Força Aérea de Israel

  • 53 Respostas
  • 19516 Visualizações
*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
Força Aérea de Israel
« em: Setembro 07, 2006, 02:03:59 pm »
" Israel Air Force - IAF The Israeli Air Force is considered the strongest air force in the Middle East, and one of the best and most sophisticated in the world. 687 enemy airplanes have been shot down in dogfights since Israel's birth. Only 23 Israeli planes have been shot down by enemy planes since 1948 — a statistic which puts the dogfight victory ratio between Israel and its Arab neighbors at 30:1. The IAF is holding world records at the amounts of enemy's warplanes shoot-downs, air combats, special operations, and air to ground. "




Informações interessantes sobre a IAF -

http://en.wikipedia.org/wiki/Israel_Air_Force

Reparem na política que eles tem para a formação de pilotos

Videos -

http://video.google.com/videoplay?docid ... 2631&q=IAF

http://video.google.com/videoplay?docid ... 9952&q=IAF

http://video.google.com/videoplay?docid ... 3128&q=IAF

Site Oficial -

http://www.iaf.org.il/Templates/HomePag ... px?lang=EN
Apto mais Apto não há!
 

*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Setembro 07, 2006, 08:01:44 pm »
Se souberem mais de qualquer coisa sobre a IAF gostava que partilhassem, a IAF é um grande exemplo de sofisticação e eficácia, gostava que a nossa FAP seguisse o exemplo.



Os seus pilotos os mais aptos do país, os futuros pilotos da IAF são "pré-escolhidos" ainda enquanto andam no ensino secundário, de todos os que entram aos 18 anos para o serviço militar obrigatório em Israel (serviço obrigatório para homens e mulheres) a IAF tem prioridade na escolha dos melhores militares para o seu serviço.



É dificil ser piloto, mas ainda mais dificil ser piloto de caças, no caso do cadete não conseguir fazer o curso passa para outro cargo na IAF, ou até mesmo para outro ramo das Forças Armadas.







Cerca de 39 pilotos da IAF são "Aces" ou seja já abateram 5 aviões inimigos, o maior Ace de todos os tempos é o coronel Giora Epstein tendo abatido 17 aviões a jacto, um record até hoje, os aviões abatidos pelo coronel incluem 9 Mig 21, 1 Mig 17, 4 Su 7, 2 Su 20 e Mi 8.
Apto mais Apto não há!
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Setembro 08, 2006, 12:56:32 am »
Sim, a IAF é bem conhecida pela sua excelência profissional. Eles têm a vantagem de prácticamente todos os israelitas terem que servir nas Forças Armadas.

Mas isto também existe noutras unidades israelitas: páraquedistas, por exemplo também tem muitos candidatos. Ser pára em Israel é muito diferente de ser pára noutro país qualquer.
 

*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Setembro 08, 2006, 02:35:40 pm »
Eu quando olho para Israel vejo uma cultura muito militar, mas isso não impede o país de produzir e de conseguir vingar no mundo. Gostava de saber qual é o país que aguenta 50 anos de guerra e que ainda tem orçamento para mais...

Apesar de não concordar com a super agressividade de Israel é um país que admiro, as Forças Armadas Israelitas são o reflexo de uma sociedade avançada mostra empenhamento a 100% dos seus cidadãos.
Apto mais Apto não há!
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Setembro 08, 2006, 02:47:02 pm »
Citar
Se souberem mais de qualquer coisa sobre a IAF gostava que partilhassem,


Certo ;)

A designação mais habitual não é "IAF" (esta está reservada para a Indian Air Force) mas sim "IDF/AF" ( Israel Defence Forces/Air Force), até porque em Israel os 3 ramos das F.A. estão muito mais integrados do que por exemplo cá em Portugal.

Esta designação IDF/AF é a mais usada nos fóruns internacionais e meios da especialidade como a Air Forces Monthly ou Air International.


Já agora, e na mesma linha, o termo Tsahal normalmente apenas aplicado à componente terrestre aplica-se ao conjunto das 3 componentes das IDF.


Outra curiosidade sobre a IDF/AF é que não é preciso o curso da Academia para se ser piloto de caças, como acontece na generalidade dos outros países, ou seja existem sargentos PILAV.
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Setembro 08, 2006, 05:55:54 pm »
Spectral obrigado pela informação de facto desconhecia aí algumas cenas.

Pois cá em portugal para seres piloto da FAP só tens duas opções PILAV ou PIL (oficiais), ambas muito difíceis de entrar, e nada te garante que possas vir a ser piloto de caças, a tua selecção para os F-16 depende das vagas existentes e todo o teu percurso desde a AFA, portanto média final de curso e médias dos cursos de aviação que se seguem em epsilon e alpha jet conta tudo para a candidatura onde o piloto quer ser colocado.

No caso dos PIL, bem tens que ser muito bom mesmo para entrares num caça, apesar de este ano ter ouvido que 2 PIL foram convidados para os F-16, quanto aos PIL, alguns são licenciados em diversas areas, mas pode-se concorrer com 12º ano, em termos de performance não ficam nada abaixo dos PILAV e é um curso muito apetecido (leia-se regime de contrato) até ouvi um PILAV dizer "se fosse hoje prefira ser PIL" lol
Apto mais Apto não há!
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7137
  • Recebeu: 527 vez(es)
  • Enviou: 652 vez(es)
  • +36/-12
(sem assunto)
« Responder #6 em: Setembro 08, 2006, 07:38:15 pm »
Citação de: "Hollywood"
até ouvi um PILAV dizer "se fosse hoje prefira ser PIL" lol


Preferia ser Pil (Oficial contratado) porque era só cumprir o contracto de 8 anos ou algo assim e depois ficava livre para ingressar numa qualquer companhia de transporte aéreo em que o ordenado é muito superior, enquanto PilAv (Oficial do Quadro Permanente) para sair da FAP tem que pagar uma indeminização considerável ao Estado e mesmo assim só ao fim de também uns 8 anos de serviço.
 

*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Setembro 08, 2006, 07:57:04 pm »
Sim o rapaz podia também estar-se a referir a isso de sair mais cedo, mas o que ele queria dizer era em relação ao tempo que demora o curso até ter as suas "asas", um PILAV só ao fim de 4 anos a estudar muita matéria que em nada tem ver com aviação é que recebe as "asas" enquanto que um PIL tem um curso que dura a volta de 2 anos com formação muito específica e naturalmente do interesse de quem quer ser piloto e no fim desses 2 anos está pronto para tomar conta de uma aeronave da FAP  c34x
Apto mais Apto não há!
 

*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Setembro 08, 2006, 08:12:00 pm »
Voltando ao tópico, uma das coisas que admiro na IDF/AF, é o facto de eles terem certas políticas de irem buscar software de guerra a empresas nacionais, além de serem os únicos a terem tal software ajudam a economia, todos sabemos que a IDF/AF não aceita nada abaixo de eficaz.


         
Apto mais Apto não há!
 

*

Leonidas

  • Analista
  • ***
  • 621
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-2
(sem assunto)
« Responder #9 em: Setembro 09, 2006, 02:19:47 am »
Saudações guerreiras

Citação de: "Hollywood"
Eu quando olho para Israel vejo uma cultura muito militar, mas isso não impede o país de produzir e de conseguir vingar no mundo. Gostava de saber qual é o país que aguenta 50 anos de guerra e que ainda tem orçamento para mais...

Israel desde há muito que tem as costas quentes com melhor padrinho que alguém pode imaginar, os EUA, daí poderem estar em guerra - com intervá-los pelo meio, para recorerar fôlego - práticamente desde que "nasceram". Têm bem a quem saír, mas felizmente não é isso que se verifica, salvo em raras excepções, devidamente justificadas, é que tiveram a iniciativa de provocar o conflito. Uma delas até resultou em beneficio da humanidade, o ataque, bem sucedido, ao reator nuclear de Osirak, no Iraque, nos principios da sécada de 80, em que resultou a sua total imobilização e que impedio na prática do Iraque fabrica e muito provávelmente utilizar armas nucleares em ataques reais.

O seu padrinho já não é assim, só joga á porrada se lhe cheirar a dinheiro e tudo e mais alguma coisa que possa deitar a mão. Se não é a bem é de outra maneira. :D

Citação de: "Hollywood"
Apesar de não concordar com a super agressividade de Israel é um país que admiro, as Forças Armadas Israelitas são o reflexo de uma sociedade avançada mostra empenhamento a 100% dos seus cidadãos.


Sociedade avançada? O que quer dizer com isso? O instuinto de sobrevivência é meio caminho andado, mas não é tudo, claro.

---------------------------

Em relação á IDF/AF, até sou capaz de arriscar que muitos dos pilotos deles estarão bem melhor preparados do que toda a USAir Force. Para mim são os que estão em 1º lugar.  

Welcome!

Cumprimentos
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Setembro 09, 2006, 11:29:22 pm »
Citação de: "Spectral"
Certo ;)

A designação mais habitual não é "IAF" (esta está reservada para a Indian Air Force) mas sim "IDF/AF" ( Israel Defence Forces/Air Force), até porque em Israel os 3 ramos das F.A. estão muito mais integrados do que por exemplo cá em Portugal.


Não é bem assim, porque o escudo oficial da IAF tem Israeli Air Force incluido:



E em todos os documentários e media em geral, é sempre usada a designação IAF - até na Wikipédia

Portugal já teve também PILAVs não-oficiais - no tempo da Guerra Colonial. E os F-16 vão todos para pilotos saídos da Academia - é practicamente impossível um contratado ir pilotar qualquer caça a jacto, quanto mais um F-16.
 

*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #11 em: Setembro 10, 2006, 12:41:06 pm »
Quanto a guerra colonial não sei, mas conheço Capitães PIL e Coroneis PIL (embora muito raros) que eram da guerra colonial e passaram para o quadro já não me lembro bem porquê. Se estás a dizer que um piloto contratado não é oficial acho melhor informares-te melhor ou então explica-te um pouco mais.

PILAVs não oficiais LOL e eu a pensar que já tinha ouvido tudo. Quanto mais se tal história é verdade não se designavam por PILAV mas sim PIL ou outra coisa embora PIL é oficial também.
Apto mais Apto não há!
 

*

psychocandy

  • Membro
  • *
  • 109
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Setembro 10, 2006, 01:28:10 pm »
Sim, havia Sargentos pilotos ;)
"The nation which forgets its defenders will be itself forgotten."
 

*

Hollywood

  • 31
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Setembro 10, 2006, 01:57:11 pm »
Citação de: "psychocandy"
Sim, havia Sargentos pilotos c34x
Apto mais Apto não há!
 

*

Rui Conceicao

  • Membro
  • *
  • 78
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Setembro 10, 2006, 02:54:27 pm »
Antigamente, durante a guerra colonial e após, havia sargentos piloto, eu sei porque uma pessoa minha amiga foi sargento piloto,mas isto até aos primeiros anos de  80.
Hoje dia 12 de Junho de 2006, dois F 18 Espanhois
faziam exercicios sobre territorio Portugues(concelho de Mértola, entre 8am e 9am)
 

 

Componente aérea da Guarda Costeira de Cabo Verde

Iniciado por Miguel Silva Machado

Respostas: 1
Visualizações: 1802
Última mensagem Dezembro 02, 2005, 02:49:44 pm
por Cabeça de Martelo
Defesa aérea da Lituania

Iniciado por JLRC

Respostas: 0
Visualizações: 938
Última mensagem Agosto 18, 2004, 04:47:51 pm
por JLRC
CAÇAS DE SUPERIORIDADE AÉREA

Iniciado por Instrutor

Respostas: 17
Visualizações: 9204
Última mensagem Junho 08, 2009, 03:39:54 pm
por nelson38899
F-22 Raptor para Israel

Iniciado por Cabecinhas

Respostas: 23
Visualizações: 7079
Última mensagem Dezembro 03, 2009, 04:40:05 pm
por beachboy
Força Aérea Americana não aprova avião comprado por Portugal

Iniciado por papatango

Respostas: 2
Visualizações: 2413
Última mensagem Dezembro 13, 2004, 12:28:09 am
por emarques