"Jovens" atacam de novo

  • 65 Respostas
  • 23353 Visualizações
*

Pantera

  • Perito
  • **
  • 399
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #45 em: Janeiro 04, 2007, 08:33:10 am »
Citação de: "papatango"
:conf:  :shock:  ?

houve uma resposta sim..

relativalemente ao que disseste em cima



Citar
Não entendi muito bem, iso de imigração europeia.
Estamos a falar de Ucrânianos, Romenos, Russos etc... ?

estava-me a referir mais à imigração francesa,inglesa, espanhola,etc...mas podes meter também esses na lista,pois entre esses e os imigrantes de áfrica,não existe comparação.Volto a lembrar que em frança quem provoca o regime de terror e os bairros problemáticos não são os russos,os ucranianos,e por aí fora....

Citar
Hoje, existem regras rigidas relativas ao relacionamento com minorias étnicas que não existiam há 20 ou 30 anos. Essas regras, feitas por senhores bem intencionados, acabam por não se adequar às necessidades e à realidade perante a qual a sociedade é colocada todos os dias.
sim,mas a imigração também é diferente.Diz-me lá uma cova da moura,bairro 6 de maio,chelas feito por russos ou ucranianos ?

Citar
1 - Identidade étnica religiosa ou cultural entre a população imigrante e a população do pais que os recebe.

2 - Qualificação profissional ou qualidades técnicas dos imigrantes, que facilitam a sua integração no mercado de emprego e a sua posterior integração na sociedade.

essa é uma das razões para considerar a imigração europeia diferente da de África,mas não é tudo

abraços

*

JoseMFernandes

  • Perito
  • **
  • 394
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #46 em: Janeiro 04, 2007, 06:49:07 pm »
PAPATANGO
Citar
Eu passei por aqui da parte da manhã e tenho a impressão de ter visto respostas depois do meu comentário.
Aconteceu alguma coisa com as respostas ?


Nao sei se teria sido o caso de uma resposta minha de ontem que decidi 'apagar' algumas horas depois.A razão foi apenas a de 'poupar' espaço ao FORUM e tempo aos colegas, pois reflectindo bem, tudo ou quase, o que escrevera já constava de intervenções, minhas e outros,  vários meses atrás.
Queria apenas reafirmar o meu acordo sobre a intervenção de Jorge Pereira no  que respeita a evitar 'generalizações', até porque para lá da justeza do que ele escreveu, deveremos reconhecer que esse raciocinio poderia em alguns casos 'voltar-se contra nós' em relação a  compatriotas pelo mundo fora.

Dito isto...Há problemas com imigração em Portugal? a meu ver sim...nao serão ainda tão graves como noutros países, mas parece haver um 'crescendo' de conflitos.
Portugal que não era um pais de acolhimento massivo de estrangeiros, até devido as suas circunstâncias económicas, geográficas e sociais ( as mesmas que ao longo dos tempos incentivou a sua 'diáspora'), passou a receber últimamente imigrantes, maioritáriamente ilegais, vindos muitas vezes de zonas com péssimas condições económicas e sociais, com diferentes graus de instrução que nalguns casos cobriram vagas de sectores em crise, sazonal e/ou de trabalho intensivo e normalmente, ao nosso nível, mal pagos. Tudo isto misturado com a sua concentração desproporcionada(mesmo que natural) em dois ou três distritos costeiros, com dificuldades de alojamento acessível e em condições, uma economia em dificuldades e em transformação,  um sistema de segurança social a reduzir as suas prestações, parece ser um caminho directo para dificuldades sociais acrescidas; tanto mais que os imigrantes nao possuem a 'almofada' da rede familiar  e dos 'conhecimentos'  dos portugueses, e que normalmente constitui um apoio indispensável para superar muitas dificuldades...
A juventude proveniente da imigração (ou nao autóctone) sofre de problemas de agregados familiares díspares, sem grande acompanhamento, mas 'integrados' numa sociedade de consumo demasiado visivel.Os seus especificos problemas de sociedade, mais  dificuldades de sucesso na educação (outro problema complicado) levam-nos a alguma 'marginalidade' que acaba por lhes ser mais 'compensadora' em termos pessoais...
No meio disto tudo, interiorizam ( é mais facil )  que a culpa nao é deles ou da familia, mas da sociedade que os ostraciza e 'detesta'...que lhes  impõe metas e condições, tanto na escola como nos potenciais empregos, que visam objectivamente a proteger os 'outros'...daí entre 'discriminação' e 'racismo' apenas vêem menos que um pequeno passo...
é dificil inverter a tendencia e contrariar este sentimento,  apesar de alguns passos dados nesse sentido por legislação, comunicação,  pessoas e associações envolvidas na integração... Portugal atravessa um periodo de transição económica e social, com consequências que todos estão agora apenas  começando a conhecer, e os  portugueses desempregados em geral e 'imigrantes'em  especial, com menores capacidades de adaptaçao profissional, estarão na primeira linha das dificuldades...Haveria necessidade de forte investimento publico e maior apoio social, mas nao vejo disponibilidade de meios financeiros suficientes, de momento...

Uma palavra final, e ainda a propósito dos jovens 'da imigração' que frequentam a escola...hoje mesmo vi no Jornal da RTP  uma proposta do Bloco de Esquerda, a concretizar amanhã na AR, de poder ser administrada  matéria curricular em lingua estrangeira...(nomeadamente  em 'crioulo'!), devido a crescentes dificuldades de 'compreensão' de muitos alunos.Espero que essa medida não passe...compreendo que sejam dadas aulas extra de 'aprendizagem ou aperfeiçoamento da língua materna 'dos imigrantes sempre que o seu número e interesse o justifique, mas em (com)participação dos seus respectivos Ministérios de Educação nacionais (tal como acontece, e infelizmente em nítida regressão por motivos orçamentais, com o ensino de Português no Mundo).A língua veicular na escola portuguesa deveria ser sempre o português, e os alunos que ainda não a dominem minimamente deveriam ter aulas intensivas de apoio. Esta é uma opinião pessoal...e admitindo que entendi correctamente a proposta do sr. Louçã... :(  
Cumprimentos
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4145
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • +60/-0
(sem assunto)
« Responder #47 em: Janeiro 05, 2007, 06:51:16 pm »
É bom que quando se fala em imigrantes não nos esquecermos que os nossos emigrantes são cada vez mais e lá fora também são imigrantes para os nativos.

Citar
2007-01-05 - 00:00:00

Diáspora: Cem mil deixaram Portugal em 2006
Crise aumenta emigração

O Instituto Nacional de Estatística (INE) diz que, em 2006, 30 mil portugueses fixaram residência por mais de um ano noutros países, mas a Igreja Católica e os sindicatos dizem que, no ano que agora terminou, foram mais de cem mil os cidadãos lusos a procurar emprego e melhor sorte além-fronteiras, o que corresponde a um aumento de 20 por cento em relação a 2005.


http://www.correiodamanha.pt/noticia.as ... l=10&p=200
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Pantera

  • Perito
  • **
  • 399
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #48 em: Janeiro 08, 2007, 11:36:19 am »
Citação de: "Lancero"
É bom que quando se fala em imigrantes não nos esquecermos que os nossos emigrantes são cada vez mais e lá fora também são imigrantes para os nativos.

Citar
2007-01-05 - 00:00:00

Diáspora: Cem mil deixaram Portugal em 2006
Crise aumenta emigração

O Instituto Nacional de Estatística (INE) diz que, em 2006, 30 mil portugueses fixaram residência por mais de um ano noutros países, mas a Igreja Católica e os sindicatos dizem que, no ano que agora terminou, foram mais de cem mil os cidadãos lusos a procurar emprego e melhor sorte além-fronteiras, o que corresponde a um aumento de 20 por cento em relação a 2005.

http://www.correiodamanha.pt/noticia.as ... l=10&p=200


Exacto,a diferença é que vão lá para fora estudar e trabalhar e não para criar verdadeiros regimes de terror e guerrilha urbana como acontece em França.Lembra-te que os europeus têm muito em comum,coisa que não acontece com imigração islamica ou vinda do norte de áfrica

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3058
  • Recebeu: 130 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +128/-32
(sem assunto)
« Responder #49 em: Janeiro 08, 2007, 07:04:34 pm »
Sim que eu saiba não se houve falar em motins de jovens portugueses a queimar carros...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4145
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • +60/-0
(sem assunto)
« Responder #50 em: Janeiro 08, 2007, 07:15:30 pm »
Procurem por True Portuguese Bloods, em Toronto.

É o único que conheço - e mesmo assim não muito 'problemático'
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2439
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +13/-16
(sem assunto)
« Responder #51 em: Janeiro 08, 2007, 07:25:59 pm »
Eu sou contra essa culpabilizaçao permanente dos jovems por ser oriundos de etnia X ou Y
 
Alias eu tenho empregados da Guiné Bissau e Angola e 1 Brasileiro, e tenho orgulho do trabalho deles, evidemente que eles gostam do patrao que paga bem e come com eles na mesma mesa muitas vezes.
Devo confessar que agora so quero empregados da CPLP c34x  
E falamos muitas vezes do império portugués, e muitos sente-se mesmo portugueses como nos ou ainda mais.

devemos nos respeitar mutualmente, agora estas palhaçadas de xenofobia que por vezes voltam ao forum me fazem tristeza.
 

*

Pantera

  • Perito
  • **
  • 399
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #52 em: Janeiro 08, 2007, 08:17:46 pm »
ninguem poe isso em causa Miguel,mas tu que vives em França tens consciencia dos verdadeiros culpados do terror aí praticado.....

eu também tenho um colega angolano na minha equipa,e dou-me bem com ele,no entanto dizer que os europeus são iguais a africanos ou islamicos é no minimo cómico....

Citar
Procurem por True Portuguese Bloods, em Toronto.

É o único que conheço - e mesmo assim não muito 'problemático'


eu não encontrei nada.....já agora está a dizer que os portugueses na américa são iguais aos gangues mexicanos e africanos?

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7508
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +138/-194
(sem assunto)
« Responder #53 em: Janeiro 08, 2007, 08:37:46 pm »
É leitura obrigatória a "Fúria da Razão" de Oriana Fallaci. Procurem-no na Fnac, no Emule, em qualquer sítio.
Leiam-no!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Pantera

  • Perito
  • **
  • 399
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #54 em: Janeiro 08, 2007, 08:48:01 pm »
porque?
contas coisas....

*

komet

  • Investigador
  • *****
  • 1664
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-1
(sem assunto)
« Responder #55 em: Janeiro 08, 2007, 09:18:22 pm »
"History is always written by who wins the war..."
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7508
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +138/-194
(sem assunto)
« Responder #56 em: Janeiro 08, 2007, 09:40:30 pm »
Pantera, faz uma pesquisazinha na net. Encontras textos estupendos de uma senhora (Elas pensam afinal! - ou será a excepção que confirma a regra?), uma ex-reporter de guerra e que entrevistou uma série de aves raras. Morreu recentemente de câncro mas antes disso bateu-se com toda a força contra o políticamente correcto. Notável.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4145
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • +60/-0
(sem assunto)
« Responder #57 em: Janeiro 08, 2007, 11:37:47 pm »
Citação de: "Pantera"

eu não encontrei nada.....já agora está a dizer que os portugueses na américa são iguais aos gangues mexicanos e africanos?


Você leu o que eu escrevi? Eu desvalorizei. É claro que acho que os portugueses (ou luso-descendentes) no estrangeiro não se organizam para cometer delinquência ou criminalidade grupal. As maças podres (e não são poucas) felizmente desencaminham-se sozinhas.

Quanto a não ter encontrado, poupo-lhe o trabalho:

http://www.insideprison.com/prison-gangs-canada.asp - Gangs nas cadeias canadianas (há aqui duas referências)

http://www.insideprison.com/prison_gang_profile_BL.asp - lista de gangs pertencentes (ou pretendentes) à United Blood Nation - na américa há imensos capítulos (grupos), na esmagadora maioria minorias (ver n.º 71)

http://www.universalmetropolis.com/city ... 1&page=all  - lista de gangs de Toronto por área
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Pantera

  • Perito
  • **
  • 399
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #58 em: Janeiro 09, 2007, 09:05:36 am »
é pá,ó Lancero,desculpe lá..
fiquei curioso,mas de certeza que não passam de meia dúzia de pintelhos..

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4145
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • +60/-0
(sem assunto)
« Responder #59 em: Janeiro 09, 2007, 10:38:30 am »
Sem problema ;)
O problema é que por causa de meia dúzia (que podem enlamear o nome de muitos) já muitas boas famílias portuguesas emigradas no Canadá - famílias completas, heterosexuais, católicas, trabalhadoras e cumpridoras da Lei - foram repatriadas.
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

 

Novo líder do Hamas assassinado em raide aéreo israelita

Iniciado por Normando

Respostas: 8
Visualizações: 3118
Última mensagem Abril 27, 2004, 11:37:56 pm
por Normando
IRAQUE: Novo site reivindica execução de reféns italianas

Iniciado por P44

Respostas: 13
Visualizações: 4899
Última mensagem Setembro 28, 2004, 05:07:55 pm
por Ricardo Nunes
Novo Atentado Terrorista em Paris

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 111
Visualizações: 24229
Última mensagem Novembro 13, 2016, 09:36:21 pm
por olisipo
Iraque - Soldados britânicos espancam jovens iraquianos

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 1994
Última mensagem Fevereiro 27, 2006, 02:32:23 pm
por Rui Elias
"Choque de Civilizações"

Iniciado por Paisano

Respostas: 0
Visualizações: 1724
Última mensagem Novembro 25, 2004, 01:25:00 am
por Paisano