Metro do Porto: Notícias

  • 3 Respostas
  • 2071 Visualizações
*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
Metro do Porto: Notícias
« em: Maio 30, 2006, 03:00:51 pm »
Citar
Metro do Porto: PM adiou arranque da segunda fase do projeto

O primeiro-ministro, José Sócrates, fez este sábado depender o avanço da segunda fase do metro do Porto de um conjunto de circunstâncias relacionadas, nomeadamente com a definição de prioridades em termos de ligações e com questões de financiamento.


José Sócrates falava na inauguração do troço final (1,6 quilómetros) da Linha E/Violeta do Metro do Porto, que liga as estações Aeroporto Francisco Sá Carneiro ao Estádio do Dragão.

«A segunda fase irá nascer quando todos soubermos quais as linhas mais importantes. Quando isso for evidente faremos imediatamente tudo para que este projecto progrida», sublinhou o primeiro-ministro, referindo também a necessidade de assegurar a forma de financiamento da obra e a revisão do modelo empresarial da metro.

Em causa estão os projectos, nomeadamente para as linhas de Gondomar, Boavista, Trofa e Gaia que foram suspensas o ano passado pelo Executivo para análise da sustentabilidade e viabilidade financeira da obra.

Considerando que «andar depressa deve significar andar com segurança», Sócrates anunciou que, nesta fase, apenas avançará, em Gaia, a construção de uma zona de interface e a extensão da linha Amarela, entre Santo Ovídeo e Laborim.

«Esta obra é prioritária porque tem como objectivo a criação de um interface de transportes públicos», disse o primeiro-ministro.

O Ministro dos Transportes e Obras Públicas, Mário Lino, assegurou também o empenho do Executivo no avanço da segunda fase do projecto, mas frisou que «o Governo tem a responsabilidade de avançar com uma obra segura para ter a certeza do seu sucesso».

«Trata-se de um projecto absolutamente essencial para resolver problemas de mobilidade na Área Metropolitana do Porto, mas há questões essenciais a resolver», disse o ministro, apontando também a introdução de alterações no modelo de gestão e a necessidade de assegurar a forma de financiamento do projecto.

Nesta fase, as boas notícias, segundo Mário Lino, referem-se ao início do funcionamento, em Junho, do passe social associado ao «Andante» (que abrange metro, STCP e operadores privados) e à encomenda de 30 veículos rápidos para circular na linha da Póvoa de Varzim.

Ficou assim sem resposta o apelo do presidente do Conselho de Administração da Metro do Porto, Valentim Loureiro, para que, finda esta primeira fase, se avançasse para a fase seguinte.

«Pode contar com a metro do Porto para o desenvolvimento da região e do país, mas para isso a obra tem de continuar», disse Valentim Loureiro, acrescentando: «Digam o que querem que façamos já a seguir. Estudem, definam as prioridades, mas avancem, porque o Porto e o Norte precisam e querem obra».

A Linha Violeta - com uma frequência estimada em cerca de 30 mil passageiros/dia - liga a partir de hoje a estação Aeroporto à Estação Estádio do Dragão, partilhando o canal da Linha Vermelha desde a Estação Verdes até à Senhora da Hora e, daí em diante, circulando também em paralelo com as linhas Azul e Verde.

Com esta linha, a rede fica ligada a todos os destinos com origem no Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro, estabelecendo, pela primeira vez em Portugal, uma verdadeira intermodalidade nos sistemas de transporte de articulação europeia.

O Sá Carneiro é o primeiro aeroporto português a fazer uma ligação directa com uma rede ferroviária ligeira (o Metro) e com uma rede ferroviária pesada (as Estações da CP de Campanhã, de S.Bento e de General Torres, em Gaia, acessíveis através da rede do Metro).

Este facto representa uma inovação significativa mesmo à escala europeia, havendo na Península Ibérica apenas um outro aeroporto, o de Barajas (Madrid), nas mesmas circunstâncias.

A Estação Aeroporto do Metro fica situada em frente à zona de chegadas daquela infra-estrutura aeroportuária, em paralelo com as duas vias rodoviárias existentes, e está totalmente coberta por uma estrutura de aço revestida a vidro, esteticamente integrada no aeroporto.

Diário Digital / Lusa

27-05-2006 16:40:36


de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro%5 ... news=67612

Fico contente que finalmente tenham inaugurado a linha para o Aeroporto...sim porque estar a pagar Taxi 20 euros para chegar lá é um pouco chato..

Relativamente a este adiamento...se for para poupar dinheiro é mau...se realmente o que se diz é verdade, então que reorganizem os projectos..de preferencia mais rapido que a da LPM.. :lol:
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Junho 26, 2006, 06:49:50 pm »
Citar
Metro do Porto adquire 30 veículos à Bombardier por 115 M€

A Metro do Porto SA e o consórcio Bombardier Transportation/Vossolh-Kiepe assinaram no Porto um contrato para o fornecimento e manutenção de trinta veículos Flexity Swift, no valor de 115 milhões de euros.

O acordo assegura a disponibilização das trinta composições do tipo tram-train para o serviço da rede do Metro do Porto a partir de 2008, definindo de igual modo a manutenção desta frota pela Bombardier, por um período de cinco anos.

Os novos veículos vão operar prioritariamente na Linha Vermelha e na Linha Verde, elevando a frota do Metro do Porto para um total de 102 unidades.

31-05-2006 16:23:23


de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro%5 ... news=67788

Pois...mas não veem da fábrica da Amadora com certeza!!

(A editar secção economia..nada de novo...os meus pseudo-poderes de moderador muahhahaha :twisted: )
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +15/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Outubro 24, 2007, 07:40:03 pm »
Metro do Porto lança concurso para construção Linha Gondomar

Citar
O Conselho de Administração da Metro do Porto, SA aprovou o lançamento do concurso público para a construção da Linha de Gondomar, no troço Estádio do Dragão - Venda Nova, disse hoje à Lusa fonte da administração da empresa.

A Linha de Gondomar terá cerca de 6,5 quilómetros de extensão (dos quais aproximadamente um quilómetro em túnel).

Neste troço está prevista a construção de dez estações.

O concurso para a construção tem um valor de 95 milhões de euros e um prazo de referência para execução de 620 dias (20 meses).

O anúncio do lançamento do concurso será agora publicado em Diário da República e no Jornal Oficial das Comunidades.

O prazo para apresentação das propostas é de 88 dias, que passam a decorrer a partir do dia de publicação naqueles dois boletins oficiais.

Esta é a primeira obra lançada pela Metro do Porto desde a conclusão da primeira fase de construção da rede.

O anterior troço da rede do Metro do Porto, a Linha E (Violeta) do Metro do Porto, entre Pedras Rubras e o Aeroporto Sá Carneiro, foi inaugurada no dia 27 de Maio de 2006.

Com esta linha, o Aeroporto Sá Carneiro tornou-se no primeiro aeroporto português a fazer uma ligação directa com uma rede ferroviária ligeira (o Metro) e com uma rede ferroviária pesada (as Estações da CP de Campanhã, de S.Bento e de General Torres, acessíveis através da rede do Metro).

Este facto representou uma inovação significativa mesmo à escala europeia já que na Península Ibérica apenas um outro aeroporto, o de Barajas (Madrid) tem acesso directo á rede de metro.

Pouco mais de dois meses antes, a 18 de Março de 2006, o Metro do Porto tinha sido inaugurado um dos mais longos troços da rede, a secção da Linha Vermelha do Metro do Porto, entre Pedras Rubras e a Póvoa de Varzim, numa extensão de 17,2 quilómetros.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +15/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Janeiro 23, 2008, 07:00:43 pm »
Metro do Porto transportou 48 milhões de passageiros em 2007

Citar
O metropolitano do Porto transportou 48 milhões de passageiros em 2007, num ganho de 24,7 por cento relativamente a 2006 e que representa a «conquista» de mais 10 milhões de clientes, anunciou hoje a empresa.

Em comunicado, o conselho de administração da Metro do Porto - que aprovou hoje por unanimidade o Relatório e Contas e o Relatório de Sustentabilidade relativos ao exercício de 2007 - destacou a «significativa melhoria» dos resultados operacionais registado no ano passado, graças ao aumento do número de passageiros transportados e da racionalização da oferta.

Segundo a empresa, a taxa de ocupação em 2007 atingiu o valor médio de 16,3 por cento, numa subida de 2 pontos percentuais em relação a 2006.

Dos dados operacionais do exercício, constata-se ainda um aumento da velocidade comercial global do sistema do metro, que se situa agora nos 27,2 quilómetros/hora (mais 1,9 pontos percentuais do que no ano passado), acrescenta.

Conforme adianta ainda a empresa - que divulgará a versão integral das suas contas só após a aprovação dos seus accionistas - a Metro do Porto conseguiu no ano passado uma taxa de cobertura das receitas sobre custos operacionais de 54,6 por cento (mais 7,2 pontos percentuais do que no ano anterior).

«Trata-se de um valor altamente positivo, que não encontra paralelo nas contas de muitas das empresas de serviço público de transporte de passageiros a nível europeu», refere a empresa.

Diário Digital / Lusa

 

 

Estaleiros Navais de Viana do Castelo: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 11
Visualizações: 4603
Última mensagem Maio 13, 2008, 10:27:57 am
por P44
Espírito Santo Turismo: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1203
Última mensagem Julho 29, 2006, 03:28:00 pm
por Marauder
Sonae Indústria: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 1484
Última mensagem Julho 29, 2006, 09:33:44 am
por Marauder
Jerónimo Martins: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 1
Visualizações: 1316
Última mensagem Junho 27, 2006, 03:39:14 pm
por Marauder
Sonae Sierra: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 1899
Última mensagem Julho 18, 2006, 08:42:56 pm
por Marauder