Armada Italiana

  • 139 Respostas
  • 57544 Visualizações
*

european

  • 75
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #60 em: Outubro 28, 2007, 07:05:35 am »
Grazie a Voi
 :D
EuroFighter Typhoon, the defender of european skies.
 

*

european

  • 75
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #61 em: Novembro 08, 2007, 03:47:16 pm »
Cacciamine (minehunter) classe 'Lerici':



Il nuovo veicolo antimina Pluto Gigas 94:





EuroFighter Typhoon, the defender of european skies.
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-22
(sem assunto)
« Responder #62 em: Novembro 08, 2007, 11:18:50 pm »
Mas esse caça-minas não é o Rimini da classe Gaeta?
 

*

european

  • 75
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #63 em: Novembro 09, 2007, 08:11:27 am »
Citação de: "JLRC"
Mas esse caça-minas não é o Rimini da classe Gaeta?


Sì.
Gaeta is an update of Lerici.

http://www.marina.difesa.it/unita/cacciamine.asp
EuroFighter Typhoon, the defender of european skies.
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-22
(sem assunto)
« Responder #64 em: Novembro 09, 2007, 01:59:28 pm »
Citação de: "european"
Citação de: "JLRC"
Mas esse caça-minas não é o Rimini da classe Gaeta?

Sì.
Gaeta is an update of Lerici.

http://www.marina.difesa.it/unita/cacciamine.asp


Sim, eu sei. A principal diferença está na posição do mastro mas mesmo a Marinha de Itália considera que são duas classes diferentes.
 

*

european

  • 75
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #65 em: Dezembro 24, 2007, 10:23:31 am »
:D  :D

The italian navy MMI receives the first of the new italian-french Horizon class AAW frigates, the 'Andrea Doria':


http://www.marina.difesa.it/diario/2007/doria/index.asp



The year 2007 has been very important for MMI, with the arrive of the 2nd AIP submarine  U212A 'Scirè', the aircraft carrier 'Cavour' and the new AAW 'Andrea Doria'.

   :D  :D
« Última modificação: Dezembro 25, 2007, 02:21:47 am por european »
EuroFighter Typhoon, the defender of european skies.
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-22
(sem assunto)
« Responder #66 em: Dezembro 24, 2007, 03:15:19 pm »
Merry Christmas to you too European
 

*

macer

  • 28
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #67 em: Dezembro 25, 2007, 10:42:29 pm »
Navio lindo

bom natal pessoal
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7412
  • Recebeu: 241 vez(es)
  • Enviou: 375 vez(es)
  • +32/-129
(sem assunto)
« Responder #68 em: Dezembro 27, 2007, 01:59:31 pm »

Andrea Doria, the first Horizon-class destroyer (frigate), has been handed over to the Italian Navy. (Fincantieri photo)

Hand-Over of the Destroyer Andrea Doria  
 
(Source: Fincantieri; issued Dec. 21, 2007)
   
 
 (Issued in Italian only; unofficial translation by defense-aerospace.com)

 
LA SPEZIA, Italy --- Two years after its launch, and 14 months after its first sea trials, the destroyer Andrea Doria was handed over by its builder to its operator. In a ceremony at Fincantieri’s shipyard at Muggiano (La Spezia), the Italian Navy ensign was hoisted on the ship, marking the official hand-over to the Navy of the first of the two Orizzonte-class (Horizon-class) destroyers ordered by Italy.  
 
The second ship, the Caio Duilio, was launched in October 2007.  
 
Several months will pass before the Andrea Doria reaches its Full Operational Capability (FOC), during which the complex systems that provide its considerable air-defense and command and control capabilities will be tested at sea.  
 
The Andrea Doria and its sister ship are part of the Horizon class, a joint development with France. These ships have cutting edge air-defense capabilities as well as considerable command capabilities, allowing them to take part in, or to take command of, international operations, according to a statement by Fincantieri.  
 
-ends-
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 982
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +21/-0
    • http://www.mochileiros.com
(sem assunto)
« Responder #69 em: Fevereiro 10, 2008, 10:53:32 am »
Tudo bem,

Andando em minhas pesquisas fui no site da Marinha Italiana,e como não domino italiano,de repente li errado reparei que eles têm navios reabastecedores de bases navais(Fuel) e inclusive têm 4 embarcações da classe Panarea (A.5370).
Como não tinha reparado nisso em outra marinha das que já vi,ou não reparei direito,minha pergunta seria se alguém por favor poderia-me esclarecer a mais-valia de tal embarcação.Desde já,grato.

Abraços,
zocuni
 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 982
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +21/-0
    • http://www.mochileiros.com
(sem assunto)
« Responder #70 em: Fevereiro 10, 2008, 11:27:16 am »
E,continuando minhas pesquisas nos reabastecedores de esquadra,adorei este da Marinha Italiana de 13.700 toneladas e autonomia de 7.600 MN.O Nave Etna (A.5326).Achei o conceito muito versátil.

http://www.marina.difesa.it/unita/rifornimento.asp

Abraços,
zocuni
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #71 em: Fevereiro 10, 2008, 04:19:06 pm »
Zocuni escreveu:
Citar
Andando em minhas pesquisas fui no site da Marinha Italiana,e como não domino italiano,de repente li errado reparei que eles têm navios reabastecedores de bases navais(Fuel) e inclusive têm 4 embarcações da classe Panarea (A.5370).

De facto são navios destinados a abastecer de combustivel a base naval na Sicilia pertencente ao Comando Militare Marittimo Autonomo in Sicilia .
Também serve para adestramento de oficiais em operações de reabastecimento com os navios lado a lado atracados ou fundeados. Eles têm outro navios do género destinados ao abastecimento de água doce a zonas com deficiente abastecimento de água..
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 982
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +21/-0
    • http://www.mochileiros.com
(sem assunto)
« Responder #72 em: Fevereiro 10, 2008, 05:45:08 pm »
Citação de: "luis filipe silva"
De facto são navios destinados a abastecer de combustivel a base naval na Sicilia pertencente ao Comando Militare Marittimo Autonomo in Sicilia .
Também serve para adestramento de oficiais em operações de reabastecimento com os navios lado a lado atracados ou fundeados. Eles têm outro navios do género destinados ao abastecimento de água doce a zonas com deficiente abastecimento de água..


Obrigado,Luis Filipe Silva

Entendi e uma vez que também temos regiões autónomas,teria alguma serventia para nossa melhora qualitatativa,termos algo semelhante ou no nosso caso em particular tal não se justificaria,sem levar em conta nossas crónicas limitações orçamentárias.É,Luis Filipe Silva também reparei nos reabastecedores de água,penso que não se adequaria muito no caso lusitano,ou não?
Desculpem estar sendo algo chato,mas estou longe e desatualizado em assuntos de Marinha e não só,por vezes não tenho com trocar informações e na verdade estou realizando uma pesquisa do que para mim seria o que poderia ser a Marinha portuguesa,não necessáriamente o que ela é,contudo aproveitando 80% do que ela tem.Esta pesquisa,envolve desde as Bases Navais,passa pela reorganização estrutural de nossa Marinha,pelas capitanias de portos,orçamentos,Instituto Hidrográfico,Poliícia Maritima, meios de superfície até às unidades auxiliares da marinha.Evidentemente,espero colocar tais ideias aqui nesta fórum,fonte de minha inspiração e dessa forma poder contribuir com alguma coisa.É um trabalho despretencioso e não pretende vir com soluções que nunca ninguém viu,é tudo espero muito simples e funcional.Se alguém estiver interessado mandarei uma prévia via MP,ou outro meio.

Abraços,
zocuni
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2051
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #73 em: Fevereiro 10, 2008, 06:08:28 pm »
Zocuni escreveu:
Citar
Entendi e uma vez que também temos regiões autónomas,teria alguma serventia para nossa melhora qualitatativa,termos algo semelhante ou no nosso caso em particular tal não se justificaria,sem levar em conta nossas crónicas limitações orçamentárias.

Presentemente não se justifica. Na Base Naval de Lisboa existiam duas ou três barcaças para transporte de combustivel entre os depósitos das petrolíferas e a base, e para encostar aos navios na base e ao largo, mas não sei se ainda está alguma ao serviço, mas creio que não.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 982
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +21/-0
    • http://www.mochileiros.com
(sem assunto)
« Responder #74 em: Fevereiro 10, 2008, 06:19:33 pm »
Luis Filipe Silva,escreveu
Citação de: "luis filipe silva"
Presentemente não se justifica. Na Base Naval de Lisboa existiam duas ou três barcaças para transporte de combustivel entre os depósitos das petrolíferas e a base, e para encostar aos navios na base e ao largo, mas não sei se ainda está alguma ao serviço, mas creio que não.


Pelo que entendi,já não é por transporte marítimo que se fazem essas reposições e como seriam?

Abraços,
zocuni
 

 

NPO "Piloto Pardo" da Armada Chilena

Iniciado por P44

Respostas: 50
Visualizações: 18305
Última mensagem Maio 19, 2009, 02:46:09 pm
por luis filipe silva
Armada, Alemanha, França,Inglaterra, TOPS Pesquisa

Iniciado por Heer.Skuda

Respostas: 46
Visualizações: 15941
Última mensagem Julho 04, 2007, 09:29:20 pm
por P44
Kortenaer da Armada dos Emirados Arabes Unidos

Iniciado por P44

Respostas: 0
Visualizações: 1394
Última mensagem Junho 03, 2004, 09:48:37 am
por P44
As declarações do Chefe de Estado Maior da Armada

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 0
Visualizações: 1039
Última mensagem Junho 07, 2004, 12:26:11 pm
por Rui Elias
Armada Russa - Typhoon Upgraded sea trials

Iniciado por P44

Respostas: 1
Visualizações: 1530
Última mensagem Junho 24, 2004, 04:56:56 pm
por JLRC