Marinha Alemã (BundesMarine)

  • 108 Respostas
  • 41586 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7750
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 627 vez(es)
  • +245/-235
(sem assunto)
« Responder #15 em: Março 01, 2008, 02:18:34 pm »
a cruz de ferro é e continua a ser o simbolo das FAs Alemãs, é utilizado pelos Três Ramos (Luftwaffe, Heer, Marine)

 :arrow:


do JANES:

Citar
German Navy sets course for expeditionary roles By Alex Pape
26 February 2008



Some 10 years ago, following a review of the post-Second World War constitution that had restricted it to a territorial defence role, Germany's Federal Defence Force (Bundeswehr) was in mid-step towards a new post-Cold War modus operandi.

The Bundeswehr had a number of preliminary international deployments under its belt and there was a growing acceptance that out-of-area operations would play an increasingly important part in its future.

The late 1990s saw the German Army and air force participate in combat operations for the first time since 1955.

Although the German Navy (Deutsche Marine) was the first service to venture out of area, deploying mine countermeasures vessels to the eastern Mediterranean and Persian Gulf in 1990-01, it remained less visible throughout the latter part of the decade.

This changed early in the new millennium following 9/11 and the ensuing NATO operations 'Active Endeavour' (OAE) in the Mediterranean and 'Enduring Freedom' (OEF) off the Horn of Africa, and by 2008 the navy's warships were spending ever longer periods of time away from their home ports.

Now, the navy again finds itself in a period of significant transformation as it prepares for another leap forward. The first platforms acquired specifically for international operations in the littoral are on the verge of entering service and the next class of surface combatants designed for stabilisation operations are on order.

Since the new Defence Policy Guidelines were published in May 2003, additional tasks that go beyond the protection of Germany's territory and citizens and the support of its NATO alliance partners have become enshrined in official doctrine.

The new priorities were elaborated further in the first defence White Paper to be issued in Germany for 12 years, the 'White Paper 2006 on German Security Policy and the Future of the Bundeswehr'.

According to the Chief of Naval Staff, Vice Admiral Wolfgang Nolting, the White Paper "re-iterates the navy's expeditionary character and its special responsibility for the seaward security of our country".

The recognition of an expeditionary nature also signifies the final steps in the shift from a defensive-orientated escort force to a navy capable of deploying to, and operating unhindered for extended periods off the shores of, global trouble spots. This will include protection of vital sea lines of communications (SLOCs) and coasts against conventional and asymmetrical threats, according to Vice Adm Nolting.

The navy is also being called upon to support German or allied missions ashore by co-ordinating and commanding joint forces, gathering intelligence and providing surveillance, as well as providing supplies, medical assistance and evacuation when required.

Concrete steps were taken in 2004 with the publication of a 'Concept for the Bundeswehr', which outlined the steps required to transform the three branches into a leaner, modern force prepared for future international missions. As part of this transformation, the foundations were laid for the purchase of ex-Royal Netherlands NavyP-3 Orion maritime patrol aircraft (MPA) and the design and build of Type 125 high-endurance stabilisation frigates.

At the very end of 2004 the federal parliament formalised the legislature's role in authorising (and ending) international missions.

In tandem with the political transformation, the future structure of the fleet was adjusted too. The new organisational structure, which was implemented by mid-2006, maintains Fleet Command in Glücksburg in its overall responsibility as headquarters and supplier of vessels for operations.

However, the major change centres on the arrangement of flotillas, with the existing type-based flotillas abandoned in favour of two larger operations-orientated formations.

Image: System problems have dogged the introduction of Germany's Sachsen-class frigates. FGS Sachsen is seen with a US Navy destroyer in the Atlantic Ocean in February 2007. The ships were training in support of Standing NATO Maritime Group 1. (US Navy)

577 of 4,389 words
© 2008 Jane's Information Group
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7750
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 627 vez(es)
  • +245/-235
(sem assunto)
« Responder #16 em: Março 01, 2008, 02:22:26 pm »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

oultimoespiao

  • Perito
  • **
  • 468
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #17 em: Março 03, 2008, 05:18:49 am »
Citação de: "RASEK"
:) Alguém aí poderia me dizer se a Alemanha usa em seus navios a tradicional Cruz de Ferro, a mesma que é usada nos seus atuais aviões?

     Um abraço.



A cruz de ferro tem as  suas origens na Prussia antes da unificacao, ela foi introduzida como medalha de distincao quando a prussia estava em guerra com a franca de napoleao. Depois da unificacao dos estados germanicos ela continuou sendo usada como simbolo e condecoracao, ao longo dos anos varias modificacoes e complementos forao feitos.
 

*

oultimoespiao

  • Perito
  • **
  • 468
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #18 em: Março 03, 2008, 05:30:07 am »
Em materia de inovacao e engenharia ninguem chega perto da alemanha... mas isso tem a ver com muitas coisas algumas culturais, sociais e outras religiosas, e um povo que gosta de maquinas e encontrar solucoes para projectos dificeis nem sempre simplificando, mas e por estas e outras que fazem do melhor que ha neste mundo! E sao o maior exportador mundial em valor de vendas, por isso nao me admirava muito ver a alemanha em breve ter a melhor marinha da europa!
 

*

RASEK

  • 5
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #19 em: Março 13, 2008, 10:42:55 am »
:) Deveras, a Alemanha sempre me atraiu. É uma nação que se diferencia das demais por vários motivos. Sua terra, seu povo, sua cultura, sua culinária, sua cerveja...

     Percebam os uniformes de suas forças armadas durante a 1ª e a 2ª Grande Guerra. Muito mais bonito e garboso do que todos os outros.

     Fico pensando se eles ganhassem a última guerra...

     O lamentável era a política nazista e seus crimes. Isso sim maculou a imagem que o mundo tinha deste país.

     Foi um cancro que se desenvolveu nesta terra, mas que felizmente foi irradicado.
O ACASO NÃO EXISTE!
 

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 655
  • Recebeu: 52 vez(es)
  • Enviou: 19 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #20 em: Março 13, 2008, 12:18:43 pm »
Citação de: "RASEK"
:) Deveras, a Alemanha sempre me atraiu. É uma nação que se diferencia das demais por vários motivos. Sua terra, seu povo, sua cultura, sua culinária, sua cerveja...


Bem gostos são gostos, para mim nada como o sul da Europa Portugal, Espanha, Italia, Grecia  :wink:
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 

*

RASEK

  • 5
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #21 em: Março 13, 2008, 02:24:55 pm »
:) Exatamente!

     O que seria do verde, se todos gostassem do amarelo??

     Todos estes países que você mencionou são lindos, sua cultura, sua culinária etc. Claro!

      Agora, existe a predileção individual que é inerente a cada um; quem sabe noutras vidas aquele que nutre alguma predileção por uma destas nações/e ou povos em demasia, não tenham nascido em algum lugar do tempo passado nestes lugares; estou falando de reencarnação!

     Gosto de todos esses países que você disse.

     Abraços.
O ACASO NÃO EXISTE!
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Julho 19, 2008, 09:23:33 pm »
Agora sim!... De volta ao tópico.
Será que os U-212 também estão sempre a seco?
http://www.shipspotting.com/modules/mya ... lid=685918
Creio que até agora, o seu nível operacional tem sido médio.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #23 em: Julho 20, 2008, 08:04:02 pm »
Se soubesse a azafama que anda no mediterrâneo talvez a sua opinião fosse outra. Estes submarinos tem registado inúmeras missões, mas como são submarinos não são noticiadas e bem!

São muito boas máquinas para operar em mares como o mediterrâneo e mar do norte.
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7750
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 627 vez(es)
  • +245/-235
Re: Marinha Alemã (BundesMarine)
« Responder #24 em: Junho 08, 2010, 06:26:22 pm »
Sinais da Crise: Alemanha descomissiona 6 dos seus 10 submarinos



Texto:Plano Brasil-E.M.Pinto

A Marinha Alemã descomissionou abrutamente mais da metade da sua força de submarinos, cuja retirada prevista estava programada para 2016.

Os modelos a serem retirados são os submarinos U 206 de 500 ton. A frota submarina Alemã passará a ser composta por apenas quatro navios da classe U-212A de 1 830 ton, submarinos de propulsão AIP /disel-elétrica contratados entre 2005 e 2007. Entre tanto, para breve, é esperado um incremento desta frota uma vez que se aguarda a entrada entre 2012 e 2013 de dois novos modelos da classe U-212A.

A Marinha Alemã foi obrigada a confirmar a perda de capacidade operacional decorrente da desativação dos submarinos, porém não relaciona o fato com os recentes cortes orçamentários impostos pelo governo devido a crise econômica que se abate sobre a Europa.

A anúncio provocou um efeito imediato e o jornal Kieler Nachrichten afirmou que o descomissionamento precoce dos submarinos, fez com que a Marinha Alemã caisse de 2º para 6º lugar no no raking de nações operadoras de submarinos não nucleares.

As tripulações dos navios abatidos serão treinadas para o serviço nos U-212A.

Até momento aMarinha alemã dispunha de uma relação de uma tripulação por submarino, porém esta relação será drasticamente modificada para duas tripulações por submarino. Desta forma, os submarinos poderão efetuar patrulhas por períodos de tempo mais prolongados, a abordagem será também aplicada as tripulações das fragatas F125.

Fonte: Defense News via Plano Brasil.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

old

  • Especialista
  • ****
  • 913
  • +1/-0
Re: Marinha Alemã (BundesMarine)
« Responder #25 em: Junho 09, 2010, 08:54:50 am »
Europa se desarma  :shock:
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7750
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 627 vez(es)
  • +245/-235
Re: Marinha Alemã (BundesMarine)
« Responder #26 em: Junho 09, 2010, 10:24:07 am »
De um continente falido, espera-se o quê?
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

João Oliveira Silva

  • Membro
  • *
  • 195
  • +0/-0
Re: Marinha Alemã (BundesMarine)
« Responder #27 em: Junho 09, 2010, 02:50:54 pm »
Citar
A frota submarina Alemã passará a ser composta por apenas quatro navios da classe U-212A de 1 830 ton, submarinos de propulsão AIP /disel-elétrica contratados entre 2005 e 2007. Entre tanto, para breve, é esperado um incremento desta frota uma vez que se aguarda a entrada entre 2012 e 2013 de dois novos modelos da classe U-212A.


Há aqui qualquer coisa que eu não percebo ( ou possivelmente até percebo demasiadamente bem... )

A  grande Alemanha rica que é líder na construção ( construção, entenda-se, know-how, estaleiros, emprego, tecnologia, investigação e... ) têm quatro e a médio prazo terá seis submarinos.

Portugal  pequeno e carregado de dívidas a quem os mercados já têm alguma relutância em emprestar dinheiro, terá a curto prazo dois submarinos ( é inútil relembrar que estiveram para ser três no topo do desvario ).

Conclusão: ou nós temos muitos ou a Alemanha têm poucos.

Cumprimentos,
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4175
  • Recebeu: 264 vez(es)
  • Enviou: 267 vez(es)
  • +54/-14
Re: Marinha Alemã (BundesMarine)
« Responder #28 em: Junho 09, 2010, 03:05:46 pm »
Citação de: "João Oliveira Silva"
Citar
A frota submarina Alemã passará a ser composta por apenas quatro navios da classe U-212A de 1 830 ton, submarinos de propulsão AIP /disel-elétrica contratados entre 2005 e 2007. Entre tanto, para breve, é esperado um incremento desta frota uma vez que se aguarda a entrada entre 2012 e 2013 de dois novos modelos da classe U-212A.


Há aqui qualquer coisa que eu não percebo ( ou possivelmente até percebo demasiadamente bem... )

A  grande Alemanha rica que é líder na construção ( construção, entenda-se, know-how, estaleiros, emprego, tecnologia, investigação e... ) têm quatro e a médio prazo terá seis submarinos.

Portugal  pequeno e carregado de dívidas a quem os mercados já têm alguma relutância em emprestar dinheiro, terá a curto prazo dois submarinos ( é inútil relembrar que estiveram para ser três no topo do desvario ).

Conclusão: ou nós temos muitos ou a Alemanha têm poucos.



Cumprimentos,
agora compara a ZEE deles à nossa. E verás que eles tem mais sub por milha quadrada do que nós.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

João Oliveira Silva

  • Membro
  • *
  • 195
  • +0/-0
Re: Marinha Alemã (BundesMarine)
« Responder #29 em: Junho 09, 2010, 03:17:26 pm »
Citar
   agora compara a ZEE deles à nossa. E verás que eles tem mais sub por milha quadrada do que nós.  

Ok. É um bom argumento, sem dúvida.
Mas a ZEE é fiscalizada de forma intensiva pela arma submarina?

Citar
Marinha de Duplo Uso
A Marinha desempenha, em paralelo com a sua missão Constitucional e primária de contribuir para a defesa militar do País, um largo espectro de tarefas de âmbito não militar, que incluem, entre outras, as já referidas segurança marítima e salvaguarda da vida humana no mar, bem como a vigilância e fiscalização dos espaços marítimos, as actividades de protecção civil, os trabalhos hidro-oceanográficos e as actividades no domínio da cultura marítima.
Ao emprego simultâneo no âmbito da acção militar e da acção não militar convencionámos chamar de Marinha de Duplo Uso, conceito que caracteriza a actuação da Marinha Portuguesa há mais de 2 séculos.
 

Transcição de parte do discurso do Almirante CEMA no dia da Marinha, em Portimão.
Os submarinos enquadram-se na missão constitucional e primária de contribuir para a defesa militar do País ou na acção não militar?
Acho eu que não percebo nada de economia que fiscalizar a ZEE com submarinos que custarão rodos de dinheiro é um atentado.
Sai muitissimo, mas mesmo muitissimo, mais barato mandar avançar com as LFC ou os já defuntos restantes NPO's.
Cumprimentos,
 

 

Marinha Francesa com "Escoltas" antiquadas?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 10
Visualizações: 5811
Última mensagem Agosto 11, 2005, 03:52:05 pm
por smaerd
"Navios da marinha russa, visitam Lisboa em Agosto"

Iniciado por P44

Respostas: 17
Visualizações: 8318
Última mensagem Setembro 16, 2004, 10:36:07 am
por P44
Novo trimaran da marinha dos Estados Unidos da America

Iniciado por dremanu

Respostas: 2
Visualizações: 1943
Última mensagem Maio 28, 2004, 09:13:04 pm
por Luso
6 novos patrulhas rápidos para a Marinha do Egipto

Iniciado por JLRC

Respostas: 0
Visualizações: 1499
Última mensagem Setembro 28, 2004, 02:11:53 am
por JLRC
Marinha dá cursos sobre como lidar com jornalistas

Iniciado por TOMKAT

Respostas: 0
Visualizações: 1622
Última mensagem Março 30, 2005, 03:11:47 am
por TOMKAT