Notícias da Rússia

  • 56 Respostas
  • 14840 Visualizações
*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #15 em: Abril 17, 2009, 07:17:57 pm »
Milionários russos perdem 380 mil milhões num ano


Os 100 russos mais ricos perderam 380 mil milhões de dólares nos últimos doze meses devido à crise global, calcula a Forbes.

Os multimilionários russos viram o valor dos seus activos cair a pique devido à crise global, revela hoje a lista dos 100 russos mais ricos, publicada pela edição local da revista Forbes.

A Forbes russa nota que o valor combinado das 100 pessoas mais ricas da Rússia é de 142 mil milhões de dólares, uma pequena fracção dos 552 mil milhões obtidos no mesmo período do ano passado.

O número total de multimilionários russos também caiu dramaticamente, tendo recuado de 110 para 32 no mesmo período.

A revista adianta que a maior perda de riqueza pertenceu a Oleg Deripaska, o chefe da Basic Element, que liderou a lista dos mais ricos em 2008 com uma fortuna de 28,6 mil milhões de dólares e surge agora na décima posição a valer apenas 3,5 mil milhões de dólares.

O novo líder da lista dos russos mais riscos é Mikhail Prokhorov, líder do grupo Oneksim, que vale 9,5 mil milhões de euros, seguido por Roman Abramovich, dono do Chelsea, que tem uma fortuna avaliada em 8,5 mil milhões de dólares. O presidente da Lukoil, Vagit Alekperov, surge na terceira posição, com 7,8 mil milhões de dólares.

A Forbes nota que nenhum dos 100 russos mais ricos viu a sua fortuna aumentar.

A única mulher na lista é Yelena Baturina, esposa do presidente da Câmara de Moscovo, Yuri Luzhkov, que surge na 32ª posição. Batrurina, que lidera o conglomerado Iteka, perdeu 4,2 mil milhões de dólares nos últimos doze meses, tendo agora apenas 900 milhões de dólares.

A Forbes nota ainda que a idade média dos multimilionários presentes na sua lista é de 47 anos e seis meses.

Diário Económico

 

*

Chicken_Bone

  • 488
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #16 em: Abril 24, 2009, 10:58:49 pm »
Quem confia nestes gajos?

Citar
Energia: Cimeira da energia com começo atribulado, Vladimir Putin abandona trabalhos antes de começarem

Sofia, 24 Abr (Lusa) - A cimeira internacional da energia, que decorre até sábado em Sofia, teve hoje um início turbulento, com o primeiro-ministro russo a faltar aos trabalhos e a russa Gazprom a ameaçar virar a distribuição de gás natural para o mercado asiático.

A cimeira "Gás Natural para a Europa, Segurança e Parceria", que decorre em Sofia até sábado, tem como objectivo promover o projecto do gasoduto 'South Stream', que transportará o gás russo por baixo do Mar Negro, pela Bulgária, para outros países da Europa.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, que procurava o apoio da Bulgária, parte essencial do projecto 'South Stream', antes do inicio da cimeira, de modo a poder "vender" o projecto como a melhor alternativa, acabou por não comparecer à cimeira alegando divergências com o Governo búlgaro, que recusou dar o apoio ao projecto antes da cimeira.


http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Interio ... id=1211671
"Ask DNA"
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10172
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +50/-27
Re: Notícias da Rússia
« Responder #17 em: Julho 16, 2010, 01:07:07 pm »
Renault vai investir 240 milhões na "Lada"


Novo veículo económico que irá substituir o modelo russo 'Lada Classic' vai ser produzido como 'know-how' francês

A Renault vai investir 240 milhões de euros até 2012 na fábrica de automóveis russa Avtovaz, que produz os emblemáticos Lada. Segundo o acordo definitivo para a reestruturação e recapitalização da empresa assinado ontem, o fabricante francês vai também apoiar o desenvolvimento de um novo veículo económico que irá substituir o Lada Classic.

O acordo assinado com o grupo público Russian Technologies e a sociedade de investimentos russa Troika Dialog, os outros dois accionistas da Avtovaz, segue-se ao memorando de entendimento em Novembro, que antecedeu as ajudas de 40 mil milhões de rublos (cerca de 1,021 mil milhões de euros ao câmbio actual) cedidas pelo Governo russo sob a forma de empréstimos para salvar a empresa.

O business plan desenvolvido pela Renault e os outros accionistas, aprovado pelo Governo russo, prevê a produção de 900 mil veículos por ano, a partir de 2015, 70% dos quais reservados à Avtovaz, a manutenção por esta de uma quota do mercado russo de pelo menos 25% e o aumento das exportações. Este plano serviu também de base para definir as etapas e as condições do aumento de capital da empresa, permitindo chegar ao acordo definitivo assinado ontem, explica o comunicado publicado no site oficial da Renault.

O construtor de automóveis francês irá manter uma participação de 25% no novo capital social da empresa, mais uma acção, e o investimento de 240 milhões de euros até 2012 servirá para financiar os desenvolvimentos necessários à produção de novos modelos. Por sua vez, a Russian Technologies irá converter em acções a parte correspondente à dívida da Avtovaz, refere o comunicado da Renault, sem quantificar aquele valor. As fases principais da recapitalização deverão ficar concluídas antes do final de 2012.

A fábrica da Avtovaz é a maior empregadora da cidade russa de Togliatti, na margem esquerda do Volga, e contribui com mais de 40% para o orçamento público local. Ficou famosa com a marca Lada, tendo produzido mais de 25 milhões de unidades destes veículos robustos e baratos desde 1970. Mas as últimas duas décadas foram marcadas por pesadas dificuldades, que quase levaram ao seu desaparecimento.

DN
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10172
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +50/-27
Re: Notícias da Rússia
« Responder #18 em: Novembro 27, 2010, 04:53:26 pm »
Rússia admite aderir ao euro


O primeiro-ministro russo Vladimir Putin disse ser «bastante possível» a eventual adesão do seu país à moeda única europeia, com vista a destronar o dólar norte-americano como divisa de referência internacional

À saída de um encontro com a chanceler alemã Angela Merkel em Berlim, Putin disse ainda acreditar na estabilização e mesmo no fortalecimento do euro, apesar da actual crise da dívida soberana de vários países do continente.

«Sim, existem problemas, mas a política económica do Banco Central Europeu e dos governos dos principais países europeus convencem-me de que a estabilidade do euro será preservada», declarou o primeiro-ministro.

«Sabemos que há problemas em Portugal, na Grécia e na Irlanda, e que o euro está a oscilar um pouco. Mas no seu todo, é uma divisa sólida que deve tomar o seu lugar como moeda de referência», acrescentou.

«Temos que nos afastar do monopólio do dólar», defendeu Putin.

Também por estes dias, o chefe de Governo russo e potencial candidato presidencial em 2012 sugeriu o estabelecimento de uma zona de comércio livre entre a União Europeia e a Rússia, «de Lisboa a Vladivostok».

SOL
 

*

HaDeS

  • 223
  • +0/-0
Re: Notícias da Rússia
« Responder #19 em: Dezembro 14, 2010, 01:12:17 pm »
Putin promete R$ 1,1 trilhão para modernizar Forças Armadas

O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira que o governo se comprometeu com 20 trilhões de rublos (R$ 1 trilhão) até 2020 para modernizar e rearmar as Forças Armadas russas.

As Forças Armadas da Rússia exigiam um aumento no orçamento para modernizar sua antiga infraestrutura e sistemas de armas após anos de recursos insuficientes, que enfraqueceram seu desempenho em conflitos locais após a ruptura da União Soviética.

"Estamos alocando fundos muito sérios, significativos para o programa de rearmamento. Eu até estou assustado de pronunciar esta quantia: 20 trilhões de rublos", disse Putin a ministros e importantes autoridades militares na cidade de Severodvinsk, no Mar Branco.

"Precisamos finalmente superar as consequências destes anos quando o Exército e a Marinha foram seriamente subfinanciados", disse Putin.

O primeiro-ministro disse que o programa de modernização irá focar em forças estratégicas nucleares, sistemas de defesa aérea, comunicação, inteligência, a quinta geração de aviões de combate e na Marinha, que receberá cerca de 4,7 trilhões de rublos (R$ 261 bilhões).

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/8450 ... adas.shtml
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14537
  • Recebeu: 817 vez(es)
  • Enviou: 802 vez(es)
  • +90/-90
Re: Notícias da Rússia
« Responder #20 em: Dezembro 15, 2010, 11:26:53 am »
Há aqui umas mensagens contraditórias entre si, se de um lado dizem que não vão construir PA nos próximos anos, depois dizem que vão investir mais na modernização das mesmas...

Cá para mim este dinheiro vai ser quase todo comido pelo novo caça e pouco mais.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

HaDeS

  • 223
  • +0/-0
Re: Notícias da Rússia
« Responder #21 em: Maio 16, 2011, 11:36:56 pm »
Citar
PIB da Rússia sobe 4,1% no primeiro trimestre, abaixo das projeçõe
MOSCOU - O Produto Interno Bruto (PIB) da Rússia cresceu 4,1% no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, disse o Serviço Federal de Estatísticas.

Tanto o Ministério da Economia, que tinha previsto uma alta de 4,5% do PIB, quanto analistas, que projetaram um crescimento de 4,2%, observaram que a economia do país cresceu em meio à baixa demanda de investimento em toda a economia.

"Atingir um crescimento superior a 4% em meio a quase nenhum investimento constitui só por si um êxito, mas devemos esperar por dados mais detalhados para ver o que estava dirigindo o crescimento", disse Natalya Orlova, economista do Banco Alfa, que prevê que a economia russa crescerá 3,8% em 2011. As informações são da Dow Jones.

http://economia.estadao.com.br/noticias/not_67154.htm
 

*

HaDeS

  • 223
  • +0/-0
Re: Notícias da Rússia
« Responder #22 em: Agosto 12, 2011, 05:00:51 pm »
Reservas russas atingem novo recorde
As reservas de ouro e de câmbio externo da Rússia subiram 2,4 mil milhões [bilhões] de dólares, no período de 15 a 22 de Julho. No dia 15, as reservas eram de 528,5  mil milhões  de dólares e, no dia 22, elas chegaram a 530,9  mil milhões de dólares. As informações foram divulgadas pela agência de notícias económicas PRIME, tomando por base as informações registadas pelo Banco Central da Rússia.

O recorde das reservas de câmbio externo do país foi registado em 8 de Agosto de 2008, atingindo o total de 598,1 mil milhões de dólares.

PRIME
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10172
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +50/-27
Re: Notícias da Rússia
« Responder #23 em: Abril 11, 2012, 06:52:34 pm »
Rússia será a 5ª economia do mundo dentro de três anos


O primeiro-ministro e presidente eleito da Rússia, Vladimir Putin, garantiu hoje na Duma, a Câmara Baixa do Parlamento russo, que a economia russa será a quinta maior do mundo dentro de dois ou três anos.
 
Putin falava na Duma onde fez um balanço do período em que exerceu o cargo de primeiro-ministro e expôs os seus planos para o futuro.
 
Em 2010, a Rússia foi a oitava economia do mundo em termos de PIB, segundo o Fundo Monetário Internacional.
 
No discurso, Putin assinalou a necessidade de aumentar o investimento de 20% do PIB para pelo menos 25% até 2015, e depois para 30%. Acrescentou que a meta é viável, e a sua realização criaria 25 milhões de novos empregos nos próximos anos e aumentaria a produtividade de trabalho, em que as economias mais desenvolvidas atualmente superam a russa em três ou quatro vezes.
 
Antes do fim deste ano, o Governo russo enviará ao Parlamento um pacote de alterações legislativas para melhorar substancialmente o desempenho empresarial e oferecer garantias adicionais aos investidores, disse Putin, acrescentando que uma das iniciativas consiste em introduzir ao nível federal e regional a figura do «defensor dos direitos empresariais», por analogia com o defensor público.
 
O presidente eleito propõe o desafio de fazer a Rússia subir, nos próximos anos, do 120.º para o 20.º lugar no mundo em matéria de ambiente de atração empresarial.
 
Vencedor, na primeira volta, das eleições presidenciais de 4 de março, Vladimir Putin assumirá a 7 de maio, de novo, o cargo de chefe de Estado russo.

Lusa
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8360
  • Recebeu: 710 vez(es)
  • Enviou: 1088 vez(es)
  • +44/-10
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias da Rússia
« Responder #24 em: Abril 24, 2012, 09:59:09 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10172
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +50/-27
Re: Notícias da Rússia
« Responder #25 em: Outubro 01, 2012, 11:30:57 pm »
Espião da ex-RDA vai presidir ao maior produtor mundial de alumínio


Um espião da ex-República Democrática Alemã e amigo do Presidente russo, Vladimir Putin, que também fez carreira nos serviços secretos (KGB), foi nomeado hoje para a presidência da Rusal, maior produtor mundial de alumínio, noticia a AFP.A promoção de Matthias Warnig, um ex-agente dos serviços secretos da Alemanha Oriental (Stasi), é o passo mais recente na subida no universo empresarial russo deste antigo integrante do grupo do Dresdner Bank.

Warnig, de 57 anos, já é o director-geral do operador do gasoduto Nord Stream, que leva gás russo para a Alemanha, sob o Mar Báltico, e presidente do monopólio estatal que gere os oleodutos Transneft, além de administrador do conglomerado de energia Rosneft, de dois bancos relevantes e várias pequenas empresas.

Warnig substituiu Barry Chung, que ocupava interinamente a presidência do principal conglomerado do grupo do empresário Oleg Deripaska.

A Rusal está a viver uma crise, devido às disputas intensas sobre a maneira de gerir uma dívida superior a dez mil milhões de dólares (7,8 mil milhões de euros), contraída durante a crise financeira de 2008-2009.

«Warnig tem uma experiência significativa em empresas públicas, tendo estado em vários conselhos de administração de empresas internacionais lideres», nos seus setores, adiantou a Rusal, em comunicado.

«Ele tem um conhecimento excelente dos negócios internacionais e na Rússia e um conhecimento profundo dos sectores financeiro, energético e mercadorias».

O grupo En+, através do qual Deripaska controla a Rusal, considerou a votação por unanimidade na administração como «um exemplo de cooperação construtiva», depois da resignação do anterior presidente da administração, Viktor Vekselberg.

Foi a decisão, surpreendente na altura, de Vekselberg se demitir, tomada em março, que expôs a extensão do desacordo entre os homens mais ricos da Federação Russa quanto à forma de gerir a produção de um metal cuja aplicação é generalizada, dos automóveis aos aviões.

Na ocasião, Vekselberg disse que a Rusal estava em “crise profunda” e Deripaska chegou a alienar unidades produtoras no estrangeiro, como forma de reduzir custos, o que causou ainda mais descontentamento entre os accionistas minoritários.

A nomeação de Warnig deve agora facilitar à Rusal uma relação mais próxima com o Kremlin, quando procura evitar a desintegração.

Há muito que se dá por adquirido a existência de uma relação pessoal privilegiada de Warnig com Putin, apesar da sua recusa de pormenorizar o assunto.

O Presidente russo tem vários dos seus amigos e conhecidos em postos-chave nas empresas e no Governo desde que chegou ao poder, em 1999.

Os críticos condenam esta situação por representar o privilegiar de amigos, mas o próprio Putin, visto como o último decisor nas disputas empresariais na Federação Russa, tem rejeitado as acusações.

Ao longo dos anos, a imprensa russa e ocidental tem ligado repetidamente Warnig a Putin.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10172
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +50/-27
Re: Notícias da Rússia
« Responder #26 em: Outubro 13, 2012, 02:10:23 pm »
Russos querem construir oleoduto entre Moçambique e Zimbabué


A Rosneft, maior empresa pública russa no campo da exploração de petróleo, anunciou que tenciona construir um oleoduto entre Moçambique e o Zimbabwe, que deverá custar cerca de 500 milhões de euros. Segundo Roman Trotzenko, conselheiro do director dessa empresa, estão a ser realizadas conversações sobre a construção de um oleoduto que irá ligar o porto da Beira a Harare, capital do Zimbabwe.

«O projecto não é complicado em geral, mas é complicado do ponto de vista jurídico, pois iremos trabalhar, no início, com duas jurisdições, mas quando se juntarem outras, teremos um grande acordo intergovernamental entre seis países», precisou ele, em declarações à agência ITAR-TASS.

Trotzenko frisou que o acordo deverá ficar pronto até ao fim do ano.

A necessidade da construção deste oleoduto é explicada pela sobrecarga das infra-estruturas existentes.

«Por isso consideramos este projecto comercialmente importante para as infra-estruturas e justificado», justificou Trotzenko, acrescentando que, no Zimbabwe, o preço da gasolina é um dos mais altos no mundo.

O actual director da Rosneft é Igor Setchin, um dos homens mais próximos do Presidente Putin. Nos anos de 1980, esteve em Moçambique e Angola, onde trabalhou para a espionagem soviética.

Porém, alguns analistas consideram este projecto puramente político.

«A actividade económica nesses países está ligada a altos riscos políticos. Além disso, não se compreende onde é que a Rosneft vai buscar o petróleo. Nos últimos tempos, foi publicada informação de que a plataforma continental de Moçambique é rica em hidrocarbonetos, mas a empresa pública não tem atualmente capacidade de realizar semelhantes projectos de extracção de petróleo», considera Valeri Nesterov, perito da empresa Troika Dialog, em declarações ao jornal Kommersant.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10172
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +50/-27
Re: Notícias da Rússia
« Responder #27 em: Fevereiro 11, 2013, 01:55:28 pm »
Rússia "enche-se" de ouro para se precaver de colapso das principais moedas


O presidente russo, Vladimir Putin, está a apostar que o abuso do monopólio do dólar vai colocar em perigo a economia mundial, e por isso tem aumentado de forma exponencial as reservas de ouro do país. Quando Putin diz que os Estados Unidos estão a colocar em perigo a economia mundial por abusar do monopólio do dólar, ele não está só a falar, ele está a apostar nisso, escreve a agência financeira Bloomberg.

Na última década, de acordo com as contas da agência de notícias de economia, o banco central russo comprou 570 toneladas métricas, quase o triplo do peso da Estátua da Liberdade, em Nova Iorque, e mais um quarto que o segundo maior comprador - a China.

"Quanto mais ouro um país tem, mais soberania terá caso haja um cataclismo no dólar, no euro, na libra ou em qualquer outra moeda de referência", argumentou à Bloomberg um deputado do partido de Putin.

Apesar da aposta de Putin, as 958 toneladas de ouro detidas pela Rússia são apenas a oitava reserva mundial, atrás dos Estados Unidos, que lideram a tabela com mais de 8 mil toneladas, e da Alemanha, Itália, França, China e Suíça, para além do próprio Fundo Monetário Internacional, que tem 2,8 mil toneladas de ouro.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10172
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +50/-27
Re: Notícias da Rússia
« Responder #28 em: Setembro 27, 2013, 10:14:12 pm »
Rússia tem de fazer reformas ou caminhará para o abismo


A Rússia enfrenta o abismo se não lançar um conjunto de reformas económicas, advertiu hoje o primeiro-ministro, num artigo publicado na imprensa, no qual lembra que a Rússia deve crescer, este ano, menos que a economia mundial. "O momento para decisões simples passou", salienta o primeiro-ministro, Dmitry Medvedev, no artigo publicado no diário económico Vedomosti, no qual tenta recuperar a imagem de grande reformador económico que procurou quando esteve na presidência, entre 2008 e 2012.

Pela primeira vez desde 2008, a Rússia deve crescer cerca de 2%, menos que a previsão para o crescimento da economia mundial, segundo a AFP.

Pintando um quadro negro sobre as consequências de falhar a melhoria do clima económico, produtividade laboral e sistema judicial na Rússia, Medveded disse, citado pela AFP, que "a Rússia pode continuar o seu movimento muito lento de crescimento económico perto do zero, ou pode dar um significativo passo em frente; o segundo caminho é frágil, tem risco, mas seguir o primeiro é ainda mais perigoso, porque é o caminho para o abismo".

No artigo de duas páginas, nenhuma referência é feita ao sucessor na presidência e mentor, Vladimir Putin, que muitos analistas consideram que não conseguiu implementar nenhuma reforma significativa.

A Rússia continua muito dependente do petróleo e do gás natural, sendo que os economistas consideram que há um forte risco de estagnação com taxas de crescimento muito baixas a médio prazo se o país não conseguir diversificar a sua economia.

Lusa
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8360
  • Recebeu: 710 vez(es)
  • Enviou: 1088 vez(es)
  • +44/-10
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias da Rússia
« Responder #29 em: Dezembro 21, 2013, 11:22:27 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

 

Johnson&Johnson: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1899
Última mensagem Junho 26, 2006, 06:36:44 pm
por Marauder
Electricité de France (EdF): Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1241
Última mensagem Julho 09, 2006, 04:07:07 pm
por Marauder
Vodafone: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 2975
Última mensagem Novembro 27, 2007, 05:54:57 pm
por André
BASF: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 1
Visualizações: 1362
Última mensagem Julho 04, 2006, 06:06:24 pm
por Marauder
Volkswagen: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 12
Visualizações: 5516
Última mensagem Novembro 16, 2007, 02:01:30 pm
por André