IDAS: Míssil Antiaéreo para Submarinos

  • 42 Respostas
  • 13117 Visualizações
*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 567
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #30 em: Maio 21, 2007, 04:02:14 am »
Permita-me discordar de si, caro JLRC.

Vejamos por alto a obra do Paulo Portas:

Profissionalizou completamente o Exército.

Criou incentivos para atrair jovens para as Forças Armadas.

Lançou o concurso para os Pandur, estando já decidida a sua construção em território nacional, sem no entanto se saber exactamente onde.

Lançou o concurso para substituir a G-3 (não pode é ser culpabilizado por querer dar as Forças Armadas aquilo que elas pediam, entenda-se G-36).

Cancelou os primeiros helicópteros do UALE, mas preparava-se para comprar por ajuste directo os seus substitutos (e todos sabemos o porque do cancelamento)

Lançou o concurso dos submarinos, coisa que ninguém conseguiu fazer em 30 anos. Se não o tivesse feito era o fim da arma submarina, ou acham que este governo iria avançar com esse concurso?

Assinou o contrato para a construção dos NPO.

Assinou o contrato para a construção do NAVPOL nos ENVC como contrapartida pela aquisição dos submarinos.

Criou as condições para a recepção (infraestruturas) dos EH-101

Lançou os concursos para a aquisição dos radares para a Madeira e Açores.

Lançou o concurso para a compra dos C-295.

Iniciou a MLU dos F-16.

Comprou os P-3 Holandeses.

Etc.

De notar que o Paulo Portas esteve só 3 anos no Governo, deixando muitos projectos por concluir/iniciar.

O que fez o Governo actual?

Trocou e bem as OHP pelas KD, (com o dinheiro já cativo para modernizar as OHP que tinha deixado o Paulo Portas).

Adiou a entrega dos submarinos.

Permitiu a vergonhosa novela dos NPO.

Adiou a entrega dos CN-295.

Tentou vender 12 F-16 a reboque do PCP.

Preferiu anular o concurso da G-3 a ter que contestar a decisão do tribunal.

E é este o melhor Ministro da Defesa dos últimos 15 anos :?

Basta ver o seu anterior trabalho na Administração Interna  blx2x1


Acção = 0
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #31 em: Maio 21, 2007, 11:27:23 am »
Como tudo na vida é discutível. E as opiniões hão-de sempre divergir...
Citar
Criou incentivos para atrair jovens para as Forças Armadas.

Esqueceu-se é que depois é preciso mante-los por cá... Mas não quer dizer que este se tenha lembrado...
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-42
(sem assunto)
« Responder #32 em: Maio 21, 2007, 05:34:27 pm »
Citação de: "Tiger22"
Permita-me discordar de si, caro JLRC.

Vejamos por alto a obra do Paulo Portas:

Profissionalizou completamente o Exército.

Criou incentivos para atrair jovens para as Forças Armadas.

Lançou o concurso para os Pandur, estando já decidida a sua construção em território nacional, sem no entanto se saber exactamente onde.

Lançou o concurso para substituir a G-3 (não pode é ser culpabilizado por querer dar as Forças Armadas aquilo que elas pediam, entenda-se G-36).

Cancelou os primeiros helicópteros do UALE, mas preparava-se para comprar por ajuste directo os seus substitutos (e todos sabemos o porque do cancelamento)

Lançou o concurso dos submarinos, coisa que ninguém conseguiu fazer em 30 anos. Se não o tivesse feito era o fim da arma submarina, ou acham que este governo iria avançar com esse concurso?

Assinou o contrato para a construção dos NPO.

Assinou o contrato para a construção do NAVPOL nos ENVC como contrapartida pela aquisição dos submarinos.

Criou as condições para a recepção (infraestruturas) dos EH-101

Lançou os concursos para a aquisição dos radares para a Madeira e Açores.

Lançou o concurso para a compra dos C-295.

Iniciou a MLU dos F-16.

Comprou os P-3 Holandeses.

Etc.

De notar que o Paulo Portas esteve só 3 anos no Governo, deixando muitos projectos por concluir/iniciar.

O que fez o Governo actual?

Trocou e bem as OHP pelas KD, (com o dinheiro já cativo para modernizar as OHP que tinha deixado o Paulo Portas).

Adiou a entrega dos submarinos.

Permitiu a vergonhosa novela dos NPO.

Adiou a entrega dos CN-295.

Tentou vender 12 F-16 a reboque do PCP.

Preferiu anular o concurso da G-3 a ter que contestar a decisão do tribunal.

E é este o melhor Ministro da Defesa dos últimos 15 anos :?

Basta ver o seu anterior trabalho na Administração Interna  blx2x1


Acção = 0


Caro Tiger

Em primeiro lugar deixe-me sublinhar a civilidade com que você me contestou. Obrigado.
Em segundo lugar, quero lembrar-lhe que tudo o que você mencionou (tirando a compra dos P-3C holandêses) foi possível porque estava contemplada na LPM aprovada no governo de Guterres. Só por isso foi possível que o Portas pudesse ter lançado alguns programas e digo alguns porque, por exemplo, o dos submarinos já tinha sido lançado anteriormente, para 3 submarinos que tudo indica seriam os Scorpène e o Portas limitou-se a relançar a concurso mas só para 2 submarinos. Mesmo o programa que terminou no concurso dos C-295 já estava previsto na tal LPM. Julgo que essa LPM contemplava cerca de 50 programas. Quanto à profissionalização do exército, não sei se será tão positivo como alguns querem fazer crer. Pelo que sei, não há problemas para as unidades mais chamativas (comandos, paras, etc) mas para as restantes especialidades já se torna complicado completar as vagas. O tempo dirá.
Você disse que o Portas só esteve 3 anos. Este julgo que só está à um ano portanto ainda vai ter muito tempo para trabalhar. Quanto aos F-16 lembro-lhe que a 2ª esquadra foi comprada por Guterres e o Portas não a tirou dos caixotes o que parece dar razão a este governo quando diz que não são todos necessários. O que é certo é que ainda não foi vendido nenhum e portanto tenha calma porque se calhar até não serão vendidos. Só espero é que venham a voar. O MLU estava contemplado na tal LPM.
Cumprimentos
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #33 em: Maio 21, 2007, 06:58:15 pm »
E que tal voltarem ao tema do tópico, digo eu :wink:
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-42
(sem assunto)
« Responder #34 em: Maio 21, 2007, 08:28:04 pm »
Citação de: "SSK"
E que tal voltarem ao tema do tópico, digo eu :wink:
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #35 em: Maio 24, 2007, 06:23:57 pm »
Descobri esta notícia aqui nos meus ficheiros antigos, já vem atrasada mas...

Citar
German Consortium Seeks New Partners for
a New Submarine Weapon


November 28, 2006: New Submarine Weapon Tested Successfully
In the Presence of International Guests Diehl BGT began test flying
of the prototype IDAS (Interactive Defence and Attack System for
Submarines), a new submarine launched self-defense weapon.
IDAS has been designed as multi-purpose weapon for self-defence
aIDAS will be particularly effective against ASW helicopters, which
pose the worst threat to the modern submarine.
The IDAS missile uses a combination of image-generating IR
seeker and fiber-optical waveguide, enabling the operator to assist
in missile guidance through end of the mission, from his position in
the submerged submarine. Such capability enable the operator to
select a new target while the missile is flying, or select a specific
impact point on the terminal phase. The IDAS program is under
development by the ARGE IDAS group, of Diehl BGT Defence,
Howaldtswerke Deutsche Werft and Kongsberg Defence &
Aerospace. As of November 2006, the program completed the initial
experimental study, and proceeded to test flights, to be followed by
a two-year predevelopment phase. The consortium is now seeking
to interest potential buyers and new partners, to support the
development program.gainst aerial and surface threats up to medium-sized warships.
The missile can also engage land based targets with high precision.
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

lurker

  • Perito
  • **
  • 427
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #36 em: Maio 28, 2007, 09:55:20 pm »
Citação de: "Tiger22"
Preferiu anular o concurso da G-3 a ter que contestar a decisão do tribunal.


Perdoem-me continuar com o off-topic mas pelo menos este detalhe está errado. Como está documentado neste fórum, o Governo actual defendeu o concurso da G-3 até às últimas instâncias. Se bem que isso provavelmente foi um erro, uma vez que apenas adiou o inevitável.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7498
  • Recebeu: 376 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +120/-194
(sem assunto)
« Responder #37 em: Maio 30, 2007, 10:47:51 pm »
http://www.lockheedmartin.com/wms/findP ... i=0&sc=400

LOCKHEED MARTIN SUCCESSFULLY DEMONSTRATES HIGH ALTITUDE LAUNCH CAPABILITY FOR MK-54 TORPEDOES
ORLANDO, FLORIDA, May 29, 2007 --

Lockheed Martin [NYSE: LMT] successfully demonstrated its High Altitude ASW Weapons Concept (HAAWC) from a P-3 aircraft recently.

HAAWC employs the Lockheed Martin LongShot® Wing Adapter Kit to allow the launch of torpedoes from high altitudes and long standoff ranges, allowing P-3 aircrews to remain beyond the reach of enemy air defenses.  Additionally, the maneuverability of the concept allows for off-axis launch of torpedoes at potential undersea targets preventing the need for the aircraft to maneuver.

In this single point concept demonstration, conducted at the Atlantic Undersea Test and Evaluation Center (AUTEC) in the Bahamas, the MK-54 torpedo was launched from the internal weapons bay of the P-3 aircraft flying above 8,000 feet.  After executing a turn at a pre-determined way point, the HAAWC-equipped torpedo navigated via GPS to its normal launch altitude close to the surface.  Once at the desired release point, the LongShot wings self-jettisoned, allowing water entry of the Mk-54.  The test torpedo was a fully functional MK-54 exercise torpedo, with an exercise section replacing the warhead.  

“The significance of this capability to the Navy is that it will enable the crew to launch from high altitudes, enhancing the survivability of both the aircrew and aircraft by providing safe standoff,” said Alan Jackson, director of the HAAWC program at Lockheed Martin Missiles and Fire Control.  “Without HAAWC, P-3s must descend to a low altitude to deliver the torpedo.  The HAAWC concept improves the delivery accuracy and shortens the engagement time of the MK-54.”

In addition, HAAWC will reduce stress on the Maritime Patrol aircraft by allowing it to stay at altitude to launch HAAWC-equipped torpedoes.  This will assist in reducing fatigue on those aircraft currently in U.S. Navy service as well as future Navy aircraft.

The U.S. Navy awarded Lockheed Martin the $3 million HAAWC contract in June 2006.  The successful test leads to a U.S. Navy decision on proceeding with System Design and Development of the HAAWC system.

The LongShot is a low-cost, self-contained wing adaptor kit that provides range extension and autonomous guidance to a family of existing air-to-surface munitions, including sea mines, gravity bombs, laser-guided bombs and tactical munitions dispensers.  No aircraft modification is required to deploy a LongShot equipped munition.  The system is completely self-contained, including a flight control computer, a GPS-based navigation system and power sources and does not require an electrical interface with the aircraft.


Isto vai complicar um "pouco" o conceito da defesa anti-aérea.
Em todo o caso, também me parece que os submarinos (os nossos)devem contar com mais que torpedos, mísseis anti-navio e ecm.
Qualquer dia ainda vão instalar AEGIS e Standards num sub. :wink:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Ricardo

  • Perito
  • **
  • 359
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #38 em: Junho 02, 2007, 01:55:48 am »
Citação de: "SSK"
Os Submarinos nos dias de hoje são bem mais do que um briquedo da guerra fria, especialmente os SSK's e os SSG's...


Qual é a diferença?
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #39 em: Junho 02, 2007, 02:16:10 am »
SSK escreveu:
Citar
Os Submarinos nos dias de hoje são bem mais do que um briquedo da guerra fria, especialmente os SSK's e os SSG's...

Ricardo escreveu:
Citar
Qual é a diferença?


SSK ou Hunter Killer Submarine, é um submarino convencional dedicado especialmente à luta anti-submarina, podendo também operar torpedos anti-navio.

SSG ou Guided Missile Submarine, é igual ao anterior mas está também armado com misseis anti-navio e/ou de cruzeiro.

SSBN é um submarino nuclear estratégico, armado essencialmente com mísseis nucleares balísticos.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-42
(sem assunto)
« Responder #40 em: Junho 02, 2007, 02:56:05 am »
Citação de: "luis filipe silva"
SSK escreveu:
Citar
Os Submarinos nos dias de hoje são bem mais do que um briquedo da guerra fria, especialmente os SSK's e os SSG's...

Ricardo escreveu:
Citar
Qual é a diferença?

SSG ou Guided Missile Submarine, é igual ao anterior mas está também armado com misseis anti-navio e/ou de cruzeiro.


A designação OTAN SSG designa apenas submarinos equipados com mísseis de cruzeiro especialmente designados para ataques terrestre. É o caso dos 4 ex-Ohio que foram transformados para transportarem 192 Tomahawk ( na realidade são menos pois nem todos os tubos vão serem aproveitados) e os russos Oscar II e os novos Severodvinsk. No entanto, algumas marinhas começaram a designar SSG aos submarinos equipados com mísseis, sejam de cruzeiro ou anti-navio, o que é errado na minha opinião. Os nossos submarinos são na realidade SSK que poderão serem equipados também com mísseis Harpoon, o que não os torna em SSG. Já os SSN ingleses, equipados com Tomahawk, os futuros S-80 espanhóis com os Tomahawk ou os futuros SSN franceses da classe Suffren, equipados com o Scalp, já serão na realidade SSGN ou SSG (os espanhóis). Mas existe uma certa dificuldade de sistematização, pois a exemplo dos navios de superfície, os submarinos deixaram de estarem especializados numa só missão e passaram a serem submarinos "polivalentes", executando várias missões.
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #41 em: Junho 02, 2007, 03:22:21 am »
Tem toda a razão. Mas se quiser acredite, ou não, os nossos vão ser classificados como SSG...
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #42 em: Junho 02, 2007, 05:19:50 am »
Eu pessoalmente concordo com o JLRC.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

 

O projecto anglo-fancês para a construção de um porta-aviões

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 8
Visualizações: 3419
Última mensagem Junho 09, 2004, 06:59:05 pm
por Spectral
6 novos patrulhas rápidos para a Marinha do Egipto

Iniciado por JLRC

Respostas: 0
Visualizações: 1450
Última mensagem Setembro 28, 2004, 02:11:53 am
por JLRC
Itália construirá Porta-Aviões para a India

Iniciado por P44

Respostas: 8
Visualizações: 2661
Última mensagem Janeiro 02, 2005, 11:56:53 pm
por JLRC
El Pentagono autoriza la venta de Tomahawk para España

Iniciado por smaerd

Respostas: 3
Visualizações: 1996
Última mensagem Agosto 01, 2005, 12:18:44 pm
por Rui Elias
Novo porta aviões para a India

Iniciado por papatango

Respostas: 2
Visualizações: 2970
Última mensagem Janeiro 23, 2004, 09:18:21 pm
por papatango