Programa de substituição do C-130

  • 1492 Respostas
  • 239804 Visualizações
*

Boina_Verde

  • Membro
  • *
  • 50
  • +1/-0
Programa de substituição do C-130
« em: Julho 12, 2007, 03:30:21 am »
Bem...eu já ouvi aqui alguns rumores de q os C-130 da força aerea iram ser substituidos pelo A400...eu já vi algumas imagens desse avião e na verdade gostei muito...mas nao existem uns aviõesinhos chamados C-5 e C-17 pois eu penso q deviam optar pelo C-5...é gigantesco :shock:  tem uma grande capacidade de carga e é moderno com tempo de vida de mais 40 anos segundo Armytechnology...penso q 6/8 seria muito bom além de que manter um avião desses não é pera doce... aqui fica a minha proposta
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1700
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 432 vez(es)
  • +7/-1
(sem assunto)
« Responder #1 em: Julho 12, 2007, 04:33:36 am »
Os actuais C-130 da FAP deverão ser modernizados em breve para que a sua vida operacional seja expandida até 2015, quando deverão ser substituídos. Quanto à sua substituição em concreto, Portugal de facto fez parte do consórcio do A400M e esteve envolvido no seu desenvolvimento, mas acabou por sair por vontade do então ministro da defesa, Sr. Dr. Eng. Paulo Portas. Uma das alternativas para o A400M na altura seria o C-130J, mas que recentemente tem recebido bastante críticas por parte da Inglaterra, que os opera. E pelas últimas notícias sobre o assunto, de Janeiro de 2006, os norte-americanos parecem ter dificultado as negociações, pois «as condições que os norte-americanos têm posto não são muito favoráveis».

A compra de 12 aviões C-295M deverá aliviar a pressão exercida sobre a frota dos actuais C-130, devido à sua maior autonomia e capacidade de poderem apoiar as missões no estrangeiro com o transporte de material e de tropas, como tal o número de aeronaves de maior capacidade já não deverá de ser tão elevado. Talvez 6 a oito unidades seria o suficiente.

Quanto aos gigantescos aviões norte-americanos, temos que ver que o C-5 já não é mais produzido, tendo a sua linha de montagem sido encerrada. E tal como referiu, os custos por unidade, quer seja do C-5 ou do C-17, e os custos de operação e manutenção destas bestas são tão gigantescos como os próprios aviões e isto é demais para um país como Portugal.

Muitos países europeus, incluindo a Suécia, criaram à tempos uma pool designada de NATO Strategic Airlift Capability com a intenção de todos os países membros dessa pool comprarem e pagarem em conjunto um número de aviões C-17 de forma a colmatar a actual necessidade destes países para o transporte estratégico.

Pessoalmente - e ignorando a questão se Portugal deveria fazer parte desta pool ou não - acho que Portugal devia manter a sua própria frota de aviões de transporte estratégico "médios" e ignorar estes gigantes, e apoio também a opção pelo A400M, que embora tenha tido alguns atrasos ultimamente ainda tem tempo até 2015 para mostrar a Portugal o que vale. Também o facto de ter maior capacidades (p.e. autonomia e capacidade de carga) que o C-130J e a possibilidade de poder ser instalado um kit para reabastecimento aéreo deixou-me maravilhado por esta máquina. Portugal nunca deveria ter deixado o consórcio.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

pmdavila

  • Perito
  • **
  • 367
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Julho 12, 2007, 07:29:28 pm »
Hum... eu tenho uma "contra-proposta"  :lol:
[/Crazy mode]
Com os melhores cumprimentos,
pmdavila

"Antes morrer livres que em paz sujeitos"
 

*

pmdavila

  • Perito
  • **
  • 367
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Julho 12, 2007, 07:33:30 pm »
Só para ilustrar, eis o "bicho" que estou a falar (todos devem conhecer, mas é uma bela máquina...)

Com os melhores cumprimentos,
pmdavila

"Antes morrer livres que em paz sujeitos"
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2897
  • Recebeu: 81 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +47/-19
(sem assunto)
« Responder #4 em: Julho 12, 2007, 09:45:09 pm »
A opção quase de certeza que será o A400M, entre 3 e 5 unidades para complementar o C295.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Fireman Sam

  • Membro
  • *
  • 21
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Julho 12, 2007, 09:47:53 pm »
Uma opção que para mim poderá ser bastante viável para a FAP será o novo Embraer C-390. Já que a Embraer é accionista das OGMA e fala-se numa possível parceria entre a construtora brasileira e a Lock-Mart para a produção desta aeronave.

Sem dúvida na minha opinião poderá ter algo a dizer no futuro avião de transporte táctico da FAP
Cumprimentos

Sandro Magalhães

Litografia Asas de Portugal 30 Anos (1977-2007)

Em produção: Esq. 103, Esq. 201, Esq. 301, Esq. 501, Esq. 552, Asas de Portugal e Rotores
 

*

tgcastilho

  • Membro
  • *
  • 185
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Julho 12, 2007, 10:50:03 pm »
Já que estamos numa de imaginar,não se pede coisas menores,2/3 C-17 chegavam :lol:
 

*

Boina_Verde

  • Membro
  • *
  • 50
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Julho 12, 2007, 11:30:47 pm »
adquirir o antonov é impossivel

isso é a mesma coisa que querer adquirir ak's ou mig's...mas cm nao pertençemos aqueles paises manhosos...(meio comunistas)é impossivel!!!!
« Última modificação: Agosto 27, 2007, 10:45:16 am por Boina_Verde »
 

*

pmdavila

  • Perito
  • **
  • 367
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Julho 12, 2007, 11:42:34 pm »
Citação de: "Boina_Verde"
adquirir o antonov é impossivel

isso é a mesma coisa que querer adquirir ak's ou mig's...mas cm nao pertençemos aqueles paises manhosos...(meio comunistas)é impossivel!!!!
e já agora o meu belhote já andou num desses e diz que essa porcaria abana por tds os lados(mas penso que andou numa das versões mais antigas :D )


Impossível, impossível, não será. Também ninguém dizia que Portugal iria adquirir Kamov, ou que estivesse extremamente interessado em Beriev (digo extremamente interessado, porque ainda não os compraram...). Eu, pelo menos, nunca imaginei ver algum dia material "made in Russia" com as cores portuguesas, fosse onde fosse! Mas irrealista, isso sim, uma vez que implicava não comprar aos nossos parceiros estratégicos da NATO, o que também iria "cair mal" entre eles...
Com os melhores cumprimentos,
pmdavila

"Antes morrer livres que em paz sujeitos"
 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 982
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +21/-0
    • http://www.mochileiros.com
Kamov.
« Responder #9 em: Julho 13, 2007, 12:02:53 am »
Tudo bem,

Pmdavila.Temos Kamov?Desculpe minha pergunta idiota,mas dessa não estou sabendo.
Os Beriev,pelo que sei não serão comprados,seria uma forma da Rússia nos pagarem uma dívida antiga.

Abraços,
zocuni
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1509
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Julho 13, 2007, 12:05:29 am »
Kamov os helicopteros de combate aos incendios
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

pmdavila

  • Perito
  • **
  • 367
  • +0/-0
Re: Kamov.
« Responder #11 em: Julho 13, 2007, 12:06:49 am »
Citação de: "zocuni"
Tudo bem,

Pmdavila.Temos Kamov?Desculpe minha pergunta idiota,mas dessa não estou sabendo.
Os Beriev,pelo que sei não serão comprados,seria uma forma da Rússia nos pagarem uma dívida antiga.

Abraços,


Quando me referi aos Kamov, referia-me aos comprados pelo Ministério da Administração Interna, os tais para combate aos incêndios. Quanto aos Beriev, tanto quanto sei, é mesmo para serem comprados. Não especificamente eles, claro, é para abrir um daqueles famosos concursos internacionais em que concorre um monte de gente, são seleccionados 2 ou 3, e no fim fica tudo em águas de bacalhau...
Com os melhores cumprimentos,
pmdavila

"Antes morrer livres que em paz sujeitos"
 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 982
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +21/-0
    • http://www.mochileiros.com
Obrigado
« Responder #12 em: Julho 13, 2007, 12:10:41 am »
Tudo bem,

Obrigado.Dessa não estava sabendo,vou ter que me reciclar. nx2l1

Abraços,
zocuni
 

*

pchunter

  • 368
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Abril 10, 2008, 11:49:44 pm »
Cumprimento á toda a malta do fórum. Portugal pondera reentrar no consorcio A400, por isto o sucessor do C-130 deverá ser o A400. É uma maquina impressionante.


 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7162
  • Recebeu: 538 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +48/-13
(sem assunto)
« Responder #14 em: Abril 11, 2008, 04:17:39 pm »
Citação de: "pmdavila"
Era comprar 1 ou 2 an-225 (peço pouco, vêem?)[/Crazy mode]


Eu penso que existem mesmo só duas dessas aeronaves em todo o mundo :wink: .
 

 

Governo entrega substituição do Aviocar à espanhola CASA

Iniciado por Maginot

Respostas: 10
Visualizações: 4948
Última mensagem Maio 06, 2005, 10:10:47 pm
por Luso
Aberto concurso para a substituição dos Aviocar

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 37
Visualizações: 13228
Última mensagem Dezembro 28, 2004, 09:13:27 pm
por JNSA
Substituição dos AlphaJet por um novo avião de treino?

Iniciado por Marauder

Respostas: 27
Visualizações: 10896
Última mensagem Setembro 21, 2006, 03:30:41 am
por p_shadow
Substituição dos Allouette III

Iniciado por JNSA

Respostas: 792
Visualizações: 140701
Última mensagem Abril 18, 2019, 10:03:20 pm
por tenente
Substituição dos Alpha-jet

Iniciado por pchunter

Respostas: 390
Visualizações: 84594
Última mensagem Abril 02, 2019, 10:19:36 am
por Joaoferriva