Excesso de Oficiais nas Forças Armadas

  • 42 Respostas
  • 19794 Visualizações
*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
Excesso de Oficiais nas Forças Armadas
« em: Julho 05, 2006, 10:03:54 am »
Citar
Excedentes nas Forças Armadas
Há 460 oficiais a mais em relação ao previsto na lei
   
   
As Forças Armadas têm mais 460 oficiais do que o previsto na lei. De acordo com o Correio da Manhã, os excedentes custam ao Estado cerca de 250 milhões de euros, quase 15 por cento do orçamento da Defesa para 2006.

SIC


Um decreto-lei de 1993, aprovado pelo segundo Governo de Cavaco Silva, fixa os quadros de pessoal de cada um dos ramos das Forças Armadas, mas, avança o jornal, esses limites não são cumpridos.

De acordo com o Correio da Manhã, há 460 oficiais a mais, nos diferentes ramos das Forças Armadas, entre almirantes, generais, tenentes, coronéis e capitães. Segundo números avançados pelo jornal, existirão em excesso 236 oficiais no Exército, 145 na Força Aérea e 79 na Marinha.

Os excedentes custam cerca de 250 milhões de euros ao Estado, entre despesas com vencimentos, Segurança Social, saúde e transportes.


de:
http://sic.sapo.pt/online/noticias/pais ... rmadas.htm

Esses 250milhões bem que fazem falta para comprar equipamento...

Mas sim...concordo com a exportação de oficiais, e de FDPs do governo também.. :twisted:
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Julho 05, 2006, 10:38:29 am »
Esta noticia nao me espanta nada essa noticia ja eu a sabia a anos por ouvir falar.
Cumprimentos
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7645
  • Recebeu: 327 vez(es)
  • Enviou: 564 vez(es)
  • +202/-204
(sem assunto)
« Responder #2 em: Julho 05, 2006, 03:22:58 pm »
Citar
custam ao Estado cerca de 250 milhões de euros
= 2 Fragatas KAREL DORMAAN :twisted:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #3 em: Julho 05, 2006, 03:52:59 pm »
O dedo na ferida, e a razão pela qual as chefias militares têm assumido uma posição passiva, nomeadamente nas exigências das associações sindicais.

Uma achega:

Esse dinheiro pagava as duas Karel Doorman TODOS OS ANOS.

Ao longo de um periodo de vida útil de um submarino, por exemplo (qué é de 35 anos) esses valores atingem 8.750 milhões de Euros).

Esse dinheiro daría para comprar:

17 Submarinos U-209PN, ou
1300 tanques Leopard-2A6, ou
13 Contratorpedeiros de defesa aérea tipo LCF ou F-100, ou
130 caças F-16 Block 60 novos, ou
30 Navios de Apoio Logístico, ou
437 Navios de Patrulha Oceânica

Ou ainda, qualquer combinação destes vários meios, o que poderia permitir a Portugal ter uma força armada minimamente digna, em vez do mostruario museologico, disfarçado com a operacionalidade de pequenas forças que é o que temos.

É infelizmente um problema que existiu sempre em Portugal desde que temos uma força armada paga pelo estado.

Sem conflitos, e sem exigências, as Forças Armadas tendem a se transformar numa força relativamente grande mas pouco eficiente, que era o que tinhamos quando Portugal foi invadido pelas hostes napoleonicas, embora o país ainda vivesse com o monopolio do comercio com o Brasil e com a riqueza (se bem que aparente) que isso proporcionava.

Parece que finalmente alguém tem a coragem de colocar o dedo na ferida.

Resta saber se alguns dos visados vão mostrar a cara.

Cumprimentos
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7499
  • Recebeu: 377 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +125/-194
(sem assunto)
« Responder #4 em: Julho 05, 2006, 04:03:47 pm »
- Mortal, Papatango!  :mrgreen:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3042
  • Recebeu: 126 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +127/-32
(sem assunto)
« Responder #5 em: Julho 05, 2006, 06:06:24 pm »
Com 400 e tal oficiais a mais, não acham que as conta estão mal feitas?

São 50 milhões de contos...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2764
  • Recebeu: 1170 vez(es)
  • Enviou: 2476 vez(es)
  • +441/-88
(sem assunto)
« Responder #6 em: Julho 05, 2006, 06:28:52 pm »
Parece-me que ha' por aqui um zero a mais, 25 milhoes de euros faria mais sentido.

Umas simples contas de merceeiro demonstram que o valor de 250 milhoes de euros e' exagerado. Senao vejamos:

a) para simplificacao vamos admitir que todos estes excedentarios custam ao OE 5.000 euros / mes (salario + ss).
b) multiplica-se pelos 14 meses e da' 70.000 euros / ano
c) multiplica-se o custo anual por pessoa pelo total de 420 e da' quase 30 milhoes de euros.

Nao sei quanto custa transportar toda esta gente anualmente, mas 220 milhoes parece-me excessivo - a menos que se desloquem todos de F-16  :lol:

Assim, refazendo as contas do PT, ao longo de 35 anos estes fundos davam para adquirir o seguinte equipamento (arredondado 'a unidade):

2 Submarinos U-209PN, ou
130 tanques Leopard-2A6, ou
1 Contratorpedeiros de defesa aérea tipo LCF ou F-100, ou
13 caças F-16 Block 60 novos, ou
3 Navios de Apoio Logístico, ou
43 Navios de Patrulha Oceânica

Ainda assim impressionante!
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Julho 05, 2006, 06:52:00 pm »
Citação de: "Typhonman"
Com 400 e tal oficiais a mais, não acham que as conta estão mal feitas?

São 50 milhões de contos...


Como é que fez as contas?

A mim, fazendo por cabeça 20mil euros (O QUE É SUPER EXCESSIVO) por mês dá-me 128milhões.

Eles lá devem ter as suas formas de cálculo e suas..."regalias"..mas provavelmente existe algum erro...esperemos nós..
« Última modificação: Julho 05, 2006, 06:57:50 pm por Marauder »
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2437
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +13/-16
(sem assunto)
« Responder #8 em: Julho 05, 2006, 06:55:38 pm »
E as nossas forças de mobilização?

 c34x

Talvez esses generais, devem ser os quadros das divisões a levantar por mobilização ?
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1178
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Julho 05, 2006, 07:30:32 pm »
Citação de: "Marauder"
Citação de: "Typhonman"
Com 400 e tal oficiais a mais, não acham que as conta estão mal feitas?

São 50 milhões de contos...

Como é que fez as contas?

Converteu de euros para escudos. :mrgreen:
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #10 em: Julho 05, 2006, 07:41:08 pm »
As dúvidas fazem todo o sentido.

Eu também fiz contas relativamente a esses valores e concluí que de facto o valor deve estar enflacionado.

No entanto, há uma questão que ressalta quando se lê a noticia.

O valor, pelo que eu entendi, é relativo ao pessoal a mais e não só relativamente aos oficiais. Portanto, também há excedentes na classe de sargentos.

Mas o seu a seu dono.

Haverá até eventualmente €250 milhões gastos a mais.
Já vi serem apontados valores próximos para a necessidade de redução de custos (salários e custos correntes).

Mas da forma como a noticia foi dada, há que reconhecer exagero na notícia, no que respeita aos oficiais.

No entanto, o problema mantém-se, mesmo que não tenha a expressão que as contas da extrapolação lhe poderiam dar. A doença existe, mesmo que não se expresse com estes numeros.

É um tema interessante para continuar a analisar.

Cumprimentos
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7499
  • Recebeu: 377 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +125/-194
(sem assunto)
« Responder #11 em: Julho 05, 2006, 10:06:38 pm »
http://www.vozsurda.blogspot.com/

Citar
Militares a mais nas Forças Armadas
O número de militares a mais nas Forças Armadas implica um custo financeiro anual na ordem de 250 milhões de euros, valor que representa cerca de 15 por cento do orçamento total de 2077 milhões de euros do Ministério da Defesa para 2006. Em causa, está um universo superior a dez mil militares.
Os oficiais são um caso exemplar desta realidade: em pelo menos seis postos, estarão em excesso 460 oficiais no conjunto da Marinha, Força Aérea e Exército.
(...)
A partir dos dados obtidos pelo CM, constata-se que existirão em excesso 236 oficiais no Exército, 145 na Força Aérea e 79 na Marinha.
(...)
No Exército, apesar de o Decreto-Lei 60, de 21 de Março de 2006, determinar uma redução de vagas no posto de tenente-general de 11, como determinava o diploma de 1993, para oito, mas existem, neste momento, segundo o CM apurou, 17 militares com aquela patente. E disparidade semelhante existe nos outros dois ramos: a lei estabelece seis vagas para vice-almirante na Marinha e outras seis para tenente-general na Força Aérea, mas, na realidade, segundo apurámos, existem oito vice-almirantes e nove tenente-generais.
Mas a lista de postos com um número de oficiais não fica por aqui: as patentes de contra-almirante/major-general, capitão-de-mar-e-guerra/coronel, capitão-de-fragata/tenente-coronel, capitão-tenente/major são também abrangidas (ver quadro da pág. 5). Só entre os chamados oficiais-generais existirá um total de 129 militares com os postos de almirante/general, vice-almirante/tenente-general e contra-almirante/major-general, quando o diploma de 1993 fixa o total em 83, um aumento de 55 por cento.
(...)
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1178
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Julho 06, 2006, 12:15:04 am »
Não havia por aí um tópico que tinha uma tabela de vencimentos para oficiais generais?
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7360
  • Recebeu: 608 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +92/-30
(sem assunto)
« Responder #13 em: Julho 06, 2006, 12:21:17 am »
Citação de: "emarques"
Não havia por aí um tópico que tinha uma tabela de vencimentos para oficiais generais?


Eu pessoalmente não é o caso de um general ganhar 5.000 euros/mês que me chateia, de certeza que há por aí gestores de empresas publicas a ganhar muito mais, o meu problema nesta situação é existirem 55 generais em excesso, e quem diz os generais diz o restantes 460 oficiais em excesso...
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1178
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Julho 06, 2006, 12:32:27 am »
Pois, mas estava a tentar descobrir quanto é que esses 55 custam, aproximadamente.
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

 

Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanu

Respostas: 13
Visualizações: 5433
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich
DN: Comando NATO de Oeiras tutela forças de reacção

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 1807
Última mensagem Novembro 14, 2006, 11:38:41 am
por PereiraMarques
Forças de segurança encontram-se sob escuta

Iniciado por antoninho

Respostas: 1
Visualizações: 1518
Última mensagem Outubro 04, 2006, 10:59:36 am
por Rui Elias
Forças Aeromóveis, opinião

Iniciado por typhonman

Respostas: 0
Visualizações: 713
Última mensagem Outubro 13, 2009, 10:02:41 pm
por typhonman
"Crise já atinge Forças Armadas"

Iniciado por Lancero

Respostas: 8
Visualizações: 4126
Última mensagem Junho 04, 2008, 06:13:35 pm
por Gina