El Corte Ingles abre o segundo centro comercial em Portugal

  • 4 Respostas
  • 3724 Visualizações
*

Nadie

  • Membro
  • *
  • 81
  • +0/-0
El Corte Inglés abre su segundo centro comercial en Portugal

Citar
LISBOA. El Corte Inglés inaugura esta noche el centro comercial de Vila Nova de Gaia, la segunda tienda de la cadena española en Portugal, que abrirá a partir de mañana sus puertas al público. Con una inversión de 215 millones de euros, este centro ha supuesto la creación de 1.900 puestos de trabajo, el 60% de los cuales son mujeres, con una media de 26 años. En total han sido 28.000 los candidatos entrevistados durante el proceso de selección encabezado por el director de personal. Bouça Ferreira, que lleva ya diez años trabajando para El Corte Inglés.

Tras casi cinco años implantado en la capital lusa, El Corte Inglés de Vila Nova de Gaia pretende cubrir las necesidades de las familias del norte del país. «Las perspectivas de ventas son buenas, porque se trata de un público que conoce bien nuestros centros de Lisboa y de Vigo», explica a ABC la jefa de relaciones externas, Susana Santos, quien reconoce que es difícil predecir si las ventas de Vigo se verán afectadas con este nuevo centro.

Tres mil invitados

Para la inauguración están invitadas más de 3.000 personas de diferentes sectores de la sociedad portuguesa. En el acto estará presente el presidente del consejo de administración de la empresa, Isidoro Álvarez, acompañado por un alto número de ejecutivos del grupo español, así como por los responsables del centro en Portugal.


http://www.abc.es/abc/pg060518/prensa/n ... CO-081.asp
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15077
  • Recebeu: 1028 vez(es)
  • Enviou: 963 vez(es)
  • +174/-170
(sem assunto)
« Responder #1 em: Maio 18, 2006, 04:14:32 pm »
O El Corte Inglês é um Centro Comercial engraçado, mas os preços são altissimos. Deviam baixar os preços, nem que baixassem um pouco o lucro...

Sei que é apenas um desejo, mas que era bom, lá isso era!
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Maio 19, 2006, 09:15:30 pm »
Citar
IAPMEI ajuda Corte Inglés a vender produtos portugueses

O ministro da Economia, Manuel Pinho, afirmou na quinta-feira que o IAPMEI vai criar uma equipa para ajudar a empresa El Corte Inglés a identificar produtos portugueses de qualidade para venda na sua cadeia de armazéns.


Manuel Pinho, que falava na inauguração do El Corte Inglés de Gaia, desafiou a empresa a funcionar «cada vez mais como uma grande montra dos melhores produtos portugueses», tendo dado já instruções ao presidente do IAPMEI para criar uma equipa e levar por diante os procedimentos necessários para realizar o trabalho de identificação dos produtos.

Segundo o membro do Governo, há em Portugal produtos de grande qualidade em vários sectores, mas nem sempre associadas a estruturas de marketing fortes capazes de os consolidar no exterior, podendo a esse nível o El corte Inglés funcionar como «montra» da qualidade nacional.

Elogiando o trabalho no processo de localização daquele armazém em Gaia, Manuel Pinho considerou este processo exemplo de como os detentores de cargos públicos «não podem ficar sentados atrás de uma secretária» à espera que os investimentos «desçam do céu como por milagre».

O presidente da Câmara de Gaia, Luis Filipe Menezes, desafiou o membro do Governo a, em Conselho de Ministros, bater-se não só pelo fim da «tenebrosa teia de burocracias» que ainda hoje dificulta a instalação de investimentos estrangeiros em Portugal como também para tirar o poder às «centenas de rostos cinzentos, com salários garantidos ao fim do mês, que no quotidiano dificultam o trabalho de quem luta pelos interesses das suas populações».

Afirmando que a instalação do El Corte Inglés em Gaia foi «muito mais difícil» do que pareceu, Luís Filipe Menezes afirmou que «muitas vezes, um membro do Governo ou um autarca corre o risco de ser criticado ou mesmo de ser acusado de ultrapassar regras obsoletas, que são uma das principais dificuldades ao investimento em Portugal».

«Está na altura do poder político, legitimamente eleito, correr riscos e mandar de facto nos destinos dos cidadãos que os elegeram», disse.

Menezes desafiou ainda Manuel Pinho a autorizar a abertura do El Corte Inglés ao fim de semana, considerando a actual situação injusta por permitir que «outras grandes superfícies, só porque separam com um vidro os sapatos das roupas, possam abrir neste dia».

«Só em Portugal existe a querela entre o comércio dito tradicional e as grandes superfícies», disse.

Os alegados prejuízos que a instalação de um armazém daquelas dimensões poderiam trazer ao comércio tradicional foram um dos motivos, a par da localização que a empresa pretendia, alegados por Rui Rio para recusar a instalação do El Corte Inglés no Porto.

Diário Digital / Lusa

19-05-2006 11:17:00


de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro%5 ... news=67325

Assim até nem me importo de ir lá gastar uns euros..hehe..
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7508
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +138/-194
(sem assunto)
« Responder #3 em: Maio 24, 2006, 02:04:05 pm »
poder discricionário


A Câmara de Gaia reduziu em 1,27 milhões de euros a factura do El Corte Inglés. A cadeia espanhola teria de pagar 1,52 milhões relativos à taxa municipal de ocupação do subsolo, mas só irá desembolsar 255,4 mil euros. A redução foi autorizada por despacho excepcional (ratificada ontem em sessão extraordinária do Executivo) do vice-presidente, Marco António Costa, concedido dois dias antes da abertura da unidade ao público. (JN)

Este poder discricionário de um qualquer vereador ou mesmo de um executivo de uma qualquer câmara é inequivocamente fomentador de actos de corrupção.


Blogue Classepolitica
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Maio 24, 2006, 06:05:52 pm »
Citar
El Corte Inglés prepara centro comercial em Cascais

A terceira unidade portuguesa do grupo El Corte Inglés ficará localizada em Cascais devendo abrir as portas em 2008, segundo fonte da empresa citada esta quarta-feira na imprensa espanhola.


O grupo espanhol de retalho e distribuição projecta investir, este ano, 600 milhões de euros no seu programa de expansão, e perante alguma saturação no mercado espanhol, um dos mercados para crescer é o português estando igualmente em preparação o desenvolvimento de actividade em Itália (Roma e Milão).

Após a recente inauguração do centro comercial em Gaia (investimento de 215 milhões de euros), a companhia está a preparar a abertura de outro shopping em Cascais e a introdução da rede de lojas de conveniência Opercor.

Além da introdução das lojas de conveniência, o grupo pretende reforçar a presença da rede Sfera (moda jovem) e da Supercor (supermercados), insígnias de que dispõe, respectivamente, três e duas lojas em território português.

24-05-2006 16:54:17


de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro%5 ... news=67491

Não à duas sem três!!
 

 

Iniciativa "Compromisso Portugal"

Iniciado por Tiger22

Respostas: 0
Visualizações: 2392
Última mensagem Fevereiro 11, 2004, 04:12:19 pm
por Tiger22
Portugal Confidencial - " A pista da energia" ...

Iniciado por dremanu

Respostas: 5
Visualizações: 3427
Última mensagem Abril 27, 2004, 11:28:13 am
por ferrol
Rede Logística Nacional / Portugal "Logístico"

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1795
Última mensagem Julho 15, 2006, 09:20:16 am
por Marauder
Portugal pode cair na dependência assistida como Sul Itália

Iniciado por Marauder

Respostas: 8
Visualizações: 2958
Última mensagem Maio 09, 2006, 11:55:00 pm
por NVF
Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignora

Iniciado por P44

Respostas: 11
Visualizações: 3950
Última mensagem Março 31, 2015, 07:15:03 pm
por Get_It