanhola CASA

Iniciado por Maginot

Respostas: 10
Visualizações: 4869
Última mensagem Maio 06, 2005, 10:10:47 pm
por Luso
Aberto concurso para a substituição dos Aviocar

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 37
Visualizações: 13115
Última mensagem Dezembro 28, 2004, 09:13:27 pm
por JNSA
Substituição dos AlphaJet por um novo avião de treino?

Iniciado por Marauder

Respostas: 27
Visualizações: 10757
Última mensagem Setembro 21, 2006, 03:30:41 am
por p_shadow
Substituição dos Allouette III

Iniciado por JNSA

Respostas: 788
Visualizações: 138795
Última mensagem Fevereiro 14, 2019, 12:26:30 pm
por alphaiate
Substituição dos Alpha-jet

Iniciado por pchunter

Respostas: 387
Visualizações: 83392
Última mensagem Março 09, 2019, 05:00:29 pm
por Charlie Jaguar